Golfinhos e Tubarões

Golfinhos e Tubarões Tais Cortez




Resenhas - Golfinhos e Tubarões - O Outro Mundo


152 encontrados | exibindo 91 a 106
1 | 2 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11


Thaís Santos 08/11/2014

Metáfora da vida real...
"Nós não sabemos por que existem tubarões e golfinhos, se já existem peixes. Não é uma questão de entender por que existimos, mas de saber existir sendo o que somos".


Victoria poderia ser apenas mais uma adolescente normal, apesar de sempre se questionar o porque de se sentir tão diferente de todos, principalmente de seus pais adotivos, Ana e Greg. Mas, quando ela completa 15 anos, as coisas começam a mudar realmente. Não só fisicamente, mas ela passou a desenvolver alguns dons, que só a fizeram questionar ainda mais seu passado. Força e rapidez sobre humana combinados a um "acidente" a levam a desejar mais respostas.

É nessa hora que aparecem Vitor e Lisa, dois adultos aparentemente excêntricos, que podem ter mais em comum com ela do que Vic imagina. Eles a levam para Aprendum, um lugar mágico onde Victoria conhecerá pessoas tão "deslocadas" quanto ela. Todos ali tem um dom diferente, o que a intriga e fascina ao mesmo tempo. Logo de início ela faz alguns amigos, mas seu intuito principal é saber mais sobre seu passado e seus pais biológicos. O que ela não contava é que Alex, um meio vampiro, mexeria com outros sentimentos que ela havia guardado durante todo esse tempo.

Golfinhos e tubarões poderia ser apenas mais uma história de amor, misturada a elementos sobrenaturais, mas fui surpreendida com a forma como a Tais conseguiu combinar tudo isso sem usar a fórmula clichê padrão. Os personagens são bem descritos e pensados e o colégio de magia é um elemento que deu ritmo à história. Alguns elementos me lembraram X-Men, mas nesse caso foi um ponto a favor, já que é o tipo de elemento de fantasia que me atrai. Um destaque também para Penny e Thiago, que foram meus personagens favoritos durante a leitura. (E só pra constar, que raiva do Hugo!!!)

Outra surpresa foi o modo como o relacionamento entre Alex e Vic se desenrolou. A autora não deixou de acrescentar cenas românticas, mas elas foram muito bem combinadas à batalhas épicas e capítulos de grandes revelações. Cada vez mais você se vê preso a narrativa e vai descobrindo um pouco mais da verdade junto com a protagonista. É o primeiro nacional que eu leio nesse estilo e valeu muito à pena.

Foi um prazer fazer parte do Book Tour e descobrir um pouco mais sobre esse universo mágico criado pela autora! Golfinhos e Tubarões pode ser descrito como uma metáfora da vida real e, quando descobrimos o que isso significa, é válido parar para refletir nas escolhas que fazemos. Recomendado!!!

" As coisas são simples quando se define aquilo que se quer. E eu o queria. Com todo o meu ser, eu o queria."


site: http://www.missthay.com
Tais Cortez 11/11/2014minha estante
Oiii, Thais!
Obrigada pela resenha!
Gostei bastante!!
E fico feliz q tenha se surpreendido com a história!
Bjss e sucesso ao blog :)




Lara 05/11/2014

Sou um Golfinho *ou espero que eu seja*
Enredo

A história de Golfinhos e Tubarões: O Outro Mundo conta a história de Vic. Ela foi adotada aos cinco anos, mas nunca se encaixou na família. Ela estanha o fato de não conseguir lembrar dos pais biológicos. Porém tudo começa a mudar na vida de Vic, quando após os 15 anos mudanças físicas e psíquicas começam a acontecer com a jovem, e depois de um acontecimento ela recebe a visita de um casal bem diferente. Eles mostram que conhecem os pais dela, e a convidam para um outro mundo, e ela vai devido a sua curiosidade. Lá ela conhece Alex, no qual se encanta facilmente. Só que muitos problemas e segredos cercam os dois e a história de Vic. E ela terá de descobrir e enfrentar muitas coisas para cuidar de quem ama, e descobrir quem é.

Desenvolvimento da história

Recebi esse livro através de um booktour proposto pela própria autora, Tais Cortez *que por sinal é uma fofa*. Só que você deviam ver a minha cara quando eu vi a grossura do livro:
Eu pensei que NUNCA terminaria esse livro no prazo. Só não sabia o quanto eu estava enganada. Eu comecei a ler a obra despretensiosamente, e simplesmente não consegui parar. Não tinha tantas expectativas sobre a obra, mesmo vendo tantos comentários positivos sobre ela, mas me deparei com uma obra MUITO bem construída, equilibrada, cheio de romance, aventura e auto descoberta.
A história é narrada a partir da perspectiva da Vic, e nele podemos ver TODOS os conflitos que se passavam na cabeça dela, porém mais a frente eu falo sobre ela. Logo no começo nos deparamos com a mudança na vida dela, e esse é principal pensamento dela. Logo depois que conhece Alex, tudo muda ao avesso, e os pensamentos dela ficam loucos porque ora está na nova vida dela, ora no homem que ela está aprendendo a amar.

"Era como se eu pudesse enxergar, mesmo no escuro, cada pedra daquele ambiente. Algumas estavam espaçadas, outras amontoadas umas às outras. Conhecer o cheiro daquela primeira pedra fez com que, identificando esse mesmo odor ao redor, eu soubesse exatamente a posição das demais. Elas tinham a aparência de uma névoa densa. Eu estava fascinada."

Personagens

Vic foi uma personagem que me cativou muito, pelo motivo de: Mesmo sendo diferente, ela é normal. Ela tem medos, amores, consegue ser chata e legal, é rebelde, decidida e sabe abrir mão na hora certa. É um misto de confusões, igual a qualquer outra pessoa e eu gostei muito disso nela. Tendo em vista ao que ela passou no decorrer da história, ela é muito forte e persistente, sendo isso uma qualidade.
Alex é uma pessoa de coração bom, mesmo achando o contrário. Ele se mostrou cavalheiro, cuidadoso, atencioso, fiel, bondoso, e tudo que muitas meninas querem para suas vidas. Eu acho que Alex conseguiu chamar minha atenção pelo motivos de se importar tanto com a amada dele. E mesmo sendo tachado de "monstro" por tantas pessoas, ele consegue mostrar aos leitores que ele não é, mesmo pensando o contrário.
Os personagens secundários tem MUITA importância no decorrer da obra, e Taís fez de um jeito que eu gostei DE *quase* TODOS os personagens, o que é extremamente raro pra mim, porque eu normalmente fico indiferente com relação a eles.

Diagramação e Conclusão

Adorei a diagramação do livro, letras bem visíveis que deu pra facilitar e MUITO minha leitura. A capa ficou linda, e eu não tenho mais o que falar sobre a diagramação. Tenho a dizer UMA coisa: Amei. Tenho que pedir obrigada a Taís por te me chamado, porque sem isso, eu teria perdido a oportunidade de conhecer essa história LINDA, FASCINANTE que ela criou. Essa entra pro hall de uma das melhores leituras que fiz esse ano, e já quero ler outras obras da autora, porque SINCERAMENTE, ela merece uma ovação linda.

"(...) mesmo enfurecido, ele era a pessoa mais linda que eu já tinha visto. Não, ele era o anjo mais lindo, pois seu rosto era um insulto à humanidade."

site: http://www.pausaparaumlivro.com/2014/11/golfinhos-e-tubaroes-o-outro-mundo-tais.html
Tais Cortez 05/11/2014minha estante
Nossaaaaa que resenha lindaaaaa, Tamirissss!!!
Amei mto!! Estou até emocionada e surpresa!
Adorei a forma como estruturou a resenha, falando das suas expectativas iniciais, surpresa com o começo da leitura, a história em si e os comentários sobre os protagonistas e personagens secundários!
Q deliciaaaaaaa saber q a leitura tenha agradado tanto a ponto de ser uma das melhores do ano!! Q honra! Rss
Tb fico mto feliz por vc ter participado do book tour, não soh pela experiência da leitura e do prazer em ler essa linda resenha, mas Tb por ter conhecido uma pessoa fofa como vc! Rss
Obrigada pelo carinho q tem por mim e meu bb!
Bjsss e sucesso ao blog!




Ludy 23/10/2014

Golfinhos e Tubarões - Tais Cortez
Sabe aquele livro que é tão bom que você tem vontade de ler até a lista de compra do escritor?

Então esse livro é Golfinhos e Tubarões...

Victoria sempre sentia como todo adolescente ou seja deslocada como se não fosse desse mundo,só que em seu caso não era mesmo, ela foi criada por pais adotivos no mundo dos humanos após a morte misteriosa de seus pais quando tinha apenas cinco anos mas apesar da idade não guardava nenhuma recordação dos mesmos(O que era muito estranho). Tudo começou a piorar quando ela começou a mudar, apesar que seus pais adotivos pareciam não notar nada, assim ignorando todas essas transformações anormais que acontecia e que eram visíveis. Ela pensava que tudo está sobre seu controle, até que um dia seus pais foram atingido sendo lançados e presos em uma parede onde acabaram desacordados com impacto. Depois dessa manifestação seus pais se tornaram mais distantes e com medo acabaram mandando a para um manicômio ou pelo menos era isso que acharam, assim um casal desconhecido chamado Lisa e Victor que parecia conhecer seus verdadeiros pais, ofereceram ajudar levando - a para uma escola onde poderia aprender a controlar as suas transformações. Lisa mostrou uma visão para ela do lugar onde ela estaria indo, foi quando ela conheceu o um menino de cabelos pretos e olhos azuis que a fascinaram. Victoria aceitou o convite de ir com eles para aprender se controlar, conhecer aquele misterioso menino da visão de Lisa e descobrir a verdadeira história de seus pais, e assim que conseguisse se controlar voltaria para o mundo dos humanos.
Tais Cortez 22/10/2014minha estante
hahaha até minha lista de compra? rss
vc eh uma fofa, Ludy!
Obrigada por compartilhar o q achou!
Fico mto feliz q tenha gostado!
Bjss
:)




SAMUEL 16/10/2014

Um Romance, Uma Aventura
Golfinhos e Tubarões, a despeito de ser o primeiro lançamento da autora, não é o primeiro livro que li da Tais. Tive a oportunidade de conhecê-la por meio da obra O último homem do mundo, e mesmo sendo de um estilo que não costumo ler, a leitura me agradou bastante. Agora, tive a oportunidade de conhecer seu primeiro trabalho, através de um book tour realizado pelo blog Cápsula de Banca em parceria com a autora.

O livro conta a história de Victória, filha adotiva de um casal bem sucedido, mas bastante ausente. A vida da protagonista muda radicalmente quando seus poderes sobrenaturais começam a se manifestar e ela perde o controle sobre deles. A partir daí, adentramos um novo mundo, cheio de possibilidades fantásticas onde os limites por nós conhecidos não existem.

Taís conseguiu elaborar seu mundo fantástico de uma forma bastante criativa. Somos apresentados a diversos jovens, cada com uma habilidade sobrenatural diferente. Com uma narração em primeira pessoa, a autora transforma os olhos da protagonista em nossos olhos, já que ela conhece tanto daquele mundo quanto o leitor. Assim, vamos desvendando os mistérios junto com Victória, e nos envolvendo cada vez mais com aquele mundo e com aquelas pessoas extraordinárias.

Em meio aos novos colegas de Victória, encontramos o enigmático Alex. A protagonista se vê descontroladamente atraída pelo rapaz, de uma forma quase obsessiva, e busca conhecê-lo e se aproximar, ainda que ele tente repeli-la. O sentimento repentino de Victória por Alex chegou a me incomodar, por ser muito intenso para um desconhecido, mas no decorrer da trama, Tais nos mostra que há uma justificativa para aquele sentimento, algo que nem mesmo Victória tinha conhecimento.

O comportamento de Victória diante de Alex, e o excesso de elogios que, em pensamento, ela direcionava a ele foi um pouco excessivo para mim, que sou metade ogro, mas não deixa de ser verossímil para uma jovem de sua idade.

Ainda que o livro tenha um grande enfoque romântico, Tais conseguiu me surpreender com os últimos capítulos, onde há um pico de ação, e cenas descritas com habilidade, sem abrir mão da violência, quando essa se mostra necessária. A batalha final é empolgante, muito bem escrita e fecha a história sem nenhuma ponta solta.

Golfinhos e Tubarões é um livro muito bem redigido, com um português claro e corretíssimo. A edição é bem feita, com um papel e diagramação confortáveis, além de uma belíssima capa.

Super recomendado para quem gosta de um romance com boas doses de aventura e sobrenatural.

site: http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/2014/10/resenha-golfinho-e-tubaroes-o-outro.html
Tais Cortez 16/10/2014minha estante
Oii, Samuel!
Obrigada pela resenha!
É bem interessante ver a sua visão de homem "ogro" do livro rsss e fico feliz q, embora ele tenha esse enfoque romântico, tb tenha elementos de ação q o cativaram!
Absss e sucesso ao blog :)




Bia 15/10/2014

se você gosta de suspense, aventura e romance, supeer indico esse livro
Esse livro conta a história de Vic, uma garota de 18 anos que não é nada comum e acaba de descobrir um mundo novo e diferente, ao qual ela realmente pertence.
Ao chegar nesse novo mundo Vic conhece Alex e parece que os dois tem um centro gravitacional, que sempre está chamando o outro. Eu achei meio estranho esse sentimento surgir logo de cara Mas calma, logo tudo é explicado.
No começo parece que a paz reina no lugar, Zápia é um local onde a palavra utopia quase existe, se não fosse pelos vampiros

A narração está em primeira pessoa, vemos tudo através dos olhos de Vic. A história está repleta de suspense e ação, fazendo com que a leitura flua bem rápido, as 422 passam que você nem vê

Tais encerra deixando algumas pontas soltas para o segundo livro
(que eu estou mega curiosa para ler *-*)
Então, se você gosta de suspense, aventura e romance, supeer indico esse livro \o/


site: http://maisumleitor.wordpress.com/
Tais Cortez 15/10/2014minha estante
Oi, Bianca!
Obrigada pela resenha!
Q bom q ficou curiosa ao final rsss?realmente a continuação responderá mts dos mistérios do final!
E q bom q a leitura fluiu rápido para nem sentir as 422 pags! rs
bjss e sucesso ao blog!




Bagagem 10/10/2014

Resenha para o Blog Bagagem Literária
Golfinhos e Tubarões
Por: Tiago Bezerra Souza


Se me perguntassem quais os 2 melhores livros que você leu em 2014 eu diria sem sombra de duvida 1 A Culpa é das Estrelas, 2 Golfinhos e tubarões.
Nunca fiquei Tao fissurado em um livros desde ACEDE. Serio esse livro praticamente me tirou de mim mesmo.
Golfinhos e Tubarões ou GeT (como e chamado por seus fãs e a autora) conta a historia de Victoria uma garota que foi adotada aos cinco anos por Ana e Greg. teve uma vida boa já que seus pais eram super ricos, 10 anos depois quando fazia 15 anos ela começa a mudar (não daquele jeito que todos as meninas mudam) Mas mudar de um jeito diferente ganhando poderes sobrenatural

foi após o meu decimo quinto aniversario que as coisas começaram a mudar. Fui me tornando cada vez mais forte e rápida, e alguns dos meus sonhos fossem premonições de situações próximas a acontecer. Minha pele se tornou ainda mais pálida do que já era, como se eu tivesse em constante estado de pós desmaio, e meus cabelos ruivos escureceram dia após dia, tornando-se completamente negros
Esses poderes passaram despercebidos, até que um dia eles resolveram se mostras aos pais de Vic,digamos que não foi muito boa a apresentação, causando um grande desastre . Digamos que esse foi o ponto inicial da maior transformação da sua vida, pois ela recebe a visita de um casal, Vitor e Ana, que a convida para um lugar especial para jovens como poderes especiais (Não, não é o instituto Xavier) para que ela aprenda a controla-los. Ela vai com ele achando que pudesse saber mais sobre o seu passado.
Cada dia cada aula deixa ela mais apaixonada pela sua escola, junto com seus amigos que também tem poderes especiais ,Penny, Bem, Thiago (euuuuuuuuuu #soquenao)Alice, verônica, Ana,Jasper e outros, ela vive muitas aventuras e um romance proibido com um garoto.

A ninguém era permitido ser tão feliz sem que fosse cobrado um preço por essa felicidade. Não importava eu pagaria o que fosse para estar com Alex. As coisas são simples quando se define aquilo que quer ser. E eu o queria .Com todo meu ser eu o queria.

Encoberta de perguntas sobre seu passado e sobre seu amos proibido ela passa seus na escola procurando resposta e jeito de liberta esse amor.
Essa Historia envolvente mexe e lhe deixa sem ardo começo ao fim do livro. Você tão apaixonado pelo livro que quando termina sente saudade dele, suas folhas, seus cheiro, sua capa deixa você loucamente amarrado. Só aqueles que já leram sabem do que eu to falando


site: bagagemliteraria1.blogspot.com
Tais Cortez 10/10/2014minha estante
Oiii, Tiago!
NOSSA! Sua resenha me deixou emocionada :)
Percebi o qnt vc foi envolvido pela história e eh uma honra ter criado algo q causou um impacto tão forte e positivo em vc!
Achei incrível vc ter dito q sentiu saudades qnd terminou e agradeço por todos os comentários q fez, n soh aqui, mas durante a leitura. Reações como a sua são um presente q não tem preço!
Obrigada :)
Bjss e sucesso ao blog!




Séfora 23/09/2014

Resenha feita pelo blog
Não sei bem como contar a história, é um pouco complexo e o livro é muito bom, daqueles que te deixa leve, e sem saber o que falar, então vamos ver o que vai sair.
O livro começa é narrado em terceira pessoa, e o ponto principal da história é a Victoria, ele começa contando a história dele, que foi adotada quando ainda era uma criança por Ana. Victoria vivia uma vida chata, que ela não gostava, a sua família era apenas aparências e as coisas pioraram ainda mais quando seus poderes começaram a se manifestar e prejudicar muito mais sua vida social e familiar.
Depois de receber a visita de uma casal totalmente desconhecido, ela é levada para um castelo chamado Aprendum, lá, ela faz muitos amigos, e começa a descobrir a natureza dos seus poderes, mas ainda assim, muitos mistérios a cercam, dentre eles, o porque de ela não lembrar nada sobre os seus pais biológicos e nem da sua infância antes de ser adotada.
Em Aprendum, Victoria conhece Alex, e a partir desse momentos passa a ser impossível ficar longe dele, pois por mais que ele tente se afastar dela sempre acontece algo que acaba colocando-a em perigo, fazendo com que ele inevitavelmente saia correndo para protege-la, e mesmo enquanto ele tenta se manter longe, Victoria fica cada vez mais e mais interessada nele, sendo assim, acaba tornando-se impossível ficar longe um do outro, então, eles se apaixonam.
E sim, eles começam a namorar. Até essa parte parece que está tubem bem né. Eles estão namorando, então o livro poderia acabar. Mas é nessa parte que eu me enganei, o livro ainda possui muitas paginas, então ainda tem muita coisa para acontecer.
Alex é um rapaz (gato), muito cuidadoso, mas não só cuidadoso com a segurança de Victoria, ele tem um segredo, o que o torna muito misterioso e ele faz de tudo para que Vicky não descubra. Vistoria tenta levar o relacionamento ao normal, mas Alex também é órfão e com um tempo os mistérios da vida dele começam a vir a tona, envolvendo também a morte dos pais biológicos de Victoria. E um fato que eu esqueci de mencionar, Alex é um meio vampiro, porque o pai dele era um vampiro que se casou com uma humano, e acabou sendo assassinado por seu próprio irmão.
Cada pessoa possui um poder, no caso de Vistoria e Alex, eles possuem alguns a mais, como, super força e velocidade.
Acho que a partir daqui da para perceber que o livro traz uma pegada de crepúsculo, Harry e outros livros muitos famosos de fantasia e ficção que existem por ai, mas a contrario do que muitos pensam, de que siso faz o livro comum está errado. São esses fatos que o fazem único. O livro é realmente muito bom. As atitudes dos personagens são sempre inesperadas e até um pouco malucas.
A narrativa é leve e gostosa de acompanhar, é daquelas que descreve tudo o que acontece, mas que não deixa nada entendiante e chato, é tudo muito bom. As emoções e sentimentos dos personagens são tão bem descritos que da para se sentir dentro livro de todas as formas possíveis, é impossível parar de ler. Os últimos capítulos são eletrizantes, e apesar das dificuldades da relação de Victoria e Alex, o amor se torna cada vez mais forte.
Então a conclusão é que eu: SUPER RECOMENDO QUE COMPREM.



site: seforasilva.blogspot.com
Tais Cortez 23/09/2014minha estante
Oiii, Séfora!
Adorei a resenha! Obrigada :)
Vc realmente soube colocar as informações certas para não dar spoiler e deixar o leitor curioso!!! rss
Fico mto feliz q tenha gostado!
Bjsss e sucesso ao blog!




Leeh 18/09/2014

Resenha #77 do blog Mãe, tô escrevendo
VOCÊ ARRISCARIA SUA VIDA PARA SALVAR UM AMOR QUASE IMPOSSÍVEL ?

Ana e Greg adoraram uma pequena menininha ruiva que tinha ficado órfã aos 5 anos e viveram dias, ou melhor 13 anos alimentando uma família de aparências. Victória por sua vez, tinha crescido e algumas transformações em seu corpo a incomodavam, fazendo também com seus amigos da escola ficassem cada vez mais distantes. Seus pais adotivos só perceberam a gravidade do que estava acontecendo com a filha quando se viram a beira da morte.

Em Golfinhos e Tubarões, o outro mundo temos a oportunidade de conhecer um pouco da estória de Victória contada detalhadamente por ela mesma, o que torna cada segundo um conhecimento maior de tudo que a protagonista deste incrível romance fantástico passou para finalmente se ver como parte do outro mundo.

Após passar por um momento assustador com seus pais adotivos, Vic recebe a visita de Victor e Lisa, professores da escola Aprendum, um internato somente para pessoas com habilidades especiais, assim como os X- mens. Em Aprendum tudo é diferente, primeiro por ser um enorme castelo cercado por uma enorme reserva florestal e segundo por proporcionar aos alunos aulas específicas para aprimoramento de seus dons, na nova casa Vic conheceu diversas pessoas especiais com dons magníficos e aos poucos foi percebendo que ela não era a única que tinha mudado com o decorrer dos anos. Mas o verdadeiro motivo de ter aceitado ir com Victor e Lisa era outro muito mais bonito, muito mais forte, muito mais impecável, muito mais perigoso e ele tinha nome, Alex.

Victória nunca aceitou o fato de que seus pais haviam morrido da forma que lhes fora contado e desde que chegou a Aprendum tinha dois objetivos: conquistar Alex, o garoto que todos tinham medo e que também era o mais recluso do grupo e descobrir a verdadeira causa da morte de seus pais. O que Vic não poderia imaginar e que muita coisa estaria ligada a morte de sua família e que isso a machucaria de uma forma tão intensa que ela poderia mudar afim de vingança.

Quando eu tive a oportunidade de ler O Ultimo Homem do Mundo da mesma autora me deparei com uma estória parcialmente real, em que boa parte do que acontecia me fazia lembrar alguma coisa da vida ou da minha ou da de conhecidos, de certa forma me senti inserida naquele contexto. Porém Golfinhos e Tubarões me tocou mil vezes mais, fiquei "amiga" de todos os personagens, senti raiva de outros e muitas vezes sorri ao pensar como era bonito determinado gesto. Quem me conhece sabe que eu nunca li Harry Potter, porém que já vi todos os filmes milhares de vezes e que sei a estória de frente pra trás e de trás para frente, Aprendum o internato em que Vic fica hospedada me recorda muito Hogwats e a separação de grupos, mesmo que como em escolas normais se assemelha a divisão de casas. Além destas pequenas semelhanças é possível fazer mais algumas pequenas comparações com X-Men e Crepúsculo. Mas não subestime a leitura achando que é algo repetido ao que você já viu, em Golfinhos e Tubarões a autora teve a maestria de com simples palavras demostrar que o mundo novo que ela criou era repleto de perigo, aventuras, amor e muita beleza. Ao referir-me a beleza, gostaria de ressalta que TODOS os personagens são descritos de forma excepcionalmente detalhada, deixando o leitor com a criatividade e a imaginação impecavelmente perceptíveis ao que o livro tenta passar.

Gostaria de dizer para vocês que ao final da leitura eu abracei o livro e fiquei pensando em como uma estória de amor pode se mesclar com tanta coisa, Alex e Victória poderiam desde o primeiro momento terem sofrido por serem tão diferentes e por Alex ter um limite de aproximação determinado por sua habilidade. Porém Victória soube desde o primeiro segundo que ela lutaria pelo amor dele mesmo que para isso tivesse que correr riscos a todo o tempo. Ela não ficou se lamentando como muitas personagens ficam, ela foi forte e tentou ao máximo transformar suas habilidades em uma defesa contra o mal que existi em seu amado, ela provou desde o momento em que olhou pela primeira nos olhos Azuis de Alex que ele seria seu amor para sempre, para mim ela teve quase que um imprinting de tão forte que é a relação deles no decorrer do livro.

O ponto chave da estória foi o crescimento de TODOS os personagens, nenhum deles deixou a desejar. A diagramação está muito boa e o melhor de tudo é que o livro mesmo sendo grande é muito leve, isso proporciona ao leitor um conforto muito grande, fazendo com que leia mais rápido,lógico que a estória ajuda muito e a escrita da autora também, mas este fato é sem dúvidas a peça chave para uma leitura gostosa, prazerosa e reconfortante. Super indicado !!


Quotes:

" As coisas são simples quando se define aquilo que se quer. E eu o queria. Com todo o meu ser, eu o queria. "

"[...] A vida era muito mais fácil antes de você chegar - Sorriu, amargurado.- Você é cada pensamento do meu dia."

"Então, eu me dei conta de que , por ele, eu estava disposta a correr aquele risco. Estava disposta a morrer para estar ao seu lado."

"Dizer que estava apaixonada seria chamar de garoa o que, na verdade, era um dilúvio."




site: http://maetoescrevendo.blogspot.com.br/2014/09/resenha-77-golfinhos-e-tubaroes-o-outro.html
Tais Cortez 18/09/2014minha estante
Adoreiii a resenha, Leticia!
Fico mtooo feliz por ter se sentido tão tocada!
Tb gostei das fotos q tirou do livro, ele parece um modelo! rsss
E alguns dos quotes q escolheu são meus preferidos!!!
Obrigada pelo carinho, vi q meus 2 livros estão como seus favoritos no skoob e me sinto mto honrada por ter criado algo q conquistou seu coração!
Bjsss
e sucesso ao blog! :)




Dani 07/09/2014

Viagem MARAVILHOSA!
Em "Golfinhos e Tubarões" iremos conhecer Victoria, uma jovem de 18 anos que passou por umas transformações nada comuns na sua adolescência e desde então sua vida não tem sido fácil. Vic foi adotada aos 5 anos por uma casal de empresários da alta sociedade, que optaram por não ter filhos para não comprometer o trabalho, mas necessitavam de uma "família de aparências". Ela teve de tudo: boa educação, boas atividades, tudo da melhor qualidade, mas nunca se sentiu completamente integrada e não possuía uma relação muito afetiva com seus pais, Ana e Greg.

Quando Vic completou 15 anos ela sentiu mudanças fortes em seu corpo: sua força, seus sentidos, sua agilidade. Não bastasse isso algumas mudanças físicas ocorreram, não tão bizarras, mas com um alto grau de "inexplicabilidade". E ela percebeu que as pessoas a sua volta a repeliam mais do antes. A gota final foi em uma noite em que ela perdeu o controle sobre algo que não tinha consciência, destruindo a sala da sua casa e "pendurando" seus pais desacordados em uma parede. Vic estava decidida a fugir, até receber duas visitas especiais.

"Nós não sabemos por que existem tubarões e golfinhos, se já existem peixes. Não é uma questão de entender por que existimos, mas de saber existir sendo o que somos".



Vic então, é levada por Vitor e Lisa para Aprendum, um castelo-escola em uma "dimensão" limiar ao convívio humano, onde as pessoas com habilidades especiais como Vic pertencem. Eles vivem como em uma comunidade regida por valores, e nesse Castelo os jovens descobrem e desenvolvem suas habilidades. Quem aí gosta de X-men? Vai curtir esse livro! Uma pessoa geralmente consegue desenvolver apenas uma habilidade em um dos 5 campos, mesmo que ela tem potencial para mais de uma, é preciso dedicar toda a sua vida a aprimorar sua habilidade e buscar descobrir outras. Uma coisa que eu achei legal mas não tão lógico é que você pode ser filho de pais completamente humanos e ainda assim pertencer ao Outro Mundo.

Os 5 campos de habilidades são: Força, Sentidos, Premonições, Mente e Elemental. As disciplinas de Aprendum estão relacionadas a esses campos e todos os alunos devem frequentar todas as aulas para explorar e descobria sua(s) habilidade(s). Sim! É tudo muito deslumbrante Sim! Lembra Hogwarts de alguma forma, mas Victória não pensa em ficar por lá. Tudo o que ela sabe é que ela tem algo que precisa aprender a controlar e que isso é devido a sua ligação com os pais biológicos. Ela aceita a ir para Aprendum por 3 motivos: controlar suas habilidades, descobrir mais sobre seus pais que parecem ser bem famosos e desvendar que é o lindo e intrigante rapaz que ela viu em uma "visão". Feito isso, ela planeja voltar para a "vida humana". Tá bom...

Evidentemente, a vida de Vic muda por completo a partir do momento em que ela chega a Aprendum, ela irá fazer amigos, pessoas que a entendem e a admiram. Compreenderá que fazer parte do Outro Mundo vai além de conhecer e dominar suas habilidades. Irá viver uma ciranda de pedra com o jovem Alex, um meio-vampiro por quem ela parece ter uma atração inevitável e vital mesmo que letal. E desvendará mistérios sombrios e dolorosos sobre o seu passado que podem mudá-la completamente. "Complexo"!

" As coisas são simples quando se define aquilo que se quer. E eu o queria. Com todo o meu ser, eu o queria ".

Foi uma leitura extremamente prazerosa! O livro é narrado em primeira pessoa pela Vic e a escrita da Taís proporciona uma narrativa intensa, sensível e muito imersiva. Em alguns momentos eu achei que os fatos eram repetidos demais (como lembretes/flashbacks) e isso deixou o livro um pouco mais denso do que o necessário, mas nada que atrapalhe a dinâmica de leitura. Outra coisa que me incomodou um pouco foi o romantismo ferrenho com que a Vic enxergava o Alex às vezes, eu preferia as passagens em que ela não o idealizava tanto. Mas a linguagem geral, as metáforas, as descrições, os diálogos são deliciosos!


Foto: Eduarda Cardoso, blog Amo Livros
Gostei muito das personagens, muito bem construídas, personalidades bem marcadas e as relações entre elas foram bem desenvolvidas. Penélope, Ana, Verônica e Vitória são o tipo de "quarteto" que me lembrou a mim e minhas amigas, então eu fiquei feliz em me identificar nessa relação. Além de que os outros amigos e colegas de Victória também eram divertidíssimos ou nem tanto. Acho que não tem como não se sentir acolhido pelo carinho de Lisa e até mesmo a rigidez de Vitor é aconchegante. Hugo foi o professor que me deixou um pouco sismada às vezes.

Toda a evolução da história e das personagens foi bem elaborada, a forma como as pontas se amarram ao final me pareceu bastante satisfatório. Encontrei pouquíssimos erros de revisão nessa edição, mas achei o material de impressão e encapamento um tanto frágeis. No mais, a diagramação é simples e extremamente confortável para leitura, que agregada à agilidade narrativa faz a leitura fluir muito bem. Realmente gostei da história, do mundo e da narrativa de Tais! Acho muito válido a recomendação dessa leitura para quem curti fantasia, romance, mistério, aventura... tem um pouquinho de tudo! Nacional RECOMENDADÍSSIMO!

Agradeço a Tais pela oportunidade de participar do Book Tour, e desejo que os próximos leitores desse livro se divirtam e sejam afetados por ele tanto quanto eu fui, que seja uma leitura deleitosa! Tais, quero ler mais coisas escritas por você, por favor!!!

site: http://1000-vidas.blogspot.com.br/2014/09/book-tour-resenha-20-golfinhos-e.html
Tais Cortez 08/09/2014minha estante
Dani, ADOREI a sua resenha!
E achei especialmente interessante vc ter se identificado com o "quarteto" e ter sismado com o Hugo (pq ele realmente causará problemas na continuação!!! rsss)
Agradeço o carinho com que escreveu sua resenha, pois foi realmente perceptível o quanto gostou e foi envolvida pela história!
Bjsss
e sucesso ao blog :)




Anne Viana 02/09/2014

Victoria vivia em uma família de aparência,em um mundo de aparência em que para sua mãe adotiva a única coisa que importava eram as festas sociais,trabalho e dinheiro.
Até que um incidente acontece e a vida de Vic muda radicalmente,após esse acontecimento ela é enviada para uma escola em que ela iria aprender como controlar e aprimorar suas habilidades.
Chegando em Aprendum ela conhece Alex,um garoto mestiço por quem se apaixona assim que o vê pela primeira vez e para surpresa e emoção de vic o sentimento é mutuo,mas a um porém,de inicio Alex se dedica a permanecer afastado a fim de protegê-la,o que Vic não aceita muito bem.
Junto com seus novos amigos nesse mundo novo e mágico,Alex enfrentar seu pior inimigo o passado!

A estória é bem cativante,a leitura flui rápido que quando você menos espera já acabou e querendo ou não você fica com um gostinho de quero mais.
Não consegui me apegar a protagonista,um pouco chatinha,mas adorei as amigas dela,Penny,Ana e Veronica.
Pra quem gosta de Harry Potter (como eu) e Crepusculo vão gostar bastante,pra vocês entenderem um pouco a estória Golfinhos e Tubarões é uma mistura desses dois mundos,em que envolvem castelos,habilidades,vampiros bons e maus,um mundo humano e outro mágico,batalhas e guerras entre o bem e o mau,tudo interligado.
Gostei muito da premissa e da estória mas senti um pouco de falta de originalidade em algumas partes,as vezes eu pensava que estava lendo Crepúsculo e em outra hora entrava no mundo mágico de Harry Potter e isso me incomodou um pouco.
Mas fora isso gostei muito do livro e espero que tenha uma continuação,pra quem curte um livro nacional e esse gênero de Fantasia,vocês irão gostar :) Recomendado!!!!!!

Resenhei também no meu blog


site: http://livroaoavesso.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Eve Barcelos 24/08/2014

Golfinhos e Tubarões - Por Evelyn Barcelos
Victoria é órfã desde os 5 anos e não se lembra de seus pais biológicos. Foi adotada por um casal, Ana e Greg, que se importa mais em mostrar à sociedade que tem uma família feliz, do que realmente ter uma família feliz. Aos 15 anos, Victoria, começou a mudar: seus cabelos vermelhos começaram a escurecer, sua velocidade e força aumentaram surpreendentemente, sua audição ficou muito aguçada e alguns de seus sonhos se tornaram realidade.
Após um incidente com os pais, onde eles ficaram grudados no teto, ela se sente super culpada e eles não disfarçam o medo que passaram a sentir. Aos 18 anos, Victoria recebe a visita de Lisa e Victor, casal um tanto quanto esquisito, que propõe que ela vá para uma escola onde aprenderá a controlar suas habilidades. E é lá que ela conhece Alex, um rapaz misterioso de olhos azuis brilhantes, que não se aproximava de ninguém, até a sua chegada.

Na escola, todos os alunos possuem habilidades únicas: controlar os 4 elementos, voar, super força ou velocidade, ler pensamentos, etc. A primeira pessoa que Victoria conhece e que se torna sua amiga é Penélope, uma ruiva que está aprendendo a controlar o fogo. Desde o início, Victoria disse a si mesma que assim que aprendesse a controlar seus poderes, voltaria pra casa e poderia ter uma vida normal. Com o passar do tempo, tal pensamento vai se desfazendo, já que ela começa a se apegar aos amigos, aos professores, ao local e principalmente à Alex.
Alex é um meio-vampiro que evita qualquer contato com os outros alunos e professores, mas já na primeira aula de Vicky, a salva de um possível acidente. A partir daí, Victoria se torna cada vez mais decidida à se aproximar, lutando contra a frieza e esquivas de Alex.

É impossível não notar as semelhanças com X-Men. Lisa me lembrou a Tempestade e a Alice é a "cara" da Jean Grey, por exemplo. Mas - felizmente - o rumo da história é bem diferente e a gente para de pensar nisso. O livro conta com romance, mistério e ação, o que torna a leitura fácil, mesmo com suas mais de 400 páginas. Porém, achei o romance fraco. O amor incondicional entre Vicky e Alex, que aflorou desde a primeira vez em que eles se viram (mesmo ele não deixando isso claro), pareceu forçado e não me convenceu. Com o desenrolar das história e as revelações que vão surgindo, ficou mais aceitável, mas ainda assim não me fez suspirar ou torcer muito pelo final feliz dos dois.
O mistério em torno da morte dos pais de Vicky deixou a história mais excitante e eu realmente me surpreendi quando ele foi revelado. Acho que nesse ponto a autora conseguiu amarrar bem as coisas. E outro ponto que gostei muito, e que poderia ter sido mais explorado, foi a luta que ocorre entre os mocinhos e os vilões no final. Achei a cena muito rápida e com menos detalhes do que deveria. Mas no geral, o livro é muio bem escrito e consegue entreter bem.
Pra quem gosta deste tipo de ficção, é uma boa pedida!

site: http://www.pensamentoseminstantes.com.br/
comentários(0)comente



Gabrielle 02/08/2014

ABCD dos Livros
Victória, ou simplesmente Vick, é uma garota órfã desde os seus 5 anos de idade.
Foi adotada por um casal chamado Ana e Greg. Apesar de não terem problemas para ter filhos, decidiram adotar, pois Ana era dona de uma empresa de Cosméticos e Greg era um advogado muito bem sucedido. Com cargos muito grandes, nunca tinham tempo para nada, somente focar no trabalho, e com uma criança recém nascida atrapalharia todos os seus planos de carreira.
Se interessaram por Vick assim que a viram no orfanato. Uma garotinha de 5 anos, ruiva de olhos castanhos, linda. Porém sem pais, cujo morreram de uma doença rara.

Com o tempo passando, Vick percebeu que seus pais adotivos não eram tão amorosos assim. Sempre trabalhando e nunca dando atenção a nova filha, por isso contratavam empregados para cuidar dela. Mas sempre que Vick se apegava à eles, os pais trocavam de seus empregados. Não gostavam muito da ideia de Vick preferir os empregados. (?)
Mas claro que ela não era uma criança isolada, tinha seus amigos na escola e participava de muitas festas luxuosas, que era obrigada a ir.
Porém tudo começou a mudar quando completou 15 anos. Começou a se sentir estranha, seu CABELOcomeçara a mudar de cor *para preto* e uma vez prensou seus pais contra a parede no ar, além de ser muito forte e de uma rapidez inumana.
Com tudo isso acontecendo, Vick notou que seus amigos se afastaram totalmente e seus pais começaram a brigar todos os dias por sua causa, claro que não brigavam na sua frente, mas por ter a audição aguçada, ouvia tudo.
E foi assim até seus 18 anos.
Um certo dia, Vick ouviu barulho de carro no quintal de sua casa, e percebeu que duas pessoas estavam ali. Quem eram eles?
Ouvindo toda a conversa que seus pais estavam tendo, concluiu que ela seria levada a uma clínica. Estaria ela louca? Seus pais mais preocupados que tudo. O que achavam que ela poderia fazer? Matá-los?

Foi chamada para conversar a sós com eles. E assim que entrou na cozinha, pode conhecer quem eram. Lógico que ela não os reconhecia, mas eles a reconhecia.
Em meio a conversa, Lisa e Vitor *as duas pessoas que visitaram a casa de Victória*, soltavam coisas como: você se parece tanto com sua mãe, seus cabelos mudaram, etc.
Quer dizer que a conheciam. E pior, conheciam seus pais. Mas como assim?
Lisa apressou em se explicar, e por que do motivo de virem a seu encontro.
Vick era uma garota diferente, não era uma humana. Disseram que queriam levá-la a Zápia, onde era seu lugar. Onde tinha milhares de pessoas iguais a ela. Ela tinha poderes extraordinários, porém tinha muito o que fazer para poder dominá-los por completo. Sem contar que seus pais eram muito conhecidos por lá.

Ela iria para a "escola", lugar chamado Aprendum, onde iria morar e ter aulas para controlar seus dons. Para provar o que eles disseram não era loucura, Lisa colocou Vick em uma visão de seu verdadeiro mundo. Lá ela viu cerca de 40 pessoas, treinando seus poderes. Passeou pelo castelo e viu algo que realmente a impressionou.
Sentado em uma janela, um rapaz extremamente branco, de um olho azul profundo e de cabelos negros, mais negros que a noite. Tinha um rosto angelical. Era perfeito demais para ser verdade.
Decidida, partiu com os dois. Claro que seus pais acharam que ela estaria indo para uma clínica.
Se despediram de uma forma fria, sem direito a abraço nem beijos. E partiram.
Uma nova vida estava começando para ela. Mas não ficaria por muito tempo, seu desejo era saber aprender como dominar seus poderes.

No começo foi bastante estranho, ela iria demorar para se acostumar. Porém logo no primeiro dia fez amizade com Penélope, uma garota com cabelos ruivos rebeldes e de olhos laranjas. Se tornaram amigas pois Penny foi sua guia durante o dia.
O garoto angelical que viu durante a visão, não demorou muito a aparecer. Ele era lindo, um colírio local. Mas Vick sentiu que ele não era como os outros. E queria saber o por quê.
Hipnotizada por sua beleza, Vick tentava a todo instante falar com ele. Mas ele se recusava. Agora, além de sua beleza, ela queria saber o que tinha de tão diferente nele. Por que se recusava ser seu amigo? Por quê era ignorante com ela? E por quê seus benditos olhos azuis se transformavam pretos imediatamente assim que a tocava?
Fora o garoto de rosto angelical, ela estava muito intrigada sobre seus pais. Como poderiam serem tão famosos em seu mundo? O que havia acontecido? E por que não se lembra de nada a partir de seus 5 anos de idade? Alguma coisa havia apagado sua memória?
Eram tantas perguntas e ninguém lhe contava a verdade.
Como ela lidará com tais problemas? Será que conseguirá enfrentar tudo sozinha?


Confesso que fazer essa resenha foi muito fácil, mas eu queria contar mais. Porém ia soltar bastante spoiler. HAHA, poupei vocês.
O livro é magnífico, li em 5 dias. Demorou mas valeu a pena esperar esse Book Tour.
A Tais inventou um mundo realmente fantasioso. Um mundo onde se podia encontrar de tudo. Desde unicórnios até vampiros. Mas um mundo que eu daria de tudo para poder pertencer.
Entendi o significado de Golfinhos e Tubarões. Significa entre o bem o mal, e qual deles devemos escolher somente nós temos a resposta.
Além de muita ação e aventura, a Tais jogou um romance quase impossível. E isso dá mais vontade de ler o livro. (Eu ia falar o nome do garoto angelical, mas melhor não, quero deixar vocês curiosos mesmo!)Confesso que gostaria muito de ter algum dom e ainda fico esperando esse dia chegar HAHA.
A capa do livro é perfeita, e tem tudo a ver com a história do livro. Mas eu só fui descobrir o que realmente a capa significada quando terminei o livro todo *eu sou bem lesada mesmo*.
As páginas são amareladas e eu encontrei um erro só. Acho que a palavra seria faca, mas ficou fraca. Mas foi o único erro. E não me incomodou.
Queria dizer que a autora está de parabéns pelo mundo que criou, os personagens que nos fazem ter um carinho especial. Cada capítulo muito bem elaborado, com muita ação e um pouco de quero mais. Foi por isso que terminei tão rápido. É uma leitura gostosa e inesquecível. Para quem está procurando livro de aventura e ficção, fica aí a minha dica.

site: http://abcddolivro.blogspot.com.br/2014/08/resenha-golfinhos-e-tubaroes-o-outro.html
Tais Cortez 04/08/2014minha estante
Obrigada pela resenha, Gabiiii!
Adoreiiiiii
Vc conseguiu abordar os principais aspectos, sem dar spoiler e provocando mta curiosidade! rs
Fico muitooo feliz por ter gostado e concordo com vc: gostaria de fazer parte de um mundo assim e de ter algum dom! rsss
Bjsss
e sucesso ao blog! :)




Raísa 29/07/2014

Golfinhos e Tubarões é o primeiro Book Tour que o Traduzindo Sonhos participa! A Taís é uma fofa e após minha leitura de O Último homem do mundo ( você pode conferir a resenha aqui ♥♥) corri para falar com ela e ter a oportunidade de conhecer sua mágica história. Recebi o livro na quarta feira, dia 23! Foi meu aniversário (22 aninhos!) e Golfinhos e Tubarões chegou como um presente, mais do que especial!
Victoria viveu grande parte de sua vida com empregados e em festas sociais, mas, após completar 15 anos, ela tem a certeza que é diferente da maioria das pessoas, sua força, sua velocidade, suas premonições. Após um incidente em casa envolvendo seus pais adotivos, Victoria recebe a visita de um casal diferente de tudo que já viu, ela é levada a um novo mundo, Zápia é lá que ela frequenta uma nova escola, tem novos amigos e conhece Alex, o aluno que a deixa inquieta e totalmente "tonta".
O livro tem algumas semelhanças com crepúsculo e até mesmo Harry Potter, mas depois que eu captei a essência de Golfinhos e Tubarões, as semelhanças caíram por terra. A obra é narrada em primeira pessoa, pela visão de Victoria, uma protagonista apaixonante, forte, corajosa e destemida( só por esse fato eu já a amei! Chega de protagonistas ingênuas e fraquinhas). Victoria luta pelo que quer e eu me vi em poucas páginas, correndo com ela a fim de descobrir sobre seu passado, desvendando todos os segredos que a cercam.
Alex é um príncipe, eu o amei Seus olhares furtivos, os encontros na escola, seu protecionismo em relação a Vicky! ( Ahh juro que quando ele a chamou assim quase morri! haha) a relação dos dois é apaixonante do início ao fim. Os momentos fofos e românticos são de suspirar e o clima de tensão me fez devorar o livro! A cada personagem que a Tais introduzia a história, ficava mais curiosa para saber o que cada um podia fazer, como a comida surgia ou até mesmo quem lavava a louça. Alguns detalhes especiais fizeram toda a diferença! Os personagens ( não só os protagonistas) tiveram cada um seu momento para que pudéssemos conhecê-los, eu adorei! Consegui me sintonizar um pouquinho com cada um e perceber a história por vários ângulos. O livro tem romance, mistério, magia, sedução, fantasia, uma junção de tudo que eu gosto para compor uma bela história!

site: http://traduzindo-sonhos.blogspot.com.br/2014/07/golfinhos-e-tubaroes-o-outro-mundo-tais.html
comentários(0)comente



Rob Ferreira 02/07/2014

Golfinhos e Tubarões: O Outro Mundo (Estante da Rob)
Quando lemos a sinopse do livro já sabemos que Victória foi adotada aos cinco anos, mas logo nas primeiras páginas passamos a conhecê-la em uma fase complicada. Apesar de ser criada como uma adolescente normal, Vic sente que há algo diferente com ela. Afinal não se lembrar de sua infância com os pais verdadeiros e o fato de não aceitar a causa da morte deles já nos mostra um traço de sua forte personalidade. Aos quinze anos começam algumas transformações que fazem com que ela tenha certeza de que ela pode ser qualquer coisa, menos normal. Mas continua frequentando as festas e eventos com seus pais adotivos que acreditam que ela está passando por uma fase – pintar os cabelos que antes eram vermelhos de pretos parece ser típico da idade – mas o que eles não sabem é que ela não controla essas mudanças que vem acontecendo. Vic percebe também que é mais forte e mais rápida que qualquer pessoa e que alguns de seus sonhos passam a ser premonições. E então depois de um acontecimento inesperado ela recebe a visita de um casal peculiar e seus pais acreditam que ela estará indo para um colégio interno para descobrir seja lá qual for o problema comportamental que ela tenha. E então conhecemos Aprendum, um colégio para pessoas especiais com dons especiais. E em uma das conversas que antecedem a chegada dela lá explica o título do livro.

“Nós não sabemos por que existem tubarões e golfinhos, se já existem peixes. Não é uma questão de entender por que existimos, mas de saber existir sendo o que somos – Eu esperava que o discurso de introdução a ‘como ser um mutante’ fosse ser mais demorado, mas Lisa parou de falar e esperou, sorrindo. Eu gostava do sorriso dela”. (Página 31)

Lisa explica o dia-a-dia da escola e diz que há algumas aulas que ela precisa frequentar para poder controlar seus poderes. São aulas bem diferentes do que ela está acostumada, mas se sente acolhida pelos outros alunos. É assim que nos aproximamos da doce e meiga Penny, da popular Alice, do galanteador Thiago, do simpático Ben e dos inquietos gêmeos. Mas quem mais nos chama atenção é o misterioso Alex. Há uma reação química muito poderosa entre eles logo no primeiro contato e Vic tem a estranha sensação de conhecê-lo de algum lugar. Ela tenta se aproximar, mas ele a afasta rudemente. Ele deixa claro que não está interessado em fazer amizade. Mas não consegue ficar longe. Alex tem o dom de deixar Vic confusa. Sabemos que existe Zápia uma cidade onde os alunos visitam uma vez na semana para rever seus familiares e há um baile que os alunos adoram. De todas as regras a mais importante é nunca ultrapassar a zona Quisley. É uma cidade totalmente nova para Vic e ela fica fascinada em poder conhecê-la sozinha. Esse evento marcará a vida de Vic para sempre e selará seu destino com Alex. Depois dessa viagem eles ficam mais próximos e a conexão entre eles se torna ainda mais forte.

O livro é uma mistura perfeita de fantasia, poderes sobrenaturais, com muita amizade e o romance na medida certa. Vic não é uma protagonista dramática, ela tem uma personalidade forte e marcante. Há confrontos e batalhas internas que são travadas ao longo de toda a história que faz com que nos sentimos íntimas da personagem. Praticamente nos tornamos Victoria, Vic e Vicky enquanto estamos lendo. Sem dúvida é um dos melhores livros de fantasia que eu já li. Senti-me conectada a história como há muito tempo não acontecia. E por isso que a resenha demorou tanto a ser escrita. Foi um dos melhores livros que li esse ano. E tentei ser o mais fiel possível na hora de resenha-lo, sem contar detalhes essenciais. Esses detalhes revelam toda a magia que a Tais conseguiu criar. Apesar do livro ter muitas páginas a leitura não foi arrastada, pelo contrário... Eu não conseguia larga-lo. Demorei três dias para concluir a leitura, porque eu queria prolongar e não sair de Aprendum... Aprendum consegue sobreviver sem você, mas será que você é capaz de deixa-la?!


site: http://estantedarob.blogspot.com.br/2014/07/resenha-golfinhos-e-tubaroes-o-outro.html
Tais Cortez 02/07/2014minha estante
Agora quem ficou sem saber como comentar fui eu rs....
Ameiiii a sua resenha, Ro! Fica tranquila que vc não soltou nenhum spoiler, pelo contrário, conseguiu capturar os principais elementos do livro de forma muito assertiva!
Ultimamente tenho pensado muito sobre a relatividade do termo sucesso. O que é um autor de sucesso? Aquele cujo livro se torna um bestseller? Ou que é aclamado mundialmente? É claro que eu não tenho nada disso, mas isso não me impede de considerar Golfinhos e Tubarões um sucesso simplesmente por ter conquistado de maneira tão poderosa o coração de alguns leitores...como vc!
Feedbacks como o seu me dão a certeza de dever cumprido e me sinto honrada por ter sua admiração!
Esse comentário acabou saindo mais reflexivo e comprido do q o normal rsss
Obrigada mais uma vez pelo carinho q tem por mim e meu livro!
Bjsss
e sucesso ao blog!




152 encontrados | exibindo 91 a 106
1 | 2 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11