O Caderno Rosa de Lori Lamby

O Caderno Rosa de Lori Lamby Hilda Hilst


Compartilhe


O Caderno Rosa de Lori Lamby





O livro, em grande parte escrito na forma de diário, apresenta uma menina de oito anos que vende seu corpo incentivada por seus pais proxenetas. A obra é, sim, obscena e põe em cheque a moralidade dos leitores, pois é quase impossível realizar uma leitura frígida dos relatos de Lori Lamby. Mas, apesar do impacto inicial causado pelo tema da pedofilia, o livro vai muito além. A própria literatura é alvo de obscenidades: gêneros intercalados, cartas, relatos, citações pervertidas de grandes autores como D. H. Lawrence, Henry Miller ou Georges Bataille e um Caderno negro dentro do Caderno rosa de Lori. Aquilo que, a princípio, aparece no texto como possíveis e singelos erros de escrita de uma criança recém-alfabetizada aponta para um estudo lexicológico, para uma etimologia das sensações fazendo soluçar a gramática.
"O Caderno Rosa de Lori Lamby" ainda guarda um segredo sobre o verdadeiro narrador da história. Apesar da obviedade do título sugerir que a pequena Lori Lamby é a narradora-personagem de seu caderno, é possível levantar dúvidas a esse respeito já que seu pai - gênio incompreendido - resolve escrever "bandalheiras" seguindo o conselho de seu editor.
Neste ponto reside o aroma de crítica ao mercado editorial e a sua avidez por best-sellers e temas consagrados como a pornografia.

Literatura Brasileira

Edições (3)

ver mais
O caderno rosa de Lori Lamby
O Caderno Rosa de Lori Lamby
O Caderno Rosa de Lori Lamby

Similares

(23) ver mais
A Espiral de Netuno
Por que ler Hilda Hilst
Grandes chances de morrer lentamente
Os Dragões Não Conhecem O Paraíso

Resenhas para O Caderno Rosa de Lori Lamby (46)

ver mais
Glupt (em primeira pessoa):
on 2/10/10


Fui sexualmente molestado na infância e, para além de qualquer trauma psicológico que isto tenha me gerado ou não, na época em que os fatos aconteceram, eu me divertia, eu me excitava, eu QUERIA, considerando-se o que me restava de inocência pueril. Foi justamente isto o que eu percebi aqui, sendo-me inevitável e obrigatória a identificação, que não fica só no limiar conteudístico, mas extravasa a genialidade metalingüística, citacional e narrativa da autora. Genial, pura e simplesment... leia mais

Estatísticas

Desejam235
Trocam1
Avaliações 3.9 / 957
5
ranking 34
34%
4
ranking 36
36%
3
ranking 20
20%
2
ranking 7
7%
1
ranking 3
3%

31%

69%

()
cadastrou em:
04/01/2009 17:46:42
Joseph
editou em:
12/01/2020 02:14:14