Se vivêssemos em um lugar normal

Se vivêssemos em um lugar normal Juan Pablo Villalobos




PDF - Se Vivêssemos Em Um Lugar Normal


Entre vacas disseminadas, naves espaciais e muitas quesadillas, há uma família mexicana que luta de forma quixotesca para impedir a demolição da sua casa pelos empreendedores do "progresso".

Nos anos 1980, em uma pequena cidade no México, onde há "mais vacas que pessoas e mais padres que vacas", uma família pobre tenta sobreviver às intempéries do cotidiano.

O pai é um professor de educação cívica, apaixonado pelo período helênico e mestre em propagar todo tipo de insulto. A mãe, uma mulher de inigualável tendência cênica, mais afeita ao melodrama, que se encarrega de preparar, todo santo dia, a mesma refeição à base de quesadillas. É essa comida típica mexicana, aliás, que desperta na prole - sete filhos no total - certos pensamentos impróprios: cada um deseja que o outro desapareça, para que sobre um pouco mais de comida na mesa.

Na iminência de ver a pequena casa em que moram ser demolida pela chegada de um empreendimento imobiliário de alto padrão, cada membro da família cria subterfúgios, muitas vezes delirantes, para lidar com uma realidade cada vez mais opressiva.

É nesse cenário que se dá a saga de Orestes, um dos filhos do casal e protagonista deste romance, que conta, sob um ponto de vista que oscila entre o adolescente entediado e o adulto raivoso, a sua percepção da luta de classes e do papel insignificante que sua família ocupa no mundo.

É o 2º livro da trilogia mexicana, formada por Festa no covil (2012), Se vivêssemos em um lugar normal (2013) e Te vendo um cachorro (2015).





Se vivêssemos em um lugar normal

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para Se vivêssemos em um lugar normal (20)

ver mais


Atenção, o livro contém um humor ácido, crítico , um pouco de surrealismo e bastante, mas bastante quesadillas. É o segundo livro do autor que leio seguindo a ordem da trilogia (as histórias são independentes) onde o autor no transporta para o México dos anos 80, marcado pela desigualdade social e a corrupção, sim, você vai notar muita semelhança com o Brasil. Diferente do primeiro livro, o protagonista é um adolescente da classe pobre que vai tentar entender o contexto que vive. Não ...
Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR