Love the One You Hate

Love the One You Hate R.S. Grey




Resenhas - Love the One You Hate


19 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


librariesz 30/12/2021

eu até gostei desse livro, mas falta muitas coisas como o desenvolvimento dos dois que foi literalmente de uma página para a outra (uma eles se odiavam e do nada se amavam?????
comentários(0)comente



milli.g 19/12/2021

Essa é uma leitura agradável, levinha, para passar o tempo.
A cordelia e a tori são tudo, uns anjos.
Com os personagens principais não gostando um do outro e depois morrendo de saudade ao menor distanciamento.

"? Você não conseguiu descobrir a verdade? Eu vivo pela sua respiração."
comentários(0)comente



aelinsgod 25/09/2021

não sei o que aconteceu com esse livro, ate metade do livro não tava ruim mas o romance deles aconteceu tão do nada que nem entendi de onde surgiu
comentários(0)comente



Isabele Cavalcante 11/09/2021

Demorei a ler esse livro porque fui por influência de outras pessoas, que falaram que não era tão bom, mas é tudo questão de gosto ne. Ja amei desde o inicio do livro e fiquei viciada a ponto de ir dormir com o pensamento no livro.
Admito, eles não chega nem perto dos meus queridinhos dessa autora, mas esse livro consegue prender, como todos os livros de R.S Grey.
Recomendo muito pra quem busca uma comédia romântica pra ler.
brazunaa 29/11/2021minha estante
Quais são seus queridinhos dela???


Isabele Cavalcante 09/12/2021minha estante
Anything you can do, the fox e doctor dearest ????




alicepadilha 09/09/2021

DECEPCIONADA
Quando li o resumo desse livro eu imediatamente fiquei SECA por essa história. Tinha TANTO potencial, mas TANTO... É uma pena ter concluído essa leitura com a tristeza de dizer que a autora não explorou NADA a história que tinha nas mãos.

Primeiramente, a falta de desenvolvimento do relacionamento entre Cornelia e Maren tornou a história extremamente desilucional... Um relacionamento nascido do dia para a noite não me prende. E o mesmo vale para a relação entre Maren e Nicholas... Não houve absolutamente desenvolvimento NENHUM!!!!!! Um dia eles estavam brigando, dois minutos depois eles ficam juntos, ficaram uma semana sem se ver e, quando houve o reencontro, pareciam ter a menor intimidade do mundo! Eu fiquei tipo ???????? QUANDO ESSA INTIMIDADE FOI CONSTRUÍDA QUE EU NÃO VI?????? PULEI UMAS DUZENTAS PÁGINAS E NÃO PERCEBI?????

Eu fiquei realmente muito decepcionada com esse livro e terminei a leitura triste MESMO porque senti que essa história tinha o potencial de ser muito mais...
comentários(0)comente



alice 07/06/2021

esse livro tinha de tudo p ser bom mas é mtt repetitivo e acaba meio que do nada sabe

quando acabou eu fiquei meio ??? pq ainda tinha bastante coisa p falar
comentários(0)comente



bia 27/05/2021

o livro tem um plot mto bom? não
é gostosinho de ler? sim
não costumo gostar desses romances que os personagens se apaixonam DO NADA, sem um desenvolvimento, e esse foi bem assim. mas achei ele bem gostosinho, até uns 85%, onde eu fiquei me perguntando:
PORQUEEEEE insistem em escrever livro com estupro romantizado???? gente, PELO AMOR DE DEEEEUSS!!! se a pessoa tá dormindo é estupro

aí eu não tenho nem palavras p isso!;&;;8& mas dei 2 estrelas pois me tirou da ressaca literária
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Nat 15/04/2021

É bom mas....
Nicholas Hunt é o homem que odeio.

Por uma boa razão.

Sua opinião a meu respeito é manchada por preconceitos, mesmo antes da minha chegada à propriedade de sua avó, e minha primeira impressão dele é igualmente abismal.

Ficamos presos em nosso ódio um pelo outro, dolorosamente alheios ao calor e à tensão que aumentam a cada momento em que somos deixados sozinhos. Estamos sujeitos a matar um ao outro, eu acho... até meus olhos pousarem em seus lábios e um novo sentimento tomar conta de mim: luxúria.

O que é pior?

Ele sabe isso.

Dizem que você deve manter seus inimigos por perto, mas quando Nicholas aperta minha cintura e me puxa para perto, não tenho certeza se é por causa do ódio ou amor.

Uma coisa é certa - pretendo descobrir.
Trecho tirado de romancesemebook3.blogspot.com
.......
Esse livro tinha tudo para se tornar meu favorito principalmente por ser enemies to lovers mas a autora não soube desenvolver muito bem os personagens,achei que alguns acontecimentos acontecerem muito repentinamente,apesar de tudo é bom para sair da ressaca e pra quem gosta de livros clichês.
comentários(0)comente



Kamily 04/04/2021

Confesso que passei raiva no início, afinal Nicholas é o famoso engomadinho que não gosta de ?ser contrariado?, mas entendemos que é por uma boa causa. É um enemies to lovers engraçado na medida certa e confesso que fiquei um pouco apreensiva com medo do que seria o plot twist depois de certas partes do livro.
comentários(0)comente



May 22/02/2021

Os personagens e relações são desenvolvidos de um modo sensível, apesar de ser um pouco irreal em alguns pontos ? como a forma que a principal é levada do lixo ao luxo, por uma completa desconhecida..

O casal, para mim, ficou em segundo plano, é muito mais interessante ver a relação entre a mocinha e a "avó" se desenvolver. Não há grandes reviravoltas na trama, o que torna a leitura perfeita para quem está precisando de uma folga das dificuldades e apenas quer que as coisas dêem certo, para variar.

Confesso que é um pouco fraco se avaliado profundamente, mas eu queria apenas uma leitura sem nenhum drama, no qual tudo apenas da certo.

Agora vem a parte na qual posso me contradizer um pouco, mas achei importante alertar:

Me incomodou um pouco eles transarem enquanto ela não está totalmente desperta, ainda sonolenta. Basicamente, o Nicholas começou o ato e ela despertou depois. Não sei se, nesse caso, se caracteriza como estupro ? desde que a personagem não se sentiu incomodada, e sim gostou de ter sido acordada com sexo.

Contudo, ainda me senti um pouco desconfortável, pois fora dos livros, é comum os namorados/maridos acharem que podem ter sexo quando bem quiserem, mesmo quando a mulher está dormindo, como se fosse apenas uma propriedade a qual eles possuem.

Mesmo com a falta de desconforto da principal, achei de mal gosto a autora ter colocado algo assim e até mesmo um pouco insensível.
comentários(0)comente



Rhai 28/12/2020

A R. S. Grey foi uma das autoras que mais li esse ano então a expectativa até tava alta. A parte introdutória do livro é meio cansativa como a maioria das obras delas, mas o livro até tava bom até o estupro que foi romantizado. Não se transa com alguém dormindo independente da relação que tenha com ela. A decepção foi forte.
comentários(0)comente



clary @claryescreve 20/12/2020

Me encontro completamente apaixonada por esse casal e essa história 🥺🥺 os dois são completamente fofos e por mais que você fique com um pouco de dúvidas no começo, tudo logo se encaixa do jeito certo 🥰
Contanto, devo admitir que Cornélia foi de longe a parte mais interessante da história para mim, eu adorei todas as faces dela que se revelaram e queria MUITO ler uma história de sua versão mais nova ao lado do Edward....
comentários(0)comente



mikele | @respiropalavras 02/12/2020

eu tenho a plena consciência de duas coisas:?
1) autores favoritos podem, e vão, em algum momento, me decepcionar. e?
2) ser fã de um autor não significa que eu tenha que fechar os olhos para os erros que eles cometem.?
?
aqueles que me acompanham há um tempo sabem como eu sou leitora assídua da r. s. grey, mas esta última leitura me fez questionar se eu estava realmente lendo um livro dela.?
?
"Love the one you hate" vai falar sobre uma garota órfã chamada Maren que, atingindo a maioridade, está sob supervisão de uma instituição para jovens órfãos com antecedentes criminais. ?
?
sua vida se cruza com a de Cornélia Crowell, uma mulher se rica e prestigiada que lhe oferece um emprego em sua casa, mas seu neto, Nicholas, descobre sobre o passado de Maren e desconfiado de suas intenções, vai fazer de tudo para que ela não chegue perto de sua família. ?
?
tudo nesse livro foi desenvolvido às pressas. não há coerência alguma. em seis capítulos Maren já estava se mudando para a mansão dos Crowells, tendo vestidos feitos por estilistas parisienses e tomando chá da tarde. e este era o "emprego" dela. ?
?
o suposto ódio que deveria existir entre Maren e Nicholas é insustentável, assim como o romance. eles tiveram cerca de duas ou três interações, logo em seguida uma atração louca e forçada é jogada no leitor, seguida de frases como "não posso desistir de você" e "eu vivo pela sua respiração".?
?
ainda tivemos uma cena de estupro, com passada de pano. você não transa com alguém que está dormindo, sem o consentimento dela. o pior é o livro ter deixado parecer que ele fez isso por não conseguir conter o desejo, já que "Maren é irresistível". é absurdo e inaceitável.?
?
ler este livro me deixou com a sensação de ler um texto sem pontuação, como uma corrida louca à lugar nenhum. é fraco, mal desenvolvido e em nada combina com os outros livros tão bons que autora escreveu. ?
foi decepcionante. minha uma estrela e meia será pela escrita da autora que sempre prende o leitor e pela fluidez das páginas, porém o conteúdo é questionável. ?
comentários(0)comente



Dida 20/11/2020

Um dos favoritos
Comecei a ler sem pretensão nenhuma e esse livro se tornou um dos meus favoritos da autora. Devorei em poucas horas, não conseguia parar de ler. Única coisa que me irrita é o fato da autora colocar mocinhos grosseiros, rudes que desconfiam da pp e com esse não foi diferente.
comentários(0)comente



19 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR