Correntezas e outros estudos marinhos

Correntezas e outros estudos marinhos Lívia Natália


Compartilhe


Correntezas e outros estudos marinhos





O que falar da poesia de Lívia Natália? Ou melhor, como falar da poesia de Lívia? Como traduzir os sentimentos que vivi ao ser tragada pelas correntezas de uma poesia que parece sustentada pelas lembranças das águas primordiais? A poesia de Lívia Natália suavemente nos sugere um retorno às maternais correntezas, fluído espaço original, lugar concreto em que um corpo se solidifica.
Conceição Evaristo

Navegar por entre os arrecifes de corais e ouro sedutor que se deposita em cada verso, em cada estrofe, em cada poema dessa jovem escritora, é pleno da tentação de ser você também água, água de banhar-se, água de beber, água de molhar o solo fértil da literatura brasileira. Para mim, já andado, mas eterno aprendiz dos intrincados e, por vezes, jamais revelados mistérios da poesia, é grande e honrosa a viagem de ter nas mãos as correntezas que por si só guiam barcos de velas enfunadas pelo sopro dos ventos e, às vezes, tempestades. Uma viagem na qual a escritora é leme, quilha, e o desafio de um oceano único, onde se mesclam as águas de uma Yemanjá com o seu sabor de sal e o doce, mas também aguerrido, sabor das águas de Oxum.
José Carlos Limeira

Literatura Brasileira / Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
Correntezas e outros estudos marinhos

Similares

(3) ver mais
Terra Fértil
Negra Nua Crua
Poetas negras brasileiras

Vídeos Correntezas e outros estudos marinhos (1)

ver mais
Resenha: Correntezas e outros estudos marinhos, de Lívia Natália

Resenha: Correntezas e outros estudos marinho


Estatísticas

Desejam8
Trocam1
Avaliações 4.2 / 18
5
ranking 56
56%
4
ranking 22
22%
3
ranking 22
22%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

19%

81%

Ully
cadastrou em:
10/12/2015 12:33:44
Jenifer
editou em:
18/10/2020 14:23:58

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR