Sua Voz Dentro de Mim

Sua Voz Dentro de Mim Emma Forrest




Resenhas - Sua Voz Dentro de Mim


11 encontrados | exibindo 1 a 11


Regiane 08/05/2013

Uma das melhores biografias que já li!

Mas ela raras vezes está aqui, porque sua vida é cheia demais. Está sempre ocupada em ser livre.

Ao pegar esse livro em mãos, eu imaginava o quão comovente poderia ser, mas não fazia ideia do quanto à história vivenciada por Emma ficaria marcada em minha mente por dias, semanas, e sei lá por quanto tempo mais.

Emma Forrest deixou a casa dos pais em Londres para morar em Nova York ainda jovem. Uma jornalista e escritora aparentemente com uma vida perfeita e invejável, já que estava prestes a conseguir publicar seu primeiro livro, enquanto tinha um contrato com o jornal The Guardian. Só que por trás de tudo isso, a garota tinha problemas psiquiátricos bem sérios, pois sofria bulimia e automutilação.

Sua Voz Dentro de Mim traz memórias de Emma, onde ela expõe sem temor o seu lado obscuro que antes era só guardado para si. Mesmo diante de tanto sofrimento, autodestruição e depressão, ela consegue resgatar a beleza do amor ao detalhar sua superação ao decorrer das páginas. Sem contar que Emma passa uma mensagem válida para reflexão sobre a relação que temos com nós mesmos.

Não costumo levar em conta elogios em capa e contracapa de livros, porém quando eu me deparei com as impressões positivas da vocalista da banda Florence and the Machine e dos escritores Gary Shteyngart e Nick Hornby, que atraiu totalmente a minha atenção. Eles não pouparam palavras para aclamar essa obra, e não poderia ser diferente.

As memórias de Emma são apresentadas em uma narração divertida e inteligente. Mesmo nos momentos mais críticos da depressão, ela dribla a situação com seu humor, resultando em uma leitura menos tensa, capaz de arrancar sorrisos. Apesar da escrita ser concisa, não faltou em nada. Através de poucas páginas, Emma foi capaz de expressar com maestria a sua história de luta e superação.

Umas das coisas que mais me comoveram, foi o carinho e o valor que ela demonstrou a seu psiquiatra, apelidado de Dr. R ao decorrer da leitura. É perceptível a sua gratidão em cada palavra e em cada gesto por ele. Eu não faria diferente, porque esse homem se mostrou muito determinado e preocupado em ajudar pessoas através do seu conhecimento e profissão, e ele foi mais além para com Emma, ao revelar-se um amigo e o seu melhor confidente.

Nove anos atrás, o dr. R salvou minha vida. Graças a ele, meus pais tiveram sua filha de volta. Temos uma dívida eterna e somos eternamente gratos pela dádiva de sua presença em nossa vida. Com o passar dos anos, eu brincava com ele dizendo que ele era um otimista terminal. Graças a Deus ele era assim; peguei carona em sua fé e entusiasmo por um longo tempo. Levarei o dr. R comigo sempre. Eu me esforçarei para imitar sua gentileza e equilíbrio, especialmente perto dos que são doentes e sofrem, como eu era quando tive a sorte de ficar sob seus cuidados.

Confesso que apesar de adorar biografias, já li algumas que em determinados momentos, acabaram caindo na monotonia. Felizmente isso não aconteceu em Sua Voz Dentro de Mim. Emma conta a sua história de uma forma tão envolvente, que quando me dei conta, eu já havia virado a última página. Assim que terminei a leitura, senti uma vontade imensa em abraçar e ao mesmo tempo em aplaudir Forrest por sua determinação em lutar para seguir em frente e por sua coragem em expor suas maiores dores e aflições. É impossível não se emocionar com suas memórias. Apesar de não ter chorado - a maior parte do tempo - eu fiquei com um nó atravessado na garganta.

O livro traz algumas referências cinematográficas e musicais bem interessantes, que não há como passar despercebidos. Como sou apaixonada por ambos, eu nem preciso dizer que esses detalhes me agradaram demasiadamente. Com isso, Emma provou que além de ótima jornalista e escritora, ela tem bom gosto.

Sua Voz Dentro de Mim teve os direitos comprados para adaptação para o cinema, que ocorrerá ainda esse ano, tendo biografia será adaptada para o cinema este ano, com Emily Blunt - de A Jovem Rainha Vitória - no papel de Emma. Eu achei a escolha perfeita, pois além da semelhança, Emily é uma boa atriz. Estou bem ansiosa para ver a vida dessa mulher tão cativante nas telonas.

Como dito na orelha desse livro, essa biografia é uma emocionante crônica das diferentes formas de amar e de como é possível curar até a alma mais ferida. Uma obra que merece a atenção daqueles que estimam uma ótima leitura com uma lição essencial e bonita para toda a vida. Super recomendo!
Mylena 17/11/2013minha estante
Ótima a sua resenha, Regiane.
Tem um trecho de Cora coralina que tem tudo a ver com esse livro incrível:

"Desistir... eu já pensei seriamente nisso, mas nunca me levei realmente a sério; é que tem mais chão nos meus olhos do que o cansaço nas minhas pernas, mais esperança nos meus passos, do que tristeza nos meus ombros, mais estrada no meu coração do que medo na minha cabeça."


Diego 09/01/2014minha estante
Só para corrigir, mudaram e não será mais a Emily Blunt no papel no filme, e sim a Emma Watson! Emily é demais, mas a Emma é muito melhor (minha opinião), crítica maravilhosa me entusiasmou para ler.


vera 05/05/2015minha estante
De fato, um livro lindo, bem escrito e marcante.




Gabrielle Roveda 24/06/2013

Uma força que vem de dentro
Confesso, nunca tive tal interesse em ler uma bibliografia, sendo ainda de alguém que nunca ouvira falar. Porém, Emma Forrest foi contra os meus conceitos em Sua Voz Dentro de Mim, de início o que chamou minha atenção foi o que seria relatado ao decorrer das páginas, logo depois a capa incrível brasileira e depois a história em si. No começo pensei que seria tão dramático, tão cheio de sofrimento e me enganei quase por completo. O livro trás a história de Emma Forrest, uma jornalista e escritora que deixou a casa dos pais em Londres para morar em Nova York ainda jovem, com uma vida invejável já que estava prestes a publicar seu primeiro livro e tinha contato com o The Guardian. Só que não era bem assim em sua visão, Emma sofria de automutilação e bulimia e em seguida conflitos amorosos e afins. Ela procura o dr. R, o então homem que mudou, salvou e a trouxe de volta para vida. Teve o relacionamento paciente x psiquiatra por um tempo e a cada melhora as consultas iam diminuindo até se manterem por ligações em longo prazo. Ela então descobre por um email que seu salvador morreu em uma luta de oito meses contra uma doença, porém, ela nunca soube antes. A história gira em torno da voz de dr. R a mantendo forte, das recaídas, da autodestruição, de seus momentos felizes, de pessoas que conheceu e de anotações que fazia. A história de Emma é relatada com um senso de humor inesperado, vemos o quanto na leitura ela encara com uma passagem infeliz que já foi superada, trazendo as bobagens, medos e dores que tinha com um senso engraçado. No início achei o livro complicado e lá na página 30 voltei ao começo novamente. Tem como ponto positivo também as indicações de músicas e meios do gênero, percebi que Emma gosta de Bob Dylan de mais, é o mais citado! Nesses trechos a vontade é de parar e procurar a música, o cantor e ouvir, são como trilhas sonoras de cada página. Mesmo com esse sentimento de dor e mais dor que a história nos passa, podemos enxergar a superação dela ao chegar no final. Ao decorrer de alguns capítulo aparecem cartas de pessoas que tiveram a vida salva pelo dr. R, o homem de enorme bom senso, o que faz com que conheçamos-o melhor e que enxergamos o quão grandioso era esse tal doutor. Com linguagem fácil o livro nos prende do início ao fim, juntamente com sua história completamente envolvente de dor, amor e felicidade.

Veja mais em meiahoraemparis.blogspot.com.br

site: http://www.florejar.com/2013/06/resenha-sua-voz-dentro-de-mim.html
comentários(0)comente



Camila Márcia 23/04/2014

Sensível e perturbador...
Nesse livro autobiográfico Emma expõe-se, despe-se e mostra o quanto já viveu e como já viveu. Desde nova sofre com uma depressão forte, automutilação e bulimia e dessa forma Sua Voz Dentro De Mim, vem a mostrar todo esse período de conturbações na vida de Emma: dias em que ela simplesmente tinha vontade de desistir, não é à toa que em determinado momento de sua vida ela tenta suicídio, mas não consegue.
Sua Voz Dentro de Mim aborda todo o caos de doenças psicológicas: depressão, bulimia e automutilação, mas também trata de um processo de cura com a ajuda do psiquiatra chamado dr. R, que a ajuda de várias formas e portanto, este livro trata de amor em sua mais intensa forma: amor que cura e protege.
No decorrer dos anos Emma conta como já sofreu por amor em seus frustrados relacionamentos, e o quanto pensou em desistir e os motivos de não desistir, também aborda o amor materno e paterno, passagens por clinicas psiquiátricas e a tentativa de acertar. Emma não é perfeita e, muitas vezes, age da forma que a sociedade inteira condena, mas há motivos e sua vida reflete suas decisões de modo que percebemos que podem não ter sido as melhores e nem as mais corretas, mas condiz com sua estrutura. Emma é humana e tem suas fragilidades.
Emma quer viver mesmo diante de seus problemas psicológicos e tenta fazer isso com o auxilio do dr. R até descobrir que o dr. R morreu e, de repente, Emma perde o chão, tem uma recaída e não compreende porque dr. R não contou que estava doente, assim ela tenta entrar em contato com Barbara, mulher de dr. R, para entender, encontrar respostas, parar de sofrer pela ausência e incompreensão.
Sua Voz Dentro de Mim é um livro biográfico ou de memórias extremamente sensível, revoltante e que nos coloca diante de situações angustiantes e que muitas vezes não concordamos ou até mesmo temos pena, receio. É um misto de sentimentos, mas, sobretudo, trata-se de memórias cruas, uma exposição sensível e real da vida de Emma, ela, sem sombra de dúvidas, é uma mulher corajosa e forte que superou cada dor e cada problema, para mim, fez o amor durar.
Apesar de gostar de livros biográficos, não os leio constantemente e estou surpresa demais com relação a Sua Voz Dentro de Mim, porque mesmo se tratando de uma biografia ela é contada de uma forma diferente e a leitura é bem fluída, muitas vezes chegava até a pensar que não se tratava de uma biografia e sim de um romance, de tão envolvente que era, até porque vamos convir muitas biografias são boas, mas são escritas de forma maçante.

Camila Márcia

site: http://www.delivroemlivro.blogspot.com.br/
vera 05/05/2015minha estante
Eu li sobre este livro por acaso, uma critica de jornal. O que mais me chamou a atenção (na resenha do jornal) foi saber que a autora havia tido uma grande decepção com o ator Colin Farrel. E, ao ler o livro, percebi que isso era o que menos importava (tanto que ela sequer cita o nome dele). Livro marcante, sensivel, ironico, sincero, corajoso e que se tornou um dos meus preferidos.




Kathy 02/07/2016

Sua voz dentro de mim
É um relato sincero e corajoso da jornalista, escritora e roteirista Emma Forrest sobre suas dores e o mergulho profundo na depressão. Ela explora a beleza do amor e fala sobre a superação das perdas que acontecem no decorrer da vida e a constante luta com suas emoções.
Uma reflexão sobre a nossa relação com nós mesmos.
comentários(0)comente



Leonardo 01/05/2017

A Voz de Emma Forrest
Sendo preconceituoso e julgando o livro pela capa, eu não esperava mais do que um romance Young Adult superficial, desses que contaminam a má fama dos best-sellers. Porém, eu estava muitíssimo enganado: trata-se aqui de uma obra biográfica e de qualidade.

Os transtornos de bipolaridade e personalidade borderline sempre me exerceram fascínio e compaixão. São condições psicológicas associadas a muito sofrimento e também a uma sensibilidade artística ímpar. Afinal não foram poucos os artistas enquadrados nessa patologia: Ernest Hemingway, Marilyn Monroe, Edvard Munch, Francis Ford Coppola e Van Gogh, só para citar uns. Emma Forrest, a autora do livro aqui, não é um caso diferente.

Jornalista precoce - começou a escrever para o Sunday Times aos 16 – a britânica já entrevistava celebridades e colaborava com o NME, Guardian e Vogue ainda bem jovem. Seu primeiro romance foi publicado quando a mesma tinha apenas 22 anos. Mas por trás da superfície, existia ali uma mulher atormentada por bulimia, depressão e instabilidade emocional agravadas por um abuso sexual sofrido em sua adolescência.

Como a autora mesmo diz, “gosto de escrever quando estou com vontade de morrer”, a escrita é a sua grande catarse frente a uma vida tão turbulenta. O livro é escrito de maneira crua, os pensamentos de Forrest são colocados no papel de maneira onírica, e por vezes engraçada, um recurso inteligente para evitar que a narrativa soe cansativa e tediosa. Afinal, se já é difícil transmitir a complexidade de sentimentos como a mania e a paranoia para quem não os conhece, por que nãos os deixar fluir, bizarros, multifacetados e complexos que o são, como todo o sistema que constitui nossos pensamentos e emoções?

Os acontecimentos pessoais mais impactantes sobre a época narrada pela autora são a perda de seu terapeuta; o Dr. R., tão importante para a escritora que a mesma espalhou uma compilação de depoimentos de pacientes beneficiados pelo psiquiatra sobre o livro; e o seu peculiar envolvimento romântico com o ator Colin Farrell, que a deixou fragilizada após o rompimento.

Por Forrest ter uma profissão que cobre os bastidores de personalidades da mídia, o livro ainda serve como refeição para os interessados no mundo do pop, são inúmeras referências a filmes, músicos, atores e personagens importantes na nossa cultura. A própria autora pega emprestado algumas situações de filmes e seriados para descrever de maneira divertida o seu cotidiano.

Sua Voz Dentro de Mim é um livro profundo, que narra de maneira sútil e sensível as agonias de uma mente sempre sobrecarregada.
comentários(0)comente



Patrícia Belmonte 28/01/2016

"SUA VOZ DENTRO DE MIM", EMMA FORREST - ED.ROCCO
Uma boa reflexão sobre a nossa relação com nós mesmos.

site: http://atualizandolivros.blogspot.com.br/2016/01/sua-voz-dentro-de-mim-emma-forrest.html
comentários(0)comente



condadodeyork 27/09/2016

Depressão é assunto sério
Comprei este livro por indicação da booktuber Gisele Espacher... (tudo que ela indica eu gosto, acho que nossos "Santos literários" batem) Acho difícil ter conhecimento desta obra se não fosse pelo canal dela.
Enfim, sobre o livro, é uma história tocante... em muitos momentos me lembrou o MEDO DE VOAR... São livros que usam de momentos irônicos e absurdos para falar da dor. Daquilo que sentimos por sermos mulheres.
Nenhum destes livros tem qualquer discurso panfletário... mas se incomodam com detalhes... discursos que nos limitam.
comentários(0)comente



mpin 20/07/2018

Esperava mais
Livro de Emma Forrest que se vale do nicho de mercado 'judia com transtorno mental contando seus altos e baixos'. A história começa manjada, os capítulos tem tamanhos desproporcionais e a narrativa possui referências pop pouco relevantes tanto pra história quanto para ambientar o leitor no estado mental de Emma. Muitas oportunidades valiosas são perdidas para se fazer algumas considerações mais intimistas sobre os famosos que Emma conheceu. Mesmo momentos chave na história são trazidos de passagem, como se não tivessem importância. Apesar de ela se definir como uma profissional de sucesso, fiquei com a impressão de que a história não tem sucesso em captar bem esta faceta. Me parece que o livro errou onde Garota, interrompida acertou. Faltou talvez uma contextualização histórica mais sólida e menos vitimização. Sem falar que os depoimentos dos pacientes do dr. R em nada contribuem para a história e quebram a imersão do leitor em várias ocasiões. A figura do doutor poderia ter sido trabalhada em capítulos específicos, e não de forma tão espaçada, como foi feito. A loucura é naturalizada demais, quase glamourizada, e isso me incomodou conforme lia.

site: http://mpin-esc.blogspot.com/2018/07/sua-voz-dentro-de-mim.html
comentários(0)comente



Lari 26/06/2019

Drama autobiográfico
Super interessante para quem procura saber mais sobre esse transtorno de personalidade. Aborda, obviamente, o tema dos remédios, que nos faz ter algumas reflexões sobre.
Recomendo!
comentários(0)comente



Carla 15/11/2016

Ufa! Que livro!!
"Era louco. Tudo louco. Não havia contexto para minha insanidade porque todo mundo era doido. Mas todos eram funcionais e eu não percebia que eu não era".

Ufa que livro! Intenso e muito sensível! Um autorrelato da escritora e jornalista talentosa Emma Forrest sobre seus episódios de depressão, tentativas de suicídio e hipermanias e o impacto em seus relacionamentos. O livro tem o enfoque também em suas sessões de terapia e a relação com seu psiquiatra. Super indicação para relatos e experiências sobre saúde mental.
comentários(0)comente



Janeide.Magalhaes 16/11/2017

Ao abrir o livro adentramos no mundo de Emma Forrest. Consiste em um livro de memórias, um diário de Emma em que ela relata de modo cru fatos íntimos e perturbadores de sua vida. Foi descrevendo sua vida que ela conseguiu encerrar ciclos de sua história e permitir que algumas coisas não assumissem o controle.

Emma tinha 22 anos, morava em Nova York, trabalhava para o The Guardian e para a Vogue e sorria enquanto entrevistava celebridades, mas sob a superfície havia uma mulher que lutava contra a depressão, automutilação, distúrbios alimentares e relacionamentos tóxicos.

O livro é dedicado ao seu psiquiatra, Dr. R. Alguém que se tornou seu amigo e confidente e que lhe ajudou durante sua recuperação. Emma espalhou entre as páginas depoimentos de pessoas que também foram salvas por ele.

Sua Voz Dentro de Mim é um livro sutil e sensível. Emma foi corajosa por expor seu lado obscuro ao tornar públicos fatos tão íntimos. Através de suas palavras mostrou que é possível vencer e se reerguer.

Quotes:
🔹“ Estou apaixonada por alguém bom, generoso e gentil, e ele viu as trevas também, mas de algum modo nos tornamos a luz um do outro. Você me deixou bem o bastante para ser a luz de alguém!”

🔸" Não pode dar amor incondicional a alguém que odeia a si mesmo.” ㅤ
comentários(0)comente



11 encontrados | exibindo 1 a 11