Somos Guerreiras

Somos Guerreiras Glennon Doyle Melton


Compartilhe


Somos Guerreiras


Uma história de dor, amor e autodescoberta




Um marido lindo e atencioso, filhos encantadores, o reconhecimento pelo sucesso profissional. O que mais Glennon poderia querer? A resposta é: mais, muito mais. Ela queria não ter tantas dúvidas, queria se comunicar melhor com o marido, queria apagar de sua história a bulimia e o alcoolismo, queria se encaixar nos padrões... queria que o marido não a tivesse traído e que o casamento não tivesse se revelado uma tábua de salvação tão fracassada.
Mas o que parece a maior das tragédias, acaba se tornando a grande chance de Glennon. A crise conjugal traz à tona seus velhos demônios e a obriga, pela primeira vez, a encarar francamente as questões que antes foram apenas sublimadas. Enquanto todos cobram dela uma decisão sobre o possível divórcio, Glennon se volta para si mesma em busca da própria voz: não a da jovem perfeita que ela um dia quis ser, não a da esposa cujo relacionamento fracassou, não a da mãe abnegada, mas, sim, a voz da mulher de verdade que sempre existiu por trás de todos esses papéis.
Glennon Doyle Melton é a mulher que talvez você conheça, a vizinha, a colega, a irmã de um amigo. Talvez seja você. Somos guerreiras revela não só a história de Glennon, mas a guerra diária travada pela mulher que busca simplesmente ser quem ela é — um relato corajoso que chama a atenção para o fato de que nascer mulher e existir plenamente é quase um ato revolucionário.

Biografia, Autobiografia, Memórias / Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
Somos Guerreiras

Similares

(8) ver mais
Kindred
O momento de voar
A princesa salva a si mesma neste livro
O que é empoderamento?

Resenhas para Somos Guerreiras (18)

ver mais
on 14/4/19


E mais uma vez lá vou eu na contramão das opiniões. Não gostei do livro. Se fosse pra avaliar por partes até diria que alguma coisa me agradou...achei interessante a ideia da autora de incentivar as pessoas a serem como são, sem medo, sem maquiagem; assumirem suas opiniões sem receio das divergências. Sim, isso me agradou (até porque isso sou eu...), mas no geral, ao meu ver, ela se perde dessa ideia quando se mostra excessivamente melindrosa, e dramática. Quem quer ser verdadeiro e se... leia mais

Estatísticas

Desejam149
Trocam12
Avaliações 4.1 / 175
5
ranking 45
45%
4
ranking 37
37%
3
ranking 14
14%
2
ranking 4
4%
1
ranking 1
1%

9%

91%

Daiane
cadastrou em:
31/01/2017 15:43:01
Pri Paiva
editou em:
30/03/2017 10:53:42
Pri Paiva
aprovou em:
30/03/2017 10:54:04