Querido Scott, Querida Zelda

Querido Scott, Querida Zelda F. Scott Fitzgerald




Querido Scott, Querida Zelda


As Cartas de Amor de Scott e Zelda Fitzgerald




Scott e Zelda Fitzgerald, o mais famoso casal da literatura do século XX, podem ter vivido tudo o que escreveram em seus romances e contos: os excessos e delírios dos anos 20 - a era do jazz - e as frustrações e amarguras dos anos 30 - os tempos da derrocada. Scott usou Zelda como modelo de suas fascinantes (e terríveis) personagens. Zelda fez o mesmo com Scott no único romance e nos poucos contos que publicou. Mas aquilo era ficção. Agora, tente imaginar o que mais pode ter se passado entre Scott e Zelda e que, de tão revelador e dramático, eles conseguiram esconder até de seus, personagens. Por sorte, não o esconderam um do outro. A verdade sobre o relacionamento deles está nestas cartas - centenas delas, extraídas de arquivos só recentemente abertos. Zelda não levou Scott ao alcoolismo, nem Scott levou Zelda à loucura. O que os destruiu, além do destino, foi uma paixão incendiária que - enfim se sabe - nunca terminou, e que talvez só conheça o ponto final com este livro.

Edições (1)

ver mais
Querido Scott, Querida Zelda

Similares

(6) ver mais
A Mulher Calada
A História Secreta
Infância, Adolescência e Juventude
A Confissão

Resenhas para Querido Scott, Querida Zelda (2)

ver mais
on 9/9/12


Basta uma menção aos nomes de Scott e Zelda Fitzgerald para que nos venham à mente os anos 20, a era do jazz, um grande romance e um afrontoso sucesso precoce com todos os perigos a ele inerentes. Os nomes de Scott e Zelda evocam táxis ao cair da noite, melindrosas, saguões luminosos de hotel, cabarés enfumaçados, conversíveis amarelos, ternos brancos, gorjetas fartas, expatriados e a nostalgia da geração perdida. ... leia mais

Estatísticas

Desejam107
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.5 / 23
5
ranking 61
61%
4
ranking 26
26%
3
ranking 13
13%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

14%

86%