A Vez da Minha Vida

A Vez da Minha Vida Cecelia Ahern




Resenhas - A Vez da Minha Vida


175 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Bray 11/09/2019

A vida como ela é?
Preciso reconhecer que finalmente me apaixonei por uma personagem principal, e isso é dificil de acontecer. Lucy é engraçada, cativante e apesar de sua negligência com praticamente tudo, esse desdém e sarcasmo que lhe envolve como uma armadura serve para atrair ainda mais o leitor. Os acontecimentos e os demais personagens coadjuvantes são admiravelmente tão interessantes quanto a crônica principal da personagem que se desenvolve e toma seu rumo.
No entanto, não posso dizer o mesmo quanto a forma que a historia é desenvolvida. Ao engatar a leitura me impressionei de inicio, porém ao me deparar com algumas situações piegas e, portanto, previsíveis, o que me pareceu ser o intuito da autora de demonstrar a vida como realmente é não teve tanto sucesso, a medida que também não era atribuída a devida importância a fatos importantes, tratando-lhes com certo tom humorístico. Ao atingir seu apogeu na metade da história, logo percebi seu declinio ao condicionar a personagem a uma irresponsabilidade clichê, ignorando mais uma vez toda sua evolução durante o livro, enquanto sua Vida apoiava tais decisões imprudentes. O que, perfeitamente se encaixaria em uma história de abrir mão de esconder suas vulnerabilidades, foi se tornando uma história de superação com final feliz deslocado e forçado. Gostei muito de conhecer lucy, mas me decepcionei ao ver sua face mimada e incapaz de evoluir plenamente ignorando seus problemas reais, pondo a conta do amor suas maiores frustrações.
comentários(0)comente



Mah Nunes 20/08/2019

A vez da minha Vida
Simplesmente incrível. Faz vc querer uma Vida só pra vc. Inteligente. Cheio de humor. Pensa nuna Lucy terrível. Kkkkk. Ri muito com ela. E sua Vida... coitado quase surtou.
Apaixonante.
comentários(0)comente



Nêssa 20/08/2019

Esse é o segundo livro da Cecelia Ahern que eu leio e o primeiro não foi p.s eu te amo embora esse seja talvez um de seus livros mais conhecidos, o caso é que não sei o que tem esses livros dessa autora em questão, mas devo admitir que tenho amado eles, começo a ler e quando percebo estou devorando vorazmente página após página, e quando chego ao final me sinto em paz e feliz...sim isso deve soar estranho, mas essa é a verdade!  

A personagem principal dessa história é Lucy Silchester, ela tem 29 anos e mente fluentemente seja em inglês, francês, alemão, italiano, ou holandês, ela vive uma SITUAÇÃO especificamente inusitada, e eu gostaria de viver essa situação também se fosse possível...  

Acho que de tanto mentir ela acabou por acreditar no que dizia, e viver uma mentira não me parece uma boa forma de se viver, ao longo da SITUAÇÃO ela se entende melhor ocorrem mudanças, a vida à prega peças e tudo vai acontecendo...

A história de Lucy traz um tom bem humorado mesmo em momentos difíceis, traz pensamentos sagazes, bobos e coisas corriqueiras que aproximam mais o leitor da história pelo simples fato de o leitor conseguir se enxergar nos fatos descritos.  

Além de se divertir lendo a história é possível obter um aprendizado significativo ao refletir sobre como estamos vivendo nossa vida e obter uma noção da diferença entre viver e se sentir realmente vivo.  

Não há muito mais a dizer, o livro já diz tanto que não acho que minhas simples palavras caibam aqui; O fato é que o livro traz uma ótima história e vale a pena ler, vai por mim!
comentários(0)comente



Anoitecer(@criskmacedo) 14/08/2019

Lucy Silchester
Já imaginou a sua vida batendo na porta e dizendo agora é a minha vez?
não me orgulho em dizer que me indetifiquei com Lucy. Após o termino de namoro com o homem que todos acreditavam ser o seu par ideal, inclusive Lucy. A personagem entra em um ciclo vicioso de mentiras, se afasta de amigos e parentes. E mentiras que se reveladas, podem virar sua vida de cabeça para baixo. Acontece que sua vida não se importa com isso, quando resolver assumir o controle. Aparece no mini apartamento desorganizado de Lucy e a faz cair por si mesma. Agora ela convivendo com essa personalidade forte de sua vida, e se abrindo para uma nova relação. Precisa superar os traumas passados e revelar suas mentiras para assumir as rédeas da sua vida de vez.
comentários(0)comente



bell 30/07/2019

Meu nome é Lucy e minha vida estava precisando de mim,ela estava passando por um momento difícil e não estava atenta até então. tava com outras prioridades trabalho amigos e um gato. Meu carro em sobrevida; havia completamente abandonado ela e estava sobrevivendo no automático até que ela escreve para mim me convocando provocando para que o encontra-se cara a cara.
Nada nesse encontro era o que esperava,o que estava vivendo era cômodo a situação em que vivia já estava acostumada foi preciso alguns caminhos errados para que eu percebece o valor das amizades e da minha vida como um todo.
comentários(0)comente



Lanny 26/07/2019

Fora dos padrões
Que história genial. Me apaixonei pela ideia que a história passa, acho uma leitura super recomendado para pessoas que estejam desprezando a própria vida,
comentários(0)comente



Kathelin 01/03/2019

Demorou, mas foi!
Eu demorei meses para me apegar a essa leitura... Da metade do livro para o final, foi muito difícil pra mim e eu realmente não tinha vontade de continuar; mas como eu sempre busco acreditar que a leitura vai melhorar, continuei.
O livro conta a história de uma protagonista que começa a receber cartas inusitadas de sua "Vida", onde sua própria vida em forma de um homem (acabado por sinal) diz que eles tem um horário marcado.
Do dia em que se encontram em diante, muito coisa acontece... Ela é forçada a parar de sabotar sua própria felicidade e também à colocar a casa em ordem (tanto seu lar, quanto seu interior).
Fiz muitas anotações nesse livros e algumas delas eu deixo marcadinhas para ler quando os dias não estão muito bons.

Sobre a leitura: para mim foi lenta e um pouco enfadonha, porém, o livro agrega alguns valores importantes que às vezes nos esquecemos na correria do dia a dia. Recomendo pra quem tem tempo pra ler antes de dormir, livro de cabeceira mesmo! :)
JuhVogel 22/05/2019minha estante
Difícil continuar essa leitura :/




Caroline.Figueredo 19/12/2018

Amei!
Que livro delícia, cheio de coisas pra se refletir !! Amei !
comentários(0)comente



FabyTedrus 29/07/2018

A Vez da Minha Vida - Cecelia Ahern
Terminar o ano literário lendo esse livro foi uma delícia! Mais uma vez a Cecelia Ahern me ganhou com um livro divertido, emocionante, uma mistura de fantasia e problemas bem reais. Os personagens são ótimos. Os diálogos entre Lucy e Vida/Cosmo me renderam mtas risadas e momentos de reflexão, achei super criativo, cheio de duplo sentido. A ideia do livro, a sua vida te mandar uma carta e querer se encontrar com você para colocar as coisas em ordem, soa como algo meio bizarro, meio autoajuda mas, na minha opinião, deu MUITO certo. Adorei, recomendadíssimo! (Dez/16)
comentários(0)comente



Fabi | @psamoleitura 25/05/2018

{resenha feita no blog PS Amo Leitura}
Se você tivesse um encontro com a sua vida, o que ela diria?

Lucy Silchester está passando por diversos momentos complicados: seu relacionamento de anos acabou, ela vive em um apartamento pequeno, desarrumado e cria um gato escondida de todos; mente para seus amigos e familiares, pois encarar a verdade é algo difícil para ela, e seu trabalho está por um triz.

Certo dia, voltando do seu trabalho, Lucy recebeu um cartão dizendo que ela precisava se encontrar com a sua Vida. É algo completamente estranho, mas ela já sabia sobre essa agência, pois leu em uma revista. Porém, ela não quer se encontrar com a sua Vida; não quer saber o que está acontecendo e nem o que precisa mudar. Ela arruma uma desculpa para seguir naturalmente sem este encontro, mas a Vida não pode esperar.

Quando finalmente ela aceita que está na hora de realmente encarar a verdade, sua Vida bate em sua porta e é onde as mudanças começam a acontecer. No começo ela achava que sua Vida estava sabotando, a obrigando contar a verdade para todos e criando conflitos. Como lidar com as mentiras que ela contou para as pessoas que ela ama? E enquanto ela não aprender a contar a verdade sobre seu passado, a encará-lo, sua Vida permanecerá ao seu lado, forçando-a agir desta forma.

Lucy tem uma longa jornada pela frente. Como sua vida será transformada?

“A vez da minha vida” é um livro completamente cheio de lições, aprendizados e nos mostra como podemos mudar a nossa vida quando acontecimentos ruins começam a acontecer, assim como uma pequena mentira pode te levar para um outro caminho e um turbilhão de acontecimentos em volta desta mentira.

Às vezes não temos coragem de encarar a verdade sobre alguns acontecimentos em nossas vidas e acabamos contando uma história na qual queremos acreditar. Mas será que vale a pena mentir sobre a vida? Vale a pena fingir algo que realmente não aconteceu? De uma pequena mentira, isso vai virar uma confusão gigante em sua vida e a nossa personagem deixa isso explicito no decorrer de cada capítulo.

Nem preciso dizer que a forma como a Cecelia Ahern conduz o enredo do seu livro é incrível, não é mesmo? Neste livro ela apresenta um pequeno sarcasmo da personagem Lucy, assim como a vontade de ser alguém melhor, de mudar, de fazer as coisas acontecerem após que a Vida te mostra qual é o melhor caminho a seguir. E o que mais gosto em seus livros é a forma como seus personagens parecem reais e alguns acontecimentos se encaixam perfeitamente em nosso cotidiano. É incrível!

Único ponto que preciso ressaltar neste livro é que demorei um pouco para entender a descrição, a narrativa e os acontecimentos do livro (e até mesmo me apegar aos personagens). Mas, alguns capítulos depois, eu me vi completamente presa na vida de Lucy e torcendo para que tudo acabasse bem e Lucy e sua Vida finalmente se entendessem que nem vi os capítulos passarem.

Não sei dizer como, mas esse livro realmente mexeu comigo. Me fez pensar muitas coisas e até mesmo algumas atitudes que eu posso melhorar no meu dia-a-dia para que minha vida fique da melhor forma e algumas coisas comecem a se encaixar perfeitamente. Quando dizem que um livro é capaz de mudar uma pessoa, não tenha dúvidas disso! Pode não mudar, mas traz grandes lições e aprendizados que somente quem o lê é capaz de entender.

Mais um livro diferente, porém mais um livro incrível da Cecelia. E se você tivesse chance de mudar a sua vida, o que você mudaria? Conheçam mais de “a vez da minha vida” e como algumas escolhas podem tomar rumos e mudar nossa vida completamente.

site: http://psamoleitura.blogspot.com.br/2018/05/resenha-vez-da-minha-vida.html
comentários(0)comente



araujonei 03/04/2018

Sem luto. Com chá
Ahern parece ter um gostinho por tragédias, me lembrando um pouco o americano rei dos romances diabéticos Nicholas Sparks. Enquanto que nos livros do americano os protagonistas sempre sofrem e ficam tristes boa parte da trama (sofrimentos e tristezas que parecem ser os mesmo em TODOS os seus romances), aqui nós temos tragédias familiares sempre como pano de fundo.
Em A Vez da Minha Vida (Cecelia Ahern, 2011), Lucy não tem mais motivos para viver: um emprego ruim, acabou de ser abandonada pelo noivo e tem uma família que a considera um fracasso. Vivendo seus dias da forma mais vazia possível, Lucy vive das lembranças do que a vida dela poderia ter sido, sempre vendo o programa de seu ex-noivo na TV, no qual ele faz tudo que os dois planejaram fazer juntos.
Desde o início da história sabemos que Lucy tem um encontro com a sua vida, e que ela recusa esse encontro da forma que pode, por encarar que a forma como vive é a única que ela pode viver. Temos então um problema: não sabemos se essa pessoa que representa a vida de Lucy é parte de uma organização que cuida da vida de cada cidadão do planeta, se é uma entidade ou um alienígena, o que deixa esse aspecto da história muito vazio. Porém, a história tem várias passagens que nos faz pensar na forma que nós vivemos, o que é muito válido.
Mais uma vez, Cecelia traz reflexões muito pertinentes ao leitor, o que faz com que tenhamos uma certa empatia para com os personagens. E o que é melhor: não temos todo a lamúria com luto e morte que ela sempre envolve seus personagens. Só permanece mesmo a paixão por chá.
A vez da minha vida é um pouco desconexo às vezes, mas é uma leitura gostosa e desenrola com facilidade.
comentários(0)comente



Junior 28/02/2018

Estar bem com a sua vida.
A vez da minha vida trata de um livro voltado para o público adulto, que mantém uma narrativa bem New Adult, na verdade não sei a classificação desse livro. Mas se tratando de questões sérias, a autora não tem medo de expor uma verdade sobrecarregada em páginas e mais páginas de um enredo romanceado.
Já li outros livros da autora, confesso que não esperava a mudança na sua narrativa, no começo achei o livro um pouco chato, mas somente com o passar das páginas que a história da Lucy conseguiu me arrebatar. Achei interessante essa pegada de fantasia mesclada com vida real. Fiquei curioso para saber mais da vida da personagem, e durante a leitura me identifiquei em vários momentos com a minha vida.
Me surpreendi com a história, pois apesar de ser um Romance, é um livro que se encaixou na minha vida pessoal, e vários conceitos abordados no livro eu quero trazer como base na minha vida.
Gostei de como tudo se encaixa, a história tem um desenvolvimento legal, personagens com cargas reais. Muito bom ver esse cuidado da autora em transpor a vida real ali na obra.
Adorei a leitura. Foi uma surpresa, o livro pode ser simples mas a mensagem que a autora passa é de uma grandiosidade que somente quem ler vai se sentir atingido.
comentários(0)comente



Julia 26/01/2018

A vez da minha vida que conta basicamente a história de Lucy Silchester que ao voltar do trabalho, encontra um envelope de ouro no tapete e um convite dentro dele para se encontrar com a vida - sua vida. Mas a vida de Lucy não é o que parece. Algumas das escolhas que fez - e histórias que contou - também não são o que parecem. Desde o momento em que ela conhece o homem que se apresenta como sua vida, suas meias-verdades são reveladas totalmente - a não ser que ela aprenda a dizer a verdade sobre o que realmente importa. Lucy Silchester tem um compromisso com sua vida - e ela terá de cumpri-lo. Eu amo os livros da Cecelia Ahern e amo mais ainda chick-lit, nós sempre aprendemos alguma coisa ao ler um livro, as vezes conseguimos colocar essa aprendizagem em prática na nossa vida, pode até demorar, ou nunca acontecer. O que eu quero dizer é que quando a gente lê um livro abrimos os olhos um pouquinho de cada vez, nos questionamos sobre várias coisas que as vezes não fazem parte da nossa realidade, não fazem parte da nossa vida, ou fazemos questionamentos internos tentando entender a vida que levamos, nossas atitudes. E, pra mim, é isso que o livro tenta fazer a gente entender, o quão incrível seria se nos encontrássemos com as nossas vidas, elas estariam satisfeitas? Felizes? Tristes? Com ela aprenderíamos os nossos erros, os mais cegos os defeitos, infelizmente as coisas não são assim, eu sinto que vivo dando tiro no escuro, nós complicamos tudo até o que é simples. Essa história faz a gente se questionar, fez a mim pelo menos.
comentários(0)comente



Coisas de Mineira 20/01/2018

Você tem um compromisso na segunda-feira, 30 de maio. Foi essa a frase inicial que li bem no primeiro capítulo do livro A vez da minha Vida. Ainda desacreditada pela grande coincidência fui conferir no calendário e era verdade... Eu estava no dia 25/05/16 quando comecei a ler e a próxima segunda-feira cairia exatamente no dia 30. Um tanto intrigante não acham?! Não pude deixar de pensar que isso queria dizer alguma coisa, então continuei a ler. No livro a autora Cecelia Ahern conta a história de Lucy Silchester, uma mulher mentirosa que tem um encontro marcado com sua vida. Sim, com sua vida, literalmente, porque a palavra não foi empregada no sentido figurado.




Lucy estava negligenciando sua vida, tentava inclusive fugir desse encontro, mas pressionada pela insistência da vida acaba cedendo. No encontro sua vida – no caso um homem – a coloca contra parede e a incentiva a repensar o modo como está vivendo. Vida é um personagem, todos sabem quem ele é e até interagem com ele. Na história é normal essa coisa de vida materializada em forma de gente, o que achei engraçado e estranho, mas acabei me acostumando. Outro ponto engraçado é o fato da personagem principal ser extremamente mentirosa. Em seus quase 30 anos ela levava uma vida solitária, acompanhada apenas por seu gato, tinha um emprego que não a deixava realizada, sentia-se desconfortável com sua família e amigos e ainda sofria com a falta do ex-namorado que insatisfeito havia terminado tudo com ela. Acontece que Lucy mentia sobre tudo isso e se negava a admitir o quanto sua atitude estava errada.



Achei muito engraçada a forma como a autora construiu a história. Lucy narrava um acontecimento em detalhes para depois terminar dizendo “ok, eu menti”. Acabei ficando com o pé atrás, lendo sempre desconfiada de que aquilo poderia ser mais uma mentira. Porém, isso não fez com que eu perdesse o interesse pelo livro. Na verdade a trama é envolvente e me deixou com uma enorme vontade de descobrir como tudo iria terminar. Vida é um homem feio e suas desagradáveis características físicas se devem ao fato de sua aparência ser um reflexo do que Lucy vivencia. Ela precisa mudar seu comportamento e na tentativa de ajudá-la vida passa a acompanhá-la em seu cotidiano. O que parecia apenas algo engraçado foi se mostrando mais profundo do que eu esperava e no meio de todo esse enredo ainda há espaço para o romance, pois Lucy tem seu coração dividido entre o ex Blake e Don, um possível novo amor.



A princípio o livro me fez pensar em mentiras, essas perigosas mentirinhas que parecem inocentes, mas que acabam enredando o mentiroso em uma teia desconfortável. Depois concluí que o livro não era só sobre mentiras. Acho que elas estão na história apenas para nos fazer perceber o quanto é importante sermos verdadeiros, principalmente com nós mesmos. Lendo também me senti convidada a repensar minha vida e vi que certas questões pessoais são muito íntimas e por isso ficam apenas entre você e sua vida, em um local que só você pode acessar. E que tal embarcar nesse livro para quem sabe também pensar em tudo isso?! Não precisa ser exatamente dia 30, na verdade não há dia, hora ou lugar exato para se refletir sobre a vida! Amei a leitura e recomendo. Beijos.

Por: Nathalia Reis
Site: http://www.coisasdemineira.com/2016/05/livro-vez-da-minha-vida-cecelia-ahern.html
comentários(0)comente



Bia Oliveira 28/08/2017

Resenha do livro A Vez da Minha Vida
Lucy Silchester vive uma vida de mentiras, mentindo para os outros e até para si mesma. Sua vida está um caos, ela conta uma mentira atrás da outra e já não consegue mais desfazer a confusão. Distante da família e amigos e com uma vida amorosa conturbada, pois seu relacionamento com Blake terminou há 3 anos e ela ainda nao entende o porquê do fim.

Depois do término com Blake, ela saiu do apartamento lindo onde moravam e agora mora em um singelo apartamento, sujo e bagunçado. Trabalha para uma empresa na qual odeia, fazendo tradução de manuais e mentiu para o chef e colegas que sabe falar espanhol.
Quando Lucy recebe um convite da sua vida, ela recusa e não da atenção, mas ela começa a receber vários convites, que são entregados pela mãe e até pelo seu chef. Quando ela finalmente se encontra com a vida, fica decepcionada, pois a sua vida não é nada daquilo que ela esperava. A vida é representada por um homem, isso mesmo, um homem representa a vida de Lucy. Ele parece doente, é mal humorado, é feio, tem o cabelo sujo, tem mau hálito e está mal vestido. Vida passa a ficar 24 horas do dia com Lucy, ele a acompanha até no trabalho. Eles têm um acordo, cada vez que Lucy contar uma mentira, vida revelará uma verdade oculta de Lucy. Ela é obrigada a encarar a vida de frente, e assumir para todos e para si mesma tudo que existe de errado com ela. Fazer as pazes com a família, encontrar um novo amor, não será tarefa fácil, mas a vida ajudará Lucy a superar tudo isso.

"Pensei na proposta e não gostei nem pouco dela. Como eu poderia prometer que nunca mentira de novo? Poderia, sim, tentar não mentir, mas, se eu chegasse a um acordo com ele, pelo menos eu teria a bola no meu lado do campo e ele não ficaria rodeando minha vida como um elefante numa loja de cristais."

É um livro divertido, quando você começa a ler e vê o ponto de vista da Lucy, chega a odiar alguns personagens. Depois que a vida aparece e começa a mostrar o caos na vida da protagonista, aí a gente começa a entender a posição das pessoas em relação a Lucy. Sua vida está acabada, mas sendo obrigada a encarar os problemas e pensar em soluções, Lucy terá que dar um jeito de resolver sua vida de uma vez por todas. Achei uma boa lição de vida, parece clichê, mas a definição é essa. Uma boa reflexão para se fazer de que tudo pode mudar, e mudar para melhor. Quando a gente começa a ler, imagina que vai ser autoajuda, mas pelo contrário, os personagens são bem divertidos e o livro rende boas risadas.

site: https://livrosqueapaixonam.blog/2017/06/23/a-vez-da-minha-vida/
comentários(0)comente



175 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |