Uma Esperança Mais Forte Que o Mar

Uma Esperança Mais Forte Que o Mar Melissa Fleming




Resenhas - Uma Esperança Mais Forte Que o Mar


29 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Débora Reis | @leituras_e_reflexoes 15/07/2020

Antes eu pensava que escolhia minhas próprias leituras; depois me dei conta que muitos livros é que me escolhiam. Mas a grande verdade é que Deus me põe frente a frente com certos livros... e é como se Ele me dissesse: "Você precisa ler este!"
E esse foi, exatamente, o caso deste livro que conta a história de Doaa Al Zamel. Uma garota síria que, junto com a sua família, busca refúgio no Egito, com o intuito de fugir da guerra que varria seu país. Pouco tempo depois, para escapar das perseguições e humilhações enfrentadas pelos refugiados, decide arriscar a própria vida na travessia do Mediterrâneo com destino à Europa, sonhando "desesperadamente" em conseguir ter uma vida mais digna e, dessa forma, facilitar a ida de seus familiares para lá também.
Com certeza, foi o livro que mais me fez chorar de tristeza em 2020. Percebo o quanto nós ainda nos importamos pouco com a dor do mundo. Poderíamos orar mais pelos que sofrem. Compadecermo-nos mais. Ajudar mais. Solidarizar com o sofrimento físico de seres humanos, que não têm culpa de nada, e são impotentes frente à guerra.
A história é contada de um modo tão envolvente que, sinceramente, parece beirar a fantasia. Mas quem dera que fosse ficção! Ou um conto de terror.
Não é uma história somente de uma sobrevivente, mas a história de inúmeros refugiados lutando pelo seu próprio futuro e de suas famílias, que se repetiu por anos, sem que o mundo sequer se desse conta da gravidade.

SUPER RECOMENDO!
[email protected]_ 15/07/2020minha estante
Muito interessante. É realmente importante sempre termos nossos olhos abertos para as dores do mundo, vou atrás desse livro.


Débora Reis | @leituras_e_reflexoes 15/07/2020minha estante
Isso mesmo, irmão Pedro! Um fator importante na nossa oração intercessória é a compaixão, o se importar, colocar-se no lugar do outro, a empatia, o amor...

Consegui baixar de graça no app KINDLE da AMAZON. Foi rápido que disponibilizaram!


[email protected]_ 15/07/2020minha estante
Ok! Tenho o kindle também, muito obrigado pela dica, vou já pegar ele hoje.




Marcela 11/07/2020

Doaa
Um dos melhores livros que já li.
Doaa é uma jovem simples que nasceu na Síria, muito ligada à suas raízes, sofreu muito para deixar sua cidade "Daraa" e a vida que havia construído. Mas não teve escolha... A indescritível violência na Síria e as injustiças de um governo tirano não deram outra alternativa para a família de Doaa.
O episódio surpreendente para mim foi o naufrágio. Imaginava que o barco havia afundado por ser velho, inapropriado e super lotado para aquele tipo de travessia (o que era), mas o principal motivo do naufrágio foi outro.
Penso que Doaa salvou a menina e as meninas a salvaram também!
História incrível... Triste, mas cheia de esperança!
Muitas questões para reflexão!
comentários(0)comente



pmilao 28/06/2020

Quando a injustiça preenche terra e mar
Essa é uma história verídica de uma realidade de guerra, em que se conhece os impactos do ódio, da violência, da perda e da pobreza consequente de tal conflito; onde a Primavera Árabe não conseguiu fazer suas mudanças: Síria.

Comove, faz chorar, se surpreender, torcer. Faz perceber o quanto a vida de refugiados e daqueles que os recebem pode mudar completamente, a humilhação e perigos a que são expostos pelo simples fato de existirem.

Repressão, xenofobia, extorsão, assédio e tantas outras circunstâncias passam a ser corriqueiras na vida de quem busca pela dignidade perdida em seu país. Faz pensar como é possível viver assim e o livro mostra todas as respostas: o senso de dever e amor à família é, sem dúvida, a fonte da sobrevida em meio a toda incerteza e abusos. Quando não se tem mais essa motivação...

O livro contextualiza geopoliticamente, afinal foi escrito por uma funcionária da comunicação da ONU, além de trazer uma narrativa que reforça inúmeras vezes os pontos importantes da vida da personagem: suas convicções, seu temperamento, seus sonhos.
comentários(0)comente



@LendocomAB por Ana Bove 22/06/2020

Uma das histórias de superação mais bonitas
Nota: 9/10

Uma oportunidade linda de conhecer a história dos refugiados da Síria.
Nessa minha jornada tentando conhecer mais sobre os conflitos do Oriente Médio me indicaram esse livro que conta a história da Doaa Al Zamel, uma dos mais de 5 milhões de sírios que estão exilados em outros países por conta de uma guerra que já desalojou outras 6 milhões de sírios e matou pelo menos mais 250 mil.

Por mais ou menos 65% do livro você vai entender pelos olhos de uma adolescente / jovem adulta como foi crescer na Síria, como o conflito começou, como as pessoas foram obrigadas a fugir do próprio país e procurar asilo primeiramente em países vizinhos. Uma oportunidade única de conhecer uma realidade tão diferente da que vivemos e estamos acostumados. Doaa segue narrando de uma forma muito detalhada sua chegada no Egito, como à primeira vista todos eram muito solidários aos refugiados e como a situação foi mudando aos poucos até se tornar insustentável o suficiente para fazer com que ela tomasse a decisão de arriscar a sua vida na travessia clandestina para a Europa.

Desse momento em diante se prepare para ter seu coração na boca ao escutar uma das histórias de superação mais bonitas que você provavelmente já escutou, mas também uma das mais tristes. É um livro que nos faz entender melhor o motivo para tantas arriscarem suas vidas em uma viagem tão perigosa, que te faz questionar o motivo de tantos países da Europa não quererem mais receber refugiados mas ao mesmo tempo não darem suporte para países do próprio Oriente Médio ajudarem essas pessoas, entre outras questões.

Quem ficou curioso mas não for o tipo de livro que gosta de ler, vale a pena pesquisar o TED talk que a autora do livro fez inicial e que acabou comovendo tanta gente que se tornou livro.

site: https://instagram.com/lendocomab
comentários(0)comente



csartoretto 08/06/2020

Leitura imperdível para entender um pouco o que acontece na Síria e toda a tragédia humanitária que essa guerra desencadeou. É um livro sensível, que trata da história de Doaa, uma sobrevivente, da guerra, do naufrágio e da sordidez humana, mas que é a história da maioria dos refugiados, que arriscam a vida fugindo da guerra, na esperança de uma nova vida e muitas vezes encontram a morte no mar ou o ódio em terras estrangeiras.
comentários(0)comente



Karol 22/05/2020

Eu peguei esse livro para ler, inicialmente, porque tenho interesse em países do oriente médio, sua cultura, língua, etc. Acabei descobrindo que quero ler mais livros de não ficção. Principalmente aqueles que contam as histórias de mulheres fortes, com determinação e personalidade. Doaa se tornou muito especial para mim, uma inspiração. Consegui entender um pouco sobre a questão da guerra na Síria e como isso afetou a vida das pessoas. Só mais um exemplo de como o ser humano pode ser cruel e egoísta e como a família e os amigos são essenciais na nossa vida.
comentários(0)comente



Luiza Valente 21/05/2020

Uma história incrível de sobrevivência
Senti a respiração parar com as descrições das vivências experienciadas, principalmente, as ocorridas no mar.

Essa é aquela história que nos faz perceber que existe razão e beleza em nossas existência, apesar de singular, é incrível e esplêndida.
comentários(0)comente



Vivian 21/05/2020

Muito impactante. Uma leitura que me tirou da zona de conforto e que me fazia parar para refletir a cada página lida. Um livro que tem faz respirar de novo no momento em que você acaba.
Em vários momentos tentei me colocar no lugar da protagonista, imaginado o quão forte ela foi. E como não dá para imaginar o que ela sentiu na sua travessia para Europa.
Uma leitura em que chorei e que é difícil de digerir.
Todos deveriam conhecer essa história. Não porque ela é única, mad porque todos os dias pessoas passam por situações parecidas e que não está nem próximo do nosso alcance.
comentários(0)comente



@claudinha_csilva 20/05/2020

A flor da pele
A história de Doaa realmente mexeu comigo e me fez avaliar como não sabemos nada sobre quem está no outro lado do mundo. Enquanto aqui no Brasil o momento é delicado, uma questão de saúde pública transformada num embate político, lá no Oriente médio, as pessoas lutam por suas necessidades básicas. Para sobreviver a guerra, migram de um lugar a outro, procurando um futuro seguro.
Recomendo a que gosta de histórias reais e nervos fortes.
comentários(0)comente



Caroline.Casaes 09/05/2020

Superação, amor e esperança.
É muito difícil ler os relatos e não pensar em como no geral não valorizamos as coisas ao nosso redor, como a nossa família, nossos estudos, amigos e liberdade.
O livro nos faz refletir bastante sobre a importância do amor na família e como isso é essencial pra manter qualquer chama de esperança viva. Eu ia falar que Doaa foi muito corajosa, mas não só ela, toda a sua família. Sabe o "um por todos e todos por um?", é isso!

Em meio a tanto sofrimento, o capítulo 5 aqueceu o meu coração. Só de imaginar o que ela passou fica até difícil escrever alguma coisa...

Indico a leitura, ela provoca empatia e amor, mas não espere uma história feliz. Você vai ver esperança e superação, mas verá muita dor também.
comentários(0)comente



CPF1964 27/04/2020

Opinião
Muito triste este livro. Por outro lado serve como reflexão e para ressaltar a importância da família em nossas vidas.
O ser humano ainda tem muito que evoluir.......
comentários(0)comente



Janaina Vieira Writer 25/04/2020

Uma travessia infernal
A história de Doaa, refugiada síria, é emocionante, trágica e real. Tudo começou na chamada Primavera Árabe, em 2011, ou seja, há apenas nove anos. Histórias como a dela e de sua família continuam a acontecer todos os dias. Muitas estão acontecendo neste momento, enquanto escrevo esta resenha. Isso é o mais doloroso, porque os refugiados hoje são milhões, espalhados pelo mundo todo. Por que eles são obrigados a fugir? Simplesmente porque, como qualquer outra pessoa, querem viver em segurança, querem dar a seus filhos a possibilidade de terem um futuro digno. Querem, acima de tudo, viver em paz, exatamente como qualquer um de nós. Então, por que a maioria dos países têm fechado a porta para eles? Porque, dizem, suas economias não suportariam tal pressão. Eu, porém, não acredito nisso. Acho que os refugiados são repelidos por preconceito, por xenofobia, por sentimento de exclusão a tudo que é, digamos, diferente. Os refugiados que são muçulmanos ainda enfrentam mais desconfiança porque há quem pense que todos eles, no fundo, são terroristas. Isso não é verdade. Eles são pessoas, seres humanos como todos nós. Até quando o mundo vai continuar a se comportar dessa forma, se todos habitamos um mesmo planeta? Ou seja, todos nós temos o direito de viver enquanto estamos na Terra. Logo, fronteiras não deveriam existir. No mínimo, não deveriam existir fronteiras para questões humanitárias.

Recomendo muito esse livro, não somente para quem gosta de ler sobre o assunto, mas para o público em geral. É preciso que haja mais empatia, mais bondade e mais compaixão no mundo.
Fabrício Araujo 26/04/2020minha estante
Oi. Ainda não havia dado uma segunda olhada nesse livro. Sua resenha me convenceu em inseri-lo na minha lista pra esse mês.


Janaina Vieira Writer 27/04/2020minha estante
Olá! Espero que goste porque é um excelente livro, embora narre uma história dramática e real. Depois me conte o


Janaina Vieira Writer 27/04/2020minha estante
...o que achou! rsrs


Fabrício Araujo 27/04/2020minha estante
Pode deixar.




Pâmela de Amorim 22/04/2020

Leitura emocionante
Sinceramente, não existem palavras para descrever o que estou sentindo neste momento! Esse é um dos melhores livros que eu li em toda a minha vida!!! Recomendo (e muito) a leitura para todos! É encantador, emocionante, triste e extremamente necessário!
comentários(0)comente



Andreia.Kohut 22/04/2020

Refugiados. Esse livro me deu uma lição de humanidade enorme e intensa. Já pensei sim, sobre o assunto, e já me compareci de muitas histórias, mas este livro me abriu os olhos para essa realidade que é enfrentada por tantas pessoas pelo mundo afora... uma história real que nos tira do eixo e... Leia!
comentários(0)comente



Salonni 21/04/2020

Realidade.
Eu não consigo mensurar o quão esse livro me deixou desnorteado. Aqui é a vida real. Uma história sofrida/amarga. Eu não estava preparado para a historia de Doaa e sua família, o que essa família viveu parece ate coisa de ficção. Leitura obrigatória.
comentários(0)comente



29 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2