Cilada Para Um Marquês

Cilada Para Um Marquês Sarah MacLean




Resenhas - Cilada para um Marquês


69 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Luciana.Sauder 08/08/2017

Apaixonada por essa serie!
Gostei muito desse livro!
Dei muita risada com esses dois se alfinetando! E como todo romance esses homens sao maravilhosos! Rs
Aahhhh(suspiro) apaixonada por Rei!
Ele chamando ela de amor? meu coraçao derretia!
Vale muito a pena ler!
comentários(0)comente



Daia @tchelivros 31/07/2017

Sarah MacLean roubando meu coração mais uma vez! <3
“-Eu também nunca disse que você era desinteressante. Rei contestou.
-Não. Creio que você usou o termo desdivertida, que é ainda mais insultuoso, pois parece que eu sou tão entediante que preciso ser definida por uma palavra que até hoje não existia.”


Sophie é uma jovem decidida. Ela sabe o que quer e o que não quer e se existe algo que ela não deseja é ser parte da aristocracia. Ela odeia o descaso e preconceito dos membros da alta sociedade. Infelizmente para ela, seu pai comprou seu acesso a esse seleto grupo, ainda que a família não tenha sido totalmente aceita.
As jovens da família Tolbot são conhecidas como “irmãs perigosas”, capazes de qualquer coisa para garantir um casamento com um aristocrata. Sophie segue o caminho contrário, não quer unir sua vida a um homem como esses.
Após se meter em uma grande confusão que poderia manchar a sua reputação, ela decide voltar para o interior, onde os julgamentos eram menores e as pessoas eram felizes com pouco. Lá ela encontraria Robbie, seu amigo de infância que prometeu esperar sua volta, e finalmente seria feliz, deixando para trás todas as frivolidades que fizeram parte da sua vida nos últimos tempos.



Para chegar ao seu destino, ela pede ajuda a Rei, o marquês de Eversley, um homem com a reputação tão arruinada quando seu coração. Ao tomar conhecimento de quem ela era, Rei se recusa a ajudá-la, ele sabe o perigo que envolve uma Tolbot e não está disposto a correr o risco de acabar em um casamento com Sophie.
A partir disso a personalidade forte de Sophie entra em ação e ela começa sua jornada de volta para casa. Nesse percurso, os caminhos desses dois teimosos adoráveis insistem em se cruzar. E à medida que segredos são revelados, todos os planos de ambos podem ruir e as respostas que eles sempre buscaram podem estar no amor.



Quando o assunto é romance de época, Sarah MacLean é minha autora favorita e neste livro ela não decepciona em nada. A história é super divertida e muito linda.
Os conflitos dos personagens são muito mais fortes do que parecem e a evolução deles é maravilhosa.
A edição está perfeita. Todo início de capítulo começa com uma manchete de jornal, evidenciando os periódicos de fofoca que são comuns e divertidíssimos nos romances de época. Amei!
Não foi o melhor livro dela que já li (é impossível algum livro bater "Nove Regras A Ignorar Antes De Se Apaixonar), mas com certeza entrou para os meus favoritos. Risos e suspiros garantidos. Sophie é uma mocinha incrível. Aos que ainda não conhecem o trabalho de Sarah, fica a dica. Não vão se arrepender.


site: https://www.instagram.com/p/BXOtUEpjN2Q/?taken-by=tchelivros
comentários(0)comente



Na Nossa Estante 10/07/2017

Cilada Para Um Marquês
Sophie Talbot é uma das irmãs perigosas, mas ela não sabe disso, ela só sabe que detesta a sociedade e principalmente o marido de sua irmã, que a trai em plena festa e ainda se acha com razão. Com raiva, Sophie acaba deixando o cunhado numa situação constrangedora e isso desperta a ira dele e o desespero de sua família. Cansada de tudo a protagonista tenta escapar de todo mundo e esbarra em sua fuga com Rei, Marquês de Eversley e o futuro duque de Lyne!

Rei é um homem que tem uma péssima fama, para todos é um libertino incorrigível que adora disputar corridas de carruagem. O marquês acredita que Sophie é realmente perigosa, que assim como as outras irmãs, está desesperada por um marido com título, já que dinheiro a família já possui. O problema é que protagonista finge ser um de seus empregados, acaba viajando com Rei e durante todo o percurso quanto mais ele quer se afastar de Sophie e se livrar dela, mais ele se aproxima. E com todo o mal-entendido sobre a moça, em alguns momentos, o leitor pode mesmo sentir raiva do Rei por acusar injustamente Sophie. Não que a garota ajude muito, já que teimosa e completamente fora dos padrões, a protagonista se envolve em muitas enrascadas.

Sophie sem dúvida é uma das melhores protagonistas de Sarah Maclean, com uma língua afiada e bastante corajosa, a moça embarca na carruagem de Rei disfarçada de homem e prefere encarar um exército a ter que voltar pra casa. Com isso, temos diálogos divertidíssimos porque Sophie não quer casar, mas Rei acredita que tudo que a coitada faz é uma emboscada para ele. Claro que como em todo bom romance, durante a jornada os dois se aproximam e Rei vai ter que encarar o pai que tanto odeia e um novo amor.

Cilada Para Um Marquês não tem muitos coadjuvantes, mas o pai de Rei foi uma grata surpresa na história e a família de Sophie parece bem egoísta em muitos momentos. Sarah Maclean constrói um romance em que as aparências mentem o tempo todo e nem tudo é o que a gente acredita ser, nem mesmo a personalidade de libertino de Rei.

A obra tem um romance explosivo, com um casal que briga boa parte do tempo. A autora mescla bem os elementos do romance de época que muitas vezes é usado pelos protagonistas com sarcasmo na trama, o que deixa tudo bem mais divertido. E vale destacar que Sarah Maclean explora bem seus personagens, nos prendendo em cada discussão deles.

Cilada para o marquês se tornou um dos meus livros preferidos do gênero, impossível me cansar da narrativa dessa autora.



site: http://www.oquetemnanossaestante.com.br/2017/06/cilada-para-um-marques-resenha-literaria.html
comentários(0)comente



Leituras e Delírios 08/07/2017

Cilada Para Um Marquês é o primeiro volume da série Escândalos e Canalhas escrito pela Sarah MacLean. Vocês já devem ter percebido que a Sarah é uma das autoras que toma conta da nossa estante né? Não poderíamos deixar de comentar sobre essa série publicada pela editora Gutenberg.

Sophie Talbot é uma das degeneradas Irmãs Perigosas! Filha de um homem que trabalhou em minas de carvão a vida inteira e ganhou o título de Duque nas cartas, ela e suas irmãs são apenas toleradas pela sociedade e atualmente são o escândalo preferido da sociedade. Após causar um escândalo derrubando o cunhado em um laguinho numa festa, Sophie decide que está completamente farta da sociedade. Assim ela esbarra no marquês de Everley, mais conhecido como Rei, um famoso libertino que já arruinou um número incontável de jovens damas. Sophie então decide pegar uma carona com o Marquês para Mossband, já que ele está indo para Cúmbria visitar o pai que está a beira da morte. Essa viagem, porém, pode ser mais complicada para ambos do que Sophie e Rei imaginaram.

Confesso que demorei um pouco a engrenar essa leitura, pois não gostei muito de Rei no começo do livro, ele é bastante grosseiro com Sophie e isso me deixou bem chateada. O que me fez persistir foi que a personagem feminina desse livro é maravilhosa! Ela prova a tudo e a todos que sabe muito bem se virar sozinha, mesmo quando Rei não quer nada com ela.
Leia mais em:

site: http://www.leiturasedelirios.com.br/2017/06/cilada-para-um-marques-sarah-maclean.html#.WWDq4YjyvIU
comentários(0)comente



Fabi 05/07/2017

UM LIBERTINO E UMA MOCINHA VALENTE
''-Felicidade! É esse o cheiro dos livros. Felicidade. Por isso eu sempre quis ter uma livraria. Existe vida melhor do que vender felicidade?''

Sophie Talbot é conhecida pela Sociedade como uma das Irmãs Perigosa, mulheres que fazem de tudo para ter destaque na aristocracia. Só que a nossa protagonista é diferente de suas irmãs. Ela não dá a mínima para a aristocracia. Prefere a vida simples que levava há dez anos atrás, quando seu pai não tinha ganhado um título.
A mais reservada da família, a considerada desinteressante em um escândalo no qual toda a sociedade irá presenciar, decidirá que não quer mais viver ali, e assim planeja fugir. Seu destino irá cruzar com o de Rei, o Marquês de Eversley e futuro Duque de Lyne, um homem com a fama de dissolver noivados e arruinar as damas da Sociedade.
Ele está de viagem para Cumbria, onde irá ver o pai que ele tanto odeia e que diz estar à beira da morte. Por um acontecimento do passado, Rei há 15 anos evita o duque, não querendo estar no mesmo lugar que ele. Seu pai, o impediu de ser feliz com a mulher que ele amava, o que acarretou um triste acontecimento, que fez O Marquês de Eversley prometer jamais se casar, dizendo sempre que o ducado morrerá com ele.
Rei está certo que Sophie está no seu encalço tramando que ele se case com ela. Sendo que na verdade, ela só quer liberdade, voltar para sua terra natal e reencontrar o garoto que afirmou esperar por ela e também abrir sua tão almejada livraria.
Ela já tenta dizer de todas as formas que nunca que se casaria com um homem como ele. O resto vocês já podem imaginar. Esta viagem juntos promete muitas surpresas e aventuras.
Bem, eu gostei bastante do enredo deste livro. Principalmente quando Sophie veste roupas de criado e se passa por homem. Ela não mede esforços para fugir de Londres, a cidade no qual foi criticada por defender sua irmã de um escândalo. É uma personagem forte e que luta com todas suas forças por aquilo que almeja.
Porém, o mocinho não me agradou 100%. Achei que em certos momentos ele foi meio rude, faltou um pouco de cavalheirismo da parte dele.
Os momentos de brigas entre os dois nos permitem algumas risadas.

''-Não me diga que é o verdadeiro Rei?
Ele olhou torto para ela.
-Você deve achar divertido debochar do meu nome.
-Eu acho. Muito, ela sorriu.
-Você não deveria morder a mão que te alimenta, ele disse.
-Você está me chamando de cachorro?
-Não, ele respondeu. Cachorros são dóceis e obedientes de um jeito que você jamais conseguirá ser.''

Rei quando começa compreender um pouco melhor Sophie transforma-se em alguém mais afetuoso e carinhoso com ela. Não é rude em toda parte do livro pelo menos. Foi a partir daí que eu comecei a gostar do protagonista masculino. O fato de ele ficar dizendo que Sophie não era problema dele, já estava me cansando. =/
Resumindo eu achei que este livro foi mais ou menos. Não de todo ruim, mas também nem de todo mal. Só não consegui simpatizar com o Reider, totalmente. Uma coisa de gosto meu, minha opinião. Como ele faz parte da série Escândalos e Canalhas, vou ler o próximo.
No final eu o recomendo. Para os fãs de romances de época ele é uma boa leitura sim.
comentários(0)comente



LauraPops 28/06/2017

Incrível
Este livro me encantou, estou tão fascinada que mal consigo juntar palavras para falar sobre ele, mas com certeza posso dizer que me apaixonei.
A história intensa entre Sophie e Rei é cheia de aventura e romance, sem deixar daquela pitada sensual que Sarah consegue colocar em seus livros!
É um livro repleto de muitos acontecimentos e conforme a trama vai se desenrolando a tensão sexual/romântica vai se tornando cada vez mais evidente e acima de tudo, se torna ainda mais linda!
O livro em seu aspecto geral é maravilhoso, possui romance, aventura e tensão na medida certa.
Sarah sempre coloca muito bem os acontecimentos e todas as aventuras em que os heróis se envolvem foram muito bem descritas e muito bem iniciadas e finalizadas.
Estou completamente apaixonada pela trama e não vejo a hora de ler os próximos livros!
comentários(0)comente



cris.leal.12 26/06/2017

Aventura e amor...
Sophie parece um peixe fora d'água na vida movimentada de Londres. Ela deseja voltar para a vida simples do interior. Seu desejo acaba se concretizando quando ela provoca um escândalo em um baile, ao flagrar seu cunhado com uma amante. Não querendo enfrentar o desapontamento e a censura da mãe, a moça se disfarça de homem e embarca escondida na carruagem do marquês de Eversley, conhecido como um grande libertino.

A partir daí, vamos acompanhar uma viagem divertida e cheia de aventuras, proporcionadas por um casal que diz repetidamente que não se gosta, mesmo a atração mútua sendo óbvia.

Esse é mais um romance de época (se passa na Inglaterra o século XIX) que eu amei! Recomendo.

site: http://www.newsdacris.com.br/2017/04/cilada-para-um-marques-de-sarah-maclean.html
comentários(0)comente



Kitty 25/06/2017

Vários mini enredos
Como não se cansar de livros de época que parecem sempre com a mesma receita de bolo?
Aprendam com essa mulher!
Desenvolveu uma série de mini eventos seguidos e não deixa a leitura cansativa, tendo reviravoltas até as últimas pgs. Ameeeei!
comentários(0)comente



priscila.rosa.50 16/06/2017

Lindo !
O livro é lidinho demais , o romance foi bem construído , a história é bem divertida e em vários momentos me peguei suspirando e sorrindo. Super recomendo !!
comentários(0)comente



22/05/2017

Sarah sempre arranjando um modo de fica melhor... Não é possível um negocio desse.
comentários(0)comente



Eu Pratico Livroterapia 03/05/2017

Cilada Para Um Marquês
É incrivelmente gratificante terminar uma leitura com vontade recomeçá-la. Sabe quando você não consegue largar o livro? Mas sente que se ler em uma noite, vai se arrepender por não ter apreciado mais? Eu me senti assim, e durante uma semana li Cilada para um Marquês. E foi a semana mais deliciosa de todas, em cada capítulo me vi viajando em cabriolés e carruagens.

Apreciando a vista, a comida, as aventuras e claro as novas amizades e descobertas. Sobre romances de época, primeiro: não sou de ler livros de época pelo simples fato de : a) não me prende (começo a achar incrivelmente chato antes mesmo do quinto capítulo) e b) as mocinhas são tão irritantes, ingênuas, bobas, chatas... já disse chatas? Segundo... não curtia mesmo e pronto.
Porém, acabei por ler esse, e não me arrependo. Aliás, sim me arrependo, de não ter lido logo!Que leitura deliciosa!
" - Você é o próprio retrato da decência.
- Eu não negocio decência, amorzinho."
Sophie não se encaixa na sociedade aristocrata de Londres, sua família e principalmente suas irmãs, estão sempre envolvidas em algum escândalo, sendo intituladas irmãs perigosas. A história começa em uma festa, onde Sophie está com todos os olhos voltados para si, quando derruba em um tanque de peixes o marido traidor de sua irmã.

Sophie me surpreendeu, ela é forte, decidida, incrivelmente corajosa. Desde as primeiras páginas, isso me agradou, e quando o Marquês de Eversley praticamente cai em cima de Sophie ao fugir por uma janela, as coisas ficam super divertidas ! O Marquês, claro não é qualquer um, é o mais canalha, destruidor de corações e claro, de casamentos de toda Londres. Depois do desastre que aconteceu na festa, Sophie decide que já é hora de partir, mas não pode fazer isso passando pela festa, ou saindo com a carruagem de sua família,então ao encontrar o Marquês, pede uma carona, e ele é claro nega.
Ela acaba encontrando o cocheiro do Marquês, e compra sua roupa, e vai na carruagem como clandestina.

A interação entre esse dois é muito divertida, a todo momento " Rei " alfineta Sophie, que não deixa por menos e sempre responde à altura.
" - Eu também nunca disse que você era desinteressante, Rei contestou.
- Não. Creio que você usou o termo desdivertida, que é ainda mais insultuoso, pois parece que eu sou tão entediante que preciso ser definida por uma palavra que até hoje não existia."
Várias discussões depois, tiros, sim teremos tiros nesse livro, e apesar de não gostarem um do outro, a química é forte, e aos poucos aprendem a se respeitar e mudar a visão que tinham um do outro.
" - Você não deveria morder a mão que te alimenta," ele disse.
" - Você está me chamando de cachorro?"
"- Não", ele respondeu. " Cachorros são dóceis e obedientes de um jeito que você jamais conseguirá ser."
Rei aos poucos percebe que Sophie é muito mais do que os jornais dizem, e claro Sophie, percebe que Rei não é o que aparenta ser, ou o que dizem que ele é. Esse é um daqueles livros em que você se pega com aquele sorriso bobo e preguiçoso no rosto, é daqueles que você suspira, daqueles divertidos ao ponto de uma gargalhada! Cilada Para um Marquês é leve, romântico, incrivelmente fofo, as cenas mais picantes (calma, são poucas!) são tão ... íntimas, de uma escrita ímpar.

Esse livro tem alma, corpo e opinião! Não deixem de ler!



site: http://www.eupraticolivroterapia.com.br/2016/12/resenha-cilada-para-um-marques.html
comentários(0)comente



Três Leitoras 18/04/2017

Resenha: Confira completa no blog!
Acho que agora fui arrebatada de vez pela Sarah MacLean. Já tem tempos que estou querendo ler outros livros dela, mas primeiro precisava concluir a série O Clube dos Canalhas, feito isso, aproveitei que o Clube do Livro da Autêntica de Fevereiro escolheu mais um livro dela, engatilhei em uma nova história... E eu achava que seria impossível me encantar mais e mais por ela, só que foi justamente isso que aconteceu.

As Irmãs Talbot são conhecidas na sociedade como as Irmãs Perigosas, afinal elas fazem de tudo para laçar um aristocrata. Porém, Sophie Talbot abomina a aristocracia e tudo que vem no pacote junto com ela. E é por esta razão, que ela faz de tudo para não ser notada e não virar alvo das fofocas e disse-me-disse da Sociedade. Mas tudo nessa vida tem limite e em uma situação na qual foi impossível se controlar, a irmã sem graça se tornou o centro de um escândalo.


Após os fatos, tantos sentimentos permearam o coração de Sophie e nele uma grande certeza, está na hora de ir embora de Londres e voltar para o lugar no qual ela sempre foi feliz, o local onde morou antes do seu pai "receber" o título, Sophie decide voltar para Mossband, reencontrar o seu lugar, abrir a sua livraria e quem sabe casar com Robbie, mesmo depois de 10 anos, ela acredita que ele estará esperando por ela.

No seu caminho de fuga, Sophie irá encontrar Rei, o Marquês de Eversley, um futuro Duque e um dos maiores canalhas de toda Londres, afinal ele é o maior destruidor de noivados e vive arruinando as damas perante a Sociedade. Ele está indo visitar o seu odioso pai, em Cumbria, dando graças a Deus que o velho está dando as mãos para a Dona Morte.

site: http://www.tresleitoras.com.br/2017/03/resenha-cilada-para-um-marques.html Concluído
comentários(0)comente



Fabiana.Martino 15/04/2017

Uma não-cilada que virou cilada rsrsrs
Adoro as histórias da Sarah! Super empolgantes e sem marasmo. Essa tb não foi diferente. Só acho que Rei magoou muuuuito Sophie até chegarem ao amor. E, por causa disso, acho que a Sarah deveria fazê-lo correr atrás de Sophie muito mais do que foi mostrado no livro, pois essa parte foi muito rápida.
comentários(0)comente



Marcos Antonio 03/04/2017

Cilada
Como todos os livros de época amor, paixão, lutar contra o amor e no fim. E como sempre digo os homens são muito ingênuos e as mulheres muito espertas.
comentários(0)comente



Cristine 03/04/2017

história boa, coisas acontecem o tempo todo, vc se diverte lendo
o Rei e a Sophie são fofos juntos, até porque não se apaixonam a primeira vista...ela é uma pedra no bota dele desde o primeiro momento...

é um livro para distrair, quando se quer uma história bonitinha, engraçada, com situações inusitadas, vários personagens interessantes que com certeza vão ganhar livros próprios...

mas tem que estar no humor para ler o livro, se estiver num momento meio realista, nem comece, pq se for analisar bem, a história do dois é completamente improvável, e no fundo a Sophie é tão cabeça de vento quanto as irmãs (só mais decidida), e o Rei, pobre menino rico....
Cris Paiva 03/04/2017minha estante
Eu peguei birra desse negocio de amor a primeira, eu gosto quando o romance vai mais devagar, fica mais "real".


Prisciane.Lopes 26/04/2017minha estante
e boa vc gostou??




69 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5