Érica

Érica Larissa Medeiros Barros Leal




Resenhas - Érica


76 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Gabi| @estante_perolada 18/05/2019

Em geral eu amei o livro, iniciei sem muita expectativa, mas foi só passar umas 15 páginas que já me vi envolvida com o enredo e os personagens (foram muitos personagens e não vou negar que fiz algumas confusões, mas nada que atrapalhe a leitura). A cada página eu ficava mais intrigada, me vi pensando em várias teorias, porém me surpreendi, pois nenhuma delas não conseguiu nem chegar perto da ideia da autora.
Não consigo nem explicar a minha reação ao ler o final desse livro, foi tão surpreendente que tive que parar a leitura pra digerir o que eu tinha lido. Foi simplesmente genial a forma como tudo teve uma ligação.
comentários(0)comente



Aninha | @pactoliterario 18/05/2019

Érica é um livro nacional lançado pelo selo Novos Talentos da Literatura Brasileira da Novo Século no ano de 2014.

Este livro não se passa em apenas um lugar ou com apenas um personagem, mas se passa em Fortaleza, Moscou, Washignton, Pequim e Cairo. A narrativa da autora vai ser alternando entre essas 5 cidades e ao longo nós temos personagens diferentes.

Em Fortaleza nós temos Érica, uma jovem que mora com os seus pais e que tem a vida que deseja, tem grandes amigos ao seu lado, mas em um certo dia ela fica sabendo que seus pais foram encontrados mortos no quarto deles, foram asfixiados com suas próprias roupas íntimas, e tudo que ela consegue lembrar é aquele garoto misterioso que apareceu para ela avisando que uma coisa ruim iria acontecer.

Já em Moscou nós temos Katia e Ivan. Depois de Katia sair de uma boate e dispensar Ivan, igualmente fez com todos os outros, ela vai para a estação de metrô e lá acontece um grande acidente. Apenas Katia e Ivan conseguiram sair vivos, Ivan seguiu Katia até lá, depois disso os dois viraram grande amigos, um fazendo parte da vida do outro.

Em Washington nós temos Natalie e seus amigos, Meredith, Ashley e Jude são sequestrados por Guy, um homem que quer informações do Sr. Hill, pai de Natalie, no final acaba tudo ficando bem, mas segredos sobre sua família são revelados para ela e ela não poderia ficar mais assustada.

Em Pequim nós temos Ling e Chang, dois amigos. Ling é viciada em álcool, já Chang é um fumante mega viciado, mas isso se desencadeou após seu pai sumir. Para ele, isso foi suicídio, apesar dele não morar mais com o pai e os dois não terem um relacionamento muito bom, Chang fica super preocupado. Mas depois ele descobre que seu pai não se suicidou, pois ele recebeu a notícia que seu pai, antes de sumir, entrou dentro de uma lanchonete. Que pessoa que quer se suicidar antes entra em uma lanchonete?

Por último nós temos Cairo, lá nós temos Iasmin, Jamil e Mohammed. Esses três trabalham para uma ONG chamada Alá no Coração, está indo tudo bem nesta ONG, até Guy, dono de uma enorme ordem judaica americana, tentar se aliar à eles, mas o mesmo é recusado, então Guy age de uma maneira com que eles aceitem: Incendeia um carro com uma pessoa conhecida deles dentro.

Essa série de acontecimentos desencadeia para Érica ir para Frankfurt juntamente com Derek. Derek é um espião de do Chanceler Arnold presidente do Banco Central Europeu, Érica terá a opção de aceitar ir junto com eles, ou deixar que aconteça mais tragédias pelo mundo. E aos poucos ela vai descobrindo o por quê dela ser escolhida e o por quê de terem matado os seus pais.

O livro se parece um pouco confuso no começo, mas depois vai tudo se explicando e você consegue se habituar e conhecer esses vários lugares e personagens diferentes ao mesmo tempo. A narrativa da Larissa me prendeu do início ao fim, e fiquei querendo terminar logo o livro, mas cada vez querendo mais da história. Tenho que citar que no final eu fiquei com muita raiva da autora, só lendo para saber (diga não aos spoilers, haha), mas sério, não gostei muito do que aconteceu, mas a vida de leitora é assim, né, auhauah. Érica com apenas 16 anos é uma espiã não só de um, mas de vários casos ao mesmo tempo e por isso vemos que ela é uma garota forte e determinada.
Também achei que faltou um romance para Érica, gostaria muito de ter visto ela com mais uma pessoa aí, mas infelizmente não ocorreu. Em suma, Érica é um livro que "em meio de perdas nasce a determinação". Recomendo o livro! :D


Resenha postada originalmente no blog Pacto Literário.

https://www.pactoliterario.blogspot.com.br
https://www.instagram.com/pactoliterario
Lary 18/05/2019minha estante
Esse livro ?




Rayssa Hinata 09/02/2019

Mais 100 páginas seriam uma boa
Vamos lá, eu gostei do livro.
Achei legal, divertido e até certo ponto, interessante. Porém, acho que a autora quis colocar informações demais em pouco espaço.
São muitos personagens, muitas histórias diferentes, muitos mundos diferentes e ela não conseguiu desenvolver nenhuma delas muito bem. Isso acabou resultando em uma história cheia de furos e erros de continuação.
A proposta é boa, a ideia também mas a execução poderia ser melhor.
É um livro curto, menos de 300 páginas, portanto, é uma leitura rápida.
Como eu disse, gostei do livro mas acho que poderia ter sido mais bem trabalhado.
comentários(0)comente



Yara Santos - @universodeutopia 30/03/2018

Acessem o ig: @universodeutopia
Universo de Utopia
22/04/16
Érica - Larissa Medeiros Barros Leal

Fiquei super feliz quando recebi @livroerica pelos correios, a capa é encantadora, e a autora Larissa Medeiros Barros Leal mais ainda! O livro começa citando histórias de tempos, lugares e pessoas diferentes, logo comecei a ficar intrigada, logo comecei ficar intrigada, aliás estas tinham em comum o preconceito religioso entre povos que resultavam em massacres desnecessários.

Érica é uma garota comum que a partir do assassinato de seus pais, vê sua vida mudada completamente, como é normal da essência humana ela procura a vingança mas não pessoal, e sim aquela que mudará o mundo inteiro ou melhor salvará o mundo inteiro! O foco principal da obra está na ODTI uma ordem judaica que quer vingança a todos que um dia fizeram mal aos judeus, ou seja, praticamente todos - católicos, mulçumanos e entre outros. Contando com poderio militar enorme eles ameaçaram nações para lhes apoiarem e promover a Terceira Guerra Mundial.

Ao longo da leitura fiquei confusa pois a história muda de país e de vidas constantemente e Érica, a protagonista, aparece muitas poucas vezes para ser a personagem principal, e foi aí que ansiei mais ainda pelo final daquela trama, não era possível que a garota que carregava o nome do livro tivesse sido esquecida! Mas ao final, fui surpreendida totalmente, nunca imaginei um desfecho tão excepcional e que nos tira todas as dúvidas armazenadas durante a leitura, leia Érica e descubra a impressionante vida dessa garota que interliga pessoas nunca antes conhecidas em favor de uma única causa: a Paz Mundial!
comentários(0)comente



Andrey 26/12/2017

ÉRICA
O livro segue a jovem Érica Santana que tem os pais assassinados por membros da Ordem das Doze Tribos de Israel, uma seita religiosa que prega a vingança contra todos que já prejudicaram o povo judeu, isto é, a maior parte do mundo, sob a fachada de espalhar o judaísmo.

Após a morte de seus pais Érica recebe um convite para se tornar uma agente da União Europeia para ajudar a evitar o que poderia vir a ser a terceira guerra mundial. Enquanto isso, diversas outras coisas ocorrem no mundo – como atentados terroristas, desaparecimentos, manipulações de figuras políticas –, as quais são orquestradas pela ODTI. Todas essas coisas se conectam e cabe à União Europeia extinguir essa seita em ordem de reinstaurar a “paz” no mundo.

Essa premissa é extremamente instigante, principalmente para um livro nacional, entretanto não foi bem executada. O problema começa com o fato da escrita da autora ter alguns pontos negativos, mas acredito que Larissa ainda pode amadurecer nesse aspecto. A narrativa é construída basicamente por diálogos, enquanto a ambientação da cena e os pensamentos e reflexões dos personagens são muitas vezes deixados de lado.

Além disso, a história tem bastante personagens e a autora infelizmente não consegue dar personalidade e características pessoais a cada um deles, tornando-os superficiais, o que acabou me deixando confuso durante a leitura e fazendo ela ficar devagar.

Apesar de tudo isso, nas ultimas páginas a história tomou um rumo que pra mim foi bastante inesperado levando a um desfecho satisfatório e inteligente, no entanto isso não foi o suficiente pra salvar o livro como um todo.

site: https://www.instagram.com/dreybooks/
comentários(0)comente



Ivina Michelle 15/11/2017

O livro conta a história de Érica, uma jovem que está prestes a completar quinze anos e que já está em preparativos para sua festa.
.
No início me perdi totalmente, sem saber quem era quem, o livro começa com vários personagens de locais diferentes: Cairo, Frankfurt, Moscou...
É um livro repleto de personagens, mas com o avanço da leitura fui conseguindo compreender (acredito que a dificuldade inicial foi porque nunca li um livro repleto de personagens).
.
Poucos dias antes do seu aniversário, Érica é surpreendida por uma visita inesperada de uma pessoa que ela não conhecia, ele lhe dá um aviso, mas Érica não entende e continua sua vida normalmente, diferenciada apenas porque está próximo do seu aniversário de quinze anos.
.
Longe de Fortaleza (cidade que Érica mora), em Moscou uma boate explodiu por uma bomba. Em Washington, uma menina e seus amigos foram sequestrados, por os sequestrados desejarem informações que seu pai possui. Em Pequim, o pai de Chang sumira.
Próximo a Fortaleza, também ocorreu um atentado a uma empresa, ocasionando um blecaute em todo o Nordeste, exceto no estado Maranhão.
.
"Érica não sabia o que ocorria, mas algo estranho estava havendo."
.
O Brasil sofreu um atentado dois meses antes desse último. No mundo inteiro estava acontecendo coisas estranhas.
.
Pouco tempo depois do seu aniversário, Érica recebe a notícia da morte de seus pais.
Ela precisa evitar uma tragédia ainda maior, somente ela.
.
De repente chega um momento em que tudo começa fazer sentido. Tudo está interligado!
O livro é muito bom, cheio de informações, a autora escreveu com uma grande criatividade e imaginação.
O mais interessante é que apesar de serem em lugares distintos, as histórias acabam se ligando. E isso foi o que mais admirei, muita criatividade para conseguir fazer isso!

site: https://www.instagram.com/p/BayoTYMFtpQ/?hl=pt-br&taken-by=literaria_
comentários(0)comente



Jaqueline.Monteiro 23/09/2017

O livro nos conta a história de Érica Santana, uma adolescente comum que após o assassinato dos seus pais, substitui a dor da perda pela determinação de lutar contra os culpados pelo crime. Ela se junta á Derek, o homem que será o seu tutor e vai embora para a Alemanha, onde se junta á Europol- Serviço Europeu de Polícia.
A história se desenrola como uma verdadeira guerra fria, onde ao invés de EUA x URSS, temos Europol x ODTI - Ordem das doze tribos de Israel, um grupo de judeus extremistas, liderado por um homem que se preocupa mais em ganhar poder, do que qualquer outra coisa. Para agregar pessoas, ele usa uma mensagem de vingança contra aqueles que um dia , de alguma forma humilharam o povo judeu.


Essa bela trama se passa nos quatro cantos do planeta, mostrando como o combate entre Europol x ODTI afeta também a vida dos demais personagens.
A autora consegue explorar muito bem a forma de como a ambição, o medo e a determinação pode unir grupos e pessoas tanto para o bem, quanto para o mal.
"[...] numa guerra não existem vencedores. Todos perdem: vidas, sonhos, futuros."

A leitura é cativante e surpreendente.O livro é muito bom!!! Recomendo pra quem gosta de muito suspense e mistério. Eu amei! ❤

site: http://blogeufloroficial.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Emily.fonseca 19/09/2017

Gente, ainda estou refletindo sobre o que escrever nessa resenha, porque em descobri meu sentimento com o final do livro haha.
Moscou, Cairo, Washington, Pequim, Fortaleza, lugares com absolutamente nenhuma ligação, até que um dia tudo faz sentido...

?A raiva foi substituida pela determinação. Ela não deixaria que a morte dos pais fosse em vão. Faria o que não queria que fizessem: enfrentá-los.?


Érica é a protagonista dessa trama, sua única preocupação é sua festa de 15 anos, uma jovem como qualquer outra de sua idade, estuda, tem amigos, vive. Uma vida comum.
Um certo dia, depois de sua festa de quinze anos, tudo parecia muito estranho, seus dois amigos se declararam para ela, mas isso não era nada demais, o pior ainda estava por vim. Estranhamente ela é chamada á sala do diretor, mas ela não se lembrava de ter feito algo errado, porém ter feito algo errado seria a melhor opção...

"-Filha, às vezes a solução sos seus maiores transtornos está em algum lugar fora do universo que você conhece. É nessas horas que se deve superar o medo do desconhecido e correr atrás dos objetivos."


Após a tragédia de sua vida, Érica se vê perdida e sozinha, sua única opção é ir para Frankfurt com Derek, um agente mirim da Europol, a única condição é deixar todo seu passado para trás.
junto a história de Érica acontecem muitas estórias paralelas, pois o mundo está sobre a constatante ameça de guerra pela ODTI, Organização das doze tribos israelenses, que querem matar todos que oprimiram sua religião no passado.
O livro é carregado de personagens, que ficaria até confuso escrever detalhadamente para vocês sobre cada um, no início é normal o leitor fica, "quem é esse? qual a cidade?", porém a autora faz questão de explicar no ínicio do livro conforme as coisas vão acontecendo, e no que você pega o rítimo da leitura, fica muito fácil identificar...

Não Ling! Você não é a Bela Adormecida, não sou seu príncipe, e você não me ama!
Ao contrário de muitos achei a leitura super leve e cativante, que te prende do ínicio ao fim, o livro é cheio de mistérios, e você tenta juntar as peças, mas caro leitor, sua capacidade é insignificante para isso, pois a autora da mil tapas na sua cara, e faz você querer reler para ver como foi tão idiota. Haha, bom gente, suuuper indico esse livro, principalmente pra quem gosta de Harlan Coben, nossa querida escritora tem uma grande carreira pela frente.
comentários(0)comente



Yasmim Braga 18/09/2017

surpreendente é a palavra!
Este livro nos apresenta várias histórias. Em sua primeira parte, conhecemos diversos personagens espalhados em várias partes do mundo: no Brasil, em Washington, Cairo, Mouscou e Pequim. No início, é bem confuso, mas logo me acostumei e passei a identificá-los facilmente.

Inicia-se em 2014, mostrando a renúncia da Presidente Dilma por problemas de saúde. Ao redor do mundo, vários ataques terroristas tem acontecido, gerando instabilidade econômica.

Todos personagens são importantes, mas a de destaque é Érica Santana, uma adolescente brasileira que, inicialmente, sua única preocupação era sua festa de quinze anos. Até que sua vida vira de cabeça para baixo: seus pais foram assassinados brutalmente, nada de encontrar os culpados e Érica se vê sem chão e com sede de vingança. Descobre que foi marcada na lista negra da Ordem das Doze Tribos de Israel (ODIT), sem motivo aparente.

[#] "Eles haviam arruinado a sua vida por algum ideal idiota. Assassinaram seus pais para impedi-la de fazer algo presumidamente perigoso. A raiva foi substituída pela determinação. Ela não deixaria que a morte de seus pais fossem em vão. Faria o que não queriam que fizesse: enfrentá-los"

Esta Ordem judaica (ODIT) espalha que seu grande propósito é pregar o judaísmo e conquistar mais fiéis; Porém, isso é só fachada, seu real objetivo é radical: exterminar todos aqueles que já foram contra/oprimiram os judeus algum dia. Vamos descobrindo que, essa organização está ligada a todos os personagens, direta ou indiretamente.

[#] "Eu falei demais. Como eu disse,eu vim dar um aviso: tome cuidado. O tipo de coisa que você está prestes a enfrentar ... eu não desejaria isso a ninguém."

Érica acaba conhecendo Derek, que lhe faz um convite para se unir à Europol (organização que luta contra judeus que pensam em exterminar a humanidade) para se tornar uma agente mirim. Mesmo assustada, deixa sua família no Brasil e embarca para Alemanha, disposta a descobrir qual seu verdadeiro destino.

Vamos conhecer Iasmin, Jamiel e Mohammed são grandes amigos que moram no Cairo (Egito) e criaram uma ONG chamada ANC (Alá No Coração). Recebem uma proposta perigosa da ODIT, propondo que façam uma aliança e eles acabam fazendo, mesmo sem saber sua real intenção.

Em Pequim (China), temos Chang e Ling, que dividem o apartamento e são grandes amigos. Ambos possui sérios vícios, ele, fumante, Ling, é álcoolatra mas não admite. O pai de Chang possuía uma doença mental e expulsou o filho de casa, há alguns anos. Há pouco tempo, ele descobriu que seu pai simplesmente desapareceu do mapa; desde então, seu vício se intensificou.

Em Washington, temos Natalie, Meredith, que são sequestrados, pelo fato de Natalie ser filha do Presidente do Banco Europeu. Os sequestradores queriam obter informações sigilosas.


[#] "Em meio a duras perdas nasce a determinação".

Temos os amigos e família de Érica em Fortaleza: Daniel, Tessália, Thiago e Magali; vamos acompanhando suas vidas, paixões e seu sofrimento, por não terem mais sua grande amiga Érica ali com eles.

Ivan e Kátia, são de Mouscou (Rússia), que acabam sobrevivendo a um atentado terrorista, e sofrendo com isso. Ele é um álcoolatra assumido que possui grandes dificuldades de larga seu vício. No início, não eram amigos, mas vamos vendo essa amizade se construindo e evoluindo.

Vamos pulando de país em país, até que nos familiarizamos com todos citados acima. Aos poucos, vamos recebendo explicações e as vidas de todos vão se entrelaçando de uma maneira que eu não esperava.

A narrativa da autora é em terceira pessoa e fluiu super rápido, sendo leve e bem direta. Faz diversas referências citações atuais à músicas, estabelecimentos, produtos, etc.
"Érica" é misterioso, envolvente e realista, me prendeu em grande parte da leitura. Senti diversas emoções, as vezes, me perguntava o por quê de tantos personagens e qual a ligação entre eles, mas quando isso foi explicado, eu adorei! O final foi realmente surpreendente, mas em nenhum momento, imaginei que algo assim seria aconteceria! Não desconfiei de nada! hahaha Super recomendado!



"Numa guerra não existem vencedores. Todos perdem... Por cada pessoa, soldado ou civil, que morre numa guerra, a humanidade perde um pouco de sua essência,e os países, parte de seu maior patrimônio... o melhor caminho é paz."

site: http://youtube.com/blogliterarte
comentários(0)comente



Fortalbooks 04/09/2017

RESENHA

Devo confessar que no inicio do livro fiquei um pouco perdida e demorei consequentemente para me achar na historia, pois, relata varios acontecimentos ao redor do mundo ao mesmo tempo. Mas, você acaba se acoatumando com o enredo, entra na historia e a cada pagina lida você se sente a descobrir o que esta acontecendo.

Érica é de descendência arábe, mora em Fortaleza e está prestes a completar quinze anos. E sonha com o grande dia de sua festa, como a maioria das garotas, e a meses planeja sua festa com seus pais.

Alguns dias após sua festa, seus pais são misteriosamente assassinados em sua própria casa. Lógico, que ela perder os pais assim de forma brusca e inesperada não foi nada fácil. Logo após esse trágico acontecimento, Érica, recebe um convite para ser uma agente secreta mirim da Ordem das Doze Tribos de Israel para poder investigar vários crimes provavelmente ocorrido por uma ordem judaica secreta e extremista.

Ela aceita e determinada a conseguir informações para a Ordem, e tentar descobrir quem foram os responsáveis pelos atentados e pela morte de seus pais. Vamos ver junto com Érica que cada acontecimento se liga um ao outro, e conforme ela aprofunda sua investigação ela vai ligando os fatos.

Quer saber o desfecho dessa emocionante história? Confira tudo no livro!

site: @fortalbooks
comentários(0)comente



Juuh Pacheko @jujuba_literaria 06/07/2017

Quando comecei a ler, estava ansiando descobrir tudo que estava por trás das tragédias que estavam acontecendo, mas ao longo da leitura a minha ânsia foi ficando cada vez menor. Eu ficava muito intrigada com a pouca presença da Érica, e com os novos personagens que se infiltravam como água. Minha grande pergunta era: o que poderia ligar todos eles à Érica? A resposta foi surpreendente, juro que nunca teria pensando que seria algo como o que aconteceu.
Érica é uma garota que mesmo depois de muito abalo, se dedicou a fazer aquilo que achava certo. Para mim ela é uma heroína, isso sim! Embora tenha alguns pontos que me incomodaram um pouco, o livro vai se tornando viciante e atiça sua curiosidade um bocado. A história toma um rumo muito surpreendente e cheio de surpresas.

site: http://livroscafejujubas.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Nilton Alves 15/06/2017

Resenha
Nesse livro temos várias subtramas que estão todas ligadas a trama Central que tem como protagonista Érica uma Garota de 15 anos que tem seus pais mortos e está incluída na lista negra da Ordem Tribo de Israel que responsável pela morte de seus pais. A narrativa é bastante rasa e contém cenas aceleradas. A história Tem vários cenários incluindo Fortaleza-Ce que é onde Érica mora. No começo a história parecia um pouquinho confusa devido às rápidas trocas de cenários e personagens, mas depois vemos que tudo está relacionado . Apesar da história parecer bastante confusa vermos que os personagens e as cenas são bem construídas e temos um final surpreendente. Super recomendo a leitura desse livro. Dou 4 estrelas.


Agora vamos descobrir um pouco mais sobre a autora:
Larissa Barros Leal nasceu em Fortaleza, em 1996. É estudante de Medicina, mas Desde criança demonstrou grande interesse pela Literatura, e já aos dez anos surgiu sua primeira tentativa de escrever um livro. Participou de diversas coletâneas de contos. Aos quinze começou a escrever Érica, seu romance de estreia.
comentários(0)comente



Tati Tavares 08/05/2017

Jogue seu preconceito literário de lado, dê uma chance à leitura nacional, que te garanto: é um livro excepcional!
Ao lermos a sinopse, a história parece ser um emaranhado de personagens dentro de um tema inusitado. Inusitado sim, mas uma escrita linear perfeita que te prende do começo ao fim.

O livro é dividido em duas partes, e gira em torno de várias histórias, em diferentes lugares do mundo. Mas que de algum modo, no desenrolar de tudo, vão se encaixando.


Érica, quem nomeia o livro, é também a personagem principal.

Nas primeiras páginas descobrimos alguns dos personagens.

Érica está prestes a fazer quinze anos, e sua maior preocupação é sua festa de quinze anos. Os pais fazem de tudo pela garota, e cuidam para que a festa seja impecável.

Alguns dias antes, Derek, um agente secreto adentra o quarto de Érica, de supetão mesmo, e anuncia que ela e os pais correm um grande risco, e que algo aconteceria, e ela deveria aproveita-los ao máximo. Sem entender nada, e assustada, a garota seguiu sua vida como de costume. Mas sem tirar a dúvida de que risco seria esse, de sua mente.

Em uma outra manhã, após o aniversário, Érica fora chamada na diretoria. Aflita, a garota tentou se lembrar o que poderia ter feito de errado para tal ato. Chegando lá, a diretora anunciara que um vizinho havia encontrado a porta de sua casa aberta, e seus pais mortos no quarto.

Érica viu seu mundo paralisando: Meus p a i s… M o r t o s! Não podia ser, indagou.

A garota pede então para que a prima Tessália acompanhe-a até a casa. A prima, a pedido dos tios de Érica, nega, alegando que seria uma péssima ideia. Érica friamente debate, e rebate dizendo que não importava se aquela era a cena de um crime, mas sim, que primeiramente era sua casa.

Após conseguir o que queria, dispensou a Tessália no meio do caminho e fora correndo à casa. Desnorteada Érica pega uma faca, e analisa-a. Não queria ser criada por mais ninguém além de seus próprios pais.

De repente uma voz grita: “Não!”. Era Derek novamente. A mais recente órfã logo o questionou sobre o que estava acontecendo em sua vida. Ele calmamente explicou os principais detalhes.

Ele era um agente da Europol, enviado direto de Washington para se infiltrar em uma Ordem clandestina. Contou que a família de Érica era uma ameaça a essa tal Ordem, Ordem das Doze Tribos de Israel. Uma seita religiosa que atraía fiéis, e depois os convertia com a pregação de que eles deveriam se vingar de todos os povos, que um dia fizeram mal aos judeus. Os pais da garota morreram para que ela pudesse viver.

O garoto continuou. E disse que a Europol queria recruta-la para fazer parte do time de agentes, contra a ODTI.

Neste ponto do livro, vemos uma Érica fria (em relação a morte dos pais), mas também uma garota determinada. Ela não questiona nada, e nem faz perguntas. Acredito que dê a impressão de ser uma personagem não muito inteligente, o que posteriormente revela-se o contrário.

Em meio ao velório, decide que irá fazer parte da Europol.

Mente para os tios e amigos dizendo que precisa de um tempo sozinha, e viaja para Alemanha.


Somos introduzidos à novos agentes, também da Europol: Mahara Hakim, Rachel Madison, Mia Lin e Viktoria Dimitriev. Essas quatros mulheres, além de Érica, têm a missão de se infiltrarem na ODTI, e colherem o máximo de informações para tentarem acabar com essa seita maluca de Guy, o mandante da conspiração.

Com isso, acompanhamos as descobertas de alguns casos:

Em Moscou, Natasha morre após um atentado em uma boate. Os poucos amigos que sobrevivem, tentam descobrir qual fora a causa de tanto ódio.

Cairo, uma ONG coordenada por Iasmin, Jamil e o líder Mohammed, tentam escapar de uma armadilha da ODTI.

Em Washington, a filha de um funcionário da Casa Branca é sequestrada, juntamente com seus amigos, em troca de informações privilegiadas do pai da garota sobre o governo.

Pequim. Ling, com o apoio dos amigos tenta descobrir o paradeiro do pai sumido a anos, sem deixar pista alguma.

(…)

Érica trabalhava muito, e não podia voltar a Fortaleza, sua cidade natal. Era estritamente proibido que os agentes da Europol continuassem a ter a vida que tinham antes, pois era preciso esquece-la e viver uma nova.

A partir da segunda parte do livro, tudo começa a fazer sentindo.
– a seguir contém spoiler
Érica estava ficando doente, e após ir ao médico, é diagnosticada com leucemia. E mais uma vez, a garota age com frieza e não expressa reação nenhuma. Isso me incomodou ao longo da leitura, como já descrevi.

Após a primeira sessão para uma possível recuperação, Érica resolve viajar para a cidade onde nascera. Deixando apenas um recado à Derek de onde se hospedaria. Ele fica louco de preocupação, e resolve falar com Arnold, seu chefe, para que fale com um de seus amigos (um deles anteriormente havia tentado contato com o homem para saber sobre Érica, mas ele mentira e negara saber de alguém com esse nome), agora a informação seria útil.

Larissa escreve os detalhes da dor e agonia de Érica; jorrando sangue pela boca, com muita maestria. O que deixa o leitor preso e ansioso para o desfecho da história.

Érica sabe que vai morrer. Então decide escrever cartas aos amigos, e colegas de trabalho. As entitula de “isso não é uma carta pós suicídio”.

Então descobrimos o improvável: Érica era Mahara Hakim, Rachel Madison, Mia Lin e Viktoria Dimitriev, em diferentes disfarces!
O ÂPICE DA HISTÓRIA!
Sem mais… Escrever o final, seria demais com os spoilers. Mas essa é uma história merecedora de cinco estrelas e mais a ida para os favoritos. Larissa tem o dom de uma autora renomada. Sua escrita não é primária, embora não seja de difícil entendimento.

Imagino esse tema e personagens em um filme com uma super produção. Não seria incrível?

Resenha da página Cita Livros - LEIA MAIS EM: citalivros.com.br

site: http://citalivros.com.br/resenha-erica/
comentários(0)comente



Maníaca Literária 01/05/2017

Érica Resenha
_______________________________
Érica cabelos loiros , olhos azuis  mora em fortaleza , prestes a completar 15 anos , é só o que pensa no momento os preparativos para a festa .

Estava tudo bem quando Érica é pega de surpresa , um rapaz lhe diz para tomar cuidado que algu grave irá acontecer na sua vida , para que seja forte .  Um aniversário maravilhoso , dançou se esbaldou com seus amigos , todo mundo .  Dias depois recebeu uma notícia , que tirou o seu chão , seus pais foram assasinados .

O livro conta várias histórias , personagens de lugares diferentes Washington,Moscou , Frankfurt , Pequim ... todos conectado , e a causa disso tudo é a ODTI ( Ordem das doze Tribos de Israel ) a ordem é muito cruel , malucos que matam cristãos e muçulmanos , torturando cruelmente . Um líder que usa a religião para camuflar a violência para obter o poder . A história de Érica se conecta a todas as outras , é como um ponto de partida .

Derek aparece na vida de Érica, lhe propondo uma proposta de virar agente da União Europeia e se infiltrar na ODTI .

A vida de Érica vira de cabeça para baixo , e decidida a destruí os calsadores da morte de seus pais vai para Frankfurt junto com Derek, assim os personagens começam a se interligar .

O mesmo tempo que Érica vai descobrindo sobre essa ordem, vamos entendendo o início do livro e assim tudo começa a fazer sentido.

Uma história que envolve sequestros , preconceitos , homofobia , estrupou? , assassinatos , bebidas , brigas , revoltas e etc ... Érica é uma leitura que requer muita atenção , pois a cada momento uma parte da atualidade dos personagens é contada ,mas todos com algu em comum movidos pela vingança, justiça  e muito mistério . No início tive problemas com os personagens são muitos, mais esse fato me prendeu muito,  a vontade de saber mais e mais e ao decorrer esse problema é esquecido pela curiosidade de saber mais . Com uma escrita fluida , a edição está maravilhosa , folhas amarelas , diagramação ótima .
*
*
* Érica salvará o mundo dessa destruição que se torna mais próxima ?

Autora :Larissa Medeiros

Nota : 4,5?
comentários(0)comente



Maria.Helena 05/04/2017

Érica - Larissa Medeiros Barros Leal
Frankfurt, Alemanha
Arnold tinha uma ideia sobre como vencer uma possível guerra. Mas era arriscada demais, valeria mesmo à pena?

Fortaleza, Ceará, Brasil
Érica curtia a preparação de seu aniversário, há tempos desejava isso e estava bastante ansiosa.

Moscou, Rússia
Um atentado ocorreu na estação de metrô, Kátia tentou de toda forma sair de lá. Quando conseguiu, notou que a boate onde estava também explodiu.

Atenas, Grécia
Arnold leva sua ideia para propor juntamente com o chanceler, todos concordam.

Washington, EUA
Natalie é filha de um alto funcionário da Casa Branca, que detinha informações importantíssimas. Ao sair para passear com os amigos, notou que não foram eles a lhe buscar.

Pequim, China
Após o sumiço do pai, Chang não fazia outra coisa a não ser fumar. Teria seu pai se suicidado? Era nisso que tentava acreditar.

Cairo, Egito
Mohammed e Jamil fundaram uma ONG com o objetivo de levar o islamismo ao mundo. Estavam quase se aliando à ODTI (Ordem das Doze Tribos de Israel), que também tinha seus mesmos ideais... Será?

Todas essas histórias são contadas paralelamente. É preciso estar atento aos detalhes, pois não são nada aleatórias.

O livro é muito bem escrito. É preciso prestar atenção em toda a história, principalmente porque ocorrem várias paralelamente. Mas se não entender cada uma delas, não vai conseguir entender o final. O leitor fica mais preso a cada capítulo. Acho quase impossível parar de ler!

Gostei bastante da história, a escritora foi bastante detalhista (e criativa), a linguagem do livro é bem simples e de fácil entendimento.

site: http://ramificandoideiaserealidade.blogspot.com.br/2016/03/resenha-do-livro-erica.html
comentários(0)comente



76 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6