Deus por Trás das Câmeras

Deus por Trás das Câmeras Carlos Ruas




PDF - Deus por Trás das Câmeras


Dotado de um senso de humor afiado e uma sensibilidade ímpar, Ruas consegue agradar desde os crentes mais fervorosos até o mais cético dos ateus. Seu traço singelo dá aos personagens um visual “fofinho”, que acaba servindo de contraponto às tiradas certeiras, inteligentes e nada inocentes.

Carioca de Niterói, Ruas faz parte da nova geração de cartunistas que, no lugar da famigerada luta por espaço nos jornais, resolveu meter as caras e usar a Internet para publicar seu trabalho e mostrar o seu talento. O resultado não poderia ser mais satisfatório, milhares de leitores fiéis visitam seu site diariamente em busca de Deus e, claro, boas risadas.

É com grande satisfação que vejo os quadrinhos de Ruas fazerem o caminho inverso do que estamos acostumados a presenciar, migrando da tela para o papel, nessa compilação com os melhores momentos do criador e suas criaturas.

Diz a crença que não se deve falar o santo nome em vão, mas se o homem foi feito à imagem e semelhança de Deus, então acho que tudo bem Carlos Ruas ter feito Deus à imagem e semelhança do homem.





Deus por Trás das Câmeras

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para Deus por Trás das Câmeras (8)

ver mais
um Livro pra rir e pensar

Em 120 páginas, somos apresentados à criação de Deus de ‘Um Sábado Qualquer’, um fenômeno das histórias em quadrinhos brasileiras. Saiu do blog do Ruas para todas as redes sociais, livros e demais produtos (diga @caesegatos_oficial e @umsabadoqualquer !). • Eu conheci os trabalhos do Ruas por um amigo (obrigada, Tiago!) e de cara me apaixonei pelo humor sarcástico e reflexivo, sem poupar nenhuma característica da nossa sociedade e das religiões que nos cercam. É daquele humor gosto...