Alice

Alice Lewis Carroll




Resenhas - Aventuras de Alice no País das Maravilhas & Atráves do Espelho e o que Alice Encontrou por lá


39 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Flávia Clemente 25/11/2020

Gostei bem mais da primeira história (Alice no País das Maravilhas) do que da segunda (Através do Espelho e o que Alice encontrou por lá).
A história toda é fofa e gostosa e super leve de ler! Mas quando chega no meio da segunda história começa a ficar repetitivo demais, tudo muito parecido, e acaba sendo meio cansativo.
Mas é um livro fofo, e um super clássico, vale a leitura!
comentários(0)comente



lisa 01/10/2020

Foi de fato um experiência bem maluca, com certeza irei ler novamente alice no país das maravilhas! Em relaçao a Através do espelho, eu me surpreendi por não ter nada a ver com o filme mas não gostei tanto quanto o 1
comentários(0)comente



Josiane 06/09/2020

Em se tratando de um clássico da literatura infantil, eu certamente teria gostado mais de o tivesse lido 30 anos atrás... ;-) Gostei mais de Alice no País das Maravilhas. Talvez por já conhecer a história, a leitura fluiu melhor. Achei Através do Espelho mais arrastada. Como li essa edição com as duas histórias no mesmo volume, creio que fiquei cansada de tanta bizarrice. Teria sido melhor dar um tempo entre a leitura das duas histórias.
comentários(0)comente



Karen 20/07/2020

Um clássico que não combinou comigo
A escrita é boa, fluida, mas que não deu certo para mim, é nonsense demais. Gosto da Alice, uma criança muito esperta e com alguns pensamentos divertidos, mas da narrativa mesmo eu não gostei. Parece que as coisas vão acontecendo de forma aleatória e sem conexão. Não lembro se no desenho também é assim, só lembro que foi um desenho que gostei na infância, e por isso esperava gostar do livro também.
comentários(0)comente



Pris_ 29/06/2020

"Ora, algumas vezes cheguei a acreditar em até seis coisas impossíveis antes do café da manhã."
Com certeza um clássico que todos deveriam ler.
comentários(0)comente



Xandy 26/06/2020

Finalmente conseguir ler esse clássico e tenho que dizer que "No País das Maravilhas" é muito melhor e bem mais divertido do que "Através do Espelho", que parece mais arrastado e não é tão interessante quando seu sucessor. O importante é que é uma leitura que vale muito a pena.
comentários(0)comente



Alanni 17/06/2020

Eu que gostava tanto de Alice...
Após ler os dois livros, a achei insuportável, além de grossa e incoveniente. Não sei por que tinha como referência os filmes da Disney... No mais, acredito que todos os demais personagens têm seu quê de importância e agregam valores, mesmo ela mantendo uma postura mimada na maioria das vezes.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Pâm 24/04/2020

Um clássico lúdico infantil cheio de histórias curiosas e divertidas.
comentários(0)comente



14/03/2020

Que mais é viver senão sonhar?
Nunca tinha lido nada sobre Alice mas lembro não gostar muito da animação quando criança. A questão é que li pq a achava várias frases legais vindas dos textos do Carroll que queria entender a história de uma vez... termino pouco menos ignorante do que comecei. Vou procurar algum manual, workshop, palestra ou sei lá pra conseguir entender um pouco mais desse mundo tão lúdico que é o de Alice.
Essa edição que junta os dois sonhos da menina, tradução vencedora do Jabuti e ainda conta com as ilustrações do John Tenniel, fofíssimas!
comentários(0)comente



Vanessa 19/11/2019

Interessante
As viagens da Alice pelo mundo de sua imaginação são um tanto quanto confusas, ao mesmo tempo que são inspiradoras.
comentários(0)comente



Laura 16/09/2019

Alice, embora seja uma figura extremamente popular que acompanha a maioria de nós desde a infância, traz tanto em suas aventuras no País das Maravilhas quanto Através do Espelho, conceitos e trocadilhos enigmáticos, profundos e estratégicos, que em uma leitura mais rasa podem ser encarados como bobos, mas que dizem muito sobre a lente de Alice, uma criança de apenas 7 anos extremamente esperta e seu modo de resolver as coisas e enxergar a vida.
Ambas as narrativas são leves e tranquilas, mas dependem do seu modo de ler e do que você está disposto a interpretar de histórias tão fantasiosas, incríveis e de certo modo absurdas.
É tudo muito fluído e nos deparamos com as personagens de maneira impetuosa e nos despedimos deles com a mesma brevidade, mas se faz extremamente importante considerar o papel de cada um, principalmente no contexto do que Alice encontra através do espelho, um enigmático jogo de xadrez gigante.
É interessante descobrir cada parcela da imaginação de Alice e abraçar o papel da protagonista, uma criança que sabe que é criança e pensa de fato como uma criança.
Essa edição de bolso da Zahar conta ainda com ilustrações do John Tenniel e deixam tudo ainda mais encantador!
comentários(0)comente



Natália | @tracandolivros 14/07/2018

Pura loucura
Esta edição da @editorazahar contém as duas estórias de Alice, a primeira delas, a mais conhecida, Alice no País das Maravilhas, e a segunda, Através do Espelho e o que Alice encontrou por lá.

As duas estórias tem uma narrativa bem corrida. Uma hora ta acontecendo uma coisa, logo já ta em outra cena, e tudo um atrás to outro, sem um espaço de descanso.

Em Alice no País das Maravilhas é contada a história que já conhecemos, onde ela segue o coelho, cai na toca, passa pela porta, e assim segue no lugar mágico onde animais falam, onde ela encontra a Lagarta, o Chapeleiro, a Rainha de Copas. Já em Através do Espelho e o que Alice encontrou por lá, me pareceu até mesmo um mundo diferente, pois não encontramos nenhum dos personagens da estória anterior. Neste segundo também temos mais poemas e canções que no anterior.

Os dois são engraçados, rápidos de ler, porém, não achei tão maravilhoso assim. Sempre gostei de releituras de Alice, sempre gostei do filme, mas achei o livro muito corrido, tudo aconteceu num piscar de olhos. O primeiro gostei mais que o segundo, realmente, mas mesmo assim, não foi tão explicativo quanto eu esperava.

Pois bem, a trama em si é completamente uma loucura, é um mundo de fantasia onde a personagem corre de um lado para o outro sem chegar a lugar nenhum, mas também é uma leitura muito fluida e leve de ler, é ótima para quando quiser uma distração e uma história sem muita complicação, nem grandes explicações.

site: https://www.instagram.com/p/BaO4vd-g-9O/?taken-by=tracandolivros
comentários(0)comente



any 15/06/2018

"se eu não fosse real, não conseguiria chorar"
É interessante explorar a mente de Alice durante a história. Fica bem perceptível que a moral da personagem é muito evidente durante os acontecimentos. As passagens são adoravelmente aleatórias, não dá para prever a próxima coisa que irá acontecer, o que deixa a leitura completamente interessante. Apesar do livro abordar histórias fantasiosas há passagens em que pode-se observar a presença de temas reais e importantes como: a justiça, a identidade individual e em como lidamos com a cronologia dos fatos e com a realidade ao nosso redor. Alice está em busca de descobrir quem ela é, isso em mais de uma passagem, o que nos leva à nossa própria busca incessante por esse mesmo propósito. Durante a leitura você encontra grandes sacadas nas entrelinhas e lições de vida, é só ficar atento.

site: https://brokenemptyheart.tumblr.com/tagged/miniresenhas
comentários(0)comente



Julia.Martins 27/05/2018

Literatura de nonsense! Há quem goste! Definitivamente não é meu tipo de leitura.
Thárin 27/05/2018minha estante
Eu amooooo Alice ???
Fico impressionada com as opiniões divergentes sobre os livros que eu gosto hahaha


Julia.Martins 27/05/2018minha estante
Leitura é uma experiência muito pessoal, definitivamente. Graças aos que gostam desse livro hoje temos produtos maravilhosos que eu amo (funko pop, materiais escolares, adesivos, canecas, camisas, quadros, etc etc)


Thárin 27/05/2018minha estante
Verdade pura ?




39 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3