Libertação

Libertação Chico Xavier




Resenhas - Libertação


25 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Mayara.Francine 14/03/2019

Por meio de uma narrativa envolvente, André Luiz nos exemplifica a importância de seguir sempre os ensinamentos de Jesus, mostrando que os caminhos do mal levam ao sofrimento sempre. Entretanto, a misericórdia divina é sempre bálsamo em nossas vidas, mostrando que a Libertação depende apenas de nós.
comentários(0)comente



Janine.Martins 25/01/2019

Cheio de post-it, marca-texto, anotações e deixando minha cabeça fervilhando quanto a muitos aspectos. Sem contar o incentivo de um amigo com vários spoillers que me deixavam ainda mais curiosa. Leitura densa, mas muito esclarecedora!
comentários(0)comente



Adriano Schiessl 11/09/2018

Interessante...
Emocionante , instrutiva e esclarecedora história de almas encarnadas e desencarnadas , em suas lutas, acertos e desacertos no mundo físico e no mundo espiritual, trabalhando em conjunto para a libertação das sombras interiores e exteriores.
comentários(0)comente



Jack Zack 17/05/2018

Livro que nos ajuda a perceber porque é ainda tão difícil a aceitar plenamente a mensagem de Cristo por sermos limitados em enxergar que a maldade em nós e nos outros nada mais é do que a dor, a tristeza e a sensação de desamparo que carregamos. Mas Jesus jamais se cansa de nos esperar com as primeiras promessas de trabalho em seus caminhos de luz.
comentários(0)comente



Luciano.Silva 09/03/2018

Libertação
Uma história de amor, fé e exemplos
comentários(0)comente



André 22/11/2017

A "luta" entre a luz e as trevas é retratada de maneira belíssima neste volume.

Muitos são os que se desviam do caminho do bem (sempre por ignorância), e ficam presos em situação debilitante, mas para eles todos há uma falange de espíritos mais esclarecidos e bem-intencionados que, incessantemente, buscam libertar os primeiros.
comentários(0)comente



Volnei 26/09/2017

Mais uma vez André Luiz se reúne com seus amigos na espiritualidade para mais uma missão que será explicada de certa forma, por Emmanuel já no inicio do livro, mostrando as finalidade do trabalho a ser realizado. Nos primeiros capítulos, André relata a visita que fazem a regiões de vibrações bem pesadas onde alguns espíritos acusam um ao outro pelos erros cometidos. Neste caso alguns se fazem passar por juízes acusando os demais pelos erros cometidos.Aqui são relatados casos bem interessantes de obsessão realizada por verdadeiras falanges de espíritos . Em um determinado ponto do livro quando Gúbio, um dos orientadores do trabalho fala com um espirito obsessor, há um dialogo bem interessante pois estes se denominam dragões que seriam, segundo André Luiz espíritos caídos no mal desde a era mais primitiva da criação da terra e que operam em zonas inferiores, personificando lideres de rebeliões , ódio, egoismo, vaidade;não são todavia demônios eternos porque individualmente se transformam para o bem , no curso dos séculos , qual acontece com o próprio homem.Em um outro momento o autor nos descreve uma cena que se passa dentro de uma igreja católica e nos dá detalhes do que acontece quando os ritos são realizados e o quanto a espiritualidade esta presente nestas cerimonias. André nos mostra que há sacerdotes que estão realizando muitas vezes a mesma estando somente de corpo presente, sem se importar com o rito e o quanto ao peso que este tem espiritualmente . André nos diz também que não obstante, a tendencia dos crentes, em geral, é a d fugir aos conflitos da senda. Há pessoas que depois de servirem ao ideal religioso durante dois anos, se acham dignos de um repouso de 20 séculos. Em obras anteriores a esta André nos cita um autor do século XVI, Dante Alighieri que segundo nosso autor faz uma descrição perfeita do umbral em seu mais famoso livro 'A Divina Comédia". Neste livro outro autor é citado que é o livro de Oscar Wilde ' O Retrato de Dorian Gray' como m exemplo de como um espirito de forma horrenda pode se esconder em um corpo de ma linda mulher. Nesta sua jornada de trabalho André juntamente com sua equipe formada pelo mentor Gúbio e seu amigo Eloí vão conseguindo vencer todos os obstáculos que vão aparecendo pela frente a até conseguem convencer uma grande quantidade de espíritos a se juntarem a eles em busca de um aperfeiçoamento melhor na espiritualidade. Isto provoca em Gregório, o chefe dos dragões uma tremenda revolta e ele acaba tentando investir pessoalmente contra o grupo de André mas é convencido a voltar atrás por uma outra entidade que lhe tem muito apreço e que ele tem como mãe espiritual. Somente ela consegue aquecer o seu coração de pedra e o fazer mudar de ideia.E assim a equipe consegue rebanhar muitos espíritos para colonias de recuperação

site: http://toninhofotografopedagogo.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Fabíola 04/09/2016

Libertação
Nessa jornada espiritual, André Luiz junto a Elói são guiados pelo benfeitor Gúbio em missões na subcrosta.
Cenários de trevas e escuridão são descritos que para aqueles que ainda não possuem uma base espírita poderia assustar.
Um livro belíssimo, que mostra como nosso pensamento, nossas atitudes, nossas escolhas, influenciam em nosso destino encarnados e desencarnados.
Passagens do livro explicitam que até mesmo o mal possui organização com finalidade vampiristica, nos abrindo os olhos para importância do orai e vigiai constantes.

O que aprendi com essa leitura?

Que somos o que escolhemos. Que o amor e o perdão são sementes preciosas, que precisam de cuidados constantes. E que a reencarnação é uma dádiva maravilhosa e necessária para nossa jornada evolutiva.

Recomendo a leitura. Livro edificante e elucidativo, com um final simplesmente glorificante... terminei a leitura com os olhos cheios de lágrimas e o coração repleto de amor e esperança.
comentários(0)comente



Mahyra 30/08/2016

Excelente descrição do mundo dos Dragões!
Mais um livro espetacular de André Luiz, que retrata sua missão de auxílio com um novo instrutor, Gúbio, que nos leva a conhecer o mundo dos juízes infernais (Dragões) e as consequências das atos impensados enquanto estamos encarnados. Vale a leitura!!
comentários(0)comente



brunnoleto 31/07/2016

Excelente!
Mais uma atividade laboral de André é descrita em "Libertação", ele relata um excelente trabalho de resgate e libertação realizado em regiões umbralinas, descrito com os detalhes que só André sabe fazer. Recomendo principalmente pelos grandes ensinamentos de amor ao próximo demonstrados através das atitudes dos salvadores, sempre com humildade e enaltecendo os ensinamentos de Jesus.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Ronney.Reis 24/12/2017minha estante
undefined




Carol Vidal 03/11/2015

Uma história sobre como o amor pode libertar
Com uma narrativa quase cinematográfica, André Luiz traz mais uma história repleta de lições. A leitura que flui está presente em mais esse livro, tornando prazeroso acompanhar os desdobramentos da história.

E uma das mensagens mais importantes que a obra traz é a compaixão para com aqueles ditos perseguidores. Através de Gregório e todos aqueles ligados aos Dragões do Mal, vê-se espíritos procurando a Justiça Divina à sua forma; espíritos esses extremamente inteligentes e conscientes da realidade que os cerca e que tentam, de maneira torta, proteger aqueles que amam.

Dessa forma, fica a mensagem: o amor liberta e só através dele é possível alcançar a verdadeira paz. Leitura indispensável!
comentários(0)comente



rogeriocardoso.debarros 14/01/2015

Continuação dos relatos de André Luiz
Uma continuação dos relatos de André Luiz nos submundos da espiritualidade. O mais interessante é que este livro foi escrito na decada de 40 e fala-se de dragões do submundo e espiritos inteligentes que estão no mal, coisa que só li depois na Trilogia de Robson Pinheiro com os livros Legiões, Senhores da Escuridão e a Marca da Besta. Libertação fala da busca de um espirito que estava no mal e vai para o bem, com ações de espiritos superiores.
comentários(0)comente



luriddle 22/01/2013

Tentei ler esse livro uma outra vêz e não consegui; justamente por ele ser chocante; necessita de conhecimento espírita ou no mínimo de uma grande vontade de entender o espiritismo, para que se possa compreendê-lo.
Este livro trata das culpas advindas a todos encarnados e desencarnados que trilharam pelos descaminhos morais, prejudicando a si mesmos e ao próximo. Como a evolução espiritual é Lei Divina,chega o tempo da prestação de contas, a partir do tribunal da própria consciência. Enquanto o arrependimento não brota no culpado, por sintonia ele será situado em tormentoso clima astral,onde encontrará milhares de Espíritos similares. Porém, alguns desses obsessores poderosos e cruéis arvoram-se em juízes implacáveis que em razão da culpa dos mais fracos se valem,para escravizá-los.A forma como isso acontece é narrada deforma esclarecedora e chocante,são descritos os abismais ambientes das trevas onde estão tais Espíritos caídos no mal.Os distúrbios físico-psíquicos-espirituais são analisados nos Planos Espiritual e Material, com detalhamento de alto impacto , funcionando esta obra como enérgico alerta a todos nós, criaturas ainda nas duras lutas do auto-aperfeiçoamento moral.
Cada homem se sentará no trono que levantou ou se projetará no fundo do abismo que preferiu
comentários(0)comente



Celia 24/08/2012

Um livro maravilhoso que nos mostra o quanto o amor é poderoso e o quanto Deus nos ama. Em missão, André Luiz juntamente com seu instrutor Gúbio e demais companheiros, excursionam pelas zonas inferiores em busca do sacerdote Gregorio, que se vinga da encarnada Margarida. Lições valiosas são encontradas ao decorrer das váliosas páginas desse livro. Espiritas e simpatizantes da doutrina não podem deixar de ler.
comentários(0)comente



25 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2