A Síndrome da Boazinha

A Síndrome da Boazinha Harriet B. Braiker


Compartilhe


A Síndrome da Boazinha


Como Curar Sua Compulsão Por Agradar




As mulheres que sofrem de compulsão por agradar não são apenas as que se desdobram para garantir que todos à sua volta estejam felizes. Na verdade, aquelas que padecem desta síndrome passam por um sofrimento cotidiano ao esgotarem seu tempo e sua energia realizando tarefas desnecessariamente apenas porque não sabem dizer “não”.

A partir de histórias reais vividas no consultório da autora e de uma análise sobre a compulsão por agradar, A Síndrome da Boazinha procura estabelecer novos parâmetros na vida de quem sofre deste mal, ajudando a identificar os momentos em que os outros abusam de sua bondade e ensinando que a própria aprovação é muito mais importante do que a de qualquer outra pessoa. O leitor perceberá que viver de forma equilibrada, levando a opinião dos outros em consideração, sem que ela tenha necessariamente que se sobrepor à sua vontade, é a melhor maneira para ser saudável e feliz.

Psicologia / Não-ficção

Edições (3)

ver mais
A síndrome da boazinha:
A Síndrome da Boazinha
A síndrome da boazinha

Similares

(3) ver mais
mulheres boazinhas não enriquecem
A coragem de ser imperfeito
Tudo o que você precisa saber

Resenhas para A Síndrome da Boazinha (77)

ver mais
on 12/2/24


Apesar de não ser o tipo de leitura que mais gosto, o livro foi pontual em alguns aspectos. Mesmo que o seu perfil não seja de uma agradadora compulsiva convicta, meu caso, como mulher é impossível não se identificar com alguns trechos referentes a nossa expectativa a devolutiva, que no caso seria em forma de gratidão do outro, face as nossas iniciativas de serviço e apoio. Enfim, achei cirurgia a forma como o livro se propõe a apresentar que essa agradabilidade nada mais é do que uma ... leia mais

Estatísticas

Desejam169
Trocam7
Avaliações 3.9 / 299
5
ranking 35
35%
4
ranking 41
41%
3
ranking 18
18%
2
ranking 4
4%
1
ranking 1
1%

3%

97%

Fabi
cadastrou em:
06/08/2013 18:30:33
Verônica
editou em:
04/03/2015 13:11:17

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR