Eu Sou o Último Judeu

Eu Sou o Último Judeu Chil Rajchman




PDF - Eu Sou o Último Judeu


Nenhum campo de extermínio foi tão longe na racionalização do assassinato em massa quanto Treblinka. Lá, cerca de 750.000 judeus foram mortos. Apenas 57 sobreviveram. Chil Rajchman foi um deles. Por dez meses, sobreviveu ao absoluto terror. Carregou cadáveres em decomposição. Extraiu dentes dos mortos para que os nazistas aproveitassem o ouro, lavando-os em vasilhas cujos restos de água sanguinolenta mataram a sede de outros prisioneiros. Testemunhou suicídios, empalamentos, centenas de execuções. Foi chicoteado diariamente, teve tifo, sarna. Em agosto de 1943, Chil e outros prisioneiros conseguiram pôr em prática um plano de revolta. Ele foi um dos últimos judeus a escapar de Treblinka. Seu relato avassalador e detalhado, escrito ainda durante a guerra e até agora inédito, vem a público acompanhado por fotografias, mapas e a planta do campo de extermínio. Um importante testemunho do que preferíamos esquecer, mas não podemos.





Eu Sou o Último Judeu

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para Eu Sou o Último Judeu (32)

ver mais
Mais que um testemunho!


Esse livro descreve a história de um sobrevivente de um campo de extermínio – Treblinka (1942 – 1943) – localizado na Polônia. Chil Rajchman, mesmo diante de uma realidade monstruosa e violenta, foi capaz de escapar da morte mais de uma vez. Após 10 meses de resistência as crueldades nazistas, em agosto de 1943, ele e outros prisioneiros conseguiram pôr em prática um plano de fuga. Chil foi um dos últimos judeus a escapar de Treblinka. Esse relato foi escrito ainda durante a guerra,...