O Círculo de Pedra

O Círculo de Pedra R.Costac




Resenhas - O Círculo de Pedra


52 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Day 10/05/2021

Livro longo, mas vale a pena!
Esse livro eu comecei a ler e achei que abandonaria! Ele é muito rico em detalhes o que o torna um pouco cansativo, cheio de personagens interessante, o que as vezes pode confundir os nomes! Mas a riqueza dos detalhes fez com que a imaginação criasse cenários incríveis! Seres mitológicos povoaram minha imaginação e até meus sonhos! A história se dá em torno de 5 adolescentes que foram convidados para uma escola extraordinária que ficava numa ilha! Um lugar é envolto de mistérios, e os professores que lecionam também! Claro que os adolescentes arrumaram confusão ao tentar descobrir esses mistérios, e acabam entrando sem querer em um portal para um outro mundo! A jornada deles é tentar voltar desse outro mundo através de um outro portal que ficava longe pra dedél com muita coisa perigosa e absurda no caminho. As vezes durante a leitura eu pensava PQP, não pode acontecer mais nada com essa galera.. mas aí.. sempre piora! hauhuaha Alguns capítulos são longos, outros nem tanto, mas a história é bem amarrada e tem um personagem brasileiro (huhul) Diz que é o primeiro livro de 2! Mas estou enlouquecida procurando o livro 2 e não acho! Então, essa parte fica um pouco frustrante! Mas mesmo assim, vale a leitura! Quando terminei percebi que o escritor é brasileiro e mora aqui na minha Cidade! R. Costac, se por ventura essa resenha chegar até vc, pelo amor me conta o que acontece no livro 2, que eu tô morrendo de curiosidade aqui! =)
comentários(0)comente



Estela | @euviestrelas 28/09/2018

Próximo a Recife há uma ilha, a Ilha da Coroa e nesta ilha fica a mais renomada escola do mundo, a escola internacional do Atlântico, onde um seleto grupo de alunos estudam diversas áreas do conhecimento humano por 8 anos, alunos do mundo inteiro anseiam por estudar nesta escola. E é para lá que Daniel, Margaret, Rafael, Chester e Marc estão indo.

"Ao seu modo, alunos previamente selecionados estariam vindo de todas as partes do mundo para estudar em uma das escolas mais eficientes de todos os tempos, e seguramente, a mais estranha. Alguns desses alunos iriam passar por uma experiência fantástica que se tornaria a maior aventura que eles jamais imaginariam ter." (p. 26)

Os cinco alunos se conhecem rapidamente já que os meninos ficaram no mesmo dormitório e Margaret é irmã de Daniel. Eles desconfiam que a escola esteja escondendo algo desde que lhes foi avisado que todos são proibidos de entrar na floresta. Logo começam a investigar o fato e descobrem coisas um tanto esquisitas e misteriosas até que um dia vão longe demais e algo surpreendente acontece.

"Então algo aconteceu. Chester sentiu uma leve vibração. Marc ao sentir a mesma coisa só teve tempo de pular para uma estreita faixa de pedra que separava a outra extremidade do disco da parede da caverna. Chester não teve a mesma chance e sentiu seus pés afundarem no disco que começou a girar lentamente. Ele estava preso. Não tinha como sair. [...] Um zumbido tomou conta da caverna, causando uma pressão nos ouvidos dos meninos e reduzindo sensivelmente sua audição. Estranha e gradativamente, a cor do disco passou de negro para vermelho vivo, girando sem parar. Chester não parava de gritar. Sua expressão era de terror. Marc se equilibrava como podia no pequeno pedaço de solo rochoso que lhe restara [...]. O dico girava a poucos centímetros dele, como um redemoinho, prestes a devorá-lo." (p. 182)

O Circulo de Pedra é um livro incrível, conhecemos um pouco sobre cada personagem na medida certa e todos são muito bem construídos. A literatura brasileira me surpreende cada vez mais com tantas histórias perfeitas assim, o Ricardo construiu um mundo totalmente novo que todos precisam conhecer, me senti lendo mais uma das histórias das crônicas de Nárnia, só que esta é muito diferente.

Apesar das 600 páginas a leitura foi rápida. A diagramação é bem simples, as folhas são amareladas e tenho que dizer que a capa é muito linda, ao passar da história ela faz todo o sentido do mundo. Simplesmente amei esta história e se você estiver curioso para saber qual é o maior segredo de todos os tempos, não perca mais tempo, corra comprar seu exemplar e leia o mais rápido possível porque você não sabe o que está perdendo. Beijos
comentários(0)comente



Paulo Quintino 26/07/2015

[RESENHA] O CÍRCULO DE PEDRA - AS LENDAS VIVEM (Paulo H. Quintino)
Gostaria de avisar que a resenha desta obra demorou um bocadinho, pois nunca tinha lido um livro de 600 páginas (Rsrs) e sendo uma obra de tamanha quantidade de páginas, deve ser lida com calma, apreciando cada página, cada capítulo e isso foi o que aconteceu. Aliás, o autor, e mais recente favorito meu, nos apresenta um grande universo dentro dessa linda obra, um universo inédito, novo e cheio de encantos.

A estória começa nos apresentando cinco adolescentes que são convocados a ingressarem em uma escola muito honrada e que é um sonho de todo bom estudante querer entrar em uma escola de grande porte igual a apresentada nesse livro, esses jovens por terem ótimas habilidades e dons magníficos, são chamados a essa escola. E os queridos protagonistas dessa magnífica estória são: Daniel Crowley, Margaret (irmã de Daniel), Marc Fournier, Chester Thompson, Rafael Fab (esses nomes são tudo de bom, dá um toque de classe kk), a escola é localizada no Pacífico, na Ilha da Coroa; esses adolescentes por serem sempre limitados há tarefas diárias, serem vigiados e estranhar o local misterioso resolvem querer desvendar tais mistérios que os rodeiam, e aí é que vem...

De tanto insistirem em quererem desvendar tais mistérios que rodeia a escola (o que os colocam em risco de expulsão da mesma), eles acabam por enfrentar vários momentos de tensão, até que em determinado momento, encontram um portal, o que fará toda magia acontecer, esse portal os levam para um mundo totalmente fora do real, um outro universo.



"— Para nós não importa o sexo, a cor da pele, a religião ou a origem dos que aqui estão, mas se vieram para essa ilha é porque devem ser os melhores." (pág.45)


Diante da magnífica leitura, a obra me fez lembrar muito de O Senhor dos Anéis, sim, me lembrou bastante o mundo que Tolkien criara, porém Costac deu seu toque de originalidade, e coloque originalidade nisso. Esse mundo de fantasia faz com que aproveitemos o máximo da leitura, nos deixam tranquilo e não é uma coisa parada, você fica bem à vontade no universo de Costac. Em seu autógrafo na obra, o Sr.Costac deixa bem claro a interpretação de que será um mundo magnífico e muito novo para o leitor, pois o que diz é o seguinte “ Amigo Paulo Henrique. Bem-Vindo ao meu mundo”. A partir dessa frase, já fiquei em estado de euforia, louco para começar a leitura e pronto para entrar nesse mundo esplêndido.

A obra também lembra Harry Potter, não são iguais, mas lembra sim kkk. O mundo apresentado é pura magia, onde encontramos Dragões, Faunos, Desenvals (os que praticam a magia pura), Faogards (grandes guerreiros), Crassênidas (os metidinhos do mau kk), Cilenantes (cavalos alados), Grifos, Deuses e muito mais, que vocês verão quanta coisa de espetacular contém nessa obra, quando lerem. Só digo uma coisa sobre essas criaturas fantásticas, cada adolescente tem uma habilidade, correto?! Sim!!! Cada habilidade consegue conquistar cada pedaço de magia desse mundo que estão.



"— Provavelmente a maioria de vocês não sabe do que estou falando. A magia do sonho lhes dá a oportunidade de sonhar como se vivessem algo real. Concentrem-se em um pensamento e o viverão como se fosse verdadeiro. A diferença entre o sonho e a realidade está na sua intensidade, na vontade em transformar o sonho em alguma coisa muito próxima da realidade. Qualquer um é capaz de fazer isso, nós só apenas daremos uma pequena ajuda esta noite." (pág.436)


Os personagens são bem descritos, e boa parte da leitura você passa dando gargalhadas de certas cenas, principalmente nas briguinhas entre Margaret e Daniel (o que é normal entre irmãos), a final todos contém uma pitada de humor na estória, o que faz com que dê uma descontraída nas reviravoltas que encontramos no decorrer da estória. Todos personagens encantam o leitor, não tem um que você pense “nossa!!! Odeio esse!!!” Não, você se encanta por cada um que é apresentado. O que dá ao leitor uma narrativa bem agradável e sossegada.

A narrativa é bem sossegada e os detalhes com que a estória é descrita, é de tamanha grandeza que é fascinante, não cansativa, são detalhes que realmente faz com que você se sinta no cenário. Comentei com o Sr.Costac entre uma conversa que essa obra renderia uma ótima e magnífica adaptação cinematográfica e quem leu ou pretende ler saberá do que estou falando, eu com certeza assistiria no mínimo trilhões de vezes kkkk mas creio que em breve teremos adaptações da obra, passe o tempo que passar.
“O Círculo de Pedra é o primeiro de dois volumes”, ou seja, tem mais coisa boa por aí em pessoal, não vejo a hora de poder ler o segundo volume, que ainda não foi publicado e está em construção pelo Sr. Costac. GUARDE UM PRA MIM HEIN !!! kkkkkk



"— O seu tempo é o tempo até que a jornada se cumpra. A tua resposta te aguarda pacientemente ao fim de tudo." (pág.512)



Enfim, recomendo muito essa leitura, NACIONAL, o que é uma pena a literatura nacional não ter o valor que realmente merece, essa obra é mais uma de muitas belezas nacionais que possuem por aí, e merecem muito sucesso e reconhecimento por toda parte desse nosso mundão. Agradeço ao meu mais novo autor favorito, Sr. Costac, por me disponibilizar essa linda obra, agradecer pela confiança que depositou em mim, e as desculpas pela demora dessa resenha (XD). Sucesso e mais uma vez Obrigado !!!

Obs: Já quero o volume 2, me contate quando sair, pois necessito de mais aventura com essa turminha do humor e da inteligência. Ah! O livro possuí alguns errinhos de revisão, mas nada de grande importância.

***A leitura foi acompanhada ao som de Strauss, Tchaikovsky e Mozart, o que me deixou muito próximo da realidade da estória.

Espero que tenham gostado da resenha dessa linda obra, é difícil fazer uma resenha de um livro que torna favorito, pois não sei por onde começo kkk mas aí está a resenha e corram adquirir seu exemplar.

Abraços á todos e ao Sr. Costac !!
comentários(0)comente



Emerson 27/11/2014

Resenha do Livro O Círculo de Pedra
O circulo de pedra, de Ricardo Costac, é um livro de fantasia e o primeiro livro do autor. É um livro que amei , que eu entrei para dentro da estória. Tenho certeza que foi um dos melhores livros que eu li esse ano ! Esse é o primeiro de dois livros que forma a série.

O livro é na verdade uma história sendo contada a um escritor chamado L.A.S. Dypes no mundo atual por um senhor que ele encontrou em um boteco numa tarde chuvosa. Sem nada melhor a fazer e curioso como todo escritor deve ser, Dypes ouve do idoso uma história inacreditável.

Em seguida,nos deparamos no ano 1539,onde uma Nau Portuguesa ( Divina Providência ) que transportava pessoas para América do Sul, guiada sob as ordens do capitão Gaspar Manuel do Reis , Naufraga próximo a uma ilha com águas que se agitam em forma de círculo . O único sobrevivente desse trágico acidente desperta na ilha e se depara diante uma visão aterroradora .

Já noa no de 1932 conhecemos cincos adolescentes - Os ingleses e irmãos Daniel e Margaret Crowley, O francês Mark Fournier, o brasileiro Rafael Fab e o Americano Chester Thompson, são muito diferentes porém tem duas coisas em comum, a inteligência e o desejo de serem aceitos na Escola Internacional do Atlântico.

Foram todos aprovados para estudar na escola Internacional que forma profissionais experientes em uma ilha chamada, a ilha da coroa, onde as águas do mar sobrenaturalmente se agitam a sua volta.

A chegada do grupo na ilha havia sido tranquila, lá eles estabelecem uma grande amizade (um por todos e todos por um). O grupo percebe uma floresta na ilha, onde é proibido a entrada de qualquer pessoa. Os jovens percebem que a um grande segredo na ilha. Mesmo sendo vigiados 24 horas por dia, os aventureiros vão embarcar em uma aventura cheia de perigos.

Os alunos vão pesquisar e vão acabar encontrando um portão que vai levar eles para um outro mundo onde acompanhados de alguns dos seus professores viveram a maior aventura de suas vidas.

O que espera o grupo do "outro lado"? Quais perigos eles terão que enfrentar? Você acha mesmo que as lendas vivem? Sim, o círculo de pedra mostrará a você que elas vivem.

O livro é regido por muito mistério, suspense e ação . Os Jovens estão muito curiosos a respeito dos segredos do lugar e irão se meter em muitas encrencas , além de fazer muitas descobertas .

O livro é repleto de personagens muito bem construídos e determinados. Cada um deles apresenta grande importância na trama cheia de importância.


site: http://estanteliterarianews.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Lua 28/08/2014

Uma Viagem fascinante!
O livro é na verdade uma história sendo contada a um escritor chamado L.A.S. Dypes no mundo atual por um senhor que ele encontrou em um boteco numa tarde chuvosa. Sem nada melhor a fazer e curioso como todo escritor deve ser, Dypes ouve do idoso uma história inacreditável.

1539.
A história começa com uma narrativa sobre a viagem da nau Divina Providência há muito tempo atrás, guiada sob as ordens do capitão Gaspar Manuel do Reis. A nau tomava o rumo da América do Sul atravessando o grande oceano Atlântico levando passageiros e carga muito importantes para o novo mundo.
Felizes com o bom tempo e previsões auspiciosas todos comemoram, e o capitão libera mais vinho e biscoito para a população que é pega completamente desprevenida. As águas se agitam de forma improvável e quase sobrenatural levando o capitão ao desespero ao pensar nos passageiros que dependem de sua experiência para chegarem ao destino... Destino esse, alterado pelas forças que açoitam a nau enquanto capitão e tripulação veem terra se aproximar.
Naufrágio, luar iluminando o mar revolto e apenas um homem, impotente diante das circunstâncias que impediram o sucesso de sua empreitada. O capitão adentra a ilha, atraído por um grito ouvido em meio ao silêncio daquele lugar misterioso onde o que os seus olhos verão dentro de uma caverna iluminada por uma luz estranha, jamais será esquecido.

1932.
Os ingleses e irmãos Daniel e Margaret Crowley, O francês Mark Fournier, o brasileiro Rafael Fab e o Americano Chester Thompson, são muito diferentes porém tem duas coisas em comum, a inteligência e o desejo de serem aceitos na Escola Internacional do Atlântico. E é com muita alegria, ansiedade e orgulho que eles recebem a carta de convocação para estudarem na escola mais admirada, rigorosa e misteriosa que existe, a Escola Internacional do Atlântico, que se localiza em uma ilha que é rodeada por águas sempre encrespadas por algum motivo que os alunos desconhecem, rodeada por rochedos imponentes que sugerem o formato de uma coroa, por isso nome de ilha da coroa, de onde saem os profissionais e intelectuais mais reconhecidos e influentes em todas as áreas do conhecimento. Mas para isso, eles deveram passar muitos anos na ilha isolada e misteriosa, podendo voltar apenas duas vezes por ano para suas respectivas casas e enquanto estiverem na ilha, serão submetidos a uma rotina pesada e rigorosa que faz jus a fama que a escola ostenta.
Com o passar do tempo e as veementes proibições que partem do Reitor da escola o Sr. Helmut, os garotos passam cada vez mais tempo conversando sobre o que será que pode haver dentro da floresta densa que cerca a escola e que eles são terminantemente proibidos de adentrar sem o acompanhamento de algum professor.
Curiosos e instigados pelas proibições, estranheza das pessoas e muitos outros indícios de existe algo muito misterioso na ilha da coroa e que a resposta está na floresta aonde se encontra o morro cabeça do rei, Daniel, Margaret, Rafael, Mark e Chester decidem se aventurar numa investigação cheia de altos e baixos, riscos e descobertas inimagináveis!
Uma viagem entre mundos, povos, culturas e lendas fascinantes, histórias dentro da história. Grandes aventuras esperam pelos garotos e alguns de seus professores e nenhum deles será igual quando essa aventura acabar para eles, por quê na verdade o mistério e o segredo que precisa ser guardado pela Irmandade do Círculo de Pedra permanecerá para sempre aguardando aqueles que serão merecedores de conhecer a sua existência!

Uma viagem espetacular, essa é a definição que eu posso dar para o primeiro volume de O Círculo de Pedra. Demorei muuuuuito para ler, por conta de problemas, outros livros na fila, enfim... E sinceramente me surpreendi! O Ricardo (autor) foi muito feliz em tudo o que colocou na história, e não pecou nem por falta e nem por excesso na minha opinião, além de ser uma pessoa super simpática, prestativa e paciente!
Quero parabenizar o autor pela excelente história com a qual ele nos presenteia, fazia tempo que eu não lia um livro de fantasia que me prendia tanto! Porque O Círculo de Pedra tem tudo: suspense, ação, romance e muito mais que faz o leitor não querer desgrudar do livro. Bom pra eu ler, foi o seguinte: Eu nem gosto muito de literatura fantástica mas ao engatar na história eu queria devorar o livro, mas sabia que ia ficar no vácuo quando acabasse e morrendo de vontade de ler mais, então, sabiamente (mais olhem...) eu fui meio que 'dosando' a leitura até que não consegui mais segurar e disparei para saber o final!!! Ninguém é de ferro né? E agora estou nessa situação!
Os personagens são super legais e de personalidades bem diferentes, são fascinantes mas são simples e por isso combinaram perfeitamente bem com a trama que é cheia de detalhes e acontecimentos bem específicos. Um primor! (acho que é a primeira vez que uso essa palavra, mas...)
O que mais posso falar? Leiam O Círculo de Pedra como se não houvesse amanhã e fiquem loucos esperando pela continuação como eu! A diagramação ficou ótima, folhas amarelas e confortáveis aos olhos e a capa é bem legal e misteriosa (amo livros na cor preta!), bem condizente com a história mas sem jogar pistas para os espertinhos que querem descobrir a trama juntando capa e sinopse (muaaahahaha), nesse caso as opções se reduzem, para descobrir, vão ter que ler! Ahhhhh, e antes correrem para ler, mais uma perguntinha...
Você seria capaz de guardar o maior segredo de todos os tempos???


site: http://luahmelo.blogspot.com.br/2014/08/eu-li-40-o-circulo-de-pedra-r-costac.html
comentários(0)comente



Arca Literária 14/08/2014

O Círculo de Pedra
Por: Danielle Peçanha

O circulo de pedra, de Ricardo Costac, é um livro de fantasia e o primeiro livro do autor.

O livro inicia com um autor de livros de lendas em um bar onde entra um senhor que o reconhece e pede para contar uma história e fala sobre um naufrágio em 1539 em que o único sobrevivente se vê em uma ilha e tem uma visão aterradora.

Logo depois o livro pula para o ano de 1932, onde cinco jovens são aprovados para estudar em uma escola brasileira na Ilha da Coroa conhecida pela rigidez e por formar os melhores profissionais do mundo. Esta ilha no caso é a mesma Ilha misteriosa e de difícil acesso, do naufrágio de 1539.

Esses cinco jovens, sendo dois deles irmãos (Margareth e Daniel) acabam se tornando amigos e os quatro meninos ficam no mesmo quarto, ambos acham que a escola esconde algum segredo e claro que não vão sossegar enquanto não descobrirem. Eis a primeira parte do livro, na segunda parte do livro os cinco amigos irão se aventurar em outro mundo cercado de aventura, mitologia e fantasia. Não vou falar da ventura para não soltar spoiler.

Esse livro terá uma continuação na qual eu não vejo a hora de ler. Apesar de ser um livro grande (600 páginas) não foi nem um pouco cansativo para mim que adorei a narrativa, os mistérios e os personagens foram muito bem constituídos.

Eu adorei o livro, mergulhei na aventura junto com os cinco amigos e adorei o final deixando um gostinho de quero mais. O autor escreve muito bem e sua narrativa descritiva nos faz visualizar perfeitamente cada cena.

Recomendo a todos que gostem de fantasia com aventura.

site: www.facebook.com/minhasresenhasdp
comentários(0)comente



Viní 06/08/2014

Resenha O Circulo de Pedra
É um livro que eu gostei muito de ler é um livro um pouco grande eu levei quatro dias para ler mas não me arrependi de forma alguma a estória se trata de 5 alunos Meg, Daniel, Marc, Rafael e Chester que vão estudar em uma escola que fica em uma ilha proxima a Recife e la eles acabam entrando em uma fria, eles descobrem um segredo que estava sendo guardado por 400 anos, o que torna a estória cheia de suspence, esta leitura foi uma leitura bastante calma, teve muitos lugares no livro que eu me surpreendi, a estória acabou me envolvendo e muito, pode parecer mentira mas teve uma das noites que eu sonhei com o livro,rs. Foi uma trama muito bem montada mesmo o livro sendo grande não ficou aquela estória maçante, ficou uma estória leve mas que a todo momento me envolvia.

Eu acabei aprendendo muitas coisas que eu não sabia com este livro, foi uma leitura muito interessante, cada personagem tinha uma característica própria eu gostei muito dos personagens são personagens bem expressivo são personalidades marcantes, um ajudava o outro, tinha um certo espirito de companhia.

A estória na minha opinião começa a ficar mais envolvente a partir do capitulo ‘’ PISTAS NA BIBLIOTECA’‘ conforme eu ia lendo a ansiedade ia a mil, não posso falar o motivo porque não quero soltar nenhum spoiler,rs.

A capa do livro também é muito bonita a capa retrata um lugar que só lendo para vocês saberem, as folhas são amareladas o que acaba tornando a leitura mais fácil, para ser sincero eu não gosto muito de livros com as folhas brancas, e a diagramação também é bem simples.

Pra terminar eu só tenho que parabenizar o autor pela obra foi um livro muito bem desenvolvido, e eu estou doido para ler o segundo volume, espero que vocês leiam se tiverem a oportunidade.

site: http://literaturaparaosaber.blogspot.com.br/2014/08/resenha-19-o-circulo-de-pedra.html#more
SubaLivros 06/01/2017minha estante
undefined




Livretando 14/02/2014

Resenha: O círculo de pedra
Após muita expectativa e ansiedade, cinco jovens estudantes finalmente recebem a notícia que ansiavam: eles foram aprovados para estudar na Escola Internacional do Antlântico. A instituição é responsável por formar os maiores e melhores profissionais das mais diversas áreas e, por esse motivo, ser aceito é o desejo de muito estudante ao redor do mundo.

Todos chegam à escola ainda encantados com a ideia de estudar em um lugar de tanto renome, mas logo descobrem que a instituição possui regras severas e muitas delas acabam despertando a curiosidade dos protagonistas. Questionamentos são cada vez mais constantes e com eles, o medo de serem pegos tentando desvendar os mistérios que rodeiam a todos. Mas nada que impeça esses jovens ávidos por aventura de ficar confabulando acerca desses supostos segredos que alguns internos escondem.

Infelizmente não posso passar do "superficial" no que diz respeito a história em si, afinal, uma das coisas que nos levam a iniciar a leitura desta obra é a falta de informações prévias. Só posso dizer que o autor soube manipular muito bem todo o mistério proposto.

Através de uma ótima narrativa, Ricardo Costac conduziu com maestria a trama. Os personagens são concisos em suas ações, além de carismáticos e bem construídos. Sinceramente, não consigo apontar nenhum que tenha me desagradado. Apesar de tudo, em diversos momentos a leitura tornou-se enfadonha, e isso foi responsável por me fazer demorar a concluí-la. Mas, tratando-se de um livro de fantasia, é entendível que uma narrativa mais detalhada seja necessária para nos introduzir na história. O cenário criado pelo autor também merece destaque, bem como todo o elenco que o compõe.

O desfecho dessa primeira obra foi excelente, me deixou curioso para descobrir o que mais vem por aí. História original, bem escrita e que merece ser lida por todos os que gostam de literatura fantástica.

site: http://livretando.blogspot.com.br/2013/02/o-circulo-de-pedra-r-costac.html
comentários(0)comente



Khrys Anjos 13/11/2013

Redescobrindo a Vida
Começamos nossa jornada descobrindo o que aconteceu com a Nau Divina Providência no ano de 1539 porém o mistério que paira no ar é sobre o que o capitão Gaspar Manuel encontrou naquela ilha.

Estamos agora no ano de 1932 e somos apresentados aos nossos aventureiros Daniel e sua irmã Margaret, Rafael, Chester e Marc. Cada um deles apresentando um dom incomum para a idade.

Os cinco são aceitos para ingressar na Escola Internacional do Atlântico onde seus alunos saem aptos a se tornarem grandes personalidades em qualquer área. Isso os que conseguirem concluir os 8 anos de estudo.

Quando chegam a Ilha da Coroa têm a curiosidade da adolescência aguçada pelos mistérios que envolvem a ilha e seus moradores. Assim eles formam um grupo especial para tentar descobrir os segredos guardados pelos professores e pelo diretor da escola.

Ao conseguirem algumas pistas chegam até o diário de Alexei Martov. E assim resolvem investigar mais a fundo esta estória, literalmente.

Quando descobrem o portal não têm mais como esconder dos professores e do diretor o que andaram aprontado pela escola.

Porém esta descoberta não é um simples segredo. Eles são apresentados a uma realidade completamente diferente da nossa após transpor o portal. Primeiro Chester e Marc. Depois Daniel, Rafael, Margaret e os professores Roger, Guilhermo e Brian.

Assim nossos aventureiros partem para uma expedição por este novo mundo atrás do outro portal que os trará de volta ao nosso mundo.

Lá eles conhecem algumas pessoas especiais que os ajudam a enfrentar os perigos que se escondem em cada curva do caminho.

Alguns não chegaram muito longe na viagem mas conseguiram transmitir lições valiosas para nossos guerreiros. Bom nossos simples aventureiros precisaram virar grandes guerreiros do outro lado. Aprenderam a manejar espadas, martelos e arcos e flechas.

Conquistaram amizades e amores inusitados. Os adolescentes tiveram que crescer sendo forjados no aço, no sangue e no fogo da sobrevivência. E os professores tiveram que voltar a ser alunos também.

Aprenderam lições que não poderiam assimilar numa escola comum. A união de uma amizade verdadeira. A superar traumas antigos. O valor do amor da família. Sozinho não se chega a lugar nenhum mas quando nos reunimos com outras pessoas com os mesmos objetivos pode-se alcançar qualquer destino.

O Ricardo escreve de uma forma tão envolvente que cada capítulo se torna uma estória à parte. E no final se unem para formar o círculo não apenas de pedra mas de ensinamentos e de conhecimento para a vida.

Fiquei tão presa na leitura que tive vontade de fazer uma pequena viagem até a Ilha da Coroa e me atirar de cabeça pelo portal. Imaginem poder conviver com as três criaturas que povoam meus sonhos desde criança: dragões, grifos e cavalos alados.

Cheguei ao final do livro querendo mais aventuras. Ainda bem que teremos uma continuação. Vou me candidatar para ir na próxima expedição. Só não garanto querer voltar.


site: http://minhamontanharussadeemocoes.blogspot.com.br/2013/11/resenha-o-circulo-de-pedra-ricardo.html
comentários(0)comente



S. Entre Amigas 14/10/2013

O Círculo de Pedra
A Ilha da Côroa fica no litoral de Recife e abriga uma das escolas de maior renome no mundo, A Escola Internacional do Atlântico, durante 8 anos jovens de todos os locais do mundo se dedicam para serem os melhores em suas áreas, e em 1933 não foi diferente, uma nova turma se iniciava, dessa 5 pessoas se destacariam. Eram eles Daniel e sua irmã Margaret, Rafael, Marc e Chesteer, cada qual vinha de um lugar do planeta e eram excelentes nas áreas que decidiram seguir. Alguns com um posição financeira elevada, outros viam ali a única chance de ter um bom futuro. De cara se tornaram grandes amigos, e curiosos como eram decidiram procurar saber mais sobre a Ilha da Coroa, que era um mistério para todos os estudantes. Com determinadas regras indecifráveis, o quinteto entendeu que a Ilha guardava um grande segredo, e não estavam enganados.

Nas primeiras 200 páginas temos cinco crianças tentando desvendar um segredo guardado a séculos, burlando as leis da escola eles não medem esforços para descobrir porque muitos dos instrutores agem de modo tão estranho. Com fugas noturnas, pesquisas em livros guardados a sete chaves e perguntas irritantes, por fim descobrem o segredo. Mas isso pode custar a vida de ambos. Nas 400 páginas seguintes viajamos com eles em uma grande aventura. Uma viagem para um mundo até então desconhecido, em meio a uma guerra eles querem apenas voltar para casa, mas terão muitos obstáculos para que isso se concretize.

Uma aventura sem pontos soltos, a cada página virada nos sentimos mais ligados a história, por vezes queremos adentrar no livro e salvar os nossos guerreiros dos perigos ocultos. Todos os detalhes são bem construídos, desde os dados de latitude e longitude até os fatos históricos, nada foge da mente do autor. R. Costac transforma situações calmas em guerras catastróficas num piscar de olhos, o que antes era montanha se torna um vulcão em erupção. A aparição de seres extraordinários nos dá a sensação de que estamos na Terra do Nunca, ou no País das Maravilhas. Mas na verdade, nem nós, nem eles, sabemos em que lugar nos metemos.

Mais uma prova da grandiosidade dos novos autores brasileiros, uma obra muito melhor que diversas aventuras estrangeiras, 598 páginas bem construídas que transformaram suas horas de leituras em momentos gloriosos e que ao final da jornada também transformará você no Guardião de um Grande Segredo.
comentários(0)comente



Cássia | @procureiemsonhos 02/10/2013

O Círculo de Pedra
Surpreendente. Essa foi a única definição que encontrei para O Círculo de Pedra. Ainda estou remoendo meus pensamentos, tentando encontrar a melhor maneira de descrever a maravilhosa aventura que R. Costac me proporcionou.

Primeiramente gostaria de confessar que a leitura desse livro não foi fácil. Logo no começo estava com certa dificuldade, e pouco depois da página 100, senti necessidade de deixá-lo de lado por algum tempo. Por mais triste que possa parecer, isso foi necessário para eu me apaixonar perdidamente por ele logo depois.

A história é rodeada de mistérios, e em vários momentos eu imaginava maneiras de desvendá-los, porém nenhuma de minhas teorias foi, de fato, apresentada na trama.

No inicio do livro um fato é revelado: em 1539 ocorreu (misteriosamente) um naufrágio e o único sobrevivente teve alucinações ao chegar em uma determinada ilha.

Em seguida somos levados ao ano de 1932, quando a nova turma de alunos chega até a Escola Internacional do Atlântico que fica localizada na Ilha da Coroa, a escola mais consagrada da época. Dentre eles, cinco alunos se destacam: Chester, Rafael, Marc, Daniel e sua irmã Margaret, cada um com origem em um país diferente, e todos criam um grande laço de amizade.
A Escola Internacional do Atlântico sempre carregou consigo uma fama por seus mistérios, e sempre formou grandes profissionais. Sendo assim, os recém chegados decidiram que deveriam investigar as "lendas" que faziam parte da escola.

E quando menos se espera, o mistério é revelado, fazendo com que os cinco amigos em companhia de três professores (Roger, Brian e Guilherme) partam em uma longa jornada, cheia de aventuras, criaturas mágicas, lendas e fantasias.

A partir desse momento, Ricardo ganhou (mais ainda) meu respeito. Ele conseguiu falar de assuntos mitológicos, da "história" da humanidade e seus continentes, das diferenças, das guerras... Sem deixar a peteca cair. Além de ter trabalhado um ótimo romance, personagens maravilhosos, e o significado da amizade (porque sim, o valor da amizade é um dos pontos mais fortes de toda a história), dando um tchan a mais em seu livro. Também contamos com um final magnifico, e o gostinho de "quero mais" ainda percorre dentro de mim.

Não posso estender muito meus comentários, nem falar mais sobre a história, porque não teria graça alguma para quem decidir ler.
Estou (muito) ansiosa pela continuação dessa obra maravilhosa, e espero que ela me cative, tanto quanto O Círculo de Pedra.

Gostaria de agradecer o autor por ter me dado a oportunidade de participar de seu mundo e conhecer lugares maravilhosos. Com certeza será uma viagem que jamais esquecerei.


site: http://www.procurei-em-sonhos.com/2013/10/resenha-o-circulo-de-pedra.html
comentários(0)comente



Rayssa 10/09/2013

Resenha O Círculo de Pedra - R. Costac
Cinco jovens, cada um de uma parte do mundo, são admitidos na melhor escola que existe, a Escola Internacional do Atlântico, que fica na Ilha da Coroa. Daniel e sua irmã Margaret são ingleses, Marc é francês, Chester é americano e Rafael é brasileiro. Cada um dos meninos tem uma habilidade especial: Daniel é bom em consertos, Marc é músico, Chester adora animais, principalmente cavalos, e Rafael é bom com cadeados e fechaduras. Já o talento da Margaret é ser irritante.

Os meninos se conhecem porque ficam no mesmo quarto. Logo que chegam à ilha, percebem que ela é cercada por uma floresta repleta de monitores que a vigiam 24h para que ninguém entre nela. Como se não bastasse esse estranho fato, todos os alunos são vigiados o tempo todo por monitores, inclusive de noite e isso desperta a curiosidade deles.

Marc, Daniel, Chester, Rafael e Margaret percebem que obviamente a ilha esconde algum segredo muito grande, já que muitas coisas estranhas acontecem por lá, por exemplo: monitores nos corredores o dia todo e a noite também, um livro misterioso que o diretor lê todos os dias na biblioteca, um quadro de um homem com tapa olho que aparentemente ninguém sabe explicar ao certo o que ele fez para merecer o tal quadro. Os cinco adolescentes decidem investigar a fundo, e mesmo correndo o risco de serem pegos, a curiosidade fala mais alto.

Daniel sugere para Rafael que passe a noite na biblioteca, para tentar ler o livro que o diretor lê todos os dias e descobrir o conteúdo dele, porém o livro fica trancado dentro de uma gaveta e os conhecimentos de Rafael com cadeados e fechaduras iriam ajudar. Ele, relutante, faz o que o amigo pede e descobre que o livro, na verdade é um diário que o cara do tapa olho escreveu, sobre um portal que a ilha guarda e que dá para uma segunda dimensão com um mundo cheio de seres fantásticos, como o próprio subtítulo diz: “As Lendas Vivem”. Eles embarcam numa aventura inimaginável e levam junto os professores Brian, Roger e Guilhermo.

Foi um dos melhores livros que já li, todos os detalhes são muito bem descritos e cada qualidade dos meninos se encaixa de alguma forma na aventura. A narrativa do autor é bem fluída e te prende de uma forma que não dá vontade de parar de ler. Infelizmente não posso incluir muitos detalhes nessa resenha senão ela ficaria muito extensa, mas eu recomendo muito e necessito da continuação, porque o final fica com algumas pontas soltas que provavelmente serão explicadas no livro seguinte.

O único ponto falho da história é que todos os meninos se entendiam, cada um era de um país diferente, com um idioma diferente, mas eles falavam de igual para igual. Aí vocês podem falar: “Ah, mas eles podem falar em inglês”. Poderia até ser, tirando o fato de que o Rafael vem de uma família pobre, seu pai é chaveiro e trabalha dia e noite para que seus filhos tenham o que comer. Posso estar enganada, mas acredito que uma família tão simples assim não teria condições de pagar um curso de inglês para o filho. Novamente, é minha opinião. Mas esse detalhe quase não interfere na grandeza que é esse livro.

site: http://diariosdleitura.blogspot.com.br https://www.facebook.com/DiariosDeLeitura
comentários(0)comente



Danielle 08/08/2013

Resenha – O círculo de pedra – Ricardo Costac
O circulo de pedra, de Ricardo Costac, é um livro de fantasia e o primeiro livro do autor.

O livro inicia com um autor de livros de lendas em um bar onde entra um senhor que o reconhece e pede para contar uma história e fala sobre um naufrágio em 1539 em que o único sobrevivente se vê em uma ilha e tem uma visão aterradora.

Logo depois o livro pula para o ano de 1932, onde cinco jovens são aprovados para estudar em uma escola brasileira na Ilha da Coroa conhecida pela rigidez e por formar os melhores profissionais do mundo. Esta ilha no caso é a mesma Ilha misteriosa e de difícil acesso, do naufrágio de 1539.

Esses cinco jovens, sendo dois deles irmãos (Margareth e Daniel) acabam se tornando amigos e os quatro meninos ficam no mesmo quarto, ambos acham que a escola esconde algum segredo e claro que não vão sossegar enquanto não descobrirem. Eis a primeira parte do livro, na segunda parte do livro os cinco amigos irão se aventurar em outro mundo cercado de aventura, mitologia e fantasia. Não vou falar da ventura para não soltar spoiler.

Esse livro terá uma continuação na qual eu não vejo a hora de ler. Apesar de ser um livro grande (600 páginas) não foi nem um pouco cansativo para mim que adorei a narrativa, os mistérios e os personagens foram muito bem constituídos.

Eu adorei o livro, mergulhei na aventura junto com os cinco amigos e adorei o final deixando um gostinho de quero mais. O autor escreve muito bem e sua narrativa descritiva nos faz visualizar perfeitamente cada cena.

Recomendo a todos que gostem de fantasia com aventura.


site: www.facebook.com/minhasresenhasdp
comentários(0)comente



TamiresCipriano 07/07/2013

O Círculo de pedra
O livro é de fantasia,um dos melhores livros que já li.
Consegui "devorar" cada parte e informação do livro.O autor caprichou em cada detalhe e imaginação.
O livro veio autografado como já mostrado no blog e no fim do post mostrarei de novo "BEM VINDA AO MEU MUNDO" lendo eu consegui saber o porque.

A história começa com cinco jovens que recebem um envelope de admissão de uma das melhores escolas situadas no atlântico onde ficarão por oito anos e terão assim um futuro grandioso e garantido.
Primeiro o autor nos apresenta o Daniel da Inglaterra e logo em seguida a sua irmã a Margaret que recebe também a carta de admissão.

Depois é Rafael do Rio de Janeiro de uma família pobre,sendo assim ele fica feliz em ser admitido para escola pensando em ajudar a família.

O quarto é Chester que é americano,ama cavalos e vive com os tios.

O último é o francês Marc ótimo músico,leva sua flata para acompanha-lo.

Todos os personagens acabam se conhecendo dentro do navio para a escola (a nova vida) situada na ilha da coroa no Brasil.
Depois de se tornarem amigos dentro do navio,ao desembarcarem descobrem que são colegas de quarto também.

A ilha é cercada de uma floresta que era proibida a entrada de alunos sem estar com professor,qualquer um que quebrasse a regra era expulsão.
Com esta misteriosa ilha;o quadro do homem de tinha tapa olho;a ida de um professor todos os dias para a ilha e o misterioso livro que o diretor Helmut lê todos os dias trancado na biblioteca,faz com que os cinco jovens ficam cada vez mais intrigados querendo descobrir algo de misterioso nesta ilha.
Com a grande curiosidade descobrem uma porta que fica ao fim do corredor na escola trancada e sem vigilância. Através desta porta começa a incrível história dos cinco jovens em um novo mundo.

Você seria capaz de guardar o maior segredos de todos os tempos?

Quote que amei:
"Mas nunca é tarde, pois os nossos sonhos nunca morrem, eles vivem em algum lugar eternamente. Por isso, Daniel, eu disse que gostaria de viver com as lendas, pois só as lendas vivem para sempre."

O livro inicialmente foi monótono mas foi preciso na apresentação dos personagens e lugares,mas a partir do segundo capítulo eu nem via o tempo passar.

Acho que falei demais,o meu problema é este quando gosto do livro não da rsrs.
O autor criou cada detalhe de cada personagem perfeitamente e pode ter certeza que se encaixa muito bem,quem vai ler vai saber o porque de cada dom dos meninos é ótimo e se enquadra na história.
Gostei mais da personagem Margaret ela é sempre intrometida.O Rafael inicialmente me dava raiva,mas compreendia o seu lado da história.
O livro possui não só personagens ótimos e bem descritos,mas os lugares,"animais" e fatos também.
O livro é espetacular,foram seiscentas páginas bem apreciadas e devoradas em quase três dias.
Entrei mesmo no "mundo",fiquei no quarto lendo e no último capítulo eu perdi a noite de sono ficando acordada até as duas horas da madrugada para saber o fim da história.
Ricardo com toda certeza entra na lista de um dos melhores autores.
Quando conversei com ele eu disse que quase chorei quando terminei o livro,mas adivinhem só...ele disse que esta escrevendo a conclusão de O círculo de pedra que talvez esteja pronto em até 2014 e que além dele tem mais cinco livros em fila de produção.

Agradeço muito ao Ricardo pela parceria e se esqueci de algum detalhe me desculpe,mas li ele em dezembro do ano passado.
Com toda certeza é um livro que foi merecido receber as cinco estrelas no skoob.
Mega indico para qualquer um que quer "viver" outra história que seja diferente e que goste de aventura,mistério e fantasia.

Resenha do blog:http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/2013/07/resenha-o-circulo-de-pedra.html

site: http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/2013/07/resenha-o-circulo-de-pedra.html
Nana 28/07/2013minha estante
Eu estou lendo esse livro, estou até achando legal, mas infelizmente não me empolguei tanto com ele e o deixei um pouco de lado por causa de outros livros. Depois de ler sua resenha, deu vontade de terminar logo de ler rs.

Uma coisa é certa. Eu fiquei muito encantada de ver um autor brasileiro escrevendo uma história como esta.


TamiresCipriano 28/07/2013minha estante
Olá.
Fico imensamente feliz por isto flor ^^
Olha tem muitas surpresas ao fim do livro então não desista rsrs só vou falar isto.
Eu também gostei muito,da uma enorme orgulho não é?
Obrigada e boa leitura.




52 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR