A Arte de Ser Normal

A Arte de Ser Normal Lisa Williamson
Lisa Williamson




Resenhas - A Arte de Ser Normal


27 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Katy Leão 12/02/2020

Desde que esse livro lançou por aqui tive muita vontade de ler, mas só agora que finalmente a oportunidade surgiu.

Aqui temos uma história narrada por David e Leo. David nasceu no corpo errado e agora sendo um adolescente de 14 anos tem que lidar diariamente com as mudanças assustadoras que estão acontecendo com seu corpo, na escola sofre bullying e em casa tem os pais e uma irmã mais nova que não o compreende. Já Leo de 15 anos, é o garoto novo do colégio que apesar de não querer chamar atenção, seu ar misterioso gera curiosidade nas pessoas, que começam a fazer várias especulações do porquê ele foi transferido para lá.

Foi uma leitura bem tranquila, divertida, emocionante e muito esclarecedora, com lindas amizades, famílias acolhedoras e o bom e velho clichê adolescente, mostrando que todo mundo merece ser representado em todos tipo de história.

Eu adoro livros com temáticas que precisam ser abordadas com mais frequência na sociedade, e esse é um bom livro para as pessoas terem uma noção de como é a vida de uma pessoa transgênero. Espero encontrar mais livros que abordem esse tema, pois infelizmente vejo poucos, talvez por serem pouco divulgados.
comentários(0)comente



eversincerafa 26/03/2020

Todos deveriam ter uma amiga como Kate Piper
É a segunda vez que leio esse livro e não tenho nem como descrever o quanto eu amo. Acho incrível como a Lisa Williamson pega uma história e te faz sentir dentro dela. Acho ainda mais incrível como os personagens são completamente reais - e as dores deles também.
Me identifico demais com Leo Denton e eu amo ler a história dele, mesmo que seja um pouco trágica, porque me faz lembrar que eu não estou sozinha.
E sinceramente, todos deveriam ter uma amiga como Kate Piper (David, quem?) porque ela é incrível e, apesar de ser uma das protagonistas, o que mais me toca nela é como ela sempre esteve ali pelo Leo, mesmo quando ele claramente não queria.

Apaixonante e tocante. 10/10 pra sempre!
comentários(0)comente



Julia 27/03/2020

A Arte de Ser Normal
Apesar da história ser bem arrastada e sem rumo nos primeiros 40% do livro, eu realmente gostei dele; tem momentos emocionantes, ensinamentos bonitos, e o desenvolvimento do relacionamento entre os personagens principais é delicioso de ler. Queria que alguns personagens secundários tivessem mais desenvolvimento, mas a autora não falhou com uma narrativa muito interessante. Recomendo!
comentários(0)comente



Anderson 31/12/2015

A Arte de Ser Normal - Lisa Williamson
Fala galera, estou meio sumido, pois estava tentando da um UP no blog, mas tem resenha fresquinha agora.

Bom, vamos lá!

Primeiro vou logo dizendo, o livro é fantástico, me faltou palavras para descrever o quanto é emocionante a história. Sabe aquele livro que quando acaba, a historia acaba, seu mundo acaba, sua vida acaba, e você só tem vontade de comer, e logo após, ainda fica em uma super-ressaca, bom foi esse rsrs, ele entrou pra minha lista de livros favoritos, recomendo a todos, 5 estrelas, mas vamos ao principal, a resenha, RS.

A temática é bem polemica, envolve temas como o trasngenero e o transexual. A forma como a historia se passa é brilhante! O enredo da historia é contado de dois pontos de vistas: O do David e o do Léo. No inicio simplesmente não compreendemos o porquê do Léo ter envolvimento no enredo, à forma como é construído o texto, até que nos habituamos com a maneira da escrita da autora. Pensamos ser uma simples história de romance gay, mas vai além do que imaginamos com várias novidades que não encontramos em romances com essa mesma temática. Deparamos-nos com um show de palavras que nos leva a refletir sobre a questão, através do crescimento dos personagens, apesar de muito diferentes e cada um guardando um segredo próprio, David e Leo inicia uma profunda amizade que é a base do elogiado romance.

“David Piper tem 14 anos e um desejo- “Quero ser uma menina”, mas este é um segredo que ele compartilha apenas com Essie e Felix seus únicos amigos pelo menos até a chegada de Leo Danton a escola Parque Éden”, um dia na escola depois de uma série de eventos ele conhece o Leo e com o desenrolar dos parágrafos se tornam próximos, em seguida amigos, e daí então tem seguimento a toda uma história brilhante.

David é um garoto bem curioso como qualquer jovem que em busca de seus sonhos resolve ‘’matar’’ todas as curiosidades através da internet, apesar de obter muitas informações a respeito, o mundo da web é bem figurativo por assim dizer, no mundo real as coisas podem ser muito mais difíceis. Já o Léo é um garoto mais ‘’durão’’, tenta sempre passar uma impressão de malvado, valente, e o engraçado que de certo modo um acaba ajudando o outro em certos aspectos.

“Com diálogos engraçados e relatando situações cotidianas na vida de adolescentes a autora consegue abordar a delicada e muito atual questão da identidade de gênero de maneira leve e nada apelativa numa narrativa que conquista o leitor da primeira a ultima linha.”


site: http://geek-reader.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Lena 23/05/2020

um livro com um assunto muito importante e de leitura fácil. me encantei pelas personagens e torci por elas.
comentários(0)comente



Morais__ 24/07/2019

Gostei
O livro e legal , fofo , CLICHÊ sim muito CLICHÊ , gente quando eu estava lendo esse livro era como se eu estivesse lendo um livro do wattpad ou assistindo um filme da Disney pra adolescentes , esperava que fosse um livro mais maduro , e olha que já li um livro LGBT com personagens adolescentes e não foi nada CLICHÊ como esse , foi super original e maduro , o livro só gira em torno do Léo , sua vida íntima , seus segredos e revelações , o David tá alí também com seus problemas e sonho , mas realmente o Léo é a atração desse livro , talvez eu possa muda de ideia quando for reler esse livro , não estava muito na vibe , se você está procurando livro LGBT com protagonista Transgêneros com uma história bem Disney , toma esse e boa leitura :)
comentários(0)comente



Lari 08/04/2020

David sempre soube que era uma menina, mas não tinha coragem para se abrir com sua família, as únicas pessoas que sabiam sobre seu segredo era seus dois melhores amigos. A família de David é bem "tradicional" ( no sentido de ter pai mãe e dois filhos) e todos são incríveis, bom a irmã pode ser uma pestinha. Ja Leo mora com sua mãe e seus duas irmãs (adoro a Tia, muito fofa). Leo muda para a escola de David e todos especulações sobre ele. David faz varias tentativas de aproximação ate que eles acabam virando amigos e ajudando um ao outro com seus problemas. É um livro incrível, leitura super fácil e rápida, li em um dia
comentários(0)comente



Maris 11/12/2015

"A Arte de Ser Normal" - O livro perfeito para os dias atuais.
Um livro perfeito, apaixonante e de certa forma, ensina bastante ><
~~~~~ David Piper aos 8 anos, se depara com a pergunta "o que você quer ser quando crescer?" e escreve sua resposta foi fora do comum (para um menino de 8 anos). David disse: "Quero ser uma menina."
Aos 14 anos, sua família e seus colegas de escola certos de que ele é gay. Porém David, Essie e Felix (seus melhores amigos), sabem que essa não é a verdade. Piper tem toda a certeza de que ele não pertence à esse corpo e ele precisa dar um jeito nisso.
Leo Denton vive em Cloverdale com sua irmã gêmea Amber, sua irmã mais nova Tia e sua mãe.
Sua mãe tem problemas com bebidas, cigarros, não para em um emprego, sempre aparece com um cara diferente em casa e quase nunca eles têm o que comer. Depois de um incidente na escola, Denton é convidado a se retirar permanente do local e precisa de uma escola nova, de preferência distante dessa. Leo consegue uma bolsa no Colégio Parque Éden, um colégio conhecido e popular. Colégio onde David, Essie e Felix estudam.
Depois de seus caminhos se cruzarem com Léo defendendo David do valentão, uma nova amizade surge. Os segredos ficam cada vez mais difíceis de serem guardados e muitas emoções estão em jogo. ~~~
comentários(0)comente



Hels 11/12/2015

QUEM QUER SER NORMAL, NO FIM DAS CONTAS?
Quando ouvi sobre esse livro pela primeira vez (no mesmo dia em que o ganhei, por acaso), eu tive certeza que o queria e o mais breve possível. É bem provável que se não tivesse ganhado em um sorteio, eu o teria comprado.

A história trás a temática em torno de transgêneros, algo que está tendo um foco maior aos poucos aqui e ali por parte da mídia, mas – para mim – não há maneira melhor de tentar explicar ou exemplificar o que isso significa do que através de histórias. Seja visualmente ou por escrito, abordar esse tema é importante para que abra nossas mentes para o diferente e não o julgar como “não normal”. Não existe pessoas normais, afinal de contas... Essa é a grande realidade.

Começamos o livro com a narração de David Piper explicando o que ele quer ser quando crescer (uma menina), seguindo para uma apresentação de sua festa de aniversário um tanto deprimente. Aos catorze anos, ele está certo do que quer ser, já fez diversas pesquisas sobre tudo sobre o assunto e sobre como se sente. Mas, e é bem claro, que isso ainda é um segredo, seus pais e irmã mais nova não tem a menor ideia. Bem... Eles pensam que David é gay, pura e simplesmente, não imaginam que a situação é bem mais a fundo.

Outro narrador do livro é Leo Denton, um garoto de quinze anos que – à primeira vista – tem alguns problemas pessoais e familiares, além de uma raiva excessiva. É de família pobre, tem uma irmã gêmea e uma mais nova, e a mãe (no seu ponto de vista) não passa da mulher que fez seu pai ir embora – mesmo que a realidade dessa história nunca tenha vindo a tona antes.

Ambos são extremamente diferentes, mas incrivelmente semelhantes ao mesmo tempo. Eles tem uma amizade recém formada, que tende a crescer ao longo do enredo, que os fará aguentar diferentes situações. No início, imaginei que o foco seria mais em David e em como sua vida mudaria quando ele revelasse seu desejo. Mesmo que houvesse Leo narrando as coisas em sua perspectiva, não achei que havia tanto nele quanto fui descobrindo ao ler. Estava, então, redondamente enganada. Se tivesse que escolher qual a história que mais tem base e consistência, a que mais nos ensina lições, essa seria a de Leo. Não menosprezando o David, afinal os dois mudaram a vida um do outro, portanto são peças importantes para o que cada um realiza.

A identidade de gênero não é o único tema aqui abordado, apesar de ser o maior foco e causador das algumas coisas que acontecem ao longo da história; mas vemos também menções ao bullying e complicações familiares, como abandono e uma mãe solteira, o que torna toda a situação mais realista e palpável.

O mínimo que posso dizer sobre como me sinto sobre esse livro é: arrepiada. Foi assim que fiquei quando cheguei às páginas finais. Apesar de ter ficado um pouco com gosto de “quero mais”, o final ficou digno. Digo isso pois qualquer coisa que fosse adicionado além daquilo ficaria um pouco cansativo e não deixaria o leitor com a sensação boa de “dever cumprido”, como se tudo o que os personagens passaram fosse sua responsabilidade.

Devo dizer que, em termos de escrita, Williamson me impressionou. A riqueza de pequenos detalhes na narrativa de cada personagem foi o que os fez bastante opostos e, ainda assim, com brechas para a realização da amizade deles. As palavras escolhidas para certos diálogos também foram essenciais para a compreensão de como é a realidade daqueles que tem uma vida como a de David ou de Leo.

Adoraria comentar mais sobre o enredo, mas acho que esse é um “must read”, uma leitura necessária, calma e gostosa. Além de muitas coisas que acontecem são spoilers em potencial. Então, acho que vocês terão que ler para entender mais do porque estou extasiada!

site: http://www.theblueblog.co.vu/2015/12/resenha-arte-de-ser-normal.html
comentários(0)comente



Jéssica 14/02/2016

A Arte de Ser Normal - Lisa Williamson
David é um garoto de 14 anos que nunca se sentiu confortável em seu corpo e desde pequeno seu maior desejo era ser uma menina e apenas seus dois melhores e únicos amigos, Essie e Felix, sabem sobre isto. David sofre na escola por ser diferente, sempre sendo ofendido e aguentado de cabeça baixa até que um dia um garoto novo na escola o defende, os dois acabam ficando de detenção e esse tempo juntos os faram se aproximar.

Esse novo garoto é Leo que depois de um incidente na sua antiga escola foi transferido para escola de David, por ninguém saber o real motivo de sua transferencial todos acabam tendo medo dele e por querer se isolar Leo deixa que pensem o que quiser sobre ele, mas uma garota que senta na sua frente na aula o fará quebrar sua barreira de isolamento além do próprio David.

Leo tem um segredo que guarda longe de todos, um segredo que o ligará a David.

A família de David acaba achando que ele gay e toda vez espera que ele conte sobre isso o que torna cada dia mais difícil para ela contar a verdade, mesmo já tendo pesquisado muito sobre o assunto e ter certeza que ele é uma garota presa em um corpo de menino.

Com uma narrativa intercalada entre Leo e David vamos descobrindo mais sobre seus sentimentos, dramas familiares e como a amizade deles vai florescendo e ajudando ambos. De uma forma bem leve a autora conseguiu relatar tudo isso tornando o livro fofo e de leitura fluida sem esbarrar em dramas desnecessários e tratando de temas sérios.

Os dois personagens principais são bem construídos e decididos com suas personalidades fortes que despertam a empatia do leitor fazendo torcemos para um final feliz. Adorei a autora ter focado na amizade entre os dois e não forçado um romance desnecessário, além do com desenvolvimento dos outros personagens secundários que são essenciais para o enredo.

A diagramação do livro esta simples com folhas amareladas, um bom tamanho de fonte e espaçamento, fontes diferentes para cada narrador ajudando a diferencia-los e uma capa simples porém bonita. Não achei nenhum erro de revisão durante a leitura.

Se você esta buscando uma leitura leve e fofa que trate de temas importantes e pouco abordados essa é sem duvida uma ótima dica para você.

site: http://meumundo-meuestilo.blogspot.com.br/2016/01/AArtedeSerNormal.html
comentários(0)comente



Barb 01/09/2016

Uma das mais empolgantes leituras que já fiz
O livro aborda um tema que poucos escritores se atrevem a abordar: a transexualidade na adolescência. Lisa Williamson além de ser uma fofa que responde a todos no Twitter também conseguiu passar a angústia e o medo de ser um adolescente transexual, entretanto mostrou também a satisfação de ser verdadeiro à si mesmo, quando Kate finalmente sai de sua concha (A concha de viver dentro de um corpo que não representa sua alma de menina) e sente-se finalmente como a mulher que ela é, passa o alívio que é contar aos seus pais e se sentir livre, que, mesmo não sendo uma realidade comum, deve ser o melhor de todos os sentimentos. O livro não para por aí! Mostra também o ponto de vista de alguém que já passou por parte da transição e já se nomeia por 'Leo' àqueles que conhece, com Leo nós sentimos o medo de sofrer chacota e bullying por aqueles cujo pensamento ainda não saiu do século 16, ele nos mostra a dificuldade de se apaixonar e ainda manter o segredo de ser quem realmente é. Juntos, Leo e Kate nos mostram o poder da amizade, e de ter alguém que te entenda e em quem você possa confiar, e os obstáculos que, sozinhos, não teriam conseguido ultrapassar, mas juntos, não há barreiras que os parem.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Biblioteca Álvaro Guerra 25/10/2019

Dois meninos. Dois segredos. David Piper sempre foi um excluído. Seus pais pensam que ele é homossexual. Os valentões da escola acham que ele é esquisito. Apenas seus dois melhores amigos sabem toda a verdade: David quer ser uma menina.
No primeiro dia de aula na escola nova, Leo Denton temuma única meta: ser invisível. Atrair a atenção da menina mais bonita definitivamente não fazia parte de seus planos. E quando Leo defende David numa briga, surge uma amizade atípica. Mas as coisas começam a se complicar, porque segredos não duram muito tempo.

Empreste esse livro na biblioteca pública.

Livro disponível para empréstimo nas Bibliotecas Municipais de São Paulo. Basta reservar! De graça!

site: http://bibliotecacircula.prefeitura.sp.gov.br/pesquisa/isbn/9788579802508
comentários(0)comente



Gab 23/10/2017

Quando esse livrou lançou, fiquei animada e curiosa. Era o primeiro livro que abordava a transgeneridade que eu tinha conhecimento até então, e como eu adoro livros que abordam essas questões sociais, fiquei me remoendo para ler. Finalmente consegui!

David é um garoto como muitos de nós foi na adolescência: em seus 14 anos ele está descobrindo seu corpo, tem sua paixonite por um cara do seu colégio que talvez nunca vá olhar para ele e se vê constantemente em uma guerra com matemática. Mas David também tem um desejo muito íntimo, que compartilha apenas com os seus melhores amigos: David quer ser uma menina.

Há muito tempo que ele tem ensaiado seu discurso para contar aos pais sobre sua identidade de gênero. Tem procurado e reunido todo o tipo de informação para poder mostrar da maneira mais clara para os pais de que ele ser um menino, e querer ser uma menina, é algo completamente normal e que acontece com milhares de pessoas no mundo. Mas, por alguma razão, ele nunca consegue encontrar a coragem que necessita para se abrir dessa forma para os pais.

Durante o ano letivo, David conhece Leo Denton, um aluno novo, pouco mais velho que ele, que veio transferido de uma escola muito conhecida por ser de baixo nível e comportamento violento. Boatos de violência e agressão sobre Leo se espalharam, mas David escolheu não acreditar e resolveu se aproximar de Leo. Leo, entretanto, não queria fazer amizades e descartou a simpatia de David, resolvendo isolar-se e dar razão a todos os boatos que corriam sobre ele na escola nova.

Porém, quando um valentão envergonha David na frente de todos, Leo intervém e protege David. À partir daí, os dois se aproximam e se tornam amigos, a ponto de David saber sobre coisas do passado de Leo que mais ninguém ao redor sabe.

Juntos, os dois embarcam em uma jornada de descobertas, em que David procura ter a coragem que precisa para se assumir trans para os seus pais, e que Leo procura saber a verdade sobre seu passado e poder mudar o rumo do seu presente.

Particularmente, achei uma boa e encantadora história, apesar de ter achado um pouco arrastada. Tive a sensação de que ela durou 5 anos e não 5 semanas - porque, sim, esse foi o tempo que levei para terminá-la. Tinha partes muito boas, mas também partes muito cansativas, e eu praticamente me forçava a ler nos intervalos do meu trabalho ou enquanto eu esperava um ônibus, na tentativa de terminar logo.

Não sei se fui com muita expectativa de leitura em cima desse livro, mas não me senti muito surpresa no contexto geral da história. Uma coisa ou outra realmente me surpreenderam - como alguns detalhes do passado de Leo, por exemplo -, mas no geral os acontecimentos, a passagem da história, tudo isso pra mim foi bem "ok". Nada me surpreendeu de verdade.

Outra coisa que me incomodou profundamente é que, na versão digital pelo menos, não havia nenhuma indicação sobre a troca de personagens. O livro é narrado ora focando em David, ora focando em Leo, mas nunca em primeira pessoa, o que torna difícil de assimilar de quem se está falando quando começa a ler. Na primeira vez em que fui apresentada a Leo no livro, fiquei confusa. Então, entendi que se tratava de outro personagem, e não de David. Acho que deveria ter alguma indicação, um subtítulo com o nome de um deles, para facilitar a associação e a "mudança" de vista do leitor.

Foi uma boa leitura, apesar de parecer bem longa. E também a questão da transgeneridade, pelo menos o que eu vi, é bem mastigada e de fácil entendimento, além de também colocar os sentimentos de David a respeito do seu gênero, o que torna a empatia muito mais fácil também de ser absorvida. Recomendo a qualquer um que queira entender melhor sobre essas questões.
comentários(0)comente



27 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2