De Mal a Pior

De Mal a Pior Simon James Green




Resenhas - De Mal a Pior


5 encontrados | exibindo 1 a 5


Rafa 03/06/2019

Amei esse livro!
De Mal a Pior é realmente o que acontece com Noah Grimes. Sabe aquele seu amigo, familiar ou conhecido que te irrita por tomar apenas decisões erradas? Que deixa qualquer um o fazer de idiota e de várias formas usa-lo? Pois é, Noah é exatamente assim. Tem momentos que tive vontade de socar a cara dele ou berrar pra ele acordar pra vida, mas o personagem é muito interessante. A dificuldade em aceitar sua homossexualidade é tratada de forma interessante. Existe uma guerra interna onde Noah sofre por ir contra o que realmente pensa, apenas por querer evitar ser alvo de comentários e piadas maldosas. Mas também é um personagem muito divertido, em vários momentos gargalhei e até chorei de rir.
O livro tem outros dois personagens ótimos, a mãe de Noah e a avó, sempre rendendo ótimos diálogos e cenas. Já Harry achei apagado na história. Na minha opinião poderia ter acontecido mais interações entre ele e Noah, mas não que seja algo que estrague o livro.
Um livro que me pegou do início ao fim e que recomendo.
comentários(0)comente



Lorena Miyuki 11/09/2019

Esse livro é DOIDO.
Esse livro é DOIDO.
Em todos os sentidos da palavra.
É muito divertido e te arranca boas risadas.... mas, em determinado momento, fiquei mais irritada com toda a avalanche de coisas DOIDAS que acontecem com o protagonista (por ele ser maluco também) e por ser só uma sequência de ações mal feitas e sem solução aparente. E por ele não ser tratado (digo medicamente mesmo), porque obviamente Noah tem vários distúrbios, talvez até esteja no aspecto autista, mas isso hora alguma é levada em consideração. E tem algo no Noah que me incomoda, todas as ações dele, a falta de consideração, a caricatura... não sei. Me incomodou :(

Gostei de ler algo fora do eixo norte-americano pra esse tipo de enredo, porém, e os outros personagens são bem marcantes (Harry e Sophie são um amor, e a avó é maravilhosa!). A trilha sonora é incrível e me ganhou na última página, literalmente.
A tradução está ÓTIMA!! Com as gírias certas nos lugares certos!!
E eu queria que fosse um livro único e não uma trilogia...

Recomendo para um público mais jovem, entretanto. É um coming-of-age bem inicial, já que Noah tem 14-15 anos.

site: www.marcadocomletras.com
comentários(0)comente



Neylane @livrerias 14/06/2018

só leia
O Noah diversas vezes me deixou com vontade de esganar ele! Como alguém pode fazer tantas escolhas erradas? Eu não conseguia nem ter pena em alguns casos. mas não posso deixar de lado o fato de que o garoto passa por umas situações bem inusitadas e as resoluções chegam a ser bem cômicas, tadinho. Porém, além desse azar terrível e da falta de filtro do pobre Noah, o livro traz temas importantíssimos na esfera lgbtq, tratando sobre preconceito, bullying, auto aceitação e descobertas de um jeito bem real. E o final... tadinho do Noah, o coitado não tem um segundo de paz.

(eu comecei a leitura em pt mas no sétimo cap mudei pro original em inglês e fluiu muito melhor! se você não estiver gostando muito da leitura nesse caso pode ser por causa da tradução...)
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



zoni 12/05/2019

Esse livro é um desperdício. É impossível realmente gostar dele.
Esse livro é totalmente idiota, e um desperdício de história e talento, porque o autor tem talento, dá pra ver isso, mas ele escolheu levar a história pra um lado tão babaca, que não sei nem como consegui chegar ao final do volume.

Os personagens não correspondem as idades que têm, e isso é péssimo para a história, o protagonista por exemplo, tem 15 anos, mas parece uma criança do jardim de infância, e no próprio livro outros personagens falam que acham engraçadinha a inocência dele, e mano, que raiva, as atitudes e as piadinhas de um garoto que parece ter 5 anos me dava náusea às vezes, porque em meio a toda essa idiotice e infantilidade, o autor menciona sexo o tempo todo, e isso não é apenas confuso, é tosco, podre, não é uma sátira.

Porém o que me irrita muito nessa história toda, é que é mais um daqueles romances LGBT, onde o protagonista é um idiota homofóbico que ainda não se aceitou, façam o favor de parar de escrever isso de forma tão problemática, e numa tentativa de provar que é hétero, lá no meio do livro tem uma tentativa de estupro, sim, uma garota tenta estuprar o protagonista, daí ele consegue se livrar dela, acha que quase a matou, queima as próprias roupas e entra num novo drama sem necessidade, sem graça e nada interessante, onde toda a escola pensam que eles transaram, e ele vai de loser à comedor, e de comedor à você vai ser pai. E então precisa provar que não aconteceu nada, e quem é o verdadeiro pai.

A relação familiar descrita no livro é uma merda abusiva que o autor tentar fazer soar engraçado, a relação de Noah com seu amigo/futuro namorado é bem ruim, abusiva pra caramba também, e o autor tenta nos fazer achar fofo e torcer por eles... Sinceramente, esse livro é um desperdício.

site: www.instagram.com/nomeiodatravessia
comentários(0)comente



5 encontrados | exibindo 1 a 5