Duas Tragédias Gregas: Hécuba e Troianas

Duas Tragédias Gregas: Hécuba e Troianas Eurípides




PDF - Duas Tragédias Gregas: Hécuba e Troianas


Eurípides, "o mais trágico dos trágicos", compôs suas tragédias em Atenas na segunda metade do século V a.C., período de intensa efervescência política e cultural. Essa época, na qual a tradição é fortemente questionada, reflete-se nas peças desse autor, as quais dificilmente oferecem certezas seguras para os leitores atentos. É o caso de Hécuba e Troianas. Ambas são compostas pelos acontecimentos que se abatem sobre as prisioneiras troianas, em especial, as mulheres da casa real, logo após o final da guerra de Tróia. Tragédias bastante distintas, porém. Nas duas, contudo, se revela, de modo agudo, a essência da tessitura trágica: toda ação implica, também, sofrimento. Agir e padecer são faces da mesma moeda. Mesmo assim, o autor parece lançar um desafio: onde, em um momento extremo como a total derrota de um povo numa guerra, pode tremeluzir a liberdade?





Duas Tragédias Gregas: Hécuba e Troianas

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.