Regras simples

Regras simples Donald Sull e Kathleen M. Eisenhardt


Compartilhe


Regras simples


Como viver tranquilo e organizado em um mundo cada vez mais complexo




Como a simplicidade supera a complexidade na natureza, nos negócios e na vida

A vida anda muito complexa. As dietas são complicadas, os controles remotos são muitos, as senhas, infinitas; sem falar nos e-mails, perfis em redes sociais, formulários, impostos, contas a pagar. Mas nada disso precisa ser um pesadelo: pensando do jeito certo, é possível resolver tudo com total tranquilidade e eficácia.
Assim explicam os pesquisadores Donald Sull e Kathleen M. Eisenhardt, que em mais de uma década de testes e estudos estabeleceram seis categorias de regras, cada uma aplicável a diferentes questões da vida diária, com as quais você vai conseguir abordar e resolver qualquer problema:

1. Regras de limite: funcionam em dilemas do tipo sim e não, reduzindo as variáveis que vão influenciar as suas escolhas.
2. Regras de priorização: é preciso entender o que é mais relevante.
3. Regras de interrupção: saber quando parar às vezes é mais importante do que começar.
4. Regras de como fazer: ter um passo a passo na cabeça facilita processos e decisões sob pressão.
5. Regras de coordenação: atribuem papéis e funções quando a situação envolve diversos elementos.
6. Regras de tempo: funcionam em ocasiões em que hábito e periodicidade são fundamentais.

Ponto a ponto, de decisão em decisão, as orientações e os inúmeros exemplos reunidos em Regras simples vão libertar você para uma existência tranquila e organizada, mostrando que a vida, apesar de parecer complexa, pode fluir muito mais facilmente do que você jamais imaginou.

Literatura Estrangeira / Não-ficção

Edições (1)

ver mais
Regras simples

Similares

(7) ver mais
O Poder do Hábito
Organize em 10 Minutos
Tudo limpo e organizado em 1 minuto
Seja organizado

Resenhas para Regras simples (3)

ver mais
Muito bom!
on 9/7/18


Goste de livros assim, que se baseiam em pesquisas científicas sobre aspectos específicos de nossa natureza humana, e não em livros que se baseiam em "conselhos/opiniões" de pseudos-escritores. Nada contra, cada um escreve o que bem entende, só não conte comigo como fonte de renda para seu hobby/trabalho... Bem, voltando ao livro, recomendo. Assim como os outros dois (Garra e O Poder da Influência) que li este mês, é um livro que trás um bom material para reflexão e desenvolvimento ... leia mais

Estatísticas

Desejam32
Trocam2
Avaliações 3.6 / 17
5
ranking 18
18%
4
ranking 47
47%
3
ranking 24
24%
2
ranking 12
12%
1
ranking 0
0%

29%

71%

Carolyne.Goethe
cadastrou em:
15/12/2016 19:24:50
Vivi
aprovou em:
03/01/2017 17:01:49