Nem Vem Que Não Tem

Nem Vem Que Não Tem Ricardo Alexandre


Compartilhe


Nem Vem Que Não Tem


A Vida E O Veneno De Wilson Simonal




Na metade final dos anos 1960, Simonal rivalizava apenas com Roberto Carlos em termos de popularidade. Dez anos depois, acusado de ser o mandante do sequestro e tortura de seu contador, foi estigmatizado como da ditadura militar - e, oficiosamente, acabou condenado ao ostracismo artístico até morrer em 2000, corroído pelo álcool, pela depressão e pelo esquecimento do público. Simonal era culpado ou inocente? Dedo-duro ou vítima de difamação movida por rancor, inveja, racismo? O livro foi desenvolvido com duas imagens de capa nas cores amarelo e azul.

Edições (2)

ver mais
Nem Vem Que Não Tem
Nem Vem Que Não Tem: A Vida e o Veneno de Wilson Simonal

Similares

(3) ver mais
Noites Tropicais
Elis Regina
 A BOSSA DO LOBO:

Resenhas para Nem Vem Que Não Tem (13)

ver mais
O maior cantor do Brasil.
on 26/1/10


Exemplo de ícone pop, vítima de uma série de infortúnios, coincidências infelizes que o destruíram, Wilson Simonal renasceu ao olhos da crítica. Condenado pela esquerda e enganado pela direita, foi tão marginalizado quanto grandioso. É prova viva de que a figura humana pode ser destruída, porém a obra, permanece. Eis o maior cantor deste país em todos tempos.... leia mais

Estatísticas

Desejam39
Trocam1
Avaliações 4.2 / 141
5
ranking 43
43%
4
ranking 38
38%
3
ranking 18
18%
2
ranking 1
1%
1
ranking 0
0%

56%

44%

Euflauzino
cadastrou em:
02/11/2009 16:43:31