A cura de Schopenhauer

A cura de Schopenhauer Irvin D. Yalom


Compartilhe


A cura de Schopenhauer





Viver é sofrer. Para Arthur Schopenhauer, filósofo do século XIX conhecido por suas ideias pessimistas em relação ao sentido da vida, os relacionamentos e os desejos levam à dor e ao tédio. A salvação para o sofrimento humano, causado pela existência, é renuncia ao mundo, tornando-se assim verdadeiramente livre.

Para Julius Hertzfeld, psiquiatra renomado e ferrenho defensor da terapia em grupo, a salvação só é atingida quando se constrói relacionamentos sólidos, baseados no amor e na compreensão da diferenças e dos limites de cada um. É a vontade de ajudar as pessoas a encontrarem esse caminho que o leva a continuar trabalhando, mesmo fragilizado com a notícia de que tem um câncer incurável.

Ao fazer uma avaliação de sua longa carreira como psicoterapeuta, Julius decide procurar seu maior fracasso - um antigo paciente chamado Philip Slate, viciado em sexo e que curou a si próprio seguindo as doutrinas de Schopenhauer - e o convida a participar da sua terapia em grupo. A presença de uma ex-conquista de Philip, que o odeia pela frieza com que a descartou, obriga-o a encarar o passado e desencadeia conflitos entre os pacientes e acirradas discussões filosóficas com Julius. É um relato comovente de personagens demasiadamente humanos, que no processo da terapia em grupo, desnudam suas mentes e seus corações, tornando-se mais reais do que a própria realidade.

Ficção / Literatura Estrangeira / Romance / Filosofia

Edições (5)

ver mais
A Cura de Schopenhauer
A cura de Schopenhauer
A cura de Schopenhauer
A cura de Schopenhauer

Similares

(11) ver mais
Quando Nietzsche Chorou
O carrasco do amor
O enigma de Espinosa
Mentiras no divã

Resenhas para A cura de Schopenhauer (187)

ver mais
on 26/2/10


Ao ler o título, antes de iniciar a leitura propriamente dita, já me peguei pensando: "teria o Dr. Yalom a pretensão de 'curar', através da psicoterapia, o maior pessimista de todos os tempos"? E foi este instigante pensamento que aguçou minha curiosidade pelo livro! Dei aquela folheada básica e o considerei "pequeno" caso minha suspeita se confirmasse, já que mesmo eu sendo totalmente leiga em medicina, o problema (curar Arthur Schopenhauer) me pareceu elevado demais até mesmo para o... leia mais

Estatísticas

Desejam344
Trocam19
Avaliações 4.2 / 3.043
5
ranking 48
48%
4
ranking 33
33%
3
ranking 16
16%
2
ranking 3
3%
1
ranking 1
1%

31%

69%

Alda
cadastrou em:
20/12/2008 07:54:58
Jenifer
editou em:
03/05/2021 23:44:45

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR