A Redenção

A Redenção Lisa Kleypas




Resenhas - A Redenção


57 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


cris.leal.12 24/03/2020

Faz o coração palpitar...
Depois de um breve encontro inusitado e arrebatador, Haven Travis e Hardy Cates nunca mais se viram. Haven se casou com um homem narcisista e violento; e Hardy continuou tentando escapar de um passado miserável trabalhando muito, ficando cada vez mais rico, não se importando em colecionar inimigos pelo caminho.

Quando voltam a se encontrar, dois anos depois, Haven é uma uma mulher divorciada, que luta para sobreviver às consequências de um relacionamento abusivo, e Hardy, que nunca se esqueceu dela, insiste em protegê-la e pacientemente cria uma convivência repleta de momentos ternos e sexy.

É muito legal acompanhar o crescimento do casal. A moça sofrida e insegura, e o bad boy ambicioso e indiferente, se complementam e são perfeitos juntos. Hardy dá à Haven força e coragem. Por outro lado, Haven traz à tona o lado compassivo de Hardy, devolvendo a paz que ele tanto precisava.

Lisa Kleypas definitivamente sabe como escrever uma história de amor, daquelas que faz o nosso coração se agitar.

site: https://www.newsdacris.com.br/2020/03/resenha-redencao-de-lisa-kleypas.html
comentários(0)comente



Monique 30/07/2016

Um romance quase real
Achei a dose de realidade e ficção desse livro perfeita. Ao mesmo tempo que a autora nos faz refletir sobre um tema atual (violência contra a mulher) nos envolve em um romance muito perto do real, dentro daquilo que um livro permite.
Haven e Hardy são personagens reais, com problemas reais, o que faz a leitura nos envolver.
Super recomendo
comentários(0)comente



Lisa.Vieira 20/10/2016

SENSACIONAL! #TheBest
SOCORRO! Alguém chama um médico, porque eu estou tombada! rsrsrs
Galera, esse livro foi DELICIOSO demais! #RessacaLiteráriaBraba
Que trama gostosa, e que casal maravilhoso de se torcer!
HARDY conseguiu se redimir, e foi muito bom de se ver... ele cresceu bastante, e embora continue super ambicioso, ele aprende a dar valor as coisas que importam de verdade!
Haven chegou para fazer a diferença. Ela é um divisor de águas na vida do nosso mocinho.
Ela sai de uma relação super complicada e devastadora, e logo que reencontra com Hardy fica super balançada e com medo dos sentimentos, pois esse momento da vida dela é só problemas.
Os dois são cheios de cicatrizes...
Mas ele é um fofo. Apesar de ter feito tudo errado com a Liberty no primeiro livro, ele sempre foi um querido... ajudou e protegeu quando ela esteve desamparada. Só não ficou com ela! E sinceramente eu achei ótimo!!
Eu acho que o que mais deixou ele gamado na Haven, foi a dificuldade para conseguir ficar com ela! Homem gosta mesmo de correr atrás né?! haha
Ele sempre tinha as mulheres se jogando em cima dele, e no começo a Haven fugia dele como o diabo foge da cruz, e deu muito certo!
Adorei como ele consegue derrubar as barreiras para ficar com ela, as declarações dele pra ela, que ele queria ELA. Fodam-se os Travis!
clarinha 01/01/2017minha estante
undefined




Keli 13/02/2020

Eu juro que no primeiro livro da série The Travis Family eu achei o Hardy um babaca pelo que fez com a Liberty, mas no segundo livro eu realmente conheci o Hardy, apesar de não fazer meu tipo de homem ( extremamente enorme como descreve a Haven ) ele me cativou e vi uma pessoa perdida que precisava ser salvo.
Já a Haven, se enfiou naquela merda ( desculpem a linguagem ) de casamento abusivo, repleto de ganância e opressão dominanativa.
A autora abordou o tema de violência doméstica de forma sutil e mesmo assim me senti impactada.
É um ótimo livro, aguardo ansiosamente a leitura do número 3 da série. ?
comentários(0)comente



Andy.moncorvo 01/04/2020

amei muito
haa amei demais esse livro , o segundo da serie , e outra vez me identifiquei
o abuso que a personagem sofreu me fez chorar , muito triste e pesado.
o trauma é explicado de uma forma bem tocante. e a paixão arrebatadora mais do que foi o suficiente pra esse trauma ser superado. muito bom. deu vontade ate de ler de novo.
comentários(0)comente



Lanny 29/02/2020

Seguindo o ritmo
Adorei o primeiro livro, esse desceu o nível um pouquinho. Talvez pelo fato do homem a ser envolvido com a irmã de Gage, seja aquele que sua esposa amou desde a adolescência. Ou talvez seja o comportamento doentio do ex marido de Haven. Ou talvez seja a passagem de tempo acelerado, que funcionou bem no primeiro livro porque a protagonista era quase uma criança, mas aqui com os personagens já no fim da casa dos 20, essa passagem de tempo me parece um desperdício. Não sei apontar diretamente o que fez que esse livro não me conquistou do mesmo modo que o primeiro, mas de forma nenhuma é um livro que não valha a pena ler. Vale sim.
comentários(0)comente



Thai Zavadzki (@meowbooksblog) 02/04/2020

Um livro extremamente necessário.
Haven, a única filha da família Travis, foi contra toda a sua família ao se casar com Nick. Com pouco tempo de casamento, ela logo descobriu porquê a oposição, Nick era abusivo, extremamente controlador e, por amor, ela foi levando esse casamento, mesmo com todo abuso envolvido nisso. Dois anos se passaram até ela chegar em seu estopim e voltar para a família, decidida a nunca mais se envolver com homem nenhum, mas aí aparece Hardy. O antigo amigo de sua cunhada, Liberty, que lhe prendeu atenção desde o primeiro instante em que eles se conheceram.
Esse livro é tão necessário, tão real e pesado... A princípio achei 255 páginas muito pouco, mas se tivesse mais cenas de abuso, eu certamente entraria em colapso, porque fiquei muito agoniada com a forma machista e abusiva de Nick, que tirou Haven de sua família, tomou sua autonomia, sua identidade, até seu nome (!) e a agrediu de todas as formas imagináveis. Pelo menos Haven teve para quem fugir quando tudo chegou no limite, há muitas mulheres que não tem. Muitas mulheres morrem, por causa de homens que se acham donos delas. E isso que mais me pegou durante a leitura, deixando o coração pesado. É uma história crua e muito real que a gente torce pela vitória da mulher em questão, mesmo sabendo que ela dificilmente é a realidade das Havens existentes no nosso mundo.
Agora, partindo para os pontos técnicos, não há reclamações. Escrita fluida, enredo envolvente e viciante, casal com química, personagens carismáticos... Achei legal que agora conseguimos ter uma visão diferenciada da família Travis, especialmente do patriarca, que pareceu bondoso demais no livro anterior. Todos tiveram uma ótima exploração e reafirmo o que falei na resenha de A Protegida, nos contemporâneos a Lisa de mostra muito mais madura na escrita.
Claramente é uma série de mulheres fortes. Liberty e Haven são dois estilos diferentes de mulher forte, e eu amo essas representações. A primeira pessoa se encaixa muito bem com as narrativas dessa série e dessas mulheres.
Um livro cruel, porém totalmente verdadeiro e necessário pra nos tocar o coração e lembrar que pode ter uma mulher sofrendo na porta ao lado... Não teria como não favoritar essa obra que me tocou no âmago.

Mais resenhas em: meowbookblog.com
comentários(0)comente



Kelli 04/08/2017

Ah...Hardy S2
O livro tem um ritmo bem mais fluido que o anterior. A leitura não se arrasta em momento algum e te envolve completamente.
A autora abordou um tema forte, difícil e infelizmente muito presente na atualidade e o abordou com maestria. Me vi tão envolvida nos dramas da protagonista que senti a angustia, a dor, o sofrimento dela de forma real. Como se eu estivesse mesmo presente nas cenas do livro mas assistindo tudo de longe, sabe. Sem poder fazer nada e não podia mesmo rs. Só torcer por uma reviravolta, um final feliz pra ela.
Foi muito intenso, doloroso... e impossível não me emocionar. E ao meu ver a mocinha aqui, embora nascida em berço de ouro passou por momentos piores, mais sofridos que a do livro anterior. Minha empatia e simpatia por ela foi a mil. E só por isso o livro já é merecedor das 5 estrelas.
Mas de quebra ainda temos os irmãos Travis, maravilhosos e super protetores. Gage, que me ganhou no anterior e só ficou mais apaixonante aqui. Jack que participou demais aqui também me encantou e me deixou super curiosa pra ler seu livro, Joe aparece pouco mas não foge a regra dos Travis, encantador e protetor também e Todd, amigo da mocinha, que rendeu cenas bem divertidas outro destaque do livro.
Ah, e o Hardy.... Hardy que no anterior já me fazia suspirar nesse aqui só confirmou o que já desconfiava, que ele é mesmo aquele tipo de mocinho complexo, intenso que tanto amo! Hardy, Hardy.... S2
E as cenas quentes?! Se com o Gage foram "UAU" com o Hardy foram MAIS "UAU" ainda. Que homem, meu Deus?! Sem mais palavras... só leiam!
Os protagonistas, Hardy e Haven são perfeitos um para o outro e a forma como a relação dos dois foi desenvolvida foi bonita demais. Dois personagens quebrados e que juntos formam mesmo uma parceria perfeita. Enfim, eu amei!!! Só esperava um pouco mais do final. Não sei se criei expectativas demais quanto a um final espetacular e arrebatador como foi no anterior. Mas foi perfeito ainda assim, seguiu na direção certa. E no geral, o livro na minha opinião é superior ao anterior sem dúvidas!
Leiam, o livro vale muito a pena! Lisa nunca decepciona e nesse ela arrasou.
Natasha 07/08/2017minha estante
Eu ganhei o primeiro livro e ainda não comecei a ler, mas com a sua resenha vou providenciar esse pra ler os dois de uma "tacada" só


Kelli 07/08/2017minha estante
Leia Sim, Naty! O primeiro é um pouco lento no início mas depois não dá mais pra largar. Os dois tem lindas histórias.




Vanessinha 29/03/2018

Muito lindo!
A autora mostra que relacionamento abusivo não escolhe a classe social, pode acontecer com qualquer pessoa. A forma que a personagem Haven vai narrando nos faz perceber o quanto esse tipo é de relacionamento é uma doença crescente. Parece só um resfriado que vai passar e volta várias vezes, até que começa a nos derrubar e acabar com nossa autoestima, até a cama ser o único lugar seguro para se esconder.
Mostra como sua autoestima e você vão se anulando e acabando e o melhor a importância da terapia e de alguém especial em sua vida para superar o trauma.
Mesmo com as pisadas na bola do Hardy no livro anterior da série, nunca consegui ter realmente raiva dele. Apenas fiquei magoada. E agora o vejo como um dos melhores "mocinhos" de livros de romance.
Uma leitura que vale a pena!
comentários(0)comente



Juliana.Berçot 30/05/2019

Bom.
Comprei o livro por indicação de uma amiga sem saber que a história fazia parte de uma série. Mesmo assim, fui surpreendida pelo assunto e intensidade do contexto. Apesar de não ter conhecido a história anterior, juntei os pedacinhos que faltavam ao lado da sinopse e pimba, encontrei Hardy Cates, com um passado difícil e Haven Travis, com um passado cruel.

No início das primeiras páginas, tive que voltar para entender a leitura, o que eu considero chato e maçante. Não sabia de quem ela estava falando, se era do namorado ou do homem incrível de olhos azuis. Logo depois, naquela mesa da sala de vinho, eles se encontraram de um jeito que eu nunca tinha parado para pensar que fosse possível. Um ponto bastante positivo. Aquilo foi cativante, inovador e sensual...

Na minha humilde opinião, teria gostado muito mais se a história tivesse sido elaborada por flashbacks... Assim, teríamos um envolvimento melhor entre Hardy e Haven. Um romance mais sólido. Mais compreensivo e bem mais realista.
A impressão que deu foi que se eu retirasse as primeiras oitenta páginas, o livro teria a mesma consistência, visto que, logo depois a gente não se lembra mais do casamento dela com o Nick. Nem dos momentos em que ele foi um idiota desgraçado. Coisas ruins a gente esquece, até o personagem, que apesar do trauma ter continuado em seus pensamentos, queria, além de tudo, uma vida nova.
Talvez se a Lisa Kleypas tivesse contado a história de uma forma mais acelerada, com o passar dos anos, a dor que a Haven sofreu seria interpretada no mesmo nível. Claro que, violência doméstica e abuso sexual são temas delicados e que precisam de atenção. Mas achei o livro cansativo, exaustivo e personagens pouco cativantes ao redor da trama.
Fora a demora para o casal se encontrar novamente.... Isso foi de arrancar os cabelos.

A Haven, parecia uma adolescente, (fiquei me perguntando a idade dela várias vezes), sempre quando tentava alguma coisa, não conseguia. Reclamava demais sobre tudo e todos... Entretanto, seu amadurecimento fez com que rejeitasse qualquer convivência amorosa outra vez. Outro ponto positivo que encontrei... Pois, não devemos confiar em qualquer pessoa antes de a conhecermos verdadeiramente.

Não foi fácil ler todo o desenvolvimento da violência que ela passou, nem o desenrolar da história até a página oitenta. Entretanto, eu teria dado muitos cortes na história para que fosse mais impactante e emocionante para o leitor. Mesmo porque, o final não me convenceu tanto assim. Faltou mais alguma coisa... Não sei. Algo que fizesse uma lágrima cair dos olhos? Até a frase final me deixou meio que com um gostinho de quero mais. Um pouquinho mais de páginas pra saber se o bebê teria olhos azuis ou castanhos. Rsrss

Enfim, é um bom livro.
Indico para pessoas que precisam refletir sobre escolhas, sobre o amor, respeito, oportunidades e responsabilidades. Ah, e é claro, conhecer um pouco sobre a indústria petrolífera e os jeitos, costumes de um verdadeiro texano.... Isso tem bastante.

Nota 4.
comentários(0)comente



Larissa 25/03/2020

Gostei por desenrolar a história a partir de uma mulher que vive agressões constantes pelo marido
comentários(0)comente



Claudia 24/03/2020

Muito bom
O segundo livro a escritora já vem com uma história mais fluida, e dando importância para os detalhes necessários, fazendo a história ficar maravilhosa e bem construída. É colocado nesse segundo livro dois personagens que foram muito citados no primeiro, mas que a exploração do mesmo não ocorreu. Achei super valido a superação de uma mulher após sair de um relacionamento abusivo e sempre deixando claro A CULPA NUNCA É DA VITIMA.
comentários(0)comente



Vanessa 27/08/2017

Livro emocionante
A "trajetória" da humilhação de uma mulher, com o passo-a-passo do que aconteceu com Haven, é ao mesmo tempo assustadora e presente. Quantas mulheres não conhecemos que passam pelo mesmo?
A superação de um casamento abusivo, o interesse amoroso por outro homem, o medo, tudo leva a um romance delicioso, cheio de aventura e de preocupações. Amei Haven e Hardy, amei a série, muito bem pesquisada e redigida. E que venham os outros irmãos!
comentários(0)comente



Pâmela 16/04/2020

aaaaaahhhhh livro quente como o Texas, eu li o primeiro e achei legal... mas me apaixonei por esse. Mocinhos legais
comentários(0)comente



Aniekr 28/03/2020

Merece todo o reconhecimento do mundo
Nao é o primeiro livro q aborda o tema de violência doméstica q eu leio, e eu digo com toda certeza q a autora soube trabalhar com ele perfeitamente.

Estou apaixonada pelos personagens principais, os sentimentos q eles transmitem sao tão grandes q nos faz sentir junto. ... Só leiam, sério. Não vão se arrepender.
comentários(0)comente



57 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4