O padeiro que fingiu ser rei de Portugal

O padeiro que fingiu ser rei de Portugal Ruth Mackay


Compartilhe


O padeiro que fingiu ser rei de Portugal





Em 1578, D. Sebastião de Portugal perdeu a vida numa desastrada ofensiva para libertar o Marrocos do domínio dos Mouros, dando início a uma crise sucessória que levou à perda da soberania de Portugal para a Espanha. Editora e professora na Universidade de Stanford, Ruth Mackay investiga o mito do Sebastianismo, a crença do povo português de que o rei estava vivo e regressaria ao país, e conta a história do impostor Gabriel de Espinosa, ex-soldado e padeiro de ofício, que, sob as instruções de um distinto frei português, aparece em um convento espanhol dizendo-se D. Sebastião, 16 anos após a morte do monarca.

Edições (1)

ver mais
O padeiro que fingiu ser rei de Portugal

Similares

(14) ver mais
O Desejado
O Touro Encantado da Ilha das Lençóis
Fábulas da Memória
O Rei embevedado de amor, a Rainha pé de cabra, as amantes feiticeiras do rei que casou com a cunhada e outras 208 histórias bizarras, trágicas e curiosas dos nossos reis e rainhas

Estatísticas

Desejam23
Trocam1
Avaliações 3.1 / 4
5
ranking 0
0%
4
ranking 50
50%
3
ranking 25
25%
2
ranking 25
25%
1
ranking 0
0%

30%

70%

Rocco
cadastrou em:
04/10/2013 14:20:12