Um amor como vingança

Um amor como vingança Mônica Cristina




Resenhas - Um Amor Como Vingança


16 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Bruna.Pagliai 25/04/2019

Apaixonante
Apesar de já premeditar o desfecho da história no primeiro capítulo, megulhei no livro e me encantei com os personagens. Romance envolvente e leitura muito agradável.
comentários(0)comente



Lu Silva 02/02/2019

Maravilhoso
História linda e maravilhosa ,meu primeiro livro da autora e me apaixonei ,Leon e Lisa uma história única, contagiante e apaixonante,?
comentários(0)comente



Aninha Jorge 12/11/2018

O começo da família Stefanos
Esse é o primeiro livro da série paixões gregas e começa a contar a história dos quatro irmãos Stefanos, e sua longa trajetória para crescer na vida. Leon, Heitor, Ulisses e Nicholas, foram abandonados pela mãe e expulsos do único lugar que conhecia como lar, Kirus, uma ilha grega. Quando eram apenas crianças esses quatro irmãos e seu pai tiveram que se mudar para Nova York e recomeçar uma nova vida. Anos se passaram e juntos construíram um império, mas não se esqueceram de tudo que passaram e querem vingança contra o homem que foi responsável pela expulsão deles e por acabar com suas vidas, Quiron Kalimontes.
Leon, o mais velho dos irmãos é o que mais quer vingança e está disposto a fazer de tudo para isso. Voltando para ilha, Leon acha uma maneira perfeita de fazer Quiron sofrer a mesma dor que ele e seus irmãos sofreram. Isso inclui tirar a filha de Quiron de seu lar e usa-la como vingança. O que ele não contava é que essa filha, Melissa, não era exatamente quem ele pensava que era. Ela não foi criada como uma princesinha mimada, e muito menos criada com amor do seu pai, uma perfeita Cinderela. Ambos sofreram pelas mãos de Quiron, e essa vingança vai os unir e curar muitas feridas.
No decorrer do livro você descobre um pouco mais sobre o que os irmãos passaram e o quanto Melissa também sofreu...
Continuação no blog

site: http://calmaana.com/resenha-um-amor-como-vinganca/
comentários(0)comente



Lizete_Silva 22/10/2018

Apaixonante
Bem, esse é o início de uma longa série, de uma família muito unida, divertida e cheia de dramas. Confesso que tenho um carinho especial por esse casal, afinal, eles são os primeiros, a história é bem intensa, cheia de acontecimentos, e Leon é aquele mocinho tudo de bom, lindo, possessivo, mas um tanto teimoso, já Lissa, tadinha, sofre bastante, mas ambos têm seu final feliz, que é o que realmente importa (suspiros).
comentários(0)comente



Duda Razzera 19/07/2018

Me apaixonei por essa família!
[Os Irmãos Stefanos]


Tudo começa com a gente conhecendo Leon e os seus irmãos, Heitor, Ulisses e Nick – o caçula (meu preferido). Sabemos que eles tiveram uma infância difícil, mas por serem inteligentes e determinados conseguiram fazer fortuna nos quatro cantos do mundo.



Leon é o mais velho e mora na ilha de Kyros, onde tudo começou, e onde ele quer terminar a vingança em nome da família. Afinal, o Sr. Kalimontes trouxe muito sofrimento para eles, separou a família inteira, Nick teve que ir para o orfanato enquanto os três irmãos se viravam nas ruas... É, tem muito ódio acumulado por parte de Leon, que se sente responsável por todos os irmãos e principalmente, por Nick, o caçula e seu queridinho.



[A vingança]


Para Leon, frio e calculista, a vingança é muito simples: pedir a filha do inimigo, Melissa Kalimontes, em troca de dívidas e começar sua vingança através do que ele mais ama. Leon realmente está disposto a ir além de todos os limites para vingar o passado que ele não consegue esquecer e mostrar o peso do sobrenome Stefanos.




[Melissa Kamilontes]



A filha de Kalimontes, Melissa, no entanto, é bem diferente do que Leon imaginava. É uma moça doce, compreensiva, prestativa e conquista todos na casa: Ariana, Kristos, Myra. Todos querem fazer com que ela se sinta bem onde está, e ela não parece assim com tanta vontade de voltar para casa e todos percebem,menos Leon.



No entanto, quanto mais tempo ele passa com ela, mais Leon percebe o quanto é fácil de conversar com Melissa, contar sobre suas aspirações e vontades... e uma vontade incontrolável de cuidar dela, mimá-la e conhecê-la melhor passa a tomar conta dele, seria amor?



Esses sentimentos tornam muito difícil para Leon continuar a vingança, mas ele é um homem de palavra e prometeu aos irmãos. Por isso, ele chama os três na ilha para conversar e é aí as coisas começam a ficar ainda mais interessantes.



A dinâmica dos quatro irmãos é hilária, e deles com a Melissa é ainda melhor. Os diálogos são engraçados, mas os personagens são profundos e a história é muito doce.



Há vários erros de divulgação e concordância gramatical e verbal. Acredito que o livro não foi revisado antes de ser colocado na Amazon, mas isso não impede você de se divertir horrores com a primeira história dos irmãos Stefanos. No entanto, fica de sugestão para a autora, porque sei que muita gente se incomoda com isso.



Eu me apaixonei por essa família e adoro passar meu tempo relembrando algumas histórias. Vocês não vão se arrepender de se aventurar por essas páginas!

site: https://livrosetalgroup.blogspot.com/2018/05/resenhas-um-amor-como-vinganca-volume.html
comentários(0)comente



Larissa Canêjo 25/05/2018

É uma história linda, romântica e engraçada. Apesar de simples e, por vezes, ser um pouco óbvia, é impossível largar o livro antes de terminá-lo. A curiosidade de saber o que acontece é impressionante. A curiosidade por saber o que acontece com outros irmãos, também, só aumenta. É um livro pra passar o tempo e que tranquilamente vira a noite ou o dia inteiro sem nem perceber.
comentários(0)comente



LT 10/05/2018

Oi, gente! Tudo bem?
Hoje vim falar sobre a série Paixões Gregas que comecei a ler no início do ano (e já terminei o oitavo volume!) e preciso resenhar todinha para vocês, porque eu simplesmente amei.

Apareceu nos mais vendidos do Kindle Unlimited e eu me interessei por 3 motivos: 1. Adoro gregos; 2. Gosto de um amor que começa como vingança; 3. Gosto de romances. HAHAHA.

A autora Mônica Cristina é muito talentosa e eu quero compartilhar minhas impressões com vocês. Vamos lá?!

[Os Irmãos Stefanos] Tudo começa com a gente conhecendo Leon e os seus irmãos, Heitor, Ulisses e Nick – o caçula (meu preferido). Sabemos que eles tiveram uma infância difícil, mas por serem inteligentes e determinados conseguiram fazer fortuna nos quatro cantos do mundo.

Leon é o mais velho e mora na ilha de Kyros, onde tudo começou, e onde ele quer terminar a vingança em nome da família. Afinal, o Sr. Kalimontes trouxe muito sofrimento para eles, separou a família inteira, Nick teve que ir para o orfanato enquanto os três irmãos se viravam nas ruas... É, tem muito ódio acumulado por parte de Leon, que se sente responsável por todos os irmãos e principalmente, por Nick, o caçula e seu queridinho.

[A vingança] Para Leon, frio e calculista, a vingança é muito simples: pedir a filha do inimigo, Melissa Kalimontes, em troca de dívidas e começar sua vingança através do que ele mais ama. Leon realmente está disposto a ir além de todos os limites para vingar o passado que ele não consegue esquecer e mostrar o peso do sobrenome Stefanos.

[Melissa Kamilontes] A filha de Kalimontes, Melissa, no entanto, é bem diferente do que Leon imaginava. É uma moça doce, compreensiva, prestativa e conquista todos na casa: Ariana, Kristos, Myra. Todos querem fazer com que ela se sinta bem onde está, e ela não parece assim com tanta vontade de voltar para casa e todos percebem,menos Leon.

No entanto, quanto mais tempo ele passa com ela, mais Leon percebe o quanto é fácil de conversar com Melissa, contar sobre suas aspirações e vontades... e uma vontade incontrolável de cuidar dela, mimá-la e conhecê-la melhor passa a tomar conta dele, seria amor?

Esses sentimentos tornam muito difícil para Leon continuar a vingança, mas ele é um homem de palavra e prometeu aos irmãos. Por isso, ele chama os três na ilha para conversar e é aí as coisas começam a ficar ainda mais interessantes.

A dinâmica dos quatro irmãos é hilária, e deles com a Melissa é ainda melhor. Os diálogos são engraçados, mas os personagens são profundos e a história é muito doce.

Há vários erros de divulgação e concordância gramatical e verbal. Acredito que o livro não foi revisado antes de ser colocado na Amazon, mas isso não impede você de se divertir horrores com a primeira história dos irmãos Stefanos. No entanto, fica de sugestão para a autora, porque sei que muita gente se incomoda com isso.

Eu me apaixonei por essa família e adoro passar meu tempo relembrando algumas histórias. Vocês não vão se arrepender de se aventurar por essas páginas!

Vocês gostam de romances com essa pegada? Já leram esse livro? Contem para minha pessoa nos comentários!

Um grande beijo e até a próxima!

Resenhista: Duda Razzera.

site: http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/
Juli 18/05/2018minha estante
Os erros de digitação e de gramática são os que me incomodam na leitura dos e-books. Tenho a sensação de que em livros impressos eles não são tão frequentes.




Gabby.Santos 10/03/2018

Não sei porque demorei tanto para ler essa série
Amigas vem me recomendando a muitooo tempo paixões gregas e depois de ler Um amor como vingança eu entendi o porque de tanto amor por essa série e por essa escritora. A estória é muito bem escrita, os persogens super bem construídos e só me arrependo nesse momento de não ter lido antes.
comentários(0)comente



Conchego das Letras 26/02/2018

Resenha Completa
Primeiro livro da série Paixões Gregas, da escritora brasileira Mônica Cristina e que foi um enorme sucesso na plataforma de auto publicação Wattpad, está sendo relançado na Amazon.

O livro é bem romance de banca, usando o clichê da vingança como ponto de partida. Como já falei algumas vezes clichê não é ruim, afinal a vida é um enorme clichê. Então esqueçam o preconceito, tanto com relação a clichês quanto em relação a romances de banca. Ambos são boas referências.
Mônica soube trabalhar a história e os personagens, não há soluções fáceis ou sem explicações. Também não há enrolação na trama, tudo tem um porquê na narrativa, indo em um ritmo adequado para que o leitor possa acompanhar as mudanças dos protagonistas. Começando por Leon e seus irmãos. Nos tempos atuais são homens bem-sucedidos, empresários respeitados, ricos e bonitos, mas que lutaram (e deram sorte, como a autora fala) para conseguir tudo o que tem. Eles não são maus, não que sejam santos ou livres de pecados, apenas não são os vilões que se acredita assim que começamos a ler. São pessoas que sofreram, pelos erros de outras pessoas, pelas fraquezas de outras pessoas. Abandonados pela mãe, expulsos de sua casa e de seu país, tendo que lutar pela sobrevivência em um lugar onde não conheciam ninguém, não falavam a língua e tendo que cuidar de um pai alcoólatra. Qualquer um só pensaria em vingança, em revanche.
Aí conhecemos ou ficamos sabendo da existência de Melissa, ou Lissa, a filha do homem que destruiu a vida dos homens Stefanos ao seduzir a mãe dos, então, meninos. Para Leon, o mais velho dos Stefanos, ela é apenas mais um degrau de sua vingança. Para Lissa, a vingança de Leon é a chance de ser uma pessoa, mesmo que seja apenas como a arma de destruição contra seu pai, ele sim o verdadeiro vilão da trama.
Lissa é uma “não-pessoa”, não desejada pelo pai, não foi amada pela mãe e foi despejada pela amante do pai. Uma coisa, que servia apenas que um dia Quiron, seu pai, pudesse capitalizar novamente sua vida, ter de volta o luxo, o fausto e o poder que julgava um direito divino. Enquanto esse dia não chegava Lissa era apenas a empregada da casa do pai, não que Leon soubesse disso.

Os personagens são construídos de maneira crível, têm sentimentos, pensamentos e evoluem de um jeito muito humano. Lissa é uma pessoa que carece de autoestima, porque foi criada como um nada, sem direitos, apenas com deveres e obrigações. Leon é duro, porque ser sensível não colocaria comida na mesa para os irmãos.
O encontro de duas pessoas que não se conhecem e, ao serem obrigadas a uma convivência forçada, acreditam o pior uma da outra abre uma gama de possibilidades para a história, que é bem trabalhada, mostrando como a esperança, o carinho e amor podem nascer dentro de uma pessoa que se julgava incapaz de sentir qualquer coisa além de raiva e desejo de vingança. Além de como esse mesmo carinho, amor e esperança podem ajudar uma pessoa a crescer, perceber que é digno, que tem direitos, que pode sonhar.
Em uma leitura rápida é possível sentir raiva de Lissa, não pena, em momento nenhum o desenvolvimento inspira pena, mas se não analisarmos a fundo a personagem é possível ter raiva, por sua passividade e conformismo. Para quem ler com atenção nem mesmo a raiva vai aparecer, porque Lissa tem razões e motivos para ser como é.
Nada até aqui foi spoiler, tudo é contado por Lissa e Leon nos primeiros capítulos do livro.
Mais para o final, quando o casal decide assumir o que sente e tentam ter uma vida em comum a autora conseguiu introduzir momentos de ação, mas sem afetar o andamento e o entendimento da história. Aliás, sem essa ação, várias situações seriam mal explicadas, mas o fechamento pensado por Mônica foi coerente com a evolução psicológicas dos personagens.
Leon e Lissa são duas pessoas diferentes, com alguns pontos em comum, um deles é o abandono e a necessidade, mas é um casal que funciona e é atraente aos olhos dos leitores. Outro é o amor pela Grécia - pano de fundo para a história - mais precisamente pela ilha de Kirus

Não vou avaliar o português porque como falei no início da resenha o livro está passando por uma nova revisão para ser relançado na Amazon, os erros, tanto de português quanto de digitação presentes na edição avaliada não impedem a compreensão do texto.
Leitura mais do que recomendada para pessoas que gostam de histórias de amor e romances delicados. Sem contar que a escritora foge da tendência que atingiu o mercado brasileiro de escrever um manual de sexo, as cenas mais quentes são todas delicadas e quase inocentes.

site: http://www.conchegodasletras.com.br/2018/02/devaneios-da-bel-um-amor-como-vinganca.html
comentários(0)comente



chris 24/01/2018

Então...
Gostei do livro, romance e me principalmente da autora não enrolar muito na escrita. Gosto assim. Mas na minha opinião o livro podia ter acabado na metade dele. Eu gostei de tudo, mas acho que os fatos mais importantes aconteceram até a metade do livro, depois, em minha opinião foi meio irrelevante. Só a vida mesmo. Mas enfim, indico a leitura e com certeza vou ler os outros livros
comentários(0)comente



Tatieli 03/01/2018

Leon e lissa!!!
Amei!!! Bem romantiquinho!!! Quero conhecer essa ilha....
comentários(0)comente



Dayenne Machado 03/01/2018

O melhor romance
Um amor como vingança, é um romance que fala sobre a vida de Leon é de seus irmãos que carregam marcas de um passado difícil, agora já adultos, buscam vingança contra aquele que foi o causador de todo o sofrimento dos Stefanos. Leon estava disposto a ir muito além dos limites, a vingança não é mais apenas contra seu inimigo, mas sim com toda sua família, mais o que Leon não esperava era que a filha de seu inimigo, Melissa fosse a menina de olhos inocentes que ele encontrou em sua sala. Será que depois de pousar os olhos na doce Melissa, Leon continuará com seu plano de vingança?

"Tudo começou como uma vingança mesquinha é terminou com um amor incondicional-Leon"

A história é passada na Grécia, o que dá aquele ar mais romântico a toda história. Melissa é uma mulher simplesmente perfeita, como o próprio Leon cita no livro ela é a Afrodite. Leon é um homem que aprendeu desde novo a não confiar em nenhuma mulher, que esperou tantos anos para se vingar de seu inimigo que sempre esperou que a filha do mesmo fosse igual a ele, Melissa não tem nada do pai, ela é uma mulher totalmente o oposto que Leon esperava.

Amei a história do começo ao fim. Esse casal, tem tantas coisas ocultas que nos faz querer matar um ou outro em certas partes,mas no final só nos faz amar eles cada vez mais. Esse é aquele romance que nos faz suspirar, chorar, rir... amar. Recomendo este livro a todos os amantes de um bom romance é mais ainda de quem é apaixonado por mitologia grega.

site: https://palavrasseletas3.blogspot.com.br/2017/11/resenha-um-amor-como-vinganca-monica.html
comentários(0)comente



Elys Carla 28/12/2017

Vontade de matar o Leon
É uma história gostosa de se ler é uma introdução onde você conhece os irmãos gatos stefanos e um pouco da sua história já aguçou minha curiosidade para a história do Nick e já o quero pra mim entre os 4 irmãos, no início tive ganas de esganar o Leon por ser tão cego e burro, mas depois passou, e um livro mais fofurinha as cenas que eram para ser hots não são tão hots são mais fofas, o Leon até quando quer fazer certo faz errado mas no geral é uma história boa para curtir
comentários(0)comente



Andrea 02/12/2017

Leon e Lissa
Primeiro livro da Mônica.... comprei sem esperar muito e me surpreendeu, a escrita dela é fluida e finalmente uma mulher que apesar de ter sofrido muito, não olha para o Leon e se apaixona a primeira vista e perde o cérebro (que são atualmente a maioria dessa linha).... os dois sofrem e crescem juntos, gostei de ver o sentimento se desenvolver, agora é esperar o restante da família
comentários(0)comente



Jana Matos @whatjanareads 24/10/2017

Enredo bem clichê, mas um romance delicioso de viver
Leon Stefanos é o mais velho de quatro irmãos que conquistaram o mundo dos negócios após um passado carregado de sofrimento e agora que é um homem formado e bem sucedido busca vingança contra um grande inimigo, Quiron Kalimontes. Disposto a destruí-lo, Leon decide se vingar de toda família pedindo Melissa, a única filha, como pagamento e que chega colocando em segundo plano o peso de seu sobrenome para dar lugar ao amor.

O Livro pra mim foi como um filme e começa sem enrolação nenhuma já colocando em jogo a vingança ao qual se centraliza a estória. Isso me prendeu demais além da escrita muito bem colocada da autora. O enredo é meio clichê, mas bem desenvolvido e os ambientes deixam a leitura incrível. É Grécia ne mores?! Então imaginei os homens mais lindos desse mundo rs. O romance é bem tenso e cheio de reviravoltas a maior parte do livro e por diversas vezes eu odiei e amei os dois, discordei de várias atitudes e creio que essa foi a real intenção da autora porque ao final temos pessoas totalmente diferentes. De todos os personagens meu favorito é Ulisses e não vejo a hora de ler o livro dele e saber como Monica vai amarrar esse coração aventureiro.

Em breve tem lançamento do livro IV
comentários(0)comente



16 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2