A Coleção de Fetos

A Coleção de Fetos Juliete Vasconcelos




Resenhas - O Ceifador de Anjos


46 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


Fernanda.Avellar 12/08/2019

Simplesmente fantástico
A obra “O Ceifador de Anjos: A Coleção de Fetos” aborda a história de Vincent Hugles, que é para a polícia o serial killer mais procurado de Los Angeles e para a sua esposa Donna ele é o homem perfeito. O casal de detetives Christopher Lang e Ramona Hale estão com o caso mais enigmático de todos os tempos e a busca pela verdadeira identidade do Ceifador de Anjos se torna uma questão de honra. Vincent é ardiloso, inteligente, sedutor, manipulador e consegue enganar a todos. Ninguém imagina que por trás de um homem tecnicamente perfeito está um psicopata que coleciona fetos.

Juliete Vasconcelos tem uma escrita simplesmente maravilhosa e ela não perde para nenhum autor estrangeiro, pois sua obra nos arrebata para um universo que eu amo que é o dos psicopatas, uma ambientação rica em detalhes e personagens marcantes que compõem todo o enredo da obra.

"O inimigo, que o semeou, é o diabo; e a ceifa é o fim do mundo; e os ceifadores são os anjos. Mateus 13:39.”

Vasconcelos nos mostra como funciona a mente de um psicopata e como o mesmo crê que existe explicação plausível para todos os seus atos. No caso de Vincent ele manipula a todos com tanta maestria que chega a dar raiva. Sua esposa Donna em sua ingenuidade nos surpreende com a força e determinação perante algumas situações.

"Atentou-se a sua expressão serena, onde nada em sua aparência denunciava os seus pensamentos. Sorriu para si mesmo, um sorriso bonito e espontâneo, que chegava a ser sedutor e convidativo."

Por fim, a minha experiência com a obra foi melhor do que eu esperava e sem sombra de dúvidas um dos livros com psicopatas que mais me cativou atualmente. Já estou ansiosa para ler os outros volumes e jurava que eu fosse a única “louca” que abria a barriga de uma mulher gestante para retirar o feto no mundo da escrita nacional. Se você gosta de um bom thriller psicológico e um romance policial cheio de adrenalina e emoção, está no livro certo. Vocês já conhecem a obra? O que você faria ao descobrir que o inimigo está mais próximo do que imagina?


site: http://feravellar.blogspot.com/2019/08/resenha-o-ceifador-de-anjos-colecao-de.html
comentários(0)comente



marcelalendo 26/07/2019

Suspense maravilhoso
O Livro O Ceifador de anjos - A coleção de fetos vem contar a história de um serial killer que mata mulheres grávidas e arranca seus fetos de seus úteros. Em todas as vítimas, ele age sempre da mesma forma. Sem agressão física ou sexual ou portas arrombadas. A retirada do feto, a facada na femoral e a inscrição MT13 39 na vítima. A polícia de Los Angeles, sem pistas, está sempre um passo atrás do assassino que eles chamam de O Ceifador de Anjos. Este livro é o primeiro de uma série de três livros.
??????????
O grande diferencial do livro é que não há mistério sobre quem é o grande Ceifador de Anjos. Nesse livro o objetivo não é descobrir quem é o serial killer. A autora te apresenta o assassino imediatamente. Vicent é um biomédico, extremamente competente, responsável por uma equipe e cujo trabalho é muito reconhecido no hospital que atua. Um homem de sorriso fácil e completamente apaixonado pela esposa Donna. A relação dos dois é um conto de fadas. Ele faz absolutamente tudo pela garota e vice e versa. Eles se amam muito. Além de bom profissional e bom marido, ele ajuda nas atividades de igreja e é caridoso. Além de Donna, Vicent conta com apoio de uma amiga que considera como irmã, Adelle.
??????????
A questão é que todas as pessoas envoltas de Vicent jamais imaginariam que ele é o ceifador de anjos. Cada grávida que aparece na história, te deixa aflita se com ela também o ceifador vai agir. Muitas perguntas vão perturbando você durante a leitura: O que ele faz com os fetos? Onde ele coloca os fetos? Como ele escolhe as mulheres? Será que alguém vai descobrir?
??????????
Fui surpreendida em dois momentos do livro que eu não esperava e todas as respostas acima foram respondidas deixando algumas outras para o próximo livro. O livro te apresenta muito bem os personagens, inclusive o leitor estará nas cenas de ação do ceifador, participando ali com sua luva azul e seu bisturi.

Para os amantes de suspense, impossível parar de ler antes de acabar! Por todos os motivos, recomendo muito a leitura dessa série
#resenhasmarcelalendo

www.instagram.com.br/marcelalendo
comentários(0)comente



Kethelyn.Silva 22/07/2019

Mais que bom ❤️ Maravilhoso
eu amei. Este livro é um daqueles livros que todos devemos ler pois ele é maravilhoso,se você não ouviu falar dele ainda,corre pra ler ❤️👼🏻.Eu me apaixonei por ele nos primeiros capítulos, não vou negar é um livro diferente, eu não estava acostumada com este tipo de livro porém não me arrependo nem um pouco de ter lido.
🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤
O ceifador de anjos é ninguém mais ninguém menos que Vincint, um biomédico de aparência encantadora que por onde passa deixa sua marca, um homem que toda mulher sonha em ter, romântico,muito bem sucedido,carismático e muitas outras coisas, ele só tem um “pequeno” defeito -um instinto assassino- Vincent acredita que ao tirar os fetos está protegendo os anjos, impedindo que eles nasçam para sofrer...Sim isso mesmo ele remove os fetos de mulheres que ele julga incapaz de proteger,cuidar,amar um bebê 🍼...🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤🖤 Falando assim o livro parece bom, mais lendo você vê que ele é maravilhoso (pra quem quer conhecer a mente de um assassino, um serial Killer),em 50% do livro eu simplesmente não consegui mais largar eu precisava saber o final, e quando eu terminei eu pirei, fiquei totalmente de boca aberta por alguns acontecimentos, e já digo, com toda certeza que preciso da continuação🖤😱👼🏻

site: https://www.instagram.com/p/Bt4P4JlgAj2/?igshid=1aipkwajddy0j
comentários(0)comente



Mariana.Garcia 22/07/2019

O ceifador
Difícil descrever o que senti lendo esse livro. A única certeza é que termino a leitura cheia de questionamentos, mas nada se compara a sensação de que muita água ainda vai rolar.
Vicent é o típico "boa pinta", bonito, bom filho, bom esposo e um homem exemplar na sociedade, porém, considera-se um justiceiro, aquele que veio para libertar os anjos de um possível sofrimento.
O livro se desenrola de maneira fluida e bem desenvolvida, colocando o leitor a parte de acontecimentos angustiantes e que prendem o leitor que busca por respostas.
O final então é literalmente um ponto de interrogação que instiga o leitor a buscar a continuação.
Gostei muito desse enredo embora seja narrado em terceira pessoa, não deixa a desejar em nada.
comentários(0)comente



Bibliote_cah 19/04/2019

Incrível!!!
O ceifador de anjos é o primeiro livro da trilogia 'A coleção de fetos'. Nele conhecemos um ser capaz de loucuras para salvar o que ele considera como anjos. Um homem reconhecido no trabalho, um bom cidadão, bom amigo e bom marido, porém por trás desse bom homem existe um serial killer que tira com um bisturi o feto de suas vítimas, fetos esses que ele considera anjos e por isso diz que precisa salva-los. Após a retirada do feto ele mata suas vítimas com um golpe na virilha.
Esse livro é uma loucura, eu fiquei tipo 'oi, cadê a continuação?!', é daqueles livros que você pega é não consegue largar porque precisa saber o que vai acontecer no próximo capítulo kkkk e como consequência, passa horas lendo sem nem se dar conta. É uma história muito boa, com personagens bem construídos, a elaboração do serial killer foi muito boa, os detalhes descritos em cada cena protagonizada por ele nos dá a sensação de pertencer a história. Eu amei, a leitura foi bem tranquila, fluída e eu tô desesperada pela continuação kkkk. Mas o final, esse é impossível descrever, é incrível, um babado dos grandes rsrs, e aquele gostinho de quero mais deixa de ser um gostinho e passa a ser uma necessidade de ter a continuação em mãos. Eu fiquei apaixonada, amei a escrita da Ju (sentiu a intimidade?! kkkk), as citações de filósofos que ela usou durante a história, entre outros detalhes que vocês só saberão se ler ?. Super recomendo!
comentários(0)comente



Rafa Hitomi 19/02/2019

O Ceifador de Anjos
“Analisei com os detetives cada um dos seus casos minuciosamente e posso afirmar com toda certeza que esse homem age se achando uma espécie de justiceiro, um homem de lei até, não um anjo como muitos pensam. O Ceifador de Anjos não vê a si como um ser divino, mas acredita precisar intervir em certas gestações para impedir futuros sofrimentos. De quem? Desses bebês que iriam nascer”

Christopher Lang e Ramona Hale são detetives e trabalham juntos há mais de um ano. Atualmente se esforçam para solucionar casos de mulheres grávidas mortas que tiveram seus bebês retirados brutalmente. Na maioria dos eventos, a vítima sofria um corte no ventre, e como golpe de misericórdia, o assassino feria a virilha causando uma morte rápida. Havia também uma pequena escarificação na coxa com as código “Mt 13 39”.

Paralelamente, conhecemos Vincent e Donna, um casal aparentemente perfeito que namoram há quatro anos. Ele é biomédico e comanda testes e pesquisas relacionadas a diferentes tipos de medicamentos no hospital em que trabalha, enquanto Donna é professora (que futuramente passa a lecionar na universidade).

Nesse meio, surge Adelle, amiga do casal. É uma advogada que almeja o cargo de promotora de justiça e não mede esforços para tal. Deixa até mesmo as necessidades pessoais de lado para que aconteça. Mas chega um certo momento em que os desejos mudam e ela pensa em construir uma família. Porém, a chegada de uma criança dependeria de um parceiro, o que não é muito fácil devido a vida agitada da moça. A decisão final é a fertilização artificial que é feita com êxito.

Além dos diversos casos de grávidas assassinadas sendo reportadas nos telejornais, as pessoas conhecidas de Donna são as novas vítimas, desestabilizando a vida perfeita que tinha. Vincent, por outro lado, tenta equilibrar o relacionamento e esconder de sua esposa as suas “atitudes”.

Será que algum dia Donna suspeitará de Vincent? Os detetives conseguirão descobrir o autor de tamanha atrocidade com essas mulheres e crianças que nem tiveram a chance de nascer? E por qual motivo ele comete esses crimes?

site: https://rasgaapagina.com/?p=431
comentários(0)comente



Clarice 11/02/2019

O ceifador de anjos é o primeiro exemplar da série A coleção de fetos e também foi meu primeiro suspense, tenho que confessar que esse gênero é VI CI AN TE.
A Ju possui uma escrita bastante clara e bem descontraída, algo que ajuda bastante no entendimento durante a leitura.

O enredo é intercalado entre a vida de Vincent e as investigações dos casos. Uma forma bem interessante de narrativa, algo que instiga a curiosidade do leitor fazendo com leia cada capítulo em busca de desvendar o mistério.

A autora descreve bem cada personagem e a ambientação da estória é exposta de forma simples. Achei bem excitante a forma como os acontecimentos se encaixavam, algo que era citado no início do livro acabava vindo à tona no desfecho da estória.

Confesso que desvendei rapidamente os motivos de Vincent estar roubado os fetos, algo que me chateou bastante, esperava criar várias hipóteses loucas na cabeça, mas infelizmente não foi dessa vez. E outro ponto que desgostei foi a rapidez que a autora descreveu os assassinatos, esperava que fosse bem mais sangrento e cheio de detalhes

Acredito que criei muitas expectativas para o meu primeiro suspense, mas além disso, a estória é muito boa e vale super a pena conhecê-la.
?
Vários assuntos são abordados durante a leitura, mas o que mais me chamou atenção é o perigo assustador que se encontra ao compartilhar tudo pelas as redes sociais, foi dessa forma que Vincent conseguiu todas as informações sobre suas vítimas e assim arquitetar seus planos.
?
As redes sociais são bastante beneficas, ajudam no trabalho, nos estudos e também para o nosso entretenimento, mas na mesma intensidade elas podem se tornar vilões podem por nossas vidas em risco.
?
Aproveitando aqui o assunto sobre o perigo das redes sociais, a nova série da Netflix: YOU aborda de forma claro esse assunto e vale a pena assistir.
comentários(0)comente



Luciana @lufauber 02/02/2019

O ceifador de anjos
Los Angeles, ironicamente, é alvo de um serial killer denominado pela polícia "Ceifador de anjos", por sempre escolher matar mulheres grávidas e sumir com os fetos.
Foi uma leitura interessante, principalmente porque li poucos livros do gênero. Achei muito boa a forma como a narrativa funcionou mostrando vários pontos de vista dos personagens, fiquei frustrada com o trabalho da polícia em vários momentos, mas entendi. Uma coisa que eu gostei bastante foi tentar prever as próximas ações do assassino, algumas vezes eu consegui acertar e em outras eu errei muito feio. A forma como a autora abordou algumas temáticas envolvendo a exposição on-line, principalmente, me chamou a atenção, uma vez que a cada dia nos expomos mais e esquecemos que existem muitas pessoas más por aí. A tensão na leitura e a vontade de que a justiça seja feita estiveram presentes durante a leitura, acabei surpresa com o final e estou ansiosa pelo próximo volume :)
comentários(0)comente



Lilica 01/02/2019

Tenso...
Mulheres grávidas são assassinadas e seus fetos roubados de seus ventres. Não se sabe o motivo, nem mesmo quem seja o assassino. Os detetives Cristopher e Ramona, trabalham pra descobrir quem é o serial Kiler que vem assolando a cidade.

Dona e Vincente, vivem um relacionamento dos sonhos. Ele A trata como uma verdadeira rainha. Mimos, atenção a todo o momento, companheirismo e outros atributos, regam a união deste casal, que muitos diriam ser o casal perfeito.
Mas Vincent esconde um segredo que faria com que Dona o odiasse pra vida toda, caso fosse descoberto. Vincent é o Serial Kiler, que mata mulheres grávidas e rouba seus fetos (fato informado já nas primeiras páginas do livro).

Agora Ramona e Cristopher precisam correr contra o tempo, ou outras mais mulheres podem ser assassinadas e as únicas pistas que eles têm, são as marcas que o assassino deixa em suas vítimas e seu meus operando.
comentários(0)comente



@umlivroeumvinho 31/01/2019

Amei forte, quero a continuação!
Primeiramente preciso dizer que terminei a leitura em choque, e que preciso desesperadamente da continuação.

No livro acompanhamos a história de Vincent, um serial killer que tem como vítimas todas mulheres grávidas, e, ao assassiná-las, remove seus fetos com um bisturi.
Um homem com uma vida aparentemente normal, carismático, bem sucedido e com um relacionamento perfeito.

A leitura foi muito prazerosa, e após chegar aos 60% do livro eu não consegui mais parar de ler. O casal principal, Donna e Vincent, chega a dar nojo de tão melosos e vidinha perfeita hahaha, ainda mais com a gente sabendo o verdadeiro caráter de Vincent.

Eu realmente me senti como se estivesse vendo um filme ou série policial. Teve momentos em que meu coração parecia que iria sair pela boca. É uma história realmente envolvente, daquelas que você esquece de tudo ao seu redor. Um enredo que te prende demais, com personagens muito bem construídos e que não se perde em nenhum momento.

Recomendo àqueles que gostam de investigação criminal, de passar nervoso pelos policiais hahah, e aos curiosos sobre como a mente de um serial killer funciona.
comentários(0)comente



Once upon a time book 21/01/2019

Resenha do insta @onceuponatime_book
É possível gosta tanto e sentir um carinho especial pelo serial Killer que é o personagem principal do livro?? Então, adoro o Vincent.

O livro tem uma narrativa maravilhosa, um enredo encantador e a temática envolvente, o livro é tão rico em detalhes e com personagens bem elaborados, que torna toda história real. A autora criou um livro que te transporta para dentro da história, é como você estivesse junto com o Ceifador de Anjos em cada crime dele. O livro de arrebata de um jeito que você não consegue larga a história até saber o que vai acontecer no próximo capítulo.

A construção de Vincent o Ceifador de Anjos é maravilhosa, tem tudo que constrói um verdadeiro serial Killer.

Eu amei o livro do início ao fim e ainda bem que o FBI do Los Angeles não conseguiu captura-lo, torno a dizer eu estava torcendo para o assassino sair em pune.

O livro conta a história de Vincent um assassino em série de mulheres grávidas, que ficou conhecido como o Ceifador de Anjos. Ele sente no dever de livrar os anjos de um futuro trágico nas mãos das mães, então ele recolhe os fetos e mata as mães e além disso ele coleciona os fetos no seu porão. Vincent é um homem doce e amável com todos, mas na hora de seus crimes se torna um homem frio e calculista.

comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Jenny 01/01/2019

[RESENHA] O Ceifador de Anjos
“A aceitação de seu destino e o reconhecimento de sua culpa, fez com que o Ceifador de Anjos quisesse ser gentil com ela, pela última vez.”

Christopher Lang e Ramona Hale formavam uma boa equipe, se davam bem e faziam um ótimo trabalho juntos. A parceria entre eles tinha pouco menos de um ano, mas suas famílias estreitavam laços de amizade. Christopher era casado há mais de quatro anos com Olívia, que deixou de lado a carreira de fotógrafa para cuidar da casa, do marido e dos filhos que queriam ter, mas que ainda não conseguiam ter. Ramona, por sua vez, depois de dois anos de namoro, casou com o procurador público, Anthony, ambos não pensavam em ter filhos tão cedo.

Ambos eram detetives do departamento de homicídios e estavam trabalhando num caso muito intrigante. Uma mulher grávida tem em seu corpo, uma incisão supra púbica, sem anestesia, feita por um profissional que tinha a intenção de retirar o feto e matar a mãe no processo. Deixando uma marca na perna da vítima, escrito MT 13.39. Mas o que significaria essa marca e o que aconteceu com o feto?

Lang e Hale fizeram de tudo para encontrar o assassino, no entanto, as investigações não deram resultados. Pois não havia sinais na cena do crime, com isso, não havia como prosseguir nas investigações.

Vincent e Donna namoravam há quase quatro anos, mas não falavam seriamente em dar um passo maior no relacionamento, que, aliás, começou com um nada discreto empurrão de uma amiga em comum do casal, Adelle Potts Mercer, que os apresentou já garantindo que formavam um casal perfeito.

Donna Dixon nasceu em São Francisco, Califórnia, perdeu a mãe para o câncer quando tinha apenas sete anos. O pai adoeceu por conta da bebedeira e em menos de três anos veio a falecer, deixando a filha de apenas 10 anos. Fora morar com o irmão, Allan Dixon, 12 anos mais velho, e sua cunhada, Jenifer Miller Dixon. Ao completar 18 anos, Donna mudou-se de cidade para cursar História no Centro Universitário de Los Angeles, onde após a conclusão do curso, começou a trabalhar, lecionando em colégios particulares para poder financiar o seu pequeno- mas confortável- apartamento.

Vincent é um homem de 27 anos, bonito, inteligente, simpático, encantador, gentil e carinhoso. Não conhecera o pai, pois ele faleceu em um acidente de carro quando ele ainda era um bebê, sua mãe, Jenna Hughes, sempre lhe deu tudo. Arcou com todas as despesas da faculdade de Biomedicina do filho, além de pedir ao amigo Randall Berger, que o empregasse no Hospital Bom Samaritano de Los Angeles, onde o amigo era o diretor, isso antes mesmo do rapaz concluir a graduação. Vincent Hughes se mostrou um dos melhores profissionais se não o melhor, se tornando em pouco tempo, responsável pelas pesquisas e testes realizados no Hospital.

Sua mãe dizia ter tido uma menina, quando Vincent ainda era um garotinho, mas Jenna a tinha perdido muito cedo. Jenna sofreu uma parada cardíaca um ano depois do começo do namoro de Donna e Vincent, e não sobreviveu, deixando para o seu único filho, a sua casa, dois carros, o que era de seu uso e o que havia dado de presente ao filho, além de uma boa quantia de dinheiro no banco.

Envolvido com projetos sociais, hábito que também herdou de sua mãe e que compartilhou com Donna. Gostava de ajudar as pessoas, fazer doações, ouvi-las e até aconselhá-las. Pelo menos uma vez ao mês, marcavam presença em uma organização beneficente. O casal também ia à igreja, participavam de missas e de suas campanhas em prol dos menos favorecidos.

Já deu para perceber o quão perfeito e um exemplo de cidadão, Vincent poderia ser. Mas isso tudo era apenas fachada, para esconder o seu verdadeiro eu. Que surgia quando ouvia as palavras “gravidez” e “bebê”. Eram como se fosse o gatilho que despertava o seu lado frio e sádico.

“Vincent mentiu para Donna, iria passar a tarde e a noite toda em sua casa, mas não queria vê-la, não queria ver ninguém, apenas precisava ficar só e pensar.”

Faziam com que ele passasse a tarde e a noite pensando num plano metodicamente calculado, buscando informações sobre a próxima vítima e arquitetando tudo nos mínimos detalhes. Nada em sua aparência denunciava seus pensamentos. O sorriso bonito e espontâneo chegava a ser sedutor e convidativo.

Vincent ficava realmente atraído pela mulher, mais especificamente por sua gestação, por isso, em momento algum, ele luta contra essa atração. A verdade é que não se importava com vítima. Apenas sentia que precisava fazer algo. Era como se retirando o bebê, de alguma forma iria salvá-lo do seu futuro.

Três anos se passaram, e os detetives se empenharam por vários meses a fio e não obtiveram sucesso. Ambos queriam filhos com suas respectivas famílias, mas estavam tendo dificuldades em relação a esse objetivo, principalmente Christopher e sua esposa, Olívia. Enquanto Vincent aumenta há cada dia, a sua horripilante Coleção de Fetos.

No entanto, Donna não ver à hora de ter um bebê com o seu lindo e perfeito marido. (Sim, eles se casaram e se tornaram um casal lindo e perfeito!) Será que Vincent fará as mesmas crueldades com sua esposa, assim como fizera com suas vítimas? Só lendo para descobrir!

A autora mescla entre o dia a dia do assassino e as investigações dos detetives, cujos casos não apenas aumentarão ao longo da narrativa, como também ficarão mais intrigantes e bizarros.

Preciso confessar que eu amoo histórias envolvendo seriais killers, pois podemos entrar na mente deles e desvendar o seus mais intrigantes, frios, sádicos e ao mesmo tempo fascinantes pensamentos. Mas eu nunca tinha lido nada parecido com o modus operandi de Vincent haha. Sério, gente! Que personagem intrigante! As descrições das cenas de assassinato são tão reais que era como se eu estivesse dentro da história, presenciando tudo. Neste primeiro volume, não é possível compreender totalmente o porquê de Vincent fazer o que faz, no entanto, o leitor irá presenciar os seus assassinatos e como ocorre todo o seu planejamento perfeitamente calculado para capturar suas vítimas e levar os preciosos e inocentes, fetos. A narrativa é bastante envolvente e rica em detalhes. Os personagens foram muito bem caracterizados, sem deixar de mencionar o final, que foi incrivelmente surpreendente e me deixou muuito ansiosa para ler os outros volumes dessa série. Eu queria poder contar muito mais para vocês, mas não posso haha. Vocês precisam ler e conhecer esse personagem que é incrivelmente belo por fora, mas por dentro; é outra história haha. Vale à pena conferir!

comentários(0)comente



Maite.Rodrigues 24/12/2018

melhor suspense policial
Eu os convido a parar por um breve momento e imaginar comigo uma vida perfeita: em que um marido exemplar é apresentado, assim como o seu outro lado...
Afinal, quem nunca ouviu dizer que todos temos o bem e o mal dentro de nós? A diferença é que a maioria das pessoas é perfeitamente capaz de reprimir o seu lado sombrio. Mas, e se você está convivendo com alguém que não mantém o seu lado ruim recluso? E se esse alguém fosse provavelmente a pessoa que você ama, para quem você confia sua vida?
O Ceifador de Anjos aborda exatamente essa temática, nos apresentando a história de um serial killer que divide opiniões. Uns amam, outros abominam e alguns até se questionam se o ato do psicopata é algo tão ruim assim!
Claro que a proposta do livro é exatamente esta: te fazer questionar o inquestionável.
Vincent Hughes é um homem que "cumpre" a lei, boa profissão, bom casamento, bons amigos e vizinhos. Ninguém ao seu redor nem sequer desconfia sobre o monstro que ele esconde dentro de si, alguém que investiga suas vítimas minuciosamente, para então, ter o que precisa para ceifar a vida dessas mulheres, assim como de seus anjinhos, que acredita estarem melhor em potes, imersos em formol.
"Sim, sim, seu marido já disse que vocês precisam. Sabe, Loretta, Voltaire uma vez disse que o desespero ganha muitas vezes batalhas, agora entendo que "muitas vezes" não significa "sempre" ou que não significa "todas" — disse enquanto tirava do bolso do paletó um bisturi.”
Gostei bastante dos trechos em meio às mortes de suas vítimas, em que Vincent usa citações conhecidas, expondo sua opinião sobre elas em seguida. Deixando o cenário ainda mais assustador para aquelas mulheres.
Confesso que a trama me fez refletir sobre muitos pontos, como por exemplo, a tomar cuidado com pessoas perfeitas demais. Afinal, seres humanos cometem erros. Enquanto o personagem em questão dificilmente desagradava alguém ao seu redor. Tornando-se assustador quando assumia a personalidade assassina.
Uma leitura fácil e dinâmica onde muitas coisas acontecem, emoções são afloradas e a curiosidade fica a mil para saber o desfecho do Ceifador de Anjos.
O primeiro livro foi apenas um gostinho, vamos ver o que a autora Juliete Vasconcelos reserva nos próximos capítulos.


#FeraDeMontrack
#Apenas24HorasLivro
#EstefaniaCristina

#livro #lançamento #escritor #leitura #dicadeleitura #lendo #record #fantasia #romance ##ficção #projetoecoliterario
#12livros12ganhadores
#PermitameSerSua
#ReliquiasdeFogo
#MaiteSombra

site: https://www.instagram.com/p/BryYkYHAHCE/
comentários(0)comente



Ari 24/12/2018

O Ceifador de Anjos
Ceifador de anjos
? Prepare-se pra conhecer essa história, que vai impactar com seus mistérios, te fazendo ficar ainda mais curioso pois o ceifador de anjos, possui uma narrativa que envolve e te prende do início ao fim. Uma história arrepiante, que quando você começar a ler não vai querer mais parar!
? O que você faria ao se deparar com mortes misteriosas sem o menor sentido? Tirando vidas de forma cruel? Conheça a história do psicopata Vicente Houges , um assino que possui uma coleção de fetos na cidade de Los Angeles.
? Os detetives Christopher e Ramona são conhecidos pelo seus diversos casos solucionados, mais chega em suas mãos vítimas de um assassino em que não deixa rastros pra que chegue até o assassino. O que chamam atenção é que essas vítima são com mulheres grávidas, que são mortas e tirando de si seus fetos por um serial Keller.
? Vicente Houges, tem uma vida aparentemente normal, trabalha como médico e é casado com Donna, professora na universidade de Los Angeles. Vicente aparenta um homem bom , sem demostrar nem um tipo de comportamento que comprometa seu segredo, pois consegui esconder muito bem aquilo que faz, fazendo o leitor se encantar com esse seu lado. Sua esposa, apaixonada pelo marido nem desconfia de sua outra personalidade.
? Mais algo pode comprometer na descoberta desse segredo, uma amizade entre Donna e Olívia que é esposa do detetive Christopher. Ambas duas com um desejo de ser mãe, e agora? Será que Donna vai descobrir tudo sobre Vicente? Ela estará segura ao lado do ceifador de anjos? O que vai acontecer nesse desfecho final? Tudo isso vocês podem descobrir juntos a essa história o ceifador de anjos.
? Eu particularmente amei, foi um primeiro livro que li nesse gênero e com certeza o primeiro de muitos outros. A autora está de parabéns, pois consegui-o me envolver do início ao fim. E sobre Vicent , bom horas queria esganar a cara dele, em parte não queria acreditar que ele era tão perturbado assim .
comentários(0)comente



46 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4