Mamãe Walsh (Mammy Walsh

Mamãe Walsh (Mammy Walsh's A-Z of the Walsh Family) Marian Keyes




Resenhas - Mamãe Walsh


59 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Ivi 13/11/2014

MAMÃE WALSH
Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 56º livro lido em 2014 e foi MAMÃE WALSH (Marian Keyes). Não é segredo que a Marian Keyes é uma das minhas autoras favoritas e este livro era o lançamento mais aguardado do ano pra mim.
"Dizem que os esquimós tem cem palavras para se referirem à neve, mas os irlandeses devem ter, umas cento e cinquenta palavras e expressões para decrever alguém em estado de embriaguez." página 23
O livro nos traz a mamãe Walsh, Mary, nos falando um pouco sobre a sua louca família e para nos contar esta história ela desenvolve um dicionário e, da letra A até a letra Z, ela fala sobre coisas que com certeza, só a família Walsh conhece.

O livro não conta uma história, mas pequenas historinhas que a autora criou para justificar as palavras estranhas e termos singulares que a família walsh usa e poucas pessoas conhecem ou entendem.

A personagem da mamãe Walsh ganhou o seu próprio livro após nos divertir bastante na série As Irmãs Walsh. Ela é a mãe das personagens mais loucas, apaixonadas, hilárias, desajustadas emocionalmente falando dos romances contemporâneos e através deste livro, temos acesso a pequenos detalhes sobre o que a mamãe Walsh pensa de si mesma e das próprias filhas.

Como era de se esperar, o livro é pura diversão. Mas diversão mesmo! A maneira como a protagonista - mamãe Walsh iria a loucura de felicidade se lesse que eu a chamei de protagonista - nos fala da sua família, amigos, filhas, genros e netos é de rolar de rir. Só de lembrar de alguns casos, enquanto escrevo esta resenha, caio na risada porque realmente eu me diverti o livro inteiro e apesar do livro ter apenas 159 páginas, o livro é intensamente bom.

Acredito que a escritora teve a intenção de prestar uma homenagem à mulher que em seus outros livros de sucesso, dava o tom certo para a comédia que era a vida das protagonistas em questão. Mais que isso, acho que a autora deve ter recebido muitos pedidos para que a saga das Irmãs Walsh não simplesmente terminasse sem a mamãe Walsh dar o seu ponto de vista ao público.

Apesar de ter adorado a leitura e ter me divertido muito enquanto eu lia, eu ainda acho que a mamãe Walsh merecia uma trama para ela, mais que falar da família, ela merecia ter a sua história escrita mas particularmente eu acho isso bem difícil de acontecer.

Não é um livro para todo mundo, até porque Marian Keyes não é uma escritora que agrada todo mundo. Na verdade ela faz mais o estilo do "me ame, ou me odeie", porém se você acompanhou a série das irmãs Walsh, tem quase a obnrigação de ler est elivro. E se você começou a série e ainda não leu os cinco volumes, recomendo a ler este livro apenas quando concluir a série, até porque ele possui alguns spoilers dos outros livros, nada muito direto, mas sim, conta por cima como estão as irmãs Walsh e sendo assim, você já saberia como termina determinados livros.

Para mim, foi uma leitura que chegou no momento certo. depois de ler alguns livros dramáticos e tensos, esse livro foi como uma caneca de bebida quante em uma noite fria de inverno e se você gosta de ChickLit e aprecia uma leitura para entretenimento e diversão, a série toda atende bem a este apelo.
Enfim, eu adorei!!!
"Não sou dada a pensar demais nas coisas que acontecem porque, até onde consigo enxergar, as pessoas que refletem demais e até filosofam sobre a vida, são as que mais sofrem à nossa volta." página 66
Considerações sobre a série:

Livro 1: MELANCIA
Livro 2: FÉRIAS
Livro 3: LOS ANGELES
Livro 4: TEM ALGUÉM AÍ?
Livro 5: CHÁ DE SUMIÇO
Livro 6: MAMÃE WALSH


A série é formada por estes 6 livros e cada um deles, conta a história de uma das filhas da mamãe Walsh, uma mulher irlandesa que em um único parágrafo onde é descrita, independente das características que serão contadas, já arranca risadas escandalosas dos leitores. Mamãe Walsh teve 5 filhas: Claire é a protagonista do livro MELANCIA; Rachel é a protagonista do livro FÉRIAS; Margaret é a protagonista do livro LOS ANGELES; Anna é a protagonista do livro TEM ALGUÉM AÍ? E finalmente a Helen é a protagonista do livro CHÁ DE SUMIÇO.
Todos os livros são independentes e as outras irmãs são apenas mencionadas na história, salvo a Helen que em todos os livros é uma coadjuvante marcante. Cada livro traz uma premissa muito diferente uma da outra, com abordagens sérias, tratadas com leveza e bom humor, mostrando personagens que se enrolam com suas escolhas, que aprendem com os próprios erros, que amam e odeiam com a mesma força e que só desejam ser felizes. Sou fã da autora e indico sempre seus livros e, se você gosta de histórias bem desenvolvidas, originais e com direito a piadas inteligentes, pode ter certeza que você irá gostar.
comentários(0)comente



Douglas 11/11/2014

Hilário! Recomendo.
Este livro me fez lembrar por que me apaixonei pelas loucuras dessa família!É uma leitura curta, muito divertida,cheia de ironia e o humor ácido da Mamãe Walsh para mim e a melhor parte.Com muito humor,a Mammy Walsh fala sobre tudo e todos: sobre as filhas, os netos,fofocando sobre segredos íntimos da vida de cada uma das irmãs. Coisas que nunca antes tinham sido reveladas, agora vão cair na boca do povo.O livro é maravilhoso e hilário,mas confesso que não é pra todos os leitores. É um livro escrito para os amantes da saga dessa maravilhosa família.
comentários(0)comente



Diego 17/11/2014

Perfeito reencontro a família Walsh.
Marian Keyes é minha autora favorita e não decepciona com "Mamãe Walsh". Apesar de ser curto (originalmente foi lançado apenas em formato e-book) e deixar você louco para ler mais sobre a excêntrica matriarca dos Walsh, o prazer de reencontrar a leitura de Keyes e o bem-estar que sentimos enquanto lemos as suas palavras é indescritível. Quem ama Marian Keyes sabe bem o que sentimos durante a leitura dos seus livros. A "mamãe" nos contando como se sente quando vai ao circo e o que tem vontade de fazer com os palhaços é uma das tiradas mais hilárias que já li, perfeito.
comentários(0)comente



Monique 28/08/2020

Muito divertido
Saber um pouco mais sobre a mamãe Walsh vale muito a pena, ainda mais quem acompanhou seu jeito engraçado de ser nos 5 livros anteriores
comentários(0)comente



Virgínia 07/04/2021

Aperitivo Walsh
Eu adoro a família Walsh, claro que gostaria de um livro completo contando a história dessa figuraça que é a mamãe Walsh, mas esse livro foi um bom aperitivo e quem sabe a Marian ainda nos surpreenda com um novo livro.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Léia Viana 29/04/2015

Divertidíssimo
"Não sou dada a "pensar demais" nas coisas que acontecem porque, até onde consigo enxergar, as pessoas que refletem demais e até mesmo "filosofam" sobre a vida são as que mais sofrem à nossa volta."

Tem toda a razão. As pessoas que pensam muito acabam se tornando tristes e com dificuldade para se encantar com o simples.
Que livro hilário! Uma delícia de leitura, leve e que garante boas risadas para o leitor. Mamãe Walsh é uma figura, aliás a família inteira é uma comédia.

"Olha só pra você, toda tristinha e de farol baixo, feito uma gaveta despencada! Mais parece uma árvore sobre um poço sagrado."

Leitura recomendada!
comentários(0)comente



Manu 25/08/2021

Um livro para ser lido rápido. O pequeno dicionário da família Walsh conta histórias curtas o relata memórias da família a partir de Mary, a mãe da família Walsh.
comentários(0)comente



Idma 01/10/2020

Se vc ainda não leu todos os livros da série, cuidado! Mamãe Walsh traz muitos spoilers sobre as vidas de suas filhas! Hahaha Além disso, uma leitura bem leve, divertida e que explora a mentalidade dessa mãe, esposa e mulher de classe média, de uma família cheia de particularidades e ao mesmo tempo, tão caricaturada.
comentários(0)comente



Iara 25/10/2020

Lista
Não sou fã de listas e esse dicionário é tão confuso quanto a família Walsh! Kkkk
comentários(0)comente



Bianca Daoud 15/11/2020

Para quem leu todos os livros das irmãs Walsh, nada mais justo do que ler o livro da mamãe Walsh.
Ele é divertido, não é uma trama corrida, são realmente palavras como em um dicionário, e algumas delas rendem histórias engraçadas contadas pelo ângulo da matriarca da família Walsh.
Eu acho que ela merecia um livro mesmo, como o das irmãs. Mas, na falta de um esse deu uma pincelada na história dessa família.
comentários(0)comente



Camila Melo (@a_bookaholic_girl) 09/12/2014

Marian Keyes ... Forever!
Sinopse: Depois de encantar os leitores com as loucas e divertidas irmãs Walsh (Claire, Margaret, Rachel, Anna e Helen), Marian Keyes nos presenteia com um pequeno dicionário sobre a família irlandesa mais disfuncional - e amada - do mundo. Pela primeira vez, Mamãe Walsh está com a palavra... E ela tem muito a dizer, principalmente sobre as suas filhas! De maneira bem-humorada, a matriarca apresenta uma lista de coisas que, de alguma forma, são relevantes para o seu clã: como ela descobriu as tangas, por exemplo. Ou por que em sua casa só existe comida congelada e fast-food. Ou a história sobre aquele bronzeado artificial horroroso que a deixou tão laranja que... Bem, não queremos contar tudo e estragar a diversão! Em Mamãe Walsh: Pequeno Dicionário da Família Walsh, somos convidados a visitar mais uma vez essas incríveis personagens. São páginas repletas de humor e sagacidade, como somente Marian Keyes é capaz de escrever.

Fiquei um pouco chateada após ler o livro da Helen Walsh (Chá de Sumiço), pois era o último da série "Família Walsh" da Marian Keyes, e daí essa brilhante autora nos presenteia com esse bônus: Mamãe Walsh - Pequeno Dicionário da Família Walsh =D

O livro possui as mesmas sacadas de humor que a autora costuma trazer em seus livros (receitinha básica do seu sucesso), e ainda relembra alguns fatos ocorridos nos demais livros dessa série. A forma como a mamãe Walsh é descrita e narrada nos faz rir o tempo todo e também conhecer alguns detalhes como estão os membros da família hoje (afinal em Melancia Kate era um bebê e hoje já é uma adolescente, por exemplo), sua origem e como conheceu o Sr. Walsh, além da visão de cada uma das suas filhas.

Maryan Keyes soube desenvolver toda a série de uma maneira genial, tratando de assuntos pesados ao longo de cada um dos livros com muito humor, sagacidade criar personagens de uma mesma família, com personalidades e características diferentes, numa continuidade ao longo de tanto tempo (o primeiro Melancia foi lançado em 1995 e o último Chá de Sumiço em 2012), além de adaptar os livros à tecnologia e assuntos da atualidade com uma ligação entre eles.

Sem dúvidas esse livro veio fechar com chave de ouro essa maravilhosa série e o legado da Maryan Keyes na literatura contemporânea em todo mundo através de suas histórias dentro do gênero Chick-Lit!

#SuperRecomendo #SérieFamíliaWalsh #MarianKeyes
comentários(0)comente



Anna 16/11/2015

Decepcionante.
Eu gosto bastante dos livros de Marian Keyes, li todos. São divertidos e desestressantes, histórias surreais que ajudam a passar o tempo. Mas este, separado por letras do alfabeto, parece um enorme livro de piadas. Sem graça, ou forçadas. Abandonei!!!
wanessa 21/01/2018minha estante
Eu achei o livro desnecessário. Não gostei.




Jô88 20/09/2021

Nossa para fechar com chave de ouro a família Walsh a matriarca. Do começo ao fim você não para de dar risadas ela fala um pouco de sua vida e na criação de suas 5 filhas de uma maneira curta e grossa ela é muito direta e objetiva.
comentários(0)comente



Carol Portela 23/12/2014

Uma dose de Marian Keyes
Esse livrinho é ótimo para passar o tempo. Uma delícia, uma pequena dose de Marian Keyes. É especialmente bom para quem já leu os demais livros da família Walsh, porque o tempo todo a autora se remete a eles, mas também dá pra ler sem ter lido os outros (e aí ficar com vontade de ler!).
comentários(0)comente



59 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR