O Clube de Leitura de Jane Austen

O Clube de Leitura de Jane Austen Karen Joy Fowler




Resenhas - O Clube de Leitura de Jane usten


17 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Ana Luiza 18/07/2017

Divertido, fofo e apaixonante!
A HISTÓRIA
O clube foi ideia de Jocelyn, uma criadora de cães que nunca se casou, mas adora bancar a casamenteira. Parte da ideia surgiu de seu amor pelos livros de Jane Austen, mas o grande motivo para tornar o clube de leitura real era distrair sua melhor amiga, Sylvia, do seu recente divórcio. E com Sylvia, uma mãe dedicada, aparentemente inabalável, mas cheia de temores, vem sua filha Allegra, uma artista lésbica em seus trinta anos, que faz questão de sempre trazer sua sexualidade a tona. Ao contrário da mãe, Allegra é uma mulher aventureira, apaixonada por fortes emoções, mas que se abala facilmente por elas.

“Cada um de nós tem uma Austen particular.” Pág. 11

Jocelyn também convida Prudie, uma jovem professora de francês apaixonada por Austen, e Bernadette, uma senhora excêntrica e falante. Contudo, a maior surpresa para todas é a presença de Grigg, o único homem do grupo, um jovem calado que nunca sequer leu um livro de Jane Austen. A primeira reunião ocorre na casa de Jocelyn e, como podem imaginar, um grupo com pessoas tão diferentes tem certos estranhamentos. Bernadette parece nunca se cansar de falar. Alguns acham Prudie e suas expressões francesas irritantes, outros se desagradam com as interpretações cínicas e críticas de Allegra. Jocelyn se preocupa que Sylvia esteja apenas fingindo que está bem, e todos se incomodam com a mania de Jocelyn de querer controlar tudo. E, claro, há certo desconforto com a única presença masculina do grupo, ainda mais por aquela ser a primeira vez que Grigg pega em um livro da Austen.

Contudo, os meses se passam e o clube de leitura continua firme e forte, mas envolto em outros acontecimentos que, com seus dramas familiares e românticos, poderiam muito bem estar presentes em um dos livros da Austen. E acaba que a leitura desses romances escritos mais de duzentos anos atrás faz com que os seus membros do clube, Jocelyn, Bernadette, Sylvia, Allegra, Prudie e Grigg, olhem de forma diferente para a própria vida e para si mesmos. Entre segredos, mentiras, paixões secretas, términos tensos, acidentes, fofocas, lágrimas e risadas, e até mesmo um baile chique, novas amizades e amores nascem, velhos desejos voltam a tona, e muito mais.

(...)

CONCLUSÕES FINAIS
O Clube de Leitura de Jane Austen pode não mudar a vida de ninguém, mas é uma leitura apaixonante e deliciosa. Tanto para quem nunca leu nada da Jane Austen, quanto para quem devorou todos os livros, essa é uma obra cativante e divertida, que mostra como a literatura pode se relacionar horrores com a nossa vida, além de influenciá-la. Com alguns momentos tensos (que poderiam ser aprofundados), mas muitos outros inusitados e divertidos, O Clube de Leitura de Jane Austen se torna uma comédia romântica única, sem os casais e romances previsíveis, mas sim uma narrativa envolvente sobre a dificuldade e beleza dos relacionamentos humanos.

A obra ainda conta com personagens fofos, com os quais nos identificamos bastante, e cujas personalidades ricas conhecemos profundamente. Apesar de ter me desentendido um pouco com a narrativa, que, embora bem-humorada, tem um narrador não definido, a obra conquistou um lugarzinho no meu coração. O Clube de Leitura de Jane Austen é um livro único e marcante, além de surpreendente e emocionante. Nem preciso dizer que estou bem curiosa para ver o filme adaptado desse livro e para conhecer mais obras da autora.

LEIA A RESENHA COMPLETA E VEJA FOTOS DO LIVRO NO BLOG:

site: http://www.mademoisellelovesbooks.com/2017/07/resenha-o-clube-de-leitura-de-jane-austen-karen-joy-fowler.html
comentários(0)comente



Ani 15/07/2017

O Clube de Leitura de Jane Austen escrito por Karen Joy Fowler, foi lançado em janeiro pela editora Rocco e já conta com uma adaptação cinematográfica.
Jocelyn, Bernadette, Grigg, Allegra, Sylvia e Prudie possuem vidas extremamente diferentes mas uma paixão em comum, Jane Austen. No Central Vallery (Califórnia), esse grupo se encontram para debater sobre os romances da escritora inglesa.




Antes de começar de fato eu preciso confessar: nunca li nada da Austen. Até tenho as obras aqui, mas nunca senti que estava no momento certo, então, quando solicitei esse livro, imaginei que haveria debates reais sobre a famosa escrita da autora. Mas não é bem isso que acontece no decorrer da história.
Karen Fowler volta seu olhar para as fraquezas humanas e seus relacionamentos, ela utiliza das obras de Jane Austen para compor e analisar as características e histórias de seus personagens.
O clube acontece mensalmente de Março a Agosto e cada mês foca em um dos personagens e uma obra escolhida por eles, isso significa que vamos conhecer o passado deles, as escolhas feitas, os problemas não superados e claramente os reflexos que esses tópicos trouxeram para o presente dos personagens.

"Jane Austen escreveu seis grandes romances, e ninguém morreu por amor em nenhum deles."
Cada personagem possui algum problema pesado, a autora trata de tudo um pouco, mas mesmo o tema mais pesado, foi feito de uma sutil.
Segundo a autora, todo mundo possui uma Austen particular. Aquela que escreveu romances maravilhosos ou aquela que era um gênio na comédia... Ou seja, uma autora com múltiplas facetas que conquistou e ainda conquista pessoas independente de sua idade, classe social ou sexo.
Confesso que comecei a leitura de maneira confusa, pois como citei, imaginei que era realmente um local de debates sobre obras, mas fiquei feliz quando descobri que mais que isso, era um livro sobre debates de convivências humanas. O que me conquistou mais ainda. Achei interessante poder conhecer um pouco mais sobre cada personagem e entender o porquê cada livro os conquistaram.




O início da leitura foi um pouco lento, mas depois a leitura engrenou. O livro é dividido por meses, cada mês um livro, cada livro uma história de um personagem. Dentro desses “blocos” há algumas cenas para dar uma ação maior no enredo. Achei interessante como o livro foi narrado, é como se algum participante do grupo tivesse nos contando a história, achei sensacional.

"Ela defende os romances. Mas definitivamente crítica os leitores."

E edição está linda! Achei a capa muito boa, com elementos que condizem com enredo, não localizei erros gramaticais na leitura, porém, me incomodou o fato de que as citações em francês não possuem tradução. Isso não aconteceu apenas com essa obra, mas todas que já li com alguma citação em francês, nunca tem tradução. Não sei se é uma regra, mas é bem chatinho. Eu mesma não entendo nada da língua e acabo perdendo o ritmo para conseguir entender o que está acontecendo.
Em suma, O Clube de Leitura de Jane Austen é um ótimo livro para se conhecer um pouco mais sobre a autora e muito mais sobre os personagens criados por Fowler. Leitura aconselhada.

PS: No final do livro há um Guia do Leitor onde podemos encontrar um pouco mais sobre Jane Austen e suas obras citadas, além de encontrarmos a opinião de diversas pessoas para os livros da autora e alguns questionamentos que os personagens do livro acharam persistentes para os leitores. Achei uma graça e muito criativo! Com certeza essa obra despertará a vontade de participar de um clube do livro!

"O tempo todo, era Austen quem escrevia os livros realmente perigosos. Livros em que as pessoas de fato acreditam, mesmo centenas de anos mais tarde. Como a virtude vai ser reconhecida e recompensada. Como o amor vai prevalecer. Como a vida é um romance."


site: http://www.entrechocolatesemusicas.com/2017/03/o-clube-de-leitura-de-jane-austen-karen.html
comentários(0)comente



Lu 17/05/2017

Então... esperava mais desse livro? Sim. É ruim? Não. É um romance de fácil leitura, bom pra distrair na sala de espera de alguma coisa. Até metade do livro não senti nenhuma conexão com os personagens, o que torna difícil continuar a ler. Me adaptei ao estilo da autora e consegui extrair o que pude. Tem passagens engraçadas, tristes, tensas... pouquíssimo mateeial shippável pra quem gosta, como eu hahuahauaah. No mais, uma leitura divertida.
comentários(0)comente



Mila 02/05/2017

Bons dramas, mas podia ter mais Jane Austen
Eu não sei se teria conseguido gostar do livro se não tivesse antes assistido ao filme que ele inspirou. Acho que ter uma noção do desenvolvimento do enredo, ajudou bastante a não me perder em meio a tanta informação sobre tantos personagens. Gosto bastante de drama, então isso também deve ter ajudado, já que esse aspecto é bem desenvolvido nas histórias contadas, com um pequeno toque de humor.
O que eu senti falta mesmo na história foi justamente a parte do clube de leitura do título. Tudo bem, eu entendi que a autora quis entrelaçar as vidas das personagens com os enredos de Jane Austen, não simplesmente discuti-los, mas, para mim, essa não foi a melhor escolha, já que o que mais me motivou (e acredito que seja o caso da maioria das pessoas que decidem ler o livro) foi a ideia de ter um grupo de pessoas discutindo Jane Austen. Afinal, muitos dramas e romances podem ser relacionados a enredos de Austen, não sendo necessário colocar o nome da autora no título. Esse deveria ser o diferencial da obra!
Enfim, foi uma leitura rápida, apesar de alguns personagens serem bastante irritantes (principalmente a Allegra. Que criatura chata, meldeus!!). O livro não é ruim, só fica a impressão de que poderia ser muito melhor.
comentários(0)comente



Beta Oliveira 24/04/2017

Conheci a história pelo filme e gostei do livro ampliar a minha experiência. No fim das contas, o Clube de Leitura muda a vida dos protagonistas. Ao criticar ou tentar entender os personagens, os integrantes percebem quantas expectativas criaram em cima de si mesmos, o quanto se frustraram, o quanto isso não impedem que recomecem. A vida não é como em um romance, não estamos na mão do talento de outro autor, nós somos os responsáveis pelas escolhas.

O texto completo do lançamento da Editora Rocco está no #AbrilImperdível do Literatura de Mulherzinha.

site: http://livroaguacomacucar.blogspot.com.br/2017/04/cap-1339-o-clube-de-leitura-de-jane.html
comentários(0)comente



Luiza 03/04/2017

O Clube de Leitura de Jane Austen
Apesar de sempre ouvir falar muito bem de suas obras, e de definitivamente ser uma das autoras mais respeitadas e cultuadas da história da literatura, nunca cheguei a concluir nenhum livro de Jane Austen (minhas três tentativas foram frustradas nos primeiros parágrafos e nunca mais me aventurei desde então).

De certa forma, foi essa incapacidade que me fez pedir O Clube de Leitura de Jane Austen. Talvez, pensei cá comigo, ver as histórias delas pela mentes dos que amam incondicionalmente sua obra, eu consiga uma melhor experiencia com a autora e talvez me fique mais uma vez motivada a lê-la.

Jocelyn, Bernadette, Sylvia, Allgra, Prudie e Grigg possuem suas vidas próprias no Central Valley, Califórnia. Mas, uma vez por mês, eles se reúnem na casa de alguém para discutir uma obra da escritora britânica Jane Austen.

Ao longo dos seis meses em que os encontros ocorrem, eles partilham mais do que a literatura, dividindo, mesmo com seus silêncios, suas perdas, conflitos, romances e amizades.

Narrado por uma sétima pessoa do clube, a narradora passeia pelo presente nos encontros do clube e em seus momentos anteriores, assim como nos revela um pouco do passado dos que receberão os outros integrantes do grupo. Em determinados momentos, foi confuso encontrar o que uma coisa tinha a ver com a outra, mas, ao mesmo tempo, fez sentido: o livro preferido de cada um tem a ver com o passado que o levou até ali.

Um dos personagens me chamou atenção. Na verdade, o que me chamou atenção foi como as mulheres tratavam Grigg, o único homem do grupo, 1)por ele ser homem, 2)por ele ser leitor assíduo de ficção científica, e 3) por ele nunca ter lido Jane Austen antes de ser convidado por Jocelyn (a organizadora do clube) para participar das reuniões. Em vários momentos me peguei enviando minha solidariedade ao pobre coitado entregue aos chacais como estava.

O livro trás ainda as sinopses de cada livro discutido e uma série de comentários sobre Jane Austen e suas obras feitos por várias pessoas ao longo do tempo.

De uma maneira geral, a leitura deste livro é fácil e cadenciada. Não há termos complicados e nem cenas fortes. Os amantes de Jane Austen certamente encontrariam várias referências aos livros abordados. A mim, que não li nenhum (ainda), todas elas passaram batidas. (Talvez por este motivo, tenha achado mais do que justo entregar meu exemplar à uma apaixonada por Austen. Sei lá, acho que vou me sentir mais confortável se souber que este clube de leitura está entre os seus).

site: http://www.oslivrosdebela.com/2017/04/o-clube-de-leitura-de-jane-austen-karen-joy-fowler.html
comentários(0)comente



João 01/04/2017

Tinha tudo para ser um livro excelente. O livro tem uma sinopse interessante e um início que me prendeu a atenção.Mas parou por aí.O que poderia ter sido não foi.
Acabou se perdendo em personagens que não despertam empatia nenhuma,histórias do passado que acabam sendo tediosas ao extremo.Só terminei de ler por que não gosto de abandonar leituras.
A única coisa que realmente me agradou no livro são as conversas sobre os livros e personagens criadas pela famosa Jane Austen. Não li nada dessa autora,mas pretendo ler para conhecer sua obra.
Eu não apreciei a leitura desse livro,porém recomendo que cada um leia para ter sua opinião,principalmente pessoas que já conhecem a obra de Jane Austen.
Euflauzino 14/04/2017minha estante
caro amigo, assisti ao filme sobre este livro e fiquei fascinado. é uma pena que o livro que deu origem a ele não seja assim tão bom. vai entender né? geralmente não gosto de livros baseados em filmes, o contrário nunca me ocorreu. como ainda não li esta obra não quero opinar, mas se tiver oportunidade, assista ao filme, é emocionante.




Coruja 21/03/2017

Faz tempo que queria ler esse livro - eu até o tinha em e-book, em inglês, mas sempre havia alguma outra prioridade na lista e ia deixando ele para trás. Esse ano, contudo, ele foi lançado em português e pouco depois consegui solicitá-lo no sistema de trocas do skoob… e aí, aproveitando o tema desse mês para o Desafio Corujesco, cá estamos nós.

O livro acompanha um grupo bastante heterogêneo que forma um clube do livro para debater os livros de Jane Austen. Para cada livro debatido, somos também apresentados às histórias de vida dos membros do clube, em discursos introspectivos. Jocelyn, a solteirona casamenteira que manda na vida de todo mundo; Bernadette, uma senhora com inúmeros divórcios e interesses díspares; Sylvia, a divorciada e sua filha Allegra, a lésbica; Prudie, a professora de francês e Grigg, que aparece para contrabalançar tantos olhares femininos.

O problema de O Clube de Leitura de Jane Austen é que ele é muito… espalhado. Disperso. Você tem um monte de informações jogadas por todo o lugar, plots que são deixados em aberto, que não se definem, e por vezes, sem sentido. A história é contada em primeira pessoa - embora nunca fique completamente claro quem é esse narrador - em vislumbres e flashbacks, mas sem um fio narrativo real. Há um ou outro insight interessante sobre a obra de Austen, mas a verdade é que a o nome da autora inglesa no título é uma desculpa, um chamariz; é muito tênue a relação entre seus enredos (ou seu humor) com o que vai acontecendo capítulo após capítulo. Em resumo, o livro inteiro é composto de dados que vão apenas se somando, mas nunca chegam a lugar algum.

É uma pena, porque o filme inspirado em O Clube de Leitura de Jane Austen é bem divertido e simpático. Não é uma obra-prima, mas dá para passar uma tarde agradável e faz mais ganchos para o trabalho da Austen, além de dar resolução para algumas das situações que aparecem no livro sem pé nem cabeça - exemplo disso é o flerte de Prudie com seu aluno, e a segunda chance que dá ao casamento com Dean, um plot que é todo desperdiçado no livro. Ainda, sendo eu mesma mediadora de um clube de leitura desde 2010, senti falta de um debate mais encorpado, da dinâmica que existe em reuniões desse tipo. Há muita pouca argumentação para um livro que se propõe girar em torno de um clube de leitura…

Fiquei meio decepcionada, e isso porque não tinha nenhuma alta expectativa para o livro. Queria uma leitura sessão da tarde, que fosse cheia de referências veladas (ou não tão veladas) a uma das minhas autoras favoritas. Acabei às voltas com uma leitura devagar, por vezes até maçante, que pouco tem a ver com a Austen que aparece no título. Um daqueles raros casos em que a adaptação é muito superior ao original.

site: http://owlsroof.blogspot.com.br/2017/03/desafio-corujesco-2017-um-livro-que.html
comentários(0)comente



Fernando Nery 05/03/2017

O filme é melhor
Olá, Galera Literária!!!!
Vamos conversar sobre um livro bem interessante. Trata-se de O Clube de Leitura de Jane Austen que foi inspiração para o filme de mesmo título.
Desde que assisti ao filme, queria ler essa obra. Infelizmente, não havia tradução para o português. Mas no início desse ano, a Editora Rocco lançou o livro em português. Eu, mais que rapidamente, comprei o meu exemplar.
Se você assistiu a versão cinematográfica, meu primeiro conselho é: Esqueça o filme ao ler a obra. Embora, os personagens tenham o mesmo nome e características semelhantes, existem muitas diferenças que fazem com que o livro se torne bem mais interessante.
(Leia a resenha completa no link: http://filosofodoslivros.blogspot.com.br/2017/03/o-clube-de-leitura-de-jane-austen-de.html

site: http://filosofodoslivros.blogspot.com.br/2017/03/o-clube-de-leitura-de-jane-austen-de.html
comentários(0)comente



Angelica 27/02/2017

O Clube De Leitura De Jane Austen - Livro
Comecei o livro com sede de ler debates sobre a obra de Austen e aprender mais sobre ela. Mas concluo dizendo que a grande sacada de O Clube de Leitura de Jane Austen é analisar nossas próprias vidas à luz dos fatos e casos relatados na rica obra dessa maravilhosa autora que foi capaz de escrever 'livros realmente perigosos', 'livros em que as pessoas acreditam, mesmo centenas de anos mais tarde.' É ter vislumbres e descobrir conexões. Confesso que fiquei tensa em algumas partes dos relatos pessoais. me irritei e ri muito em outros. Talvez tenha ficado um pouquinho decepcionada esperando mais de Austen, mas de modo algum fiquei decepcionada com o livro, realmente gostei muito de lê-lo e agradeço a Editora Rocco por me proporcionar isso, com tanta antecedência. Para as Janeites que esperam encontrar um livro semi-biográfico de Austen (como eu), já aviso de antemão: você reencontrará partes da sua própria vida em contemplação da vida e obra de Jane Austen.

Veja Resenha Completa no blog

site: http://amantesdejaneausten.blogspot.com.br/2017/02/resenha-o-clube-de-leitura-de-jane.html
comentários(0)comente



Cheiro de Livro 27/02/2017

O Clube de Leitura de Jane Austen
Em um longínquo Festival do Rio eu precisava ocupar o espaço entre dois filmes e comprei um filme qualquer, era “O Clube de Leitura de Jane Austen”. Foi um grata surpresa, um filme levinho, bem sessão da tarde. Quando vi que o livro de Karen Joy Fowler que o inspirou foi lançado no Brasil corri para ler.

O livro segue os encontros de um clube do livro só sobre Jane Austen. A cada encontro um dos clássicos da escritora inglesa é debatido, cada vez na casa de um dos integrantes do clube. Cada capítulo foca em um dos integrantes e conta a sua história de vida permeado por citações de Austen.O clube é formado por cinco mulheres e um homem. Grigg é o único que nunca tinha lido nada de Austen, as mulheres, com era de se esperar, conheciam a obra intimamente. Jocelyn e Sylvia são amigas de vida toda, Bernardette é a mais velha do clube e a com mais casamentos, Prudie é a professora de francês e Allegra a mais nova. É esse grupo de pessoas que acompanhamos

Não sou uma grande conhecedora de Austen, não li todos os seus livros e isso pode ter prejudicado um pouco a minha leitura. Não consegui achar paralelos imediatos entre a história dos personagens e os livros que estavam lindo, mesmo no debate sobre o livro no clube me perdia um pouco, nada grave para o entendimento do livro apenas uma constatação de que o livro deve ser melhor para quem tem Austen na veia.

Assim como o filme o livro é leve, um daqueles para descansar a cabeça. A grande importância que o filme teve para mim está no livro também, as citações a Ursula Le Guin. Foi assim que a descobri e me tornei fã.

site: http://cheirodelivro.com/o-clube-de-leitura-de-jane-austen/
comentários(0)comente



Rafaella 11/02/2017

Maçante
A proposta do livro é interessante e as personagens também, mas ele consegue perder o ritmo na metade. Tenta aprofundar o passado das personagens e não consegue dar fluidez ao momento atual. O resultado final é chato e enfadonho. Uma pena, tinha potencial.
comentários(0)comente



Milla Carvalho 08/02/2017

Não foi desta vez!
Pensei muito o quê escrever aqui. O Clube de Leitura de Jane Austen foi um dos filme que mais amei por mesclar as discussões, a vida contemporânea e os dramas habituais que vivenciamos. Contudo, a leitura do seu livro original me deixou tão decepcionada, que até me surpreendeu.

Possivelmente, quem curte drama, vai conseguir se envolver com a história, já que a Karen Joy Fowler consegue escrever os altos e baixos da vida dos personagens relacionando com os livros que estão lendo e discutindo. Contudo, vou salientar que o ritmo na leitura pode deixar a desejar. E foi este motivo que me fez tirar as estrelas que entendi ser correto.

Talvez não fosse uma leitura para o meu momento atual. Ou simplesmente, alguns livros tendem a nos desapontar.
comentários(0)comente



Talita 06/02/2017

Também quero ter um clube de leitura!
É uma leitura fácil e bastante prazerosa. Ao longo da trama vamos conhecendo cada um dos personagens, sua vida, seus desejos, seus problemas ao mesmo tempo em que os livros de Austen vão sendo discutidos. Fiquei desejosa de participar de um de clube de leitura!
comentários(0)comente



Rachel 01/02/2017

No geral, é um bom drama, só poderia ter mantido o ritmo até o fim.
comentários(0)comente



17 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2