Beautiful Bastard

Beautiful Bastard Christina Lauren




Resenhas - Beautiful Bastard


26 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


mari. 13/09/2019

Esse livro no geral é bom. Nada inovador e algo que já vimos em outros livros assim..
O casal Chloe e Bennett.
Ele chefe
Ela estagiária

O casal se odeiam mas no fundo se deseja hahaha. O começo da relação deles é bem rápido; Ela trabalha na empresa há seis anos mas já começa com ela trabalhando alguns meses com ele(que voltou pra empresa da família) toda aquela tensão que rola entre os dois e as cutucadas um no outro.
Apesar da relação começar cedo os resto do livro desenvolve toda a relação deles, bem naquele jogo de gato e rato que bate uma canseira se deixar.
Chloe é uma personagem forte, destemida e que sabe o que quer. Ela é consciente e confiante de si.
Bennett é aquele personagem arrogante de um jeito gostoso, tem presença e todo aquele poder.

O casal tem muita química, os encontros dos dois são sempre bem feitos e muito hot também. Bennett é aquele homem de certos livros de CEOs que quando se apaixonam eles ficam super doados e sem medo algum de estar com a mulher que se apaixonou.

Eu gostei do livro e achei que não falaria isso NEM tão cedo mas tem muuuuuuitas cenas de sexo. Muitas mesmo, tipo eles respiram e estão transado. Isso não é tão ruim, mas sinto que livros assim exploram bem pouco a relação do casal, é legal que tenha com a mesma intensidade. Ao decorrer é mostrado como cada um vai se apaixonando conforme vão estando juntos, mas não achei o suficiente até porque demorou para que eles evoluíssem a relação. Não entendi qual momento foi crucial pra mudar os dois, então foi mais corrido o desenvolvimento amoroso. Mas deu pra engolir porque os personagens individual são muito bons e o casal também.
comentários(0)comente



Mary 29/08/2016

Uma estagiária ambiciosa. Um executivo perfeccionista. E um relacionamento ardente e totalmente perigoso!
Esperta, dedicada, prestes a cursar um MBA, Chloe Mills tem apenas um único problema: seu chefe, Bennet Ryan. Ele é exigente, insensível, sem consideração - e completamente irresistível. Um belo cretino. Bennet acaba de retornar da França para assumir um cargo importante na empresa de comunicações de sua família. Mas o que ele não poderia imaginar era que a pessoa que o ajudava enquanto ele estava no exterior era essa criatura linda, provocadora e totalmente irritante que agora ele tem de ver todos os dias. Ele nunca foi do tipo que se envolve em relacionamentos no ambiente de trabalho, mas Chloe é tão tentadora que ele está disposto a flexibilizar essa regra - ou quebrá-la de uma vez - para tê-la. Por todo o escritório! Mas o desejo que um sente pelo outro cresce tanto que Bennet e Chloe terão de decidir o que estão dispostos a perder para ganhar um ao outr
comentários(0)comente



Jefi 26/12/2015

Quente !
Pense num livro quente !!! Woww ! Sexy com muitas cenas hots. Eu gostei muito, achei a leitura leve, cômica em muitas situações além de quente !
Jan 14/03/2016minha estante
Adorei esta serie :))




Luiza Helena (@balaiodebabados) 19/09/2015

Originalmente postada em http://balaiodebabados.blogspot.com.br/
Chloe Mills trabalha na Ryan Media. Prestes a cursar um MBA, ela adora seu trabalho e todos ali, exceto pelo seu chefe, o arrogante Bennet Ryan. Desde o primeiro dia de trabalho dele como seu chefe, ela reconheceu a beleza do homem mas também, o quanto ele é cretino. Por isso, o apelidou "carinhosamente" de Cretino Irresistível. Chloe tem certeza que Bennet nasceu para fazer sua vida um inferno mas, ela consegue controlar a situação sem descer do salto.

A vida de Bennet Ryan também não é nada fácil. Pelo menos, ele pensa assim. Todo dia, ele tem de lutar contra a língua afiada, a mania de tirá-lo do sério e a beleza de Chloe. Porém, um dia, no fim do expediente, sozinhos na sala de conferência, Bennet não consegue resistir ao seu impulso e encurrala Chloe. Resultado: melhor transa da vida deles.

Após esse episódio, começa um jogo de gato e rato, pra ver que cede primeiro. Dois cabeças-duras, com personalidade fortes e decididas, só pode haver um resultado: acabarem na cama e tendo que lidar com as consequências no trabalho. Porém, após um tempo, eles começam a perceber que, o que era um jogo de sedução, evoluiu para algo que ambos não esperavam.

"Comecei a perceber que isso não era apenas sexo, e não era apenas uma coisa que eu precisava tirar do meu sistema. Sexo era apenas a via mais rápida para a posse intensa que eu desejava."

Quando comecei a ler esse livro, eu estava viajando e o vi na prateleira do hostel onde eu estava hospedada. Li a sinopse e achei interessante. Resultado: pra todo lugar que eu ia visitar na cidade, eu levava o livro. A cada capítulo, eu prometia que ia parar mas sabe como é vício...

O bom desse livro é que vemos duas pessoas adultas e conscientes das suas ações. Tanto Bennet quanto Chloe sabem que o "relacionamento" deles pode afetar na empresa. Mas, a atração entre os dois é bem maior que isso.

"De novo, Chloe. Essa é a razão número 750 mil para não transar com seu chefe. Você acaba transformando um relacionamento bem definido numa confusão onde os limites não estão claros."

O livro é alternado entre as vozes de Chloe e Bennet, o que achei bem legal porque podemos ver os dois lados da moeda. Os dois são bem cômicos em relação às situações que um põe o outro. Eu me acabava de rir, gente. Pelo menos, dessa vez, não teve nenhuma tiazinha com olhar de julgamento como aconteceu quando eu li Cinquenta Tons de Cinza. Só sei que era um mais maluco e pervetido que o outro. O legal de Cretino Irresistível é que nenhum deles tem um passado obscuro, ou problemas não resolvidos, ou são virgens e várias outras coisas que estamos acostumados. Por isso, se torna uma leitura leve e divertida.

Christina Lauren é o pseudonimo de Christina Hobbs e Lauren Billings. Originalmente, a história era uma fanfic chamada The Office. Por esse motivo, muitos podem comparar com Cinquenta Tons de Cinza. Amiguinhos, por favor, não cometam esse pecado. Eu comecei a ler a trilogia do Grey e já li todos os livros da série Irresistível e garanto a vocês que uma história não tem nada a ver com a outra.

No começo do ano, elas confirmaram a adaptação de Cretino Irresistível. Os direitos foram comprados pela Constantin Film e já está em pré-produção.

Cretino Irresistível é o primeiro livro de uma série que vai ser impossível você resistir.

Confira essa e outras resenhas em http://balaiodebabados.blogspot.com.br/

site: http://balaiodebabados.blogspot.com.br/2015/09/resenha-1-cretino-irresistivel.html
comentários(0)comente



Rosi.Ribeiro 03/08/2015

Bom
O livro é bem hot com um toque de romance, o que na minha opinião poderia ser ao contrário... Até que o final foi bonitinho e não tão vazio quanto o início da estória... Gostei mas não me surpreendeu.
comentários(0)comente



Iris 18/07/2015

Iris
Gostei muito bom ..
comentários(0)comente



Cíntia 30/06/2015

Bonzinho
Dá p ler!
comentários(0)comente



Bruna 08/06/2015

Cretino Irresistível - Christina Lauren
Cretino irresistível é o primeiro livro de uma série erótica das autoras Cristina Lauren, de uma forma descontraída, cômica, sexy e até romântica, elas nos mostra em cada livro a vida de um casal em um tipo de relacionamento entre preto no branco.

Este primeiro, conta a estória de Chloe e Beneath, ela uma esforçada estagiaria, e ele um asqueroso empresário, acabam tendo que trabalhar juntos a fim de uma boa relação, da qual vai ser representada durante os encontros quentes que vão ocorrer.

A estrutura da narração do livro é apresentada em duas perspectivas, das quais o leitor poderá ter o conhecimento das opiniões dos envolvidos, em certas situações que irá passar juntos, deixando o livro com um toque bônus. As personagens foram bem desenvolvidas, mesmo sabendo qual parte foi escrita por quem, esse fato não deixou mal o entrosamento da estória. Um ponto importante a ser lembrado, é o amadurecimento pessoal que cada um passou a desenvolver a partir da união de suas vidas. E esse diferencial irá surgindo gradualmente, no decorrer do livro.

O desfecho da estória não deixou a desejar das outras páginas, a final, brigas são normais, e sempre é bom dá uma fugida das brigas com as cenas de comédia, que aliais, esse livro tem muitas.

site: http://literoma.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Thuus 07/06/2015

Tópicos essenciais
Sem fantasmas do passado;
Sem ex namorados;
Sem muito drama;
A leitura flui.
comentários(0)comente



tayanecosta 28/05/2015

Resenha Série Cretino Irresistível
Um livro bastante intenso e com muitos cenas de amor. Confira no link a resenha:

site: https://www.youtube.com/watch?v=_Pq32iQ-sjw
comentários(0)comente



Stephanie 19/04/2014

Maravilhoso.
Cretino irresistivel (Universo do livros)é o 1º da série (Cretino irresistivel,estranho irresistivel,playboy irresistivel e cretina irresistivel)das autoras Christina Lauren.O livro é narrado por Chloe (estagiaria) e Bennett (CEO) as personagens principais desse enredo.A leitura é muito gostosa,e o livro te prende desde da primeira pagina.
O modo como as autoras escreveram os desejos,as cenas de sexo e os pensamentos das personagens é incrivel.Você ficará insaciavel enquanto não terminar de le-lo.Gostei da historia inteira,em particular,quando chegam no hotel para o convenção de San Diego,por que lá,é quando eles deixam de ter apenas "pegadas rápidas" e começam realmente a pensar em algo mais sério.Sem contar na dose certa de humor,que deixa a leitura super leve e agradável.Recomendo.

comentários(0)comente



Thaís Averaldo 09/01/2014

Tivemos uma fase em que fomos saturados por lançamento de livros sobre vampiros, depois vieram os anjos e outros seres sobrenaturais. Num momento de calmaria nos sobrenaturais começaram a ser publicadas fanfic de Crepúsculo e é sobre a ‘mais nova’ que irei falar hoje – mais nova entre aspas pois ela foi escrita na internet antes da história de E. L. James e publicada como livro depois. Beautiful Bastard foi originalmente postado com o nome The Office, mas foi reescrita antes de ser publicada.

O livro conta a história de Chloe Mills, uma estagiária, e seu chefe Bennet Ryan. Chloe trabalha para a empresa da família Ryan desde a faculdade e é escolhida para trabalhar ao lado de Bennet quando ele volta da França. Bennet é um chefe exigente e não tem papas na língua antes de criticar Chloe, ela por outro lado bate de frente e não engole os ‘coices’ do patrão como uma coitada – ela até o apelida de Beautiful Bastard, porque ele é lindo mas um chefe filho da mãe. Tamanha antipatia entre patrão e empregada no fundo esconde uma gigante tensão sexual.

O livro, ao contrário de “Cinquenta Tons de Cinza”, não te dá a sensação de que você já leu exatamente aquilo em algum lugar, relutei em começar o livro por imaginar outro “50 tons” e no fim acabei me surpreendendo. O livro é narrado em primeira pessoa, entretanto os capítulos são intercalados entre o ponto de vista dos personagens feminino e masculino.

O artefato poderia dar mais profundidade ao livro, entretanto isso não acontece. Quando li que se tratava de uma série esperei algo nos moldes de “50 Tons”, que tem um cliffhanger e no livro seguinte retoma a partir daquele ponto, mas não, toda a trama é desenvolvida num único livro. Penso que por ser um único livro ele teria conseguido se desenvolver melhor em terceira pessoa pois teria um distanciamento dos sentimentos pessoais dos personagens.

Mesmo com isso o livro é gostosinho de ler e leria numa ‘tacada só’ se tivesse tido mais tempo somente eu e o Kobo. Se fosse resumir o livro em uma palavra sem dúvidas seria em hot, definitivamente hot! Esses dois quando chegam perto um do outro parece até dinamite, mas não é do tipo de relacionamento que os dois se conhecem hoje e amanhã já estão lá se enroscando no sentido bíblico e jurando amor!

Sobre os protagonistas Chloe é normal, não é do tipo que engole qualquer coisa de homem e isso fez com que me identificasse com ela. Bennet é um mocinho que promete ser ogro e depois você acaba percebendo que ele só é assim porque ele sempre foi um workaholic e sempre viveu para o trabalho, mas no fundo ele é um fofo! Realmente vi o Bennet como alguém por quem eu me apaixonaria, mesmo ele sendo um bastard como chefe!

O livro recomendo para quem procura um hot para se distrair, que não procure nada profundo somente a distração de um livro simplesmente pelo prazer da leitura. Ele não é nenhuma obra prima, mas traz bons momentos de distração.
Marri 19/02/2014minha estante
siga o novo instagram erotico: loucaspordominadores ;) Obrigada




Djey 11/12/2013

Esse livro foi originado de uma Fanfic chamada The Office (O Escritório), ganhando mais de 2 milhões de leitores pelo mundo.
Beautiful Bastard é uma história como tantas outras do gênero erótico: excitante, envolvente e com personagens interessantes. O que a diferencia é, claro, o tal do título.

Se você leu 50 tons de cinza e adorou, vai gostar de Bastardo Irresistível , as autoras acabaram com aquele clichê de que toda mocinha tem que ser virgem e todo mocinho rico e com a vida sentimental acabada e blábláblá. a história é melhor, mas envolvente, sem aquela lenga lenga de garota virgem, pobre, que nunca amou antes com o cara rico e cheio de problemas.
Em Bastardo Irresistível você vai conhecer o nosso primeiro bastardo o Bennet Ryan , que nada mais é do que um cara de 31 anos, perfeccionista, grosso, paciência zero com seus funcionários, aquele tipo de patrão que não pensa duas vezes antes de te mandar embora, caso você não corresponda com suas expectativas. ( isso pode ocorrer no primeiro dia) Bennet só pensa em fazer crescer a empresa de seu pai, a fama de Bastardo deve-se a ele sempre tratar os funcionários de modo grosseiro, falando apenas o necessário nada mais. Também conhecera a Chloe uma mulher de 26 anos, perfeccionista, seu único objetivo no começo do livro é sua carreira, sempre a colocando em primeiro lugar, por isso ela é muito eficiente em tudo que faz, sempre esta um passo a frente, é assim por seguir a risca o conselho que seu pai lhe deu quanto era mais nova:

Meu pai sempre disse que o caminho para aprender o trabalho que você quer é passar cada segundo observando alguém fazê-lo.

"Para começar ao topo no seu trabalho,você tem que começar por baixo", ele me disse."Torne-se a pessoa que o CEO não poderá viver sem. Seja o seu braço-direito. Aprenda seu mundo, e eles vão agarra-te no segundo em que você terminar sua graduação."

Eu tinha me tornado insubstituível. E eu definitivamente me tornei a mão direita. Aconteceu então que, em neste caso, eu era a mão direita que a maioria dos dias queria dar um tapa no rosto do maldito.

Meu chefe, o Sr. Bennett Ryan. Bastardo Bonito.


Porem tudo muda na vida de Bennet e Chloe após uma noite, onde eles não conseguem controlar seus instintos e acabam se rendendo a eles. A resistência dos dois em se envolver emocionalmente é nítida, optando somente pelo sexo casual. As barreiras de proteção logo vão se desfazendo pouco a pouco, e um romance surge, mas será que vai durar?


site: http://leiaeapaixone-se.blogspot.com.br/2013/08/titulo-beautiful-bastard-cretino.html
comentários(0)comente



Solcito 20/10/2013

Cretino Irresistível ( Irresistível I de Christina Lauren)
Bennett Ryan, um executivo mais que talentoso, com uma carreira feita no exterior, volta a tomar as redes na empresa da família. Sim esperar encontrar uma mulher que tem a capacidade do tirar do serio.

“Estagiaria altamente comível à frente. Recuar, soldado. Recuar” (Bennett)

Um cretino... essa era a definição que Chloe dava para seu chefe. Arrogante, grosero, perfeccionista... e maravilhoso... um cretino irresistível. Clhoe, esperta, dedicada, estagiaria pronta a para se formar tênia que trabalhar com um homem que sentia que o universo gira a seu entorno.
Bennett e Chloe vivem um romance perigoso, proibido, de tirar o fôlego. Mais esse relacionamento vai a atrapalhar e colocar em perigo a carreira de Clhoe.

“Um mês passa voando quando você está se apaixonando pela mulher com que está transando. Dois meses se tornam uma eternidade quando a mulher que você ama te deixa para trás” (Bennett)

Assumir seus sentimentos e encontrar o jeito de poder combinar ambos sim se destruir, é a tarefa deste apaixonante casal para que possam afirmar:
“Je ne regrette riem...” (Não me arrependo de nada” Édith Piaf)
comentários(0)comente



Camilla Cardoso 14/10/2013

Manual para dar valor ao amor e trabalho
Completamente sem querer encontrei na internet um trecho da obra. Fiquei interessada e imediatamente baixei e começei a leitura. Não é uma obra carregada de qualidade literária mas, é um livro interessante. Ele conta a história de Chloe e Bennett, estagiária e chefe. Eles tem uma relação profissional conturbada e uma relação física/sexual apimentada. Misturando tudo construiram uma relação amorosa verdadeira. Enrredo simples, personagens determinados e descrições sexuais medianas. Mas de um modo geral é uma leitura agradável.
comentários(0)comente



26 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2