Olympe de Gouges

Olympe de Gouges José-Louis Bocquet...




PDF - Olympe de Gouges


Em Montauban de 1748, nasce Marie Gouze, criada sob as convenções da França setecentista. Aos 18 anos, mãe e viúva, se vê livre para expressar suas ideias e adota o pseudônimo Olympe de Gouges. Anos depois se muda para Paris, onde participará ativamente da vida política e cultural. Fiel leitora de Rousseau, inspiradas pelas ideias libertárias da França pré-revolucionária, Olympe se dedica intensamente à escrita – atividade que levaria até os últimos dias de sua vida e que a causaria muitos problemas. Conquistou inimizades e escandalizou os mais conservadores, porém jamais deixou de defender seus ideais libertários. Em 1791, redigiu a Declaração dos direitos da mulher e da cidadã, reivindicando a igualdade entre os sexos e o direito ao voto. Com muita beleza, esta graphic novel conta a trajetória de uma mulher que carimbou seu nome na história da Revolução Francesa. Dos consagrados quadrinistas José-Louis Bocquet e Catel Muller, a HQ retrata através de belos traços os incríveis cenários e personalidades da França do século XVIII.

• José-Louis Bocquet e Cat Muller são autores da graphic novel Kiki de Montparnasse, também publicada pela Editora Record e vencedora do Grand Prix RTL de Comic Strip e do Essentiel Fnac-SNCF (Angoulême 2008).





Olympe de Gouges

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Vídeos Olympe de Gouges (1)

ver mais
Olympe de Gouges, de Catel e Bocquet

Olympe de Gouges, de Catel e Bocquet


Resenhas para Olympe de Gouges (3)

ver mais
A revolução de Olympe de Gouges

"É de se festejar que, em uma época em que o sistema educacional "apaga as contribuições histórias das mulheres, não oferece um retrato preciso do passado e não mostra casos suficientes de mulheres exemplares", como bem apontou Soraya Chemaly em seu artigo para o Huffington Post, as histórias de mulheres pioneiras e revolucionárias como Olympe de Gouges sejam resgatadas e impedidas de permanecer no esquecimento." Leia mais no Prosa Espontânea:...