Amor, mentiras e rock & roll

Amor, mentiras e rock & roll David Yoon




Resenhas - Amor, mentiras e rock & roll


23 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Lari 28/01/2022

Amo os livros do David Yoon
Amor, mentiras e rock & roll é um clássico clichê ótimo pra sair da ressaca e passar o tempo. David tem uma escrita fluída, apesar de muitos termos nerds usados durante o livro, a explicação não fica maçante e ele sabe como conduzir a história.
O meu personagem favorito não foi Sunny, o principal, mas, sim, o Gray, irmão dele. Queria muito, muito ver mais dele (um livro dele na época em que morou em Hollywood seria tudo pra mim). E apesar de ter ficado com raiva de um acontecimento causado por ele, entendi o lado dele.
comentários(0)comente



carolzebas 25/01/2022

gostei??
o livro é bom e é estilo romancinho adolescente de conforto. da pra sair da ressaca com ele facinho, gostei bastante
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



NIC 22/01/2022

MENTIRAS
A capa do livro é maravilhosa muito linda porém não me surpreendeu tanto é o típico clichê adolescente

Personagens divertidos mas senti muita falta do Cirrus e de momentos juntos com o Sunny

Ambiente bem escolar, games, RPG o típico nerd!

A mentira no final iria dar merda de fato?

???- estrelinhas
.
comentários(0)comente



evermore 14/01/2022

maravilhoso
como o próprio autor diz, é uma história mais ?bobinha? e feliz, mas mesmo assim me fez refletir muito sobre mim mesma e oq eu faço da vida.
no começo achei q seria mais focado no romance, mas é um livro mais focado na amizade e família do q no romance em si.
os personagens são incríveis e toda a história também.
a resenha ta toda bagunçada pq só fui escrevendo oq veio na cabeça ent desculpa pra quem for ler
comentários(0)comente



Carol 10/01/2022

Livro mais fofo do mundo, e que mostra que não devemos nos esconder para o mundo. Sunny é muito fofo e a Cirrus é perfeita, amei ?
comentários(0)comente



Koala Leitora 07/01/2022

Poderia virar filme
Sunny passou sua vida sofrendo bullying na escola por ser um garoto super nerd, o que amenizava a zombaria era ter a presença de Milo e Jamal, seus melhores amigos e companheiros de batalha. Porém, seus pais informam que uma garota nova chegou a cidade e por ser filha de seus amigos, eles querem que Sunny ajude a menina na adaptação.
Com medo de não ser aceito por Cirrus, o garoto comete a loucura de criar uma mentira épica, ele finge ser uma estrela do rock e com isso vai precisar ir além do esperado, sustentando uma mentira que pode acabar com esse novo romance e também com suas amizades.

?Toda a vida humana parecia motivada pela vergonha ? pelo medo de ser inadequado. (...) Era como se a vergonha fosse um mal evolutivo necessário, projetado para manter os setores de uma sociedade ao mesmo tempo unidos e separados.?

Narrado pelo ponto de vista do Sunny, a história fofinha e romântica, vai além do esperado, trazendo todo um drama familiar, bullying na escola e o surgimento do primeiro amor de uma forma apaixonante, que prende o leitor enquanto ensina.
É um livro que mesmo tendo abordagens variadas, a história de completa e se amarra do começo ao fim. O autor conseguiu transportar em sua escrita todo o sentimento da juventude, marcando a passagem de um romance lindo, mas também cheio de reviravoltas.

?Ter consciência da morte deveria fazer a gente valorizar mais a vida.?

Mesmo sendo um belo clichê, esse livro não deixa de falar sobre cultura, família, o poder da amizade, a importância de combater o bullying nas escolas e muitas outras temáticas que você vai descobrindo ao longo da leitura.
Foi importante ver como Sunny desabrochou e passou a se entender melhor conforme cada evolução da trama, fiquei até com vontade de ver isso virar filme, já pensou? Eu adoraria!
comentários(0)comente



Luiza Helena (@balaiodebabados) 04/01/2022

Originalmente postada em www.instagram.com/balaiodebabados
Sunny Dae é um jovem que na escola possui a fama de nerd, junto com seus dois melhores amigos. Tudo estava indo bem na medida do possível, até conhecer a descolada Cirrus Soh. Quando ela confunde o quarto do irmão de Sunny achando que é o dele, o jovem não desmente. Assim como não desmente que toca em uma banda.

Agora Sunny precisa que seus amigos o ajudem na mentira, mas não vai ser tão fácil assim sustentar essa história de fama e rock 'n' roll...

A premissa de Amor, Mentiras e Rock'n'Roll é bem filme sessão da tarde. Menino mente para crush, tudo vira uma bola de neve até explodir. O que mais gostei na história foram as referências ao rock e vários artistas. A escrita do David é até fácil de se seguir, mas achei confusa em algumas descrições e sequências de acontecimento.

Até entendo a motivação de Sunny em inventar toda essa fanfic. Afinal, quem não quer impressionar sue crush não é mesmo? Ele é um jovem que sofre bullying, os pais são bem ausentes e o irmão que tanto idolatrava agora é um completo estranho. Sunny tem todo um pano de fundo que o autor poderia ter investido mais, além da mentira mas ficou só nisso.

A verdade é que os personagens ao redor de Sunny são mais interessantes que ele. Temos Cirrus, uma jovem que nunca fixa suas raízes já que seus pais vivem viajando e se mudando por conta do trabalho. Temos os pais de Sunny, que eu já falei serem workaholic e praticamente ignoram tudo que se passa na vida dos seus filhos. Temos Gray, irmão de Sunny, de volta para casa tendo que seguir um caminho que não queria. Até Gunner, pessoa que pratica bullying com Sunny e seus amigos pareceu ser mais interessante que o próprio protagonista.

Sunny está tão envolvido em fazer valer sua mentira que ele esquece de levar em consideração os sentimentos das pessoas ao seu redor, principalmente de seus melhores amigos Milo e Jamal. Lá por 80% da história, mas ainda assim eu senti que Sunny tentou justificar o injustificável. O final é bem previsível, mas de certa forma foi bem fofo.

site: https://www.instagram.com/p/CX1vSSjrl_0/
comentários(0)comente



duu 03/01/2022

foi um livro muito bom e muito agradável de ler, li ele na praia e foi suuuper gostozinho. As referências ao rock classico e a construção dos personagem é pft amei
comentários(0)comente



Queria Estar Lendo 01/01/2022

Resenha: Amor, mentiras e rock & roll
Hoje tem resenha de Amor, Mentiras e Rock & Roll, do David Yoon. Esse é o segundo YA do autor a ser publicado no Brasil e a editora Seguinte nos enviou um exemplar para a resenha. No livro, Sunny se vê em uma bola de neve quando conta uma mentira para a menina de que gosta. O que acaba colocando em risco sua relação com os melhores amigos, o irmão e a garota.

Sunny é terceira geração de coreanos-americanos. Seus pais são superhipermega ocupados com o trabalho, seu irmão mais velho mudou-se para Hollywood para se tornar o astro do rock que Sunny sempre achou que ele estava destinado a ser. Enquanto isso, o garoto passa seus dias aguenta os bullys na escola e criando artefatos mágicos para outros entusiastas de Dungeons & Dragons ao lado de seus melhores amigos, Milo e Jamal.

Os três passam os dias desenvolvendo novas armas, confeccionando-as e apresentando-as em seu canal de YouTube, que tem sido notado pela nata do RPG ultimamente.

Mas tudo muda quando os amigos de faculdade dos pais de Sunny se mudam para o mesmo bairro - uma comunidade extremamente rica no sul da Califórnia. E eles tem uma filha: Cirrus, uma garota superhipermega legal que já viajou pelo mundo todo.

Quando Cirrus confunde o quarto de Gray, o irmão de Sunny, como sendo dele, ele conta sua primeira mentira: é um músico, com uma banda de metal, que costuma fazer shows por aí. O problema é que Cirrus vai estudar na mesma escola de Sunny.

Agora, Sunny precisa convencer os amigos a montarem uma banda com ele - mesmo que nenhum saiba tocar os instrumentos - enquanto usa as roupas antigas do irmão. Mas manter a mentira se torna cada vez mais complicado, seja por conta dos bullys, pela forma como a nova rotina tem o distanciado do que realmente gosta de fazer ou pelo retorno de Gray a casa da família.

Amor, mentiras e Rock & Roll não foi o meu livro preferido. Mas vou dizer que, se tivesse chego uns 5 anos atrás, talvez fosse. Acho que a melhor forma de definir o que senti pelo livro do David Yoon é que já estou saturada da história.

Sunny é descrito como um personagem cínico e, para ser sincera, não costumo gostar disso em YAs porque eles acabam soando muito irreais. Uma coisa meio John Green. Para ser sincera, enquanto lia Amor, Mentiras e Rock & Roll eu me lembrei muito de Cidades de Papel.

O cinismo, a forma como os personagens avaliam a vida, as ideias sobre conformismo, essa busca por uma autenticidade que, para ser sincera, eu não sei se é possível alcançar. Todos esses temas já estão um pouco saturados para mim, o que acabou fazendo com que a leitura não fosse tão legal quanto eu esperava.

Inclusive, não achei o Sunny um protagonista tão legal assim. Tanto sua versão nerd apaixonado por RPG como sua versão roqueiro. Em ambos os momentos ele é egoísta e reclamão. E embora sejam características bem críveis para um adolescente, a narrativa não fazia com que fosse engraçado ou divertido. Então me peguei rolando muito os olhos para ele.

Outra personagem que não curti muito foi a Cirrus. Para ser sincera, eu nem tenho uma opinião sobre ele. Achei ela uma coisa meio manic pixie dream girl. Queria ter conhecido mais dela, entender melhor o que faz o Sunny se apaixonar por ela. Foi basicamente um instalove da parte dele e em nenhum momento eu entendi o porquê. Não vi nada demais na Cirrus.

Sabe quando você está lendo um livro adolescente e fica "isso é claramente o que um adulto acha que adolescente faz/fala/soa"? Foi meu sentimento em grande parte do livro.

Mas nem tudo foi enfadonho! Eu gostei muito do Jamal e do Milo. Além de serem melhores amigos MARAVILHOSOS, eles eram divertidos. E o Sunny com certeza não merecia eles. Os dois fizeram de tudo pelo amigo e fariam muito mais se ele pedisse. O grande problema era justamente esse: o Sunny só pedia e raramente dava algo em troca.

O Gray também foi um personagem interessante. O arco de desenvolvimento dele foi bem legal e queria que David Yoon tivesse passado um pouco mais de tempo nisso e nos impactos do retorno dele.

Até mesmo os pais do Sunny foram legais de ler. Foi fácil entender de onde vinha aquela posição deles, a forma de agir, de pensar. Gostei bastante.

Sendo assim, acho que posso afirmar que embora Amor, Mentiras e Rock & Roll não foi pra mim, pode ser pra você. Tudo vai depender da sua bagagem de leitura (e talvez a idade ajude bastante, sim). Vale a pena dar uma chance para descobrir!

Também vou deixar um PS aqui para a capa que ficou LINDA DEMAIS. A estadunidense eu achei meio qualquer coisa, mas a nossa ficou impecável. Bem que podiam chamar Ing Lee para ilustrar uma capa nova para Frank e o Amor, né?

site: https://www.queriaestarlendo.com.br/2021/12/resenha-amor-mentiras-e-rock-roll-david.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Ana 26/12/2021

Assim o eu amei, mas eu amo qualquer clichê mas esse em particular eu amei muito muito muito. Representatividade, desenvolvimento (tanto do plot, quanto do casal e personagens), casal fofo que te faz surtar a cada momento, tudooooo ele entrega.
Eu amei amei amei
comentários(0)comente



Say 23/12/2021

Amor, mentiras e rock resenha
Achei divertida leitura, as referências de piadas nerds, do mundo do rock, típica leitura clichê romântica. A representatividade de cada personagem é muito boa.
comentários(0)comente



C. Aguiar 21/12/2021

Sunny Dae é o típico adolescente nerd - e com muito orgulho disso -, ele e seus dois melhores amigos são apaixonados por RPG e compartilham toda a sua paixão em seu canal, onde mostram tutoriais de acessórios para as live actions. E claro, o trio acaba sofrendo muito bullying dos atletas do colégio.
Mas, quando uma garota nova chamada Cirrus Soh chega na casa ao lado, as coisas começam a mudar. Devido a um grande mal entendido ela acha que o quarto descolado e cheio de referência ao estilo do Rock é de Sunny, mas o quarto é de seu irmão mais velho.
Sunny decide incorporar a personalidade do irmão mais velho fingindo não apenas ser fã de rock, como também diz que ele tem uma banda com seus melhores amigos - Os Imortais.

Ele sofre constante bullying e seu irmão mais velho é o verdadeiro oposto dele, Sunny está em uma idade de incertezas, por isso se comparar com o irmão bem sucedido é algo que ele faz as vezes. Sem contar que nenhuma garota olharia para ele, Sunny acredita que não tem nenhum atributo interessante que faria alguém se interessar por ele.

Então com base nessa mentira Sunny irá criar sua personalidade baseado nos atributos do irmão, para fazer com que Cirrus goste dele. Mas, como ele vai fazer isso se não sabe nem ao menos segurar uma guitarra?
Apesar das mentiras, vamos vendo que Sunny está aprendendo a tocar e seus amigos também, ele deseja transformar essa mentira em verdade e com o passar da história vamos vendo que todos os personagens tem pequenas camadas que vão se mostrando aos poucos.

O foco dessa história não é apenas em relação as mentiras, mas também no crescimento pessoal de cada um, até mesmo na desconstrução daquele personagem odioso que pratica bullying com os outros.
Agora vamos as considerações finais: não me senti muito apegada aos personagens, em alguns momentos achei Sunny muito egoísta, arrogante e chato demais, e a Cirrus muito vazia e sonsa.
A escrita do autor não é ruim, mas também não é nada marcante a ponto de me fazer não desgrudar da leitura. Demorei demais para ler o livro e fiquei muito decepcionada, talvez minhas expectativas estivessem altas demais para ler uma história bobinha e divertida, mas me deparei com um personagem principal chato demais e uma leitura cheia de estereótipos.

site: http://www.seguindoocoelhobrancoo.com.br/ ou https://www.instagram.com/coelhoobrancoo/
comentários(0)comente



joaopdro 16/12/2021

mentirinhas de amor, no que pode dar errado?!
Sério, vocês mentiriam por um crush? O Sunny Dae não só mentiu, como entrou de cabeça na fic que ele criou pra Cirrus Soh, sua nova vizinha e amiga de escola. Ele não queria fazer feio na primeira impressão, já que a Cirrus é uma garota super descolada que já morou em váaarias cidades do mundo e que tem dezenas de amigos por aí.

A verdade é que o Sunny é um nerd, e ele tem muito orgulho disso. Ao lado dos 2 melhores amigos, eles são feras em criações de itens de RPG, mas ninguém nunca levou o trio a sério.

Quando a Cirrus confunde ele com o irmão mais velho, o Gray Dae (um super rockeiro em Hollywood), o Sunny acaba assumindo a personalidade do irmão, e vê os olhos dela brilhando ao falar que fazia de parte de uma banda de rock.

A partir daí a mentira só vai crescendo, e o único jeito que ele vê é tornar ela real: Pra conquistar a Cirrus, o Sunny decide formar uma banda de rock com seus melhores amigos. Detalhe: Algum deles sabe tocar algum instrumento?? NÃO!

Eu acho que fui com tanta vontade pra essa história que acabei me frustrando um pouco com o livro. E isso é uma droga, né?! A danada da expectativa.

Além de alguns rumos que eu realmente achei que foram bem aleatórios, bem "what?? isso rolou mesmo??", meu maior probleminha no livro foi com os personagens.

Eu não peguei conexão com ninguém, e isso é bem raro de acontecer comigo, entendem?! Achei o Sunny um tanto quanto egoísta, a Cirrus um tanto bobinha, o Gray meio babaca... e a lista segue.

Lá nos 35 minutos do 2° tempo (80%, mais ou menos) o livro deu uma boa virada, finalmente deu um up. O dia D e o plot na história vieram de um jeito que eu real gostei, e até mesmo o final, que eu torci pra que fosse imperfeito, aconteceu de outro jeito, mas foi bacana também.

Num geral, o livro não é ruim, mas senti que ele não "foi" pra mim. A questão da expectativa quebrada me perseguiu durante toda a leitura, então...   Mas tiveram boas referências nerds e de música (old??) que eu gostei, até me tirou umas risadinhas aqui e ali.

Ainda assim acho que vale conhecer essa história, caso tenham real se interessado.


POST ORIGINAL NO IG @CURTAUMLIVRO
comentários(0)comente



23 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR