Crianças Francesas Não Fazem Manha

Crianças Francesas Não Fazem Manha Pamela Druckerman




Resenhas - Crianças francesas não fazem manha


45 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Tarso 10/01/2021

Culturas diferentes criações diferentes
Muito bom livro, não é um guia sobre como criar seus filhos mas ao mostrar as diferenças entre as culturas francesas e americanas (essa mais próxima á brasileira) faz com que tenhamos uma boa ideia dos pontos positivos e negativos de cada uma. Dar mais liberdade as crianças, não atender ao primeiro choro, não elogiar tanto a ponto de fazê-las crescerem dependentes de elogios são práticas que tentarei adotar com minha primeira filha.
comentários(0)comente



Pâmela 25/12/2020

Pais franceses são severos, mas prezam pela educação
Passei a gostar mais quando iniciou o capítulo A MÃE PERFEITA NÃO EXISTE.

Gostei de muitos exemplos práticos da criação de filhos na França, especialmente sobre o cadre (uma espécie de moldura) em relação a impor limites.

Embora os pais franceses sejam rigorosos em reforçar para os filhos "o que se deve ou não fazer", dentro desses limites as crianças têm muita liberdade.

Na minha opinião, vale a leitura! Se não gostar, pelo menos um pouco do idioma e da cultura francesa você assimila?
comentários(0)comente



Isabela 22/12/2020

Muito bom
O livro é basicamente para vc saber como os franceses criam. Não é um manual! Mas como toda experiência (até mesmo de outras pessoas) podem servir de base, esse livro me ajudou muito com meus filhos. Principalmente a enxerga-los individualmente como outros seres e não como anexo/propriedade minha.
comentários(0)comente



Aline.Viana 26/10/2020

Ponto de vista dos franceses
Livro bastante interessante para quem tem filhos ou convive com crianças. Mostra como os franceses lidam sobre certas situações do dia a dia com as crianças. Faz com que a gente repense alguns conceitos que usamos com os pequenos. Leitura leve e bem divertida.
comentários(0)comente



Juliana 08/10/2020

Dicas de criação
O livro sugere e compara várias formas de criar uma criança e em vários aspectos (forma de se comportar, alimentar, viver). E também é o relato da vida da própria autora.
Nem tudo que é falado eu concordo, mas respeito a individualidade de cada mãe.
As vezes o livro é tedioso porque ela enrola muito para chegar ao ponto do que se quer dizer.
Mas eu particularmente tirei algumas dicas do livro que pretendo aplicar em casa com problemas que venho tendo com seletividade na hora da comida, a pausa vou tentar também, e vou começar a me atentar nos elogios por exemplo.
Tem muita dica boa para ser pescada e refletida.
Valeu a leitura e a nota não é maior porque poderia ter sido mais direto.
comentários(0)comente



Karina 06/10/2020

Interessante, mas...
A escrita é muito digressiva, os dados são apresentados de forma imprecisa e vários fatos são descritos sem uma maior finalidade... (parece que a autora quis encher linguiça).

Apesar disso, a intenção do livro é muito interessante, a cultura francesa distoa muito em relação à americana e, por conseguinte, à brasileira também.

O choque cultural, as observações da autora quanto aos hábitos, habilidades, regras e tradições francesas dão ao livro certo valor.

No entanto, acredito que ler algum resumo do livro com as principais informações seja até mais interessante que ler o livro na íntegra.
comentários(0)comente



Longa 05/09/2020

Mais um ótimo livro para nortear a criação dos filhos. O que tiro desse livro é a meta de estimular a criação de minha filha com disciplina. Regras e liberdades. Algumas passagens achei exageradas e não pretendemos seguir, principalmente o que fala sobre amamentação (a autora é da mesma opinião ) mas o restante do livro, a cada capítulo muito se pode aplicar no dia a dia, com adaptações a nossa cultura e crenças.
comentários(0)comente



Michel.Nascimento 20/07/2020

O livro, escrito por uma repórter americana que se muda para França, relata suas experiências em relação principalmente à criação de seus filhos. Ela observa o modo como as crianças francesas são educadas em relação aos americanas. São abordados temas como alimentação, sono, comportamento.
comentários(0)comente



Renata.Louise 25/06/2020

Teorias excelentes
confesso que não foi fácil ler esse livro, do começo para o meio é muito teórico e se torna uma leitura cansativa, mas do meio para o final se torna realmente empolgante. indico esse livro para pedagogas, pois nunca devemos ter apenas uma forma de abordar as crianças.
comentários(0)comente



Anny 27/05/2020

Desamparo aprendido
Esse livro é sedutor, afinal não seria incrível o seu bebê de 2 meses aprender a "cumprir as noites"? O problema é que a técnica que esse livro ensina e incentiva, nada mais é do que o que a psicologia chama de desamparo aprendido. Pais e futuros pais, o seu bebê ou a sua criança não têm a capacidade neurológica necessária para autorregular suas emoções, para isso eles pedem a ajuda de seus cuidadores com a única forma de comunicação que sabem: o choro. Quando negamos amparo quando o bebê chora estamos simplemente submetendo seus cérebros em formação a descargas de cortisol desnecessárias. Os bebês e crianças constroem suas redes neurais fio a fio com a ajuda da estabilidade emocional dos seus pais, os quais já tem seus sistema emocional maduro, caso essa ajuda seja negada estamos condicionando esse pequeno ser a um desenvolvimento disfuncional. Eu entendo a exaustão das mães e dos pais e por isso precisamos de licenças maternidade/paternidade maiores, entre outras lutas que ainda estamos buscando, mas não é por meio da negligência dos filhos que chegaremos a uma sociedade melhor. Sugiro que busquem informações baseadas em ciência em páginas como a da psicológa Marcia Tosin no instagram: criacao_neurocompativel.
comentários(0)comente



Alexandre.Debona 04/05/2020

Excelente
Para adultos, pais e avós, ajuda a pensar sobre si e os filhos. Uma leitura pra vida.
comentários(0)comente



Virginia 01/05/2020

Educação cultural
Quando a jornalista americana Pamela decide se mudar para Paris e se casar com um britânico, ela nem imagina a diferença a França fará na educação dos filhos.

As francesas fazem questão de manter a calma e a vida pessoal mesmo depois de se tornarem mães. Elas acreditam que os bebês são capazes de entender desde muito pequenos e já começam a educá-los cedo.

Para as francesas, educar significa ensinar, explicar e repetir com assertividade, mas também escutar a criança, o que não significa fazer sempre o que os filhos querem. Os pais precisam deixar claro que estão no comando e quais são os limites para as crianças.

As diferenças entre as mães americanas e francesas são apresentadas pela visão da autora, enquanto ela conta histórias divertidas de sua experiência como mãe americana em Paris. Para todas as mães que querem uma nova visão sobre a educação dos filhos!
comentários(0)comente



Jóckisan 28/04/2020

Ótimo!
É um ótimo livro. Ela foge do tema várias vezes. Na verdade o livro não é sobre criação de filhos apenas, mas sobre a própria vida da autora, quando ela decide se mudar para a França. É como se estivéssemos lendo um diário dela. Isso pode ser considerado um ponto negativo, mas mesmo essas partes você poderá transformar em pontos positivos e aproveitar para conhecer um pouco mais da cultura francesa e criar identificação com a família da autora através de seus problemas e soluções. Fora que as dicas dadas sobre criação de filhos estarão mais contextualizadas dentro da realidade francesa apresentada.

Leiam a minha resenha completa no link abaixo:

site: https://quepapoeesse1.blogspot.com/2020/04/resenha-criancas-francesas-nao-fazem-manha.html
comentários(0)comente



Adriele 03/04/2020

Leitura leve e gostosa
Pamela Druckerman expõe com muita clareza e diversão o jeito francês de cuidar dos pequenos. Além de contar histórias engraçadas e constrangedoras que viveu com os seus próprios filhos e os filhos de conhecidos, ela evidencia o abismo que há entre a criação americana e francesa. É uma leitura que vale a pena até para quem não tem (e nem quer ter) filhos.
comentários(0)comente



Matheus 26/03/2020

Pais... Leiam
Um ótimo livro para os futuros pais.
comentários(0)comente



45 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3