Sem Julgamentos

Sem Julgamentos Meg Cabot




Resenhas - Sem Julgamentos


122 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 2 | 3 | 6 | 7 | 8 | 9


Alessandra 21/11/2023

Achei o livro bem fluido e leve apesar de tratar da passagem do furacão. A Bree e Drew são dois fofos, principalmente ele, com animais de estimação lindos e o humor de todos os personagens do livro me fez lê-lo muito rápido.
comentários(0)comente



ViviMara31 20/11/2023

Romance acolhedor
Confeço que imaginava uma história um pouco diferente, mas fui surpreendida de forma positiva. Uma história que acolhe e mostra como momentos difíceis podem ser a porta de entrada para uma nova vida e novos rumos para situações rotineiras como um café servido sempre da mesma forma para um desconhecido mal falado kkkkkkk
comentários(0)comente



Bia quinn 19/11/2023

Um furacão numa ilha, ajuda aos pets e romance fofo?
Quando comecei a leitura não me empolguei muito com o enredo, e no começo fiquei com um pouco de raiva da protagonista. Mas depois você vai conhecendo melhor e entendendo sua personalidade. Estou apaixonada pelo gatinho, o Gary..
Uma história que deixa o coração quentinho, não só pelo romance em si, mas em como as pessoas dessa ilha são tão generosas, prestativas. Queria muito viver um romance assim, num lugar assim.. tirando a parte do terror com o furacão, foi gostoso viajar por Little Brigde com a Bree e o Drew!
comentários(0)comente



Nicole Dantas 18/11/2023

Eu li: Sem Julgamentos.
Infelizmente a história desandou ao meu ver. O começo é bem divertido e dinâmico mas depois se torna um pouco massante. Achei que fosse AMAR e não rolou.
comentários(0)comente



Rego0 18/11/2023

Chicklit gostosinho
Esse é aquele livro ótimo para uma ressaca literária. Leve, simples, despretensioso e com certeza traz muitos momentos de risos e suspiros.
Gosto de comédia romântica que assistimos com pipoca e refrigerante. Passa o tempo, saímos felizes, mas provavelmente não assistiremos novamente. Sessão da tarde total (ainda existe? Hahaha).
comentários(0)comente



Isabella658 13/11/2023

Um romance clichê pra ler em um dia
Já fazia muito tempo desde que eu li um romance clichê adulto. Quando comecei a ler, a sensação de nostalgia me animou muito, eu sentia muita falta de uma escrita assim.

A história se passa em uma ilha, mas ao invés do clima praiano ensolarado, temos um clima de medo, festa e ansiedade com o tornado que irá passar por ela. Ele não dura muito, o livro se concentra mais nos momentos antes, as preparações, as dicas e avisos; e nos momentos depois. Inclusive, a maioria das mortes se dão depois, não durante, então vemos bastante o porquê disso. Bree, a protagonista, nunca enfrentou algo assim, mas se recusando a fugir e deixar seu gato recém operado pra trás, decide ficar apesar e lidar com a situação. Junto a ela temos Drew, que além de querer ficar na ilha, quer ficar em sua casa de praia, um dos lugares mais perigoso pra se estar durante um tornado, e testar a resistência dela.

São dois malucos, mas dois malucos muito carismáticos que vão se juntar pra ajudar os animais deixados pra trás.
Eu li tudo em um dia e MDS COMO É BOM SENTIR ESSA SENSAÇÃO DE NOVO. Fazia tanto tempo, que estou me sentindo uma leitora de novo. Não que seja um livro extraordinário, a epitome do romance ou algo assim, mas é confortável. É um romance clichê de verdade, não tem dramas e enredos mirabolantes, só dois malucos se conhecendo durante um desastre natural. Pode até parecer meio breve demais pra alguns, vi comentários sobre como o tornado passa rápido demais, que as pessoas não parecem muito preocupadas e estão festejando. Mas não achei isso um problema, até porque se você conhece alguém que mora na Florida, essas coisas são como parte da rotina. Além de que, para moradores antigos de um lugar, abandonar o lar é quase como um crime.
Porém, nem todos são assim e muitas pessoas fogem, algumas muito covardemente, e deixam seus animais de estimação pra trás. O livro tem muito disso, por isso é ainda mais fofo, porque a Bree e o Drew se juntam numa missão de resgate que aproxima eles mais ainda. Ela, que decidiu enfrentar seu medo pra ficar com seu gato, e ele que adota todo cachorro abandonado que encontra (até os não abandonados ele quer pegar).

Não tem muito drama, tava com medo da Bree fazer c* doce porque ela começa dizendo que não quer se envolver. Mas não só toma atitudes, como não é aquela típica protagonista inocente que fica escandalizada com um sexo sem compromissos. Eu amo ler romances em que o cara quem vai atrás e é mais romântico, então fiquei muito feliz com o romance desse aqui. Mesmo com as brigas deles, não é algo que dá pra se levar a sério, na verdade é até divertido ver eles se implicando. E é muito interessante ver o pessoal da ilha se preparando pro tornado, as reações deles, como eles têm mais medo dos humanos e possíveis ladrões, do que um tornado de nível 5. Além da forma como eles se ajudam depois, é tudo muito legal e passa muito a vibe praiana e de comunidade pequena.

Enfim, pra quem precisa de um clichê confortável, sem muitas emoções e cheio de animais fofinhos, esse é um bom livro. Só não dei 5 estrelas porque é bem agua com açúcar mesmo, uma leitura boa, mas não muito emocionante, que vá ficar na minha mente por mais dias.
comentários(0)comente



Aline Rodrigues 12/11/2023

Uma comédia romântica
Apesar do enredo preocupante, devido ao furacão e a falta de senso da população local, esse livro é divertido. Um dos poucos em que a personagem é quem toma a primeira atitude em relação ao romance. E o mais legal é que a relação dos dois acaba fluindo naturalmente. E sem dúvidas o amor pelo os animais que ambos compartilhavam foi o catalisador de tudo.
comentários(0)comente



LivroAleatorio 11/11/2023

Desastres naturais, ilha e pets
Bom, vamos julgar o livro Sem Julgamentos? Brincadeiras à parte, Sem Julgamentos é um livro sobre o recomeço de Sabrina, ou como agora prefere ser chamada, Bree.
Bree é uma jovem adulta de 25 anos, que terminou um relacionamento recentemente porque seu antigo namorado não encarou com a devida seriedade o relato do abuso que seu amigo Kyle cometeu contra Bree.
Assim, ela decide morar em uma ilha, numa cidade praiana chamada Little Bridge. Lá ela é apelidada pelos habitantes locais de “água doce” (apelido para quem não é da ilha), passa a trabalhar em uma cafeteria e adota um gato.
Acontece que esse recomeço não me convenceu muito e esse é mais um livro sobre “problemas de gente rica”. Logo no primeiro capítulo seu antigo parceiro se oferece diversas vezes para buscá-la de jatinho particular, já que um furacão se aproxima de Little Bridge. A mãe de Bree também se oferece para buscá-la de avião particular e logo descobrimos que ela é uma celebridade.
A primeira metade do livro é marcada pela tensão crescente da chegada iminente do furacão Marilyn, que promete devastar a ilha e destruir o que houver ao redor. Pelo menos é isso o que dizem todas as notícias. Assim, acompanhamos a Bree se recusando, apesar das inúmeras ofertas, a sair da ilha, o que não foi uma escolha inteligente. Apesar disso, acompanhamos com apreensão esse furacão chegando a cada capítulo, o que tornou pra mim a primeira metade do livro a mais interessante.
Em contrapartida temos o Drew, que nos é apresentado como potencial par romântico da protagonista. Pra mim o Drew não tem carisma e ainda tem várias falas e comportamentos problemáticos. Falando a real: ele é um babaca com a Bree.
Pra mim isso é um problema, principalmente num livro de romance, onde geralmente nos apaixonamos com os protagonistas. Isso com certeza não aconteceu aqui. Na realidade eu torci para a Bree não se relacionar com o Drew.
Ao final, não consegui ter sentimento algum em relação a essa leitura. Alguns acontecimentos finais foram muito destoantes do tom do livro num geral. Eu diria que foi um bom entretenimento até os seus 60%. Depois não foi mais.
Thayna.Deretti 14/11/2023minha estante
Excelente resenha, Bia!!! Já tô riscando da minha lista, também não suporto personagem principal babaca


LivroAleatorio 15/11/2023minha estante
Nossa Thay, eu juro que eu até esperei um capítulo que falasse que ele teve um passado traumático pra ser babaca assim, mas ele é só um cara muito tosco mesmo. ?




Raquel Cristina Homem 11/11/2023

Que chatice...
Gente, como pode um livro ambientado em lugar prestes a ser atingido por um super furacão ser tão parado e morno? Faltou emoção nas pessoas, faltou noção na protagonista que dormiu como um bebê durante a passagem do super furacã, faltou simancol na mãe best@ da protagonista... chato, esse livro foi muito chato, parado, nenhuma personagem se destacou pra mim. Até o gato tinha mais personalidade que as pessoas!
comentários(0)comente



Maria.eloisa 10/11/2023

Minha opinião
Sem julgamentos é um livro de se impressionar, pois conta de uma mulher que foge da sua vida na cidade grande após um trauma, se mudando para uma ilha chamada litlle brigde tornou-se um cenário maravilhoso para o livro e seus personagens são todos carismáticos e dá para se divertir muito com eles.
É uma história para aquecer um coração cansado, para se divertir e pensar que está em outro lugar como se realmente estivesse vivendo na ilha, no lugar da protagonista.
Amo muito a Meg cabot, não é o primeiro livro que leio dela mas amo as suas obras, pois todas aquecem meu coraçãozinho!
comentários(0)comente



Taís 09/11/2023

Sem Julgamentos
Primeiro livro young adult da Meg Cabot que eu leio e que surpresa boa!!!
Eu sou apaixonada nos livros da série A Mediadora e com esse aqui não foi diferente. A escrita dela é maravilhosa e os personagens tão cativantes!! Amei!
comentários(0)comente



Mirela Cardoso B 06/11/2023

É uma leitura leve pra passar o tempo. Achei a escrita bem fluída e os personagens legais, é um livro bem sessão da tarde, sem muitas reflexões.
comentários(0)comente



Isa 06/11/2023

Tão fofo
Achei a história um pouco fraca mas eu amooo esses romances sessão da tarde, muito bom já estou curiosa do próximo
comentários(0)comente



LenSa 06/11/2023

É um livro de romance clichê, em que uma menina enfrenta um furacão numa ilha da Califórnia, pois não quer abandonar o seu gato que está recém operado. O casal principal é apaixonado por pets e a trama todas se passa em torno desse tema e do furacão. Não é o melhor romance que eu já li, mas ainda assim é bom para passar o tempo.
comentários(0)comente



Manu 02/11/2023

Acho que eu nunca imaginei que iria escrever que achei ok um livro da minha autora favorita, mas esse livro é bem isso: ok
Parece que faltou enredo, faltou uma parte da história. As coisas se desenrolaram tão rápido que faltou tudo.
comentários(0)comente



122 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 2 | 3 | 6 | 7 | 8 | 9


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR