A Cidade do Sol

A Cidade do Sol Khaled Hosseini




Resenhas - A Cidade Do Sol


1188 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Brenda 17/01/2021

"Uma mulher que vai ser como uma rocha num leito de um rio"
...Suportando tudo sem se queixar"

Como pode a história de duas mulheres tão diferentes se cruzar e se transformar numa relação tão linda.

Atravessadas pela guerra, convivendo com a perda da família e dos direitos, Mariam e Laila conseguiram enfim se unir e fazer o necessário para sobreviver.
comentários(0)comente



Mips 13/01/2021

Melhor livro que já li na vida
É aquele tipo de livro que você lê e pensa: " ainda bem que tive a oportunidade de lê-lo, e através dessas palavras me transformar um puquinho, ampliar meus horizontes e enxergar o mundo por outros olhos nessas páginas". É aquele livro que você com um sentimento forte de que todo mundo deveria conhecê-lo, pois é uma história tão transformadora que não pode ficar restrita a uns poucos. Ao longo do livro perdemos completamente à esperança, somos dominados pelo sentimento de guerra, perdas e violência que permeia a trama. É impossível ler o livro e não se revoltar com o modo como as mulheres são tratadas no Afeganistão, não sofrer por toda a violência que é infligida à personagens principais, não desejar profundamente algum tipo de justiça e finalmente sentir alívio e alegria na cena mais significativa da história. E depois vem a tristeza novamente, pelo sacrifício de Mariam, e também a imensa admiração por essa persoagem tão rica, que apesar de todo o sofrimento se tornou uma pessoa extremamente generosa e altruísta. Esse livro é verdadeiramente um mar de emoções, no qual eu adorei mergulhar profundamente.
comentários(0)comente



Sophi 13/01/2021

Eu estou simplesmente contemplada!!
Eu não sei nem o que dizer dessa trama, de todas as vezes que refleti sobre a realidade, de todas as vezes que me peguei rezando por todas as mulheres de países patriarcais radicais, por todas as vezes agoniada, todas as vezes que fiquei alegre e quando acabou, meu coração estava "quentinho", como eu costumo dizer. Hahahaha

Eu só espero que todos tenham uma boa leitura, ótimo livro que demonstra drama no mundo real.
Nice 13/01/2021minha estante
Esse livro é incrível mesmo e angustiante , uma leitura maravilhosa.


Sophi 13/01/2021minha estante
Verdade mesmo, Nice, achei o mesmo ??




Vitor.Tavares 12/01/2021

livro da minha vida
esse livro simplesmente, em poucas palavras, é o livro da minha vida; mostrou não somente o caos que a humanidade vive no Afeganistão, cativou com suas protagonistas, e me fez chorar muito
Já o li três vezes e toda vez me emociono.
comentários(0)comente



gabriellalleal 11/01/2021

Simplesmente meu livro favorito da vida! Emocionante do início ao fim, me ensinou lições que levei pra vida!
comentários(0)comente



Kimera 09/01/2021

Incrível!
Khaled Hosseini trás a história de duas mulheres afegãs completamente diferentes que se encontram em um momento crítico no Afeganistão. Marian que é uma harami, era uma criança sonhadora e um desses sonhos era poder frequentar a escola, porém nunca o realizou. Na adolescência foi forçada a se casar com Rashid. Merian é mais uma mulher que teve sua vida roubada e marcada pela submissão.
Laila, é uma menina que ao contrário de Merian, foi criada com os pais, frequentou a escola e sabia que ela podia ser o que quiser, sabia que a vida de uma mulher era mais do que casa e filhos. Passou toda sua infância na companhia de seu amigo Tariq que não tinha uma perna, pois a perdeu com 5 anos de idade em uma armadilha feita pelos soviéticos. Laila ficou órfã aos 14 anos de idade e foi onde tudo começou.
O escritor não trás apenas um romance com a história de duas mulheres: ele nos dá a oportunidade de conhecer e entender melhor o que se passou no Afeganistão desde a invasão soviética até a ascensão do Talibã. Além de um romance é um belo livro de história!
comentários(0)comente



Ianny Santos 09/01/2021

Não consegui ler todo... muito forte!
O livro retrata a realidade de mulheres com casamento arranjado, que usam burcas, sem independência, que lutam pra sobreviver numa cultura tão opressiva.

Nunca consegui terminar de ler! Pra mim, é como um gatilho pro sofrimento que tantas de nós ainda vivem, por apenas serem mulheres. Talvez no final do livro tenha uma reviravolta, talvez as coisas deem certo... não sei.

É uma leitura tensa e apreensiva, que a vida não me deu psicológico pra lidar com ela.
comentários(0)comente



Rafa 08/01/2021

INCRÍVEL ?????
A Cidade do Sol ? Khaled Hosseini

? Khaled Hosseini, autor de grandes best-sellers como ?O Caçador de Pipas?, neste livro em ?A Cidade do Sol?, conta as extraordinárias histórias de vida de Mariam e Laila, personagens que aos poucos descobrem que as pessoas não controlam seus destinos.

? Este é um livro bem emocionante, que deixa o leitor com um nó na garganta muitas vezes. Conforme vamos conhecendo as duas personagens, suas infâncias, personalidades, sonhos (...), torna-se impossível não sentirmos uma enorme empatia pelas duas. Mariam e Laila vivem no Afeganistão, são de gerações diferentes, mas acabam se encontrando e encarando juntas muitas dificuldades. A narrativa de vida das personagens surpreende por tanto realismo, pois elas estão inseridas em uma sociedade que passa por muitas mudanças reais acontecidas no Afeganistão por volta dos anos 50.

??Eu super indico esta leitura, além de ser uma história emocionante cabe muitas reflexões para questões da nossa sociedade atual.

??Como uma agulha de bússola que aponta o norte, o dedo acusador de um homem sempre encontra uma mulher.? _ Khaled Hossseini


Instagram @livrosdavez
comentários(0)comente



Zabi 07/01/2021

Incrível
Eu li esse livro incrivelmente rápido de tão bom, porém, em certos momentos, tive que parar para dar uma respirada de tanta raiva que fiquei, principalmente nas partes tristes.
É um lindo livro, eu amo a escrita desse autor e mal posso esperar para ler os outros dois livros dele.
comentários(0)comente



Bensi 07/01/2021

A Cidade do Sol
Livro extraordinário. Não só com uma história envolvente, mas, também, com o cuidado de contar grande parte da história de um país, que muitas vezes é negligenciado. Recomendo pra todos!
comentários(0)comente



Pam 05/01/2021

Não é bem uma resenha
Eu li esse livro na mesma época que li o o comentário expositivo do Hernandes Dias Lopes sobre 1 Timóteo.
Dois livros, duas religiões, dois contextos culturais, o mesmo Deus e uma Pamela tentando dar conta de tudo, rs.
Ler esses dois livros na mesma época causou uma das maiores crises na minha fé. Tive crises com a Bíblia e com Deus. Fiquei exausta e cética.
É triste ver como a igreja evangélica ainda tem silenciado, menosprezado e secundarizado a mulher. A ordenação pastoral feminina ainda é um tabu, e quando ordenada, a pastora é esquecida nos atos litúrgicos, sua função é muito limitada. A mulher solteira ainda é um estigma, e quando se casa muitas precisam seguir o ministério do marido.
Pastoras e líderes solteiras? Conheço poucas! Pastoras, líderes e missionárias que têm liberdade de pregar a toda comunidade e não apenas para ministérios femininos? Ainda é um número muito baixo.
Em pleno século XXI há igrejas que proíbem a mulher de pregar, de ensinar no púlpito!
Me ver nesse contexto evangélico tão controverso e ler o romance de Khaled Hosseini, que retrata a história de duas mulheres na cultura islâmica, gerou em mim uma indignação que eu [não] estava preparada para lidar. Mas como não entrar em crise?
Durante esse tempo confesso que peguei um pouco de ranço da Bíblia, mas ao mesmo tempo buscava em Deus uma direção, não conseguia entender porque as religiões são tão opressoras. A postura de Jesus era o que me dava paz, mas eu não entendia como ainda pessoas podiam endossar discursos tão distantes da forma como Jesus agiu com as mulheres.
Duas orações e duas respostas foram determinantes para me sustentar nesse tempo.
A primeira foi no meu quarto, na minha cama, estava desesperada questionando Deus porque o ambiente religioso é tão desfavorável à mulher, cheio de preconceito e opressão. E Deus respondeu da forma mais inusitada e moderna possível, Ele disse em meu coração para colocar no YouTube as palavras "A Bíblia e as mulheres", confesso que achei estranho, estava chorando e esperando uma resposta super espiritual, mas obedeci e BUM, estava ali o vídeo que trouxe paz em meio ao caos.
A segunda oração foi numa igreja, eu estava ainda muito relutante com a Bíblia, mas disse a Deus que eu não queria deixar de acreditar na Palavra, mas eu também não queria ser silenciada.
E novamente Deus respondeu de forma inusitada, veio por meio de uma oração em inglês sendo traduzida diretamente pra mim, o Senhor disse que me daria entendimento e inteligência, que a voz do ES precisava ecoar acima das outras vozes em minha mente e que por mais que me sentisse escondida agora, Ele me daria espaço. ?
Enfim... é claro que não foi coincidência ler esses livros juntos. Deus sabia que eu precisava passar por essa crise para conhecê-Lo mais e para me posicionar.
Eu mesma já reproduzi tantos discursos que hoje eu acho uma loucura. Então preciso ter paciência, amor, empatia, mas também saber que haverá tempos de silêncio, mas também tempos para eu me impor.
As crises são determinantes em nossas vidas, abrem caminhos para uma nova era, uma nova vida, uma nova visão. Aliás, a crise se transformou numa missão. #crise #biblia #mulher #acidadedosol #deus #khaledhossei
comentários(0)comente



gabi.scastro 04/01/2021

Renúncia
Renúncia é a palavra que uso para definir esse livro incrível, ele relata a história de duas mulheres muito diferentes cujos destinos se cruzam de uma forma inesperada, nascendo uma relação de amizade e união tão fortes, a ponto de uma renunciar pela outra, uma coisa muito valiosa.
O autor nos proporciona um mergulho cultural a respeito da história Afegã. E nos mostra a importância do feminismo.
A leitura é pesada, e me prendeu bastante. Vale muito a pena!
comentários(0)comente



Menina Ciria 29/12/2020

Que história ein?
Aqui no Brasil falamos de machismo e patriarcado. Agora, que palavra usar para descrever as situações enfrentadas e sofridas pelas mulheres no Afeganistão? Embora o Alcorão descreva que homens e mulheres são iguais perante Alá, muitos maridos e líderes políticos/religiosos dão sua própria interpretação e aplicação para o texto ????
Quanto sofrimento e quanta barbaridade! Meninas não tem direito a infância e mulheres não tem direito a educação e a liberdade de olhar o mundo fora do buraco retangular da burca.
Que história! Mais uma vez Khaled Hosseini brilhou.
Me senti indignada e emocionei o tempo todo.
comentários(0)comente



Emanuela 28/12/2020

Um livro que fala de esperança
Ideologias políticas à parte, "A cidade do sol", tal como "O caçador de pipas", é um recorte do cotidiano do Afeganistão, em especial de Cabul. Por suas páginas é possível imaginar a gente sofrida e cheia de esperança, sentir as diferenças culturais e ler sobre o amor que brota do sofrimento. O amor de Laila e Mariam, de Laila e Tariq, de Mariam e Aziza e de todos eles por Cabul e por um futuro que eles pretendem construir.

Num relato histórico da década de 70 até os anos 2000, Khaled Hosseini acompanha a vida de duas mulheres: Mariam e Laila. A primeira é filha bastarda de um rico comerciante de Herat, a segunda é filha de um professor que desde criança escuta que ela pode ser o que quiser. No entanto, apesar de serem tão diferentes, a violência e a guerra acabam aproximando essas duas mulheres. E é o relato da história de Laila e Mariam que nos comove e nos ensina. Por isso, apesar das descrições perturbadoras, "A cidade do sol" foi para mim um livro que fala de esperança, uma evocação a vida, que me fez perceber a beleza das coisas simples.
comentários(0)comente



Mikaele 19/12/2020

História Interessante e ao mesmo tempo Comovente...
Conta uma história de duas mulheres cuja a idade e a vida é totalmente diferente, não ser pelo destino que acaba juntando-as, e transformando numa história surpreendente narrando suas alegrias e tristezas e o cotidiano de sua cidade, com um final interessante...

Vale muito a pena essa leitura!?
comentários(0)comente



1188 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |