A salvação do belo

A salvação do belo Byung-Chul Han


Compartilhe


A salvação do belo





A beleza encontra-se hoje em uma situação paradoxal. De um lado, se propaga de modo inflacionário: é exercido em toda parte um culto da beleza. De outro lado, ela perde sua transcendência, entregando-se à imanência do consumo: ela constitui o lado estético do capital. A experiência do negativo diante do belo, assim como diante da sublimidade ou do choque, cede lugar completamente ao gosto culinário, ao like, à curtida. Trata-se, em última análise, de uma pornografização do belo. Em seu novo livro, Byung-Chul Han reflete sobre o belo na era digital. Esse ensaio invoca e evoca as formas do belo que se manifestam como verdade, como desastre ou como sedução. São exploradas também as dimensões do belo que fundariam uma ética ou política do belo. Esta é uma leitura estimulante e reveladora e um diagnóstico lúcido da atualidade.

Filosofia

Edições (2)

ver mais
A salvação do belo
A Salvação do Belo

Similares

(2) ver mais
No enxame
Morte e alteridade

Resenhas para A salvação do belo (6)

ver mais
A redescoberta do sensível na modernidade supérflua.
on 29/12/19


Han é um filósofo contemporâneo que busca respostas na filosofia, na arte e na psicanálise para as problemáticas atuais, primordialmente as de cunho político e estético. Esse texto assim como muitos outros assinados por Han, traz severas críticas a transparência e supervelocidade da sociedade em que vivemos, onde há uma mera exposição e uma fútil admiração através do "like", o que ele chama nesse texto de "estética do liso" uma imagem polida e sem distância estética, objetiva e transpa... leia mais

Estatísticas

Desejam36
Trocam1
Avaliações 4.3 / 43
5
ranking 51
51%
4
ranking 42
42%
3
ranking 7
7%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

33%

67%

andre
cadastrou em:
08/06/2019 20:08:44