O Quebra-Nozes

O Quebra-Nozes Alexandre Dumas
E. T. A. Hoffmann


Compartilhe


O Quebra-Nozes


Edição Bolso de Luxo




Inclui as duas versões desse clássico que inspirou o novo filme da Disney

É véspera de Natal. Marie se encanta, dentre todos os presentes, por um quebra-nozes em formato de boneco. Ela comoda o novo amigo no armário de brinquedos – mas, à meia-noite, ouve estranhos ruídos. Aterrorizada, vê seu padrinho, o inventor Drosselmeier, sinistramente acocorado sobre o relógio de parede, e um exército de camundongos invadindo a sala, comandado por um rei de sete cabeças! Contra eles, os brinquedos saem do armário e põem-se em formação. Têm uma grande batalha pela frente, sob as ordens do Quebra-Nozes...

Entre o sonho e a realidade, Marie viverá histórias maravilhosas e estranhas, de reinos, feitiços e delícias. Histórias em que o inusitado padrinho tem um papel especial, e nas quais só pode embarcar quem tem os olhos e o coração preparados. Você tem?

Esta edição inclui as duas variantes da história: a versão original de E.T.A. Hoffmann e a clássica de Alexandre Dumas – que popularizou a história e inspirou o famoso balé de Tchaikovsky –, com tradução de André Telles (do francês) e Luís S. Krausz (do alemão). Traz ainda apresentação da pesquisadora e especialista em contos de fadas Priscila Mana Vaz e mais de 200 ilustrações de época. A versão impressa apresenta capa dura e o acabamento de luxo característico da coleção Clássicos Zahar.

Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
O Quebra-Nozes

Similares

(10) ver mais
Alice
O Mágico de Oz
Contos de Fadas
Peter Pan

Resenhas para O Quebra-Nozes (1)

ver mais
Origem do ballet natalino
2 weeks, 1 day ago


Duas versões da mesma história. A original é do Hoffman e a clássica do Dumas. Marie fica responsável por um quebra-nozes. Durante a noite descobre que o mesmo está em uma encarniçada batalha com o rei dos camundongos, que tem sete cabeças. A menina descobre como o brinquedo foi enfeitiçado, quem foi a princesa Pirlipat, onde fica o Reino dos bonecos, o motivo da guerra entra bonecos e roedores. É claro que ouvi Tchaikovsky durante a leitura. Kkkk... leia mais

Estatísticas

Desejam163
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.2 / 11
5
ranking 45
45%
4
ranking 45
45%
3
ranking 0
0%
2
ranking 9
9%
1
ranking 0
0%

8%

92%

Bruno
cadastrou em:
18/08/2018 21:48:19
Diandra
editou em:
16/10/2018 15:41:47