Trabalhar No Paraíso Pode Ser Um Inferno

Trabalhar No Paraíso Pode Ser Um Inferno Simon Rich


Compartilhe


Trabalhar No Paraíso Pode Ser Um Inferno





Entediado, Deus decide que a Terra já deu o que tinha que dar. A menos que dois anjos idealistas façam um milagre acontecer... Bem-vindo à Céu Ltda., a corporação mais mau administrada que existe. Desde tempos remotos, seu fundador e presidente (conhecido em alguns círculos como Deus) passa os dias jogando golfe. Quando resolve aparecer no trabalho, não é para acabar com guerras ou pôr fim à fome, mas sim para procurar seu nome no Google e ler o que os humanos pensam dele. Na verdade ele nem pensa muito na Terra, até o momento em que uma funcionária recém promovida a anjo lhe faz uma reprimenda e Ele é obrigado a pensar naquele planeta que criou e que... não deu certo! Diante dessa constatação, resolve mandar os homens pelos ares. Como não é uma decisão definitiva, só o resultado de uma aposta que propõe a seus anjos subalternos fará com que o Todo Poderoso desista de seu grande plano. Será que os anjos conseguirão ganhar a aposta? Qual truque esconderão na manga para salvar a humanidade do Juízo Final?

Biografia, Autobiografia, Memórias / Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
Trabalhar No Paraíso Pode Ser Um Inferno

Similares

(1) ver mais
Elliot Allagash

Resenhas para Trabalhar No Paraíso Pode Ser Um Inferno (10)

ver mais
on 4/6/21


Livro divertido, leitura leve e gostosa. Vc vai lendo e quando percebe já acabou. Apesar de não ter muitas páginas é uma história muito bem escrita. Não consegui parar de ler. Se vc procura uma leitura leve, recomendo.... leia mais

Vídeos Trabalhar No Paraíso Pode Ser Um Inferno (1)

ver mais
Resenha; Trabalhar no Céu Pode ser um Inferno de Simon Rich - Editora Planeta

Resenha; Trabalhar no Céu Pode ser um Inferno


Estatísticas

Desejam27
Trocam15
Avaliações 3.8 / 160
5
ranking 33
33%
4
ranking 33
33%
3
ranking 24
24%
2
ranking 8
8%
1
ranking 2
2%

18%

82%

Yasmin
cadastrou em:
20/04/2013 12:45:10
Beatriz Soares
editou em:
04/08/2017 11:17:05
Beatriz Soares
aprovou em:
04/08/2017 11:17:13

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR