A Arte de Ser Normal

A Arte de Ser Normal Lisa Williamson
Lisa Williamson




Resenhas - A Arte de Ser Normal


27 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


spoiler visualizar
comentários(0)comente



Lena 23/05/2020

um livro com um assunto muito importante e de leitura fácil. me encantei pelas personagens e torci por elas.
comentários(0)comente



Lari 08/04/2020

David sempre soube que era uma menina, mas não tinha coragem para se abrir com sua família, as únicas pessoas que sabiam sobre seu segredo era seus dois melhores amigos. A família de David é bem "tradicional" ( no sentido de ter pai mãe e dois filhos) e todos são incríveis, bom a irmã pode ser uma pestinha. Ja Leo mora com sua mãe e seus duas irmãs (adoro a Tia, muito fofa). Leo muda para a escola de David e todos especulações sobre ele. David faz varias tentativas de aproximação ate que eles acabam virando amigos e ajudando um ao outro com seus problemas. É um livro incrível, leitura super fácil e rápida, li em um dia
comentários(0)comente



Julia 27/03/2020

A Arte de Ser Normal
Apesar da história ser bem arrastada e sem rumo nos primeiros 40% do livro, eu realmente gostei dele; tem momentos emocionantes, ensinamentos bonitos, e o desenvolvimento do relacionamento entre os personagens principais é delicioso de ler. Queria que alguns personagens secundários tivessem mais desenvolvimento, mas a autora não falhou com uma narrativa muito interessante. Recomendo!
comentários(0)comente



eversincerafa 26/03/2020

Todos deveriam ter uma amiga como Kate Piper
É a segunda vez que leio esse livro e não tenho nem como descrever o quanto eu amo. Acho incrível como a Lisa Williamson pega uma história e te faz sentir dentro dela. Acho ainda mais incrível como os personagens são completamente reais - e as dores deles também.
Me identifico demais com Leo Denton e eu amo ler a história dele, mesmo que seja um pouco trágica, porque me faz lembrar que eu não estou sozinha.
E sinceramente, todos deveriam ter uma amiga como Kate Piper (David, quem?) porque ela é incrível e, apesar de ser uma das protagonistas, o que mais me toca nela é como ela sempre esteve ali pelo Leo, mesmo quando ele claramente não queria.

Apaixonante e tocante. 10/10 pra sempre!
comentários(0)comente



Katy Leão 12/02/2020

Desde que esse livro lançou por aqui tive muita vontade de ler, mas só agora que finalmente a oportunidade surgiu.

Aqui temos uma história narrada por David e Leo. David nasceu no corpo errado e agora sendo um adolescente de 14 anos tem que lidar diariamente com as mudanças assustadoras que estão acontecendo com seu corpo, na escola sofre bullying e em casa tem os pais e uma irmã mais nova que não o compreende. Já Leo de 15 anos, é o garoto novo do colégio que apesar de não querer chamar atenção, seu ar misterioso gera curiosidade nas pessoas, que começam a fazer várias especulações do porquê ele foi transferido para lá.

Foi uma leitura bem tranquila, divertida, emocionante e muito esclarecedora, com lindas amizades, famílias acolhedoras e o bom e velho clichê adolescente, mostrando que todo mundo merece ser representado em todos tipo de história.

Eu adoro livros com temáticas que precisam ser abordadas com mais frequência na sociedade, e esse é um bom livro para as pessoas terem uma noção de como é a vida de uma pessoa transgênero. Espero encontrar mais livros que abordem esse tema, pois infelizmente vejo poucos, talvez por serem pouco divulgados.
comentários(0)comente



Biblioteca Álvaro Guerra 25/10/2019

Dois meninos. Dois segredos. David Piper sempre foi um excluído. Seus pais pensam que ele é homossexual. Os valentões da escola acham que ele é esquisito. Apenas seus dois melhores amigos sabem toda a verdade: David quer ser uma menina.
No primeiro dia de aula na escola nova, Leo Denton temuma única meta: ser invisível. Atrair a atenção da menina mais bonita definitivamente não fazia parte de seus planos. E quando Leo defende David numa briga, surge uma amizade atípica. Mas as coisas começam a se complicar, porque segredos não duram muito tempo.

Empreste esse livro na biblioteca pública.

Livro disponível para empréstimo nas Bibliotecas Municipais de São Paulo. Basta reservar! De graça!

site: http://bibliotecacircula.prefeitura.sp.gov.br/pesquisa/isbn/9788579802508
comentários(0)comente



Morais__ 24/07/2019

Gostei
O livro e legal , fofo , CLICHÊ sim muito CLICHÊ , gente quando eu estava lendo esse livro era como se eu estivesse lendo um livro do wattpad ou assistindo um filme da Disney pra adolescentes , esperava que fosse um livro mais maduro , e olha que já li um livro LGBT com personagens adolescentes e não foi nada CLICHÊ como esse , foi super original e maduro , o livro só gira em torno do Léo , sua vida íntima , seus segredos e revelações , o David tá alí também com seus problemas e sonho , mas realmente o Léo é a atração desse livro , talvez eu possa muda de ideia quando for reler esse livro , não estava muito na vibe , se você está procurando livro LGBT com protagonista Transgêneros com uma história bem Disney , toma esse e boa leitura :)
comentários(0)comente



Carlos Daniel 23/12/2018

No livro vir algo tão emocionante.
Terminei! Foi uma leitura onde lir 384 páginas muito rápido pela primeira vez! Amei o livro, entendi a historia muito bem, ainda me identifiquei com os dois personagens. O Leo e o David são personagens que são de personalidade totalmente diferente, mas os segredos que os dois tem faz os dois se sentirem que a alguém que entenda, mesmo o Leo sendo uma pessoa fechada ele acaba confiando no David e conta seus maiores segredos que nunca quis conta para ninguém. Eu amei essa leitura. ^_^
Hallef 23/12/2018minha estante
Intensidade na leitura é um bálsamo que todos leitores procura nos livros




Gui 17/04/2018

?
Que livro gostoso de ler, o modo como a autora escreve é pontual e objetivo e faz a gente respeitar cada momento de cada personagem sem se preocupar muito com o que vamos ver depois, fazendo a gente entender e viver aquele conflito ali junto com a personagem. O tema é absurdamente necessário porque ele nada mais é do que um retrato sincero e real de como as coisas infelizmente e felizmente acontecem. Poucos momentos do livro me despertaram incômodo em relação aos personagens e de como a autora lida com a expressão e a visão de mundo de cada um, mas é bastante pertinente e justo quando você chega ao final e tudo se encaixa. Vamos salvar nossas crianças(e os adultos também) do presente e do futuro do preconceito e da intolerância, o mundo é de toda cor e a diversidade é todos nós.
comentários(0)comente



Douglas 08/01/2018

Super indico!
Sabe aqueles livros, abalam suas estruturas, a ponto de lhe fazer mudar a sua forma de ver o próximo? É bem desse tipo de livro.A forma como a autora constrói os personagens, nos permite sentir o drama não só da aceitação própria como a da aceitação familiar e social dos trans. Com uma escrita leve, porem carregada de emoção que vai prender o leitor e lhe arrancar lagrimas sem a menor duvida.Recomendo
comentários(0)comente



Maísa Beatriz 03/11/2017

"A arte de ser normal" é um livro da escritora Lisa Williamson, publicado em 2015 pela editora Rocco Jovens Leitores.
Nós vamos conhecer a história de David Piper e Leo Danton, dois alunos da Escola Eden Park que guardam segredos sobre si mesmos.
David tinha 8 anos quando descobriu que gostaria de ser uma menina. O tempo passou, e agora com 14 anos, David está em conflito sobre como contar para os seus pais este segredo que guardou a sua vida inteira.
Leo tem uma única meta na escola nova: ser invisível. Porém, é difícil cumprir esta meta quando a aluna mais bonita da escola está de olho em você. E quando Leo defende David em uma briga, surge uma amizade atípica. Agora Leo tem que fazer o possível para sair dos holofotes e continuar escondendo o motivo da sua transferência escolar.
Lisa Williamson conseguiu abordar a situação dos transgêneros em um livro escrito de maneira leve e fluída. Com diálogos engraçados, nós presenciamos situações da vida cotidiana de quase todo adolescente.
A história é contada pelo ponto de vista dos dois personagens (David e Leo), assim, é possível notar o quanto os seus "mundos" são diferentes. Ao decorrer do livro, foi quase impossível (para mim) NÃO shippar os dois personagens.
É bom lembrar não é abordado apenas a questão LGBT, mas também temas como como abandono paterno e agressão.
Eu me apaixonei pelo livro. Ele, com certeza, é um dos que eu pretendo ler novamente no futuro.
comentários(0)comente



Gab 23/10/2017

Quando esse livrou lançou, fiquei animada e curiosa. Era o primeiro livro que abordava a transgeneridade que eu tinha conhecimento até então, e como eu adoro livros que abordam essas questões sociais, fiquei me remoendo para ler. Finalmente consegui!

David é um garoto como muitos de nós foi na adolescência: em seus 14 anos ele está descobrindo seu corpo, tem sua paixonite por um cara do seu colégio que talvez nunca vá olhar para ele e se vê constantemente em uma guerra com matemática. Mas David também tem um desejo muito íntimo, que compartilha apenas com os seus melhores amigos: David quer ser uma menina.

Há muito tempo que ele tem ensaiado seu discurso para contar aos pais sobre sua identidade de gênero. Tem procurado e reunido todo o tipo de informação para poder mostrar da maneira mais clara para os pais de que ele ser um menino, e querer ser uma menina, é algo completamente normal e que acontece com milhares de pessoas no mundo. Mas, por alguma razão, ele nunca consegue encontrar a coragem que necessita para se abrir dessa forma para os pais.

Durante o ano letivo, David conhece Leo Denton, um aluno novo, pouco mais velho que ele, que veio transferido de uma escola muito conhecida por ser de baixo nível e comportamento violento. Boatos de violência e agressão sobre Leo se espalharam, mas David escolheu não acreditar e resolveu se aproximar de Leo. Leo, entretanto, não queria fazer amizades e descartou a simpatia de David, resolvendo isolar-se e dar razão a todos os boatos que corriam sobre ele na escola nova.

Porém, quando um valentão envergonha David na frente de todos, Leo intervém e protege David. À partir daí, os dois se aproximam e se tornam amigos, a ponto de David saber sobre coisas do passado de Leo que mais ninguém ao redor sabe.

Juntos, os dois embarcam em uma jornada de descobertas, em que David procura ter a coragem que precisa para se assumir trans para os seus pais, e que Leo procura saber a verdade sobre seu passado e poder mudar o rumo do seu presente.

Particularmente, achei uma boa e encantadora história, apesar de ter achado um pouco arrastada. Tive a sensação de que ela durou 5 anos e não 5 semanas - porque, sim, esse foi o tempo que levei para terminá-la. Tinha partes muito boas, mas também partes muito cansativas, e eu praticamente me forçava a ler nos intervalos do meu trabalho ou enquanto eu esperava um ônibus, na tentativa de terminar logo.

Não sei se fui com muita expectativa de leitura em cima desse livro, mas não me senti muito surpresa no contexto geral da história. Uma coisa ou outra realmente me surpreenderam - como alguns detalhes do passado de Leo, por exemplo -, mas no geral os acontecimentos, a passagem da história, tudo isso pra mim foi bem "ok". Nada me surpreendeu de verdade.

Outra coisa que me incomodou profundamente é que, na versão digital pelo menos, não havia nenhuma indicação sobre a troca de personagens. O livro é narrado ora focando em David, ora focando em Leo, mas nunca em primeira pessoa, o que torna difícil de assimilar de quem se está falando quando começa a ler. Na primeira vez em que fui apresentada a Leo no livro, fiquei confusa. Então, entendi que se tratava de outro personagem, e não de David. Acho que deveria ter alguma indicação, um subtítulo com o nome de um deles, para facilitar a associação e a "mudança" de vista do leitor.

Foi uma boa leitura, apesar de parecer bem longa. E também a questão da transgeneridade, pelo menos o que eu vi, é bem mastigada e de fácil entendimento, além de também colocar os sentimentos de David a respeito do seu gênero, o que torna a empatia muito mais fácil também de ser absorvida. Recomendo a qualquer um que queira entender melhor sobre essas questões.
comentários(0)comente



Sil 21/10/2017

Já fazia um bom tempo que eu gostaria de ler um livro com a temática lgbt, porém eu não queria o comum que é um casal homossexual. E após começar a ler e entender sobre transsexualidade eu acabei ficando muito curiosa se tem algum livro que aborda o assunto, até que Alisson me indicou A Arte de Ser Normal em 2016 e eu agora tive a chance de ler. E nossa... ♥

No livro acompanhamos dois personagens: David e Leo. DAVID é um garoto de 13 anos que sonha em ser uma garota. Simplesmente isso. Ele tem muito medo de contar isso aos seus pais e quem sabe seu segredo são seus melhores amigos — Essie e Felix (que são um casal). Eu simplesmente amei David. Apesar de seu sofrimento por ter que ser algo que ele não é de verdade ele ainda consegue fazer com que o leitor o ame por ele ser quem ele é. Eu sofri ao pensar que muitos adolescentes, e até mesmo adultos, vivem da mesma forma que ele vive e lhes faltam a coragem para ser quem é de verdade, seja por medo da reação da família ou da sociedade. LEO é o garoto novo na escola de "gente rica". Ele tem um segredo sobre seu passado que talvez alguns leitores consigam adivinhar antes da revelação e outros, como eu, fiquem apenas especulando o que pode ser. Ele é um pouco mais enigmático e até certo ponto para mim foi difícil realmente gostar dele; mas ao longo do livro ele conquista a simpatia do leitor.

Eu sou uma pessoa bastante curiosa quando o assunto se trata sobre lgbt, mesmo eu não sendo uma pessoa lgbt. Conheço poucas pessoas que são e nunca tive a oportunidade, eu acho, de conhecer um homem ou mulher trans e que essa pessoa fosse meu amigo e/ou amiga o suficiente para dividir comigo sua história e tudo mais; então eu me senti bastante próxima ao personagem e com as coisas que ele compartilhava com o leitor e realmente me senti amiga de David. Eu acho que se ele fosse alguém real próximo a mim eu acabaria não apenas sofrendo junto com ele, mas também eu apoiaria muito se houvesse período de transição e principalmente no apoio para contar a familia. Sério, gente, David é muito ♥.

O livro não trata do assunto de uma forma triste, muito pelo contrário. Claro que tem uns momentos mais sérios e tristes, mas o tempo todo ele é bem divertido e acredito que para quem tem pouca familiaridade com assunto até estranhe o quanto as pessoas trans são tão comuns pois parece que algumas pessoas simplesmente ignoram que um trans é acima de qualquer coisa um ser humano. Enfim, A Arte de Ser Normal é uma leitura muito gostosa então qualquer fã de young adult com certeza vai gostar do livro.

site: https://mementomoriporkzmiro.blogspot.com.br/2017/01/resenha-arte-de-ser-normal.html#more
comentários(0)comente



João 14/04/2017

Quando tinha oito anos,a professora de David Piper pediu aos seus alunos que escrevessem o que eles gostariam de ser quando fossem adultos. David escreveu que queria ser uma menina...
David agora tem catorze anos e vive o drama de não se encaixar no mundo em que vive.
Na escola ele sofre todo tipo de bullying e em casa seus pais não o compreendem.
Quando um novo garoto chega á escola de David,algo irá acontecer. Leo Denton é um garoto problemático que teve que mudar de escola. Quando ele se encontra com David o mundo dos dois irá colidir.
Tenho por hábito inserir nas minhas leituras todo tipo de leitura.
Como percebi que esse livro tratava do famigerado bullying meu interesse por ele foi imediato. É livro juvenil,com um tema diferente. Nunca tinha lido um livro sobre o assunto transgênero e o livro vai fundo nesse tema.
Já gostei da escrita da autora desde as primeiras páginas mas eu jamais esperava que iria ser surpreendido como fui. Quando algo surpreendente é revelado(quase na metade do livro)eu parei a leitura e hã?Como assim? Foi surpreendente mesmo..
Um livro excelente,que merece ser divulgado.
Marilda 15/04/2017minha estante
João, fiquei curiosa.. hummm.


Juliano.Oliveira 21/04/2017minha estante
Estava procurando um livro com esta temática. Já gostei só por sua resenha...


Euflauzino 04/05/2017minha estante
que loucura este livro caro João, taí... fiquei imensamente curioso. na verdade tudo o que venha de relacionamentos juvenis me interessam. ainda carrego comigo aquele desejo de mudar o mundo que me levou a lecionar durante muito tempo.




27 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2