Crepúsculo: Guia Oficial Ilustrado da Série

Crepúsculo: Guia Oficial Ilustrado da Série Stephenie Meyer




PDF - Crepúsculo: Guia Oficial Ilustrado da Série


Em 2005, Crepúsculo apresentou Bella Swan e Edward Cullen aos leitores - nascia um fenômeno mundial. Desde então, milhares de pessoas acompanharam a inebriante história de amor que se seguiu em Lua nova e em Eclipse e que chegou ao clímax em Amanhecer. Agora, pela primeira vez, Stephenie Meyer revela os segredos por trás da série e mostra as histórias e anotações que fizeram parte de seus exercícios de criação, que incluem perfis detalhados de personagens, informações genealógicas e extensas referências cruzadas. O livro traz ainda uma entrevista exclusiva, franca e bastante pessoal, cedida por Stephenie à amiga e também escritora Shannon Hale. Para os fãs, uma oportunidade única de conhecê-la bem mais de perto.

Repleto de belas imagens, Crepúsculo: Guia Oficial Ilustrado da Série proporciona uma experiência completamente nova do universo de Crepúsculo, desde o momento em que Bella pôs novamente os pés na cidade de Forks até o fantástico e instigante desfecho da saga.

"Meyer, assim como seus vampiros, tornou-se algo raro, mais que meramente humano... As pessoas não querem apenas ler seus livros: querem invadir as páginas e viver ali mesmo." - Time

"Com os vampiros de Crepúsculo, Stephenie Meyer se torna a mais badalada autora de fantasia do mundo." - O Globo





Crepúsculo: Guia Oficial Ilustrado da Série

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para Crepúsculo: Guia Oficial Ilustrado da Série (51)

ver mais
Blog: Minha Vida por um Livro | Marina Moura www.minhavidaporumlivro.com.br


Crepúsculo: Guia Oficial Ilustrado da série é bem mais que apenas imagens e particularidades sobre a saga. É em ritmo de saudosismo que escrevo essa resenha e esta será a primeira crítica totalmente não objetiva que já fiz. Eu tenho o hábito de compartimentar minhas resenhas e jamais perder o foco e acabar escrevendo: “Ai, esse livro é tão bom, tão fofo...”, apesar de ser exatamente o que gostaria de escrever sobre certas obras, eu sempre tenho cuidado de ser crítica no real sentido d...