O homem dos círculos azuis

O homem dos círculos azuis Fred Vargas


Compartilhe


O homem dos círculos azuis









Nos últimos meses, alguém vem percorrendo as ruas de Paris e traçando círculos de giz azul em volta de sucatas encontradas na calçada: um brinco, um novelo de lã, uma vela, uma touca de natação, uma bolsa... A imprensa acha graça, os psiquiatras tecem análises e os parisienses estão intrigados.

Mas logo a polícia encontra uma mulher degolada, dentro dos mesmos círculos, agora com a inscrição: "Ô Bento, seu azarento, na rua com esse vento?".

Entra então em cena o mais conhecido personagem de Fred Vargas, o delegado Jean-Baptiste Adamsberg, que passa o tempo todo mexendo vagarosamente o café e rabiscando em papéis de rascunho. Ao lado dele, gravitam outros personagens também interessantes e engraçados: um cego que faz tiradas impagáveis, uma mulher que estuda peixes de águas profundas, uma solteirona que procura marido nos classificados.

Durante várias semanas, Adamsberg continua a mexer vagarosamente o café enquanto o assassino atua sem deixar pistas. Até que um círculo oval surge na rue Bertholet com a mesma pergunta - mas ele agora tem um resposta.

Edições (1)

ver mais
O homem dos círculos azuis

Similares


Resenhas para O homem dos círculos azuis (5)

ver mais
Ficando viciado em séries policiais
on 13/9/12


encontrei “o homem dos círculos azuis”, de fred vargas (jurava que era um homem assim que vi, mas é uma mulher, mesmo assim, ainda bem que é só o nome que confunde.), como quem não quer nada e no mesmo instante que li a primeira página pulei logo para a segunda e já me vi apaixonado pela personagem de entrada, a mathilde, conceituaada oceanógrafa que divide a semana em fatias. o livro faz parte da série policial da companhia das letras a qual eu já tinha decidido começar a ler, inician... leia mais

Estatísticas

Desejam28
Trocam4
Avaliações 3.7 / 76
5
ranking 25
25%
4
ranking 30
30%
3
ranking 34
34%
2
ranking 9
9%
1
ranking 1
1%

33%

67%

Mi Müller
cadastrou em:
02/02/2009 23:01:35