A Esperança de Uma Mãe

A Esperança de Uma Mãe Francine Rivers




Resenhas - A Esperança de Uma Mãe


29 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Helaine.ragazzi 04/10/2021

Vale a pena
História riquíssima com muitos detalhes, tem várias fases, um verdadeiro filme em páginas, três gerações de mulheres bem diferentes, muitos acontecimentos em todo o desenrolar da história, muitos personagens também. Um pouco complexa, as vezes parecia que não teria fim, e falando em final não gostei, depois de tantos acontecimentos, tantas histórias, acaba meio que sem emoção, não condiz com toda a aflição vivida pela personagem. Enfim, apesar de eu não ter gostado do final, a história toda em si vale a pena.
comentários(0)comente



leticiasoulim 29/08/2021

Como é possível eu querer dar 5 estrelas pra todos os livros da Francine??

A esperança de uma mãe é uma obra tão linda que não consigo nem expressar em palavras

O enredo é envolvente e a autora aborda vários assuntos, nos levando a refletir em diversos momentos

Consegui extrair muitas lições e, confesso, me emocionei um pouco (ainda estou meio emocionada)

Me identifiquei com a Marta em alguns aspectos, estou até um pouco surpresa ao descobrir que temos pensamentos um pouco parecidos, aprendi muito com ela e com a Hilde

Ansiosa para ver o que acontecerá no próximo livro!!
comentários(0)comente



Souza.Barbosa 24/07/2021

Somos o que odiamos!!
Este livro me trouxe despertar muito grande, em relação ao que odiamos que os outros façam conosco e na maioria das vezes repetimos essas atitudes em quem mas amamos.
Sei que Marta queria fazer Hildemara Rose forte pra vida, mas despertou nela sentimentos antes que ela mesmo Marta sentia com relação ao pai.
Ficou como alerta pra mim.
Francine Rivers, em seus livros nos traz este sentimento sempre com relação a Deus e ao próximo.
comentários(0)comente



Glenda 28/05/2021

Diferente, mas maravilhoso!
Demorei um pouco para iniciar a leitura deste livro, achando que a história seria de um drama familiar daqueles? Me arrependi de não ter lido mais cedo! Confesso que julguei pela capa e pela sinopse ?

Sim, a história do livro aborda relações familiares, as dificuldades no relacionamento entre mãe e filha. Romance, apenas em algumas linhas. Mas isso não faz o livro perder o seu encanto.

A história me fez pensar e reflectir nas minhas relações com os meus familiares, me fez voltar no tempo e lembrar dos meus dilemas quando ainda criança e adolescente. Me identifiquei em muitas coisas com uma das personagem.

Acho que o mais legal é isso: o livro nos faz reflectir se temos algo mal resolvido dentro de nós e nos impulsiona a resolver todas as questões que possam estar minando os nossos relacionamentos com os nossos entes queridos. E se realmente estamos passando a mensagem certa e se estamos comunicando corretamente.

Mas não pense que a história acaba aqui, o livro terminou, mas a história não? A história continua em ?O sonho de uma filha?, a segunda parte desta saga, que já comecei a devorar!
comentários(0)comente



Aline 30/03/2021

O livro conta a história de Marta, que nasceu na Suiça, desde a infância, com um pai agressivo. A morte de entes queridos e sua trajetória para atingir seu sonho, criar uma pensão. Depois passa-se o ponto de vista para sua filha Hildemara, já nos EUA. A história transita durante os anos das Grandes Guerras Mundiais. Termina aberto. Felizmente tem continuação.
comentários(0)comente



Wal 29/03/2021

Um livro com muitas emoções
Uma leitura cheia de complexidade, os assuntos abordados pela autora são muito delicados e sensíveis.
Me levaram a refletir em muitas coisas.
comentários(0)comente



Letícia 13/12/2020

Drama familiar maravilhoso
É a história de Marta e como ela vai construindo sua vida com muitas batalhas e desafios. Fala sobre relacionamentos, com Deus, com as pessoas e principalmente entre mãe e filha, como os padrões são passados de geração em geração.
Se passa no contratos da duas Grandes Guerras Mundiais, oportuniza conhecer vários países.
Uma leitura fluida e dinâmica, você começa a ler e nem vê o tempo passar.
comentários(0)comente



Gabriela.Oliveira 27/11/2020

Um livro diferente da Francine
Ela alçaria voo batendo as asas, como uma águia; correria sem ficar cansada; andaria sempre voando. Consideraria tudo aquilo felicidade.?

A Esperança de Uma Mãe - da Francine Rivers, é o primeiro livro da duologia ?O Legado de Marta? e, diferente dos demais livros da autora que eu já tenha lido, não foca em um relacionamento romântico, embora tenha casais, mas em diversos relacionamentos familiares, sobre tudo a relação conflituosa entre mãe e filha.

E é através da perspectiva das duas protagonistas que a narrativa é construída.

Começamos acompanhando a jornada de Marta, sua dura infância repleta de problemas familiares, sua força de vontade e resiliência que moldaram seu caráter e trouxeram consequências para os laços familiares que ela teria de construir ao formar sua própria família.

Em seguida, passamos a enxergar através da pequena e frágil Hildemara Rose, a filha mais velha, acompanhamos seu crescimento e como as atitudes da mãe lhe afetam em seu desenvolvimento.

O grande acerto do livro é justamente conseguir trazer esses dois pontos de vistas tão opostos e ao mesmo tempo tão relacionáveis. É inegável o dom da Francine em criar personagens femininas com tantas nuances.

Outra particularidade é que ela foge das alegorias e acontecimentos chocantes que estamos já acostumados em suas obras e traz situações cotidianas e conflitos bastante reais que se desenrolam em meio a acontecimentos históricos em um período de mais de 50 anos, dando ares de uma obra quase biográfica.

Talvez para alguns leitores esse não seja o tipo de história que mais lhe agradam, mas há um grande valor em acompanhar heroínas reais, que lidam com as circunstâncias da época da melhor maneira possível, que muitas vezes precisam confrontar a própria fé e a si mesmas, vencendo obstáculos internos aparentemente pequenos, mas que são cruciais para seu desenvolvimento e verdadeira felicidade.

Eu confesso que me emocionei em muitos momentos e estou me preparando psicologicamente para finalizar essa jornada com - O Sonho de Uma filha.

Oh Francine, por que judias tanto de mim?
comentários(0)comente



Priscila.Vercosa 25/10/2020

Um Drama de época fantástico
Francine Rivers é uma autora cristã fantástica. Seus livros sempre têm um fundo histórico (eu adoro história ?) e esse, em particular, a duas grandes guerras mundiais estão presente. As personagens enfrentam problemas da época, além de problemas pessoais que, ao longo do livro, a autora procura tratar sob a perspectiva cristã. Acredito que os problemas enfrentados pelas personagens irão fazer muitos leitores se indetificarem.
Uma história cativante e emocionante que faz com você não queira parar de ler até chegar ao fim (virei uma noite lendo ?).
Super recomendo a leitura!
comentários(0)comente



Elinha 18/10/2020

Qual seria a maior ESPERANÇA de uma mãe?

Até que ponto o que aconteceu em nosso passado, com os nossos, pode influenciar nas decisões e nos relacionamentos de hoje?

Esse livro maravilhoso da Francine Rivers ❤ conta a história de muitas mulheres, mas foca especialmente na vida de Marta e sua filha Hildemara.

Marta vivia na Suíça, porém, o que ela mais desejava era ser LIVRE. Lutar por seus sonhos. Por uma vida melhor. Mais justa. E, com a bênção de sua mãe, tão sábia e amorosa, ela sai de casa para nunca mais voltar.

Passa por muitos lugares, conhece muitas pessoas e aprende muitas coisas. Até que um dia cruza o Atlântico e chega ao Canadá. Lá encontra o amor, se casa, e nascem seus filhos. Entre eles, está a pequena e frágil Hildemara Rose.

Marta é mais dura com ela do que com os outros filhos e um abismo enorme é criado entre mãe e filha. Hildemara nunca se sentiu aceita pela mãe. E, um dia, Hildie também decide partir e seguir seu sonho de ser enfermeira.

O afastamento entre elas só vai crescendo ao longo dos anos, até que uma coisa terrível acontece. É quando Marta desperta e decide lutar para reconquistar sua filha.

Será que ela vai conseguir? Será que é possível restaurar um relacionamento considerado perdido?

Embarque nessa história emocionante de uma família toda especial. Uma história que poderia ser a minha e a sua. Uma história sobre sonhos e decepções, fé e medo, erros e acertos, mas, acima de tudo, uma história sobre o poder do AMOR. ❤
comentários(0)comente



oluscasz 13/07/2020

AMEI
Para os amantes de um boa história familiar, A Esperança de Uma Mãe nos apresenta Martha e seus sonhos. O livro conta toda a história de sua vida, de quando saiu de sua cidade natal e foi parar nos Estados Unidos. Fala muito sobre amor, amizade, família e fé, de um jeito totalmente leve e emocionante.
Um ponto legal sobre a história é uma duologia e que vemos não só a vida de Martha como também vemos a história de sua filha Hildemara Rose no primeiro livro e depois de neta Carolyn e de sua bisneta May Flower Dawn na sequência.
Francine Rivers fez eu me apaixonar por essa história do início ao fim.
comentários(0)comente



Tamara 10/07/2020

Por muito tempo eu ouvi leitores falarem da autora Francine Rivers e especialmente de seu livro intitulado A esperança de uma mãe, porém embora fosse uma leitura que eu já havia definido que queria fazer, ao mesmo tempo eu sentia que ainda não havia chego o seu momento, pois as histórias dessa autora são consideradas ficções cristãs e esse tipo de leitura requer uma atenção maior. Mas, quando procurava algo diferente para ler, me deparei com esse livro em minha lista e resolvi que iria conhecê-lo, e confesso que tive uma experiência maravilhosa, muito melhor do que jamais esperei, e foi uma leitura envolvente, marcante, viciante e que me deixou querendo mais histórias com aqueles personagens.
Mas, em primeiro lugar é preciso esclarecer a questão da ficção cristã, para que leitores não adeptos do tema não desistam da leitura antes de conhecê-la. Apesar de o livro falar sim em Deus, em acreditar em uma força maior e etc, ele nos deixa livres, ou seja, não impõe nenhuma religião, nenhuma crença específica, apenas traz personagens que acreditam em um ser maior e onisciente, e também achei que as menções a isso, embora sejam várias, são espaçadas o suficiente para não soar algo forçado e eu gostei do modo como Deus foi trabalhado diante dos personagens.
Dito isso, é importante então ir para a história em si. Nesse enredo, acompanhamos uma família ao longo de um século. Na verdade, no primeiro livro acompanhamos até mais ou menos metade do século, e no segundo, que também já li, acompanharemos a outra metade. Tudo começa com Marta, uma criança que sofre com a vida que leva tendo um pai extremamente rígido, violento e grosseiro, uma mãe que vive acometida por fraquezas devido a sua doença no pulmão, e uma irmã fraca e dependente de todo mundo. Marta sonha em sair de sua pequena cidade e conquistar coisas, e após algumas dificuldades em sua vida finalmente consegue isso. Assim, encontramos uma Marta de doze anos ainda esperançosa, depois uma menina que vai se tornando mulher e vai ganhando força e convicção, até se tornar uma esposa e mãe.
Admito que é até um pouco chocante acompanhar a evolução de Marta com o passar do tempo, pois a vemos endurecendo e até mesmo agindo com seus filhos como seu pai agiu em algumas vezes pois Marta, temente de ter filhos dependentes e fracos como foi sua irmã dedica-se a torná-los fortes, decididos e pessoas que não permitem que pisem em si, mas nessa tentativa, especialmente em relação a filha Ildemara, a menina mais velha e que Marta sempre sentiu precisar de uma maior atenção, ela cria uma rigidez ainda mais severa. Com isso, cria-se uma grande fenda no relacionamento entre mãe e filha e por um lado temos Marta aplicando uma rigidez em comum para com a filha pensando estar fazendo o bem e por outro, temos Ildemara que se sente não amada, não digna e que cresce com diversas questões não ditas entre ela e a mãe e durante toda a narrativa podemos acompanhar e entender o lado de ambas, e desenvolvemos uma imensa vontade de conseguir consertar tudo e ajudá-las.
Nesse livro, é incrível acompanhar a vida da família e temos durante todo o enredo a descrição do passar dos anos, do crescimento das crianças, das atitudes de Marta, e embora isso para mim tenha sido muito gostoso de se acompanhar, também entendo que para os mais desejosos de ação pode ser um pouco entediante. Também nesse ínterim, acompanhamos um pouco da história mundial por meio dos personagens que passam pela primeira guerra mundial, a quebra da bolsa de Nova York, bem como a segunda guerra, o que são fatos históricos que com toda certeza deixam marcas em nossos personagens.
Sobre os personagens, achei-os todos muito humanos, muito cheios de erros e acertos e em alguns momentos queria brigar com cada um deles, mas em seguida apenas queria abraçá-los, e enquanto os analisamos, podemos perceber como é fácil reconhecer os erros de outros quando estamos olhando de fora, mas é sempre mais difícil para quem está lá, vivenciando a situação.
A partir desse livro, podemos refletir muito sobre as relações humanas, sobre como erramos querendo acertar, sobre como palavras não ditas se tornam abismos, e também sobre como cada pessoa se comporta de um modo diferente diante das coisas que lhes são apresentadas e que é apenas preciso respeitar.
Em suma, A esperança de uma mãe foi para mim uma leitura maravilhosa da qual sinto até certa dificuldade de falar, pois foi algo que me fez ter sentimentos diversos, o que torna difícil colocar tudo em palavras. Ainda, posso dizer que recomendo essa obra para os fãs da autora, ou para aqueles que gostam de livros que trazem sagas de famílias, que falam sobre sonhos, planos, desavenças, crenças e perdão, e torço para que para aqueles que vierem a ler, essa leitura seja tão boa quanto foi para mim.
comentários(0)comente



Karina.Marinho 13/06/2020

Por favor, LEIA ESTE LIVRO!
Que história rica, bela e verdadeira! Eu não apenas me apeguei aos personagens, mas já estava imersa na vida dessa família, por vezes querendo dar um abraço na criança Hildemara, ou aconselhando a Marta... São tantas emoções!

Consegui tirar muitas lições desse livro. Ele é tão valioso.

Vou guardá-lo para sempre com muito carinho.
Shellyn.Cardoso 30/01/2021minha estante
Esse livro já está na minha estante para ser o próximo que vou ler.




Melian 09/06/2020

O livro é bom nas a personagem se transforma drasticamente e...
Para mim quando a personagem muda drasticamente sua maneira de pensar e agir, o lucro esfriou totalmente. Forte, decidida, obstinada, inteligente, empreendedora. do nada passou a mulher do campo, fadada a seguir os planos do marido, que até onde desisti da história não eram bons. Casar não faz de vc um fantasma na sua própria vida e sim um somar de um na vida do outro. Ela sofreu muito ainda criança e isso a fez forte. Não entendi o porquê da mudança. Se um dia terminar a leitura, pode ser que faça sentido.
comentários(0)comente



Alexandra 14/05/2020

A esperança de uma mãe
Um livro emocionante. História de uma saga familiar, que neste volume retrata a vida Marta, que tem um relacionamento conturbado com seu pai e tem a oportunidade sair de casa. Com as bênçãos de sua mãe ela vai em busca de seus sonhos. Marta é dedicada em tudo o que faz. Em determinado momento ela se casa com Niclas e constitui uma família. Eles passam por diversas provações e a fé é uma presença constante. Os traumas familiares, fizeram de Marta uma mulher rígida e com a certeza de que é preciso ser forte para sobreviver. Por este motivo, muitas vezes é incompreendida, principalmente pela filha Hildemara. O que torna o relacionamento de mãe e filha cada vez mais difícil.
comentários(0)comente



29 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR