Como Eu Era Antes de Você

Como Eu Era Antes de Você
4.59177 20285



Resenhas - Como Eu Era Antes de Você


100 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


spoiler visualizar
Andrea 02/05/2013minha estante
No seu primeiro paragrafo você diz tudo!!! A vida já dura buscamos conforto e final feliz nos livros..é um livro que vou colocar na minha pilha de leitura mas não para agora..otima a sua resenha. abs


Lu Galvao 06/05/2013minha estante
Concordo!!
Acabei de ler e estou me debulhando em lagrimas, de tanto que acreditei ate o ultimo momento que ficariam juntos, que o amor teria esperanças, sim o livro mexeu com meus conceitos de como viver a vida, entrou na minha lista de favoritos, mas e um livro que nunca mais lerei....
Parabéns pela Resenha!!


Vannie 09/06/2013minha estante
Concordo com você.
Achei o livro ótimo, o romance é lindo, mas achei o final muito triste. Ao que eu entendi, o tema do livro tinha o objetivo de mostrar as possibilidades positivas na vida de uma pessoa tetraplégica. Também busco um pouco de "fuga da realidade" quando leio romances e esse livro ao contrário só me mostrou que na realidade há problemas sem solução, independente de seus esforços. De qualquer jeito, é um ótimo livro que vale a pena ser lido.


Cláudia 01/10/2013minha estante
Sim, a estória é sobre ela, sobre como a sua vida foi transformada pelo amor... e pela dor. Achei muito triste o final, torci muito para que o amor fosse suficiente e fiquei chocada (e magoada por ela) quando ele disse claramente que ela não era o bastante. Nem tudo são flores, não é mesmo? E isso fez com que a estória fosse tão crível e tão dolorosa... Eu também não leria novamente, mas é uma bela estória.


Camila F 29/01/2014minha estante
Nossa, não acrescentaria nenhuma palavra na sua legenda! "Realmente não gosto de ler livros assim porque acabo me envolvendo demais e acabo por ficar dias sofrendo e pensando no que acabei de ler... com essa história não foi diferente." É EXATAMENTE como eu to me sentindo! Depois de ler esse livro só consigo pensar em todo o tempo que eu vou ficar relembrando da história, pensando que sim, sabemos que muitas vezes o amor não é suficiente mas que no fundo, bem no fundo, eu queria MUITO que fosse! No aniversário dela, o jeito como ela sabia exatamente o que Will queria, nossa, me dá um aperto no coração só de pensar! Lindo livro, mas não leria de novo


Josiane 14/12/2014minha estante
Eu realmente fiquei muito mal depois de terminar o livro. Até agora, não me cabe na cabeça que ele a amava, pois como assim? uma pessoa amar a outra e fazer o que ele fez? eu ainda estou mal com a história. Me tocou demais. Mas estou tentando ver o lado dele, a real história com que nos deparamos todos os dias, e que são, na maioria das vezes, infelizes. Claro que não gosto de clichês, mas... puxa, mexeu profundamente comigo. Penso na tristeza dela, indo à Paris e lendo a carta dele. Não sei se seguiria minha vida normalmente, depois de um baque desses. Desculpem pelo desabafo.


Isabel 24/09/2015minha estante
Concordo plenamente, é lindo mas....de difícil já basta a realidade....




Fran Menezes 20/05/2013

Um livro com muitas lições...
Particulamente, não curto livros tristes.

Quando li a sinopse do livro achei super interessante e acabei criando um padrão em minha cabeça dele, do que esperar do enrredo num geral e claro que me decepcionei olhando por esse ponto de vista.

Chorei horrores no final, mais posso dizer que tem sábeis ensinamentos os quais eu trarei para minha vida.

O livro tem uma seguencia bem interessante basicamente é todo escrito no ponto de vista da protagonista, porém em alguns capítulos alternam para a pesperctiva de outros personagens igualmente importantes, com isso, conseguimos entender melhor o penssamento deles.

Não posso dizer que amei o livro, ele ficaria na minha classificação como bom.

Mais para quem curte uma drama acho que é uma boa pedida.

Bjs.

comentários(0)comente



xanda 21/10/2015

LIVRO APAIXONANTE !!!
Gente!!!
Que história linda, personagens apaixonantes, realmente vai ficar nos meus favoritos da vida!!!
comentários(0)comente



Amanda Challyne 23/12/2015

Digno de uma bela ressaca literária
Como não amar Jojo Moyes um pouco mais a cada livro lido? Meu Deus, é muita história de amor "trágica" pro meu pobre coraçãozinho aguentar! Não sei como conseguirei me recuperar emocionalmente depois de ler Como eu era antes de você!

E quando eu penso que ano que vem será lançado o filme... muitas lágrimas ainda irão rolar!
comentários(0)comente



Patty 24/05/2015

O estilo da escrita da autora me cativou. Bem simples, direta e fácil de acompanhar. Mas o que mais me "ligou" à este livro foi a visão próxima da vida de alguém com limitações como Will. Quais são as dificuldades, o que sentem, o que querem, o que enfrentam, como fazem? Fiquei muito envolvida com a questão da tetraplegia pois achei interessante a abordagem. Pode ser que tenha me instigado pelo único motivo de eu não conhecer esta realidade, e então pode ser que ela não tenha sido tão bem descrita. Mas enfim, como desconhecedora deste universo, fiquei bastante sensibilizada por coisas como a descrição do desconforto causado em Will pelos olhares piedosos das outras pessoas. Este tipo de questão levantada no livro, fora a grande questão a respeito do direito a escolha pela "boa morte", do meu ponto de vista foi o trunfo da história. De resto, também gostei do fato da vida simples e factível que leva a protagonista. Tão fácil de se identificar.
Agora, infelizmente a autora caiu no medo de terminar direitinho seu livro, e aquelas últimas páginas foram uma dor no peito e um sofrimento de ler. Descobri o que era clichê lendo aquela carta do Will... sério. Que triste.
Mas botando na balança, vale a pena a leitura! Indico :)
comentários(0)comente



sorayamdsds 27/01/2016

Apaixonante
Simplesmente apaixonada por esse livro! Superou minhas expectativas... Louca para ler o próximo!
comentários(0)comente



Pampys 14/02/2016

Como eu era antes de você...
Lou Clark não tem muita ambições. Mora com os país,a irmã e o sobrinho.Aos 26 anos,sua vidinha inclui um trabalho como garçonete num café, e o namoro com Patrick um atleta,que não parece muito interessado nela...Quando o café fecha as portas,Lou é obrigada a procurar outro emprego...Até que consegue como cuidadora de um tetraplégico... Will Traynor tem 35 anos,é inteligente,rico e mal-humorado.Preso a uma cadeira de rodas depois de ter sido atropelado por uma moto.Sua vida parece sem sentido e dolorosa demais para ser levada a diante.Ele planeja com cuidado uma forma de acabar com esse sofrimento...Só não esperava que Lou aparecesse e se empenhasse tanto para convencê-lo do contrário...Uma história sobre amor,aprendizado e perda.Um livro extraordinário...????
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Biula 17/01/2014minha estante
Novo link para o blog: http://sibipapoliterario.blogspot.com.br/




priscila.carelli.58 19/10/2015

Como eu era antes desse livro
São 7:30am, estou com o rosto inchado e sem dormir desde que iniciei essa leitura. Precisava dividir a sensação devastadora de chegar ao fim. Realmente transformou algo dentro de mim. A história é bem escrita e formulada de um jeito mais do que envolvente. Tão fora da nossa realidade e ao mesmo tempo tão acusadora de comportamentos que temos todos os dias. Olhares complacentes para com aqueles que consideramos menos afortunados ou a imposição constante de vontades nossas na vida de quem amamos. Quem eu era antes de você me fez perceber o quanto preciso evoluir para acompanhar o complexos sentimentos que me foram despertos durante essa experiência. E, por fim, como se não bastassem todos os motivos citados pra lê-lo, a história é deliciosa!
Victoria 29/01/2016minha estante
Olá!!!
Saudades! Eu AMO AMO AMO esse livro e preciso começar a me preparar psicologicamente para a continuação.
Estou lendo suas resenhas e adorando!! Pensando em utilizar mais isso aqui, rs
Beijos!




Lidia NF 02/06/2015

GOIABÃO
ROMANCE BEM GOIABA, SEM SENTIDO, TIVE A IMPRESSÃO QUE A AUTORA ESCREVEU UM LIVRO PENSANDO EM FAZER UM FILME BEM XAROPE PARA VENDER BASTANTE.
FILME RASO, SEM APROFUNDAMENTO NAS EXPERIÊNCIAS E SEM SENTIDO NO FINAL.
comentários(0)comente



Juliana 15/09/2014

Informação é poder ! ;D
Como Eu Era Antes de Você, fala sobre a história de Will e Lou. Um romance que nos ensina pensar no próximo e como lidar com a perda (em todos os sentidos). A história é maravilhosa e vai nos envolvendo a cada página. Um livro com 320 páginas, eu lê em 3 dias (comecei a ler muto de vagar, na verdade quase parando, pois não queria que acabasse o livro) e quando acabou me deixou com uma angustia tão grande no coração :'( . O livro é narrado em primeira pessoa, ou seja, Lou é a protagonista. Mesmo ela sendo a protagonista, vemos ao decorrer da história visões de outros personagens. E é o que enriquece a história ver vários pontos de vista de pessoas diferentes para a mesma situação. Eu amei esse livro S2 . Já lê ele várias vezes e não me canso de me emocionar sempre tem algo que na outra leitura passou despercebida. :D Vale muito a pena ler!!!
Pegando um trecho do conto Felicidade Clandestina de Clarisse Lispector ( traduz mais ou menos o que eu sentir com o livro Como Eu Era Antes de Você:
"Chegando em casa, não comecei a ler. Fingia que não o tinha, só para depois ter o susto de o ter. Horas depois abri-o, li algumas linhas maravilhosas, fechei-o de novo, fui passear pela casa, adiei ainda mais indo comer pão com manteiga, fingi que não sabia onde guardara o livro, achava-o, abria-o por alguns instantes. Criava as mais falsas dificuldades para aquela coisa clandestina que era a felicidade. A felicidade sempre iria ser clandestina para mim. Parece que eu já pressentia. Como demorei! Eu vivia no ar Havia orgulho e pudor em mim. Eu era uma rainha delicada Às vezes sentava-me na rede, balançando-me com o livro aberto no colo, sem tocá-lo, em êxtase puríssimo. Não era mais uma menina com um livro: era uma mulher com o seu amante".
comentários(0)comente



Núbia Esther 01/09/2015

Descobrir que um livro começou a ser adaptado para o cinema, mesmo que ele possa não agradar aos mais puristas, pode ser um bom negócio. Comigo funciona como um incentivo a mais para finalmente parar de postergar, ou vencer a apatia inicial, e finalmente lê-lo. Faço parte do grupo de pessoas que só vê o filme depois de ter lido o livro, mesmo que o filme já tenha sido lançado há tempos (a lista de livros para ler antes de ver o filme já atingiu um tamanho razoável). Ficar sabendo sobre a produção do livro Como eu era antes de você da Jojo Moyes, foi o gatilho que faltava para finalmente me aventurar pelas obras da autora. E até agora ainda estou me perguntando por que foi que eu demorei tanto. E não foi por falta de recomendações. O fato é que me encantei pela narrativa da Jojo e pelos personagens carismáticos que ela criou. E agora, já estou na ansiedade da espera para ver essa história nas telonas, tem tudo para continuar nos emocionando.

Como eu era antes de você traz a história de Lou e Will. Ela, uma mulher de 26 anos sem muitas ambições, contente (ou pelo menos pensa estar) com sua vida previsível e que de repente vê seus planos ruindo ao perder seu emprego e tendo de se reinventar. Ele, uma pessoa que vivia a mil por hora, acostumado a aproveitar suas chances ao máximo, que tinha o mundo por limites (e talvez nem isso) e que de repente se viu confinado em uma cadeira de rodas, tetraplégico, amargurado, mal-humorado e determinado a encontrar uma forma de acabar com seu sofrimento.

“Eu tinha vinte e seis anos e não sabia muito bem quem era. Até perder o emprego, não tinha nem sequer pensado nisso. Achava que provavelmente iria me casar com Patrick, teria filhos e moraria a algumas ruas de onde sempre morei. Exceto pelo gosto por roupas exóticas e pelo fato de ser um pouco baixa, não sou muito diferente de qualquer pessoa que se possa cruzar na rua. Provavelmente, ninguém não olharia para mim duas vezes. Uma garota comum, levando uma vida comum. Para mim estava ótimo desse jeito. ” (Página 22)

A procura por um novo emprego, sem qualificação, é um martírio. Mas, por acaso, Lou acaba conseguindo um trabalho temporário como cuidadora assistente de Will. E o choque de personalidades, ela tendo de reprimir sua exuberância, ele pegando pesado na amargura, torna o embate inicial desses mundos tão distintos bem difícil. O que também contribui para deixar o início dessa história mais lento. Há muita Lou antes de Will nessa parte e ela vem acompanhada de uma relação apática com o zero à esquerda do Patrick e há toda a autodepreciação que Lou internalizou durante a longa convivência com a irmã mais inteligente, mais esperta, e que terá um futuro mais brilhante e de mais sucesso. E há o Will sem Lou, taciturno, fechado em seu mundo, isolado da família, dos amigos, do mundo. Mas, depois que a dinâmica entre Lou e Will começa a ser estabelecer, os diálogos entre os dois são espirituosos, sarcásticos e até mesmo hilários. E a partir desse momento, Jojo te fisga definitivamente. Principalmente, porque é nesse momento que descobrimos os detalhes do plano de Will para acabar com seu sofrimento e é aqui que tem início a operação Lou de batalha pela vida.

Excetuando-se o prólogo, a única parte que coube a Will nessa história, e as participações eventuais de outros narradores ao longo da trama, é sobre o ponto de vista de Lou que a história nos é narrada. O fato dela encantar não só o Will, mas também o leitor, com seu pendor para as roupas extravagantes e sua dedicação a tornar a vida do novo amigo mais confortável é algo que faz o estilo da narrativa funcionar muito bem. Mas, é claro, que é difícil não se pegar desejando um vislumbre dos pensamentos do Will perante o desenrolar dos acontecimentos. Qual foi sua primeira reação a Lou? Como aconteceu a mudança que os tornou gradualmente amigos, parceiros, enamorados um pelo outro? Mas, isso é só um desejo, acredito eu, compartilhado por muitos dos leitores que se encantaram por esse homem de mente aguçada e que mesmo durante os momentos de maior sofrimento e desilusão é capaz de pensar em tornar melhor a vida dos outros, de injetar ânimo e esperança nos demais mesmo que não reserve nada disso para ele mesmo.

A história criada por Jojo é de uma sensibilidade tocante. Há muito sofrimento, a realidade brutal de quem vive com a tetraplegia, mas também há todo o destaque à rede de relacionamentos entre tetras, cuidadores e familiares na internet, procurando ajudar uns aos outros e discutindo assuntos polêmicos. Há o espaço destinado à questão do suicídio assistido e todas as implicações jurídicas e como a decisão do paciente pode afetar a família, além é claro da eterna dúvida do certo ou errado, da ética e do quanto a família será capaz de apoiar, respeitar e garantir que o desejo do paciente seja concretizado. E, há a transformação gradual dos sentimentos, da importância que as pessoas vão ganhando na nossa vida sem a gente perceber, e o quanto de mudanças elas podem provocar no nosso mundo enquanto nós também transformamos os delas. Jojo te pega de jeito e não há coração peludo que resista incólume a Lou e Will. Como eu era antes de você é daqueles livros que você termina com lágrimas nos olhos, um sorriso nos lábios e um novo fôlego para encarar o mundo.

PS1: Na adaptação, Emilia Clarke será Lou e Sam Clafin será Will. E confesso que será muito triste ter de ver o fofo do Matthew Lewis no papel do insosso do Patrick. As gravações já terminaram, mas a estreia que já foi prevista para este ano e depois adiada para março de 2016, sofreu nova prorrogação e parece que só estreará em junho.
PS2: Jojo escreveu uma continuação. After You será lançado no final do próximo do mês.

[Blablabla Aleatório]

site: http://blablablaaleatorio.com/2015/08/28/como-eu-era-antes-de-voce-jojo-moyes/
comentários(0)comente



Ana.Pionhievicz 12/04/2016

melhor dos melhores
a história do Will e sa lou é a melhor que ja vi!
comentários(0)comente



Laury 11/09/2015

Este foi realmente o melhor livro que já li,é fantástico,fiquei muito curiosa para saber final,mas quando chegou não queria ter chegado até lá.
comentários(0)comente



Camila Camargo 06/02/2016

Fascinante
É um livro lindo... Trata um tema muito forte, que nos faz pensar e repensar na vida, mas mesmo em meio à tantas barreiras nos faz enxergar um mundo todo colorido... Super recomendo!
comentários(0)comente



100 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7