Quase Memória

Quase Memória Carlos Heitor Cony




Quase Memória





Publicado em 1995, Quase memória marcou a volta de Cony às grandes narrativas depois de mais vinte anos. Rompendo limites entre gêneros e situado em algum ponto entre a ficção e a memória, o livro rapidamente se tornou sucesso de crítica e público e ganhou, em 1996, o Jabuti de Melhor Romance e o Prêmio de Livro do Ano.

Drama / Ficção

Edições (1)

ver mais
Quase Memória

Similares

(4) ver mais
Quase Memória
Um pai e duas filhas
Revista TAG - Setembro de 2017 (TAG - Experiências Literárias)
Um Cara Bacana na 19ª

Resenhas para Quase Memória (33)

ver mais
Abrindo o pacote de Cony
on 15/9/17


Esse foi o primeiro livro que recebi como assinante da TAG e não penso que a experiência poderia ter sido mais metalinguística do que foi, onde a ficção se torna um simulacro da realidade, ou vice-versa. Afinal, não é um dos objetivos desse clube de leitura enviar um pacote surpresa para seus associados? Pois então, qual não foi minha surpresa quando dentro desse pacote havia um outro, embrulhado em papel amarelo e amarrado por um nó meticulosamente centrado no barbante. Esse pacote es... leia mais

Vídeos Quase Memória (2)

ver mais
UNBOXING: TAG EXPERIÊNCIAS LITERÁRIAS DE SETEMBRO | PÉTALAS DE LIBERDADE

UNBOXING: TAG EXPERIÊNCIAS LITERÁRIAS DE SETE

Resenha #38 Quase memória, de Carlos Heitor Cony | De quase em quase, um quase romance

Resenha #38 Quase memória, de Carlos Heitor C


Estatísticas

Desejam30
Trocam3
Avaliações 4.0 / 565
5
ranking 37
37%
4
ranking 43
43%
3
ranking 17
17%
2
ranking 3
3%
1
ranking 0
0%

25%

75%

Leandro Godoy
cadastrou em:
05/09/2017 21:44:22
João Vicente
editou em:
28/09/2017 23:54:52