A Lady de Lyon

A Lady de Lyon Julie Garwood




Resenhas - A Lady de Lyon


87 encontrados | exibindo 46 a 61
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


giovanna.cristi 06/02/2020

null
No começo da leitura fiquei um pouco perdida até a história começar realmente explicar o que está acontecendo. Achei o livro excelente.
comentários(0)comente



Babi @leiturasdababi 15/01/2020

Resenha @blogmyselfhere
Quando ainda era um bebê, Christina perdeu sua mãe e então foi resgatada por Alegria, uma índia, que a criou e educou de acordo com a cultura de seu povoado.

Alegria tinha feito uma promessa para a mãe de Christina, então quando já estava grandinha ela foi levada para Londres pois tinha uma missão a ser cumprida.

Ela ficou aos cuidados de sua tia Patrícia, uma velha mesquinha e arrogante.

Durante um baile, o marquês de Lyonwood acaba conhecendo a "princesa". Ele é viúvo e por conta de alguns acontecimentos de seu passado, ele acaba se tornando um homem frio, que não consegue mais acreditar no amor. Mas quando vê a beleza de Chatinha e todo o mistério que a envolve, acaba ficando ainda mais instigado e interessado por aquela mulher, mesmo ele sendo o homem mais rico e requisitado de toda aquela sociedade Londrina. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Mas será que Christina vai querer ele? E o pai da menina? O que aconteceu com ele?

São mistérios e questionamentos que vai sendo revelados ao longo do livro. O que o deixa ainda mais envolvente!! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Foi meu primeiro contato com um romance de época, e posso afirmar que foi muito satisfatório e que já quero ler outros livros desse gênero. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Eu dei muita risada com a Christina, pois querendo ou não, seus costumes indígenas acabam sendo revelados de alguma maneira. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

site: https://www.instagram.com/p/B2mtcJ5ji_m/
comentários(0)comente



Daisy 07/01/2020

Uma divertida história de amor
A Lady de Lyon é um romance de época publicado pela Editora Universo dos Livros. É o primeiro livro que leio da autora Julia Garwood e fiquei bem satisfeita com a experiencia. Esperava mais um romance simples de época, no mais do mesmo onde os protagonistas passariam por algumas dificuldades para ficarem juntos e fim, mas não é bem isso que acontece.

No inicio de cada capítulo, temos um fragmento do diário que a mãe da protagonista deixou para a sua filha, contando sobre o seu casamento e o motivo de Christina ter ido parar na América com sua mãe. A medida que conhecemos Christina e vamos entendendo os seus motivos de estar na Inglaterra, vamos entendo também o seu passado. Ela sabia, assim como todos os ouros em casa, que não havia um só osso submisso no corpo de Christina.
Eu fui surpreendida com esse livro. A interação do casal é divertida, com Christina, uma mulher decidida, mas completamente inocente das tramas da sociedade londrina, tendo que lidar com Lyon, que é tão autoritário e turrão quanto ela mesma. A cena mais divertida do livro – vou me controlar para não dar um spoiler– é quando Christina, ao tentar ajudar um amigo, acaba indo parar em um bar com frequentadores pouco amistosos. O que essa mulher faz no bar é de fazer chorar de rir.

Além da trama do romance, temos várias subtramas acontecendo em A Lady de Lyon: a tia tentando roubar o dinheiro de Christina – sem nem mesmo se preocupar se ela serie estuprada ou fosse morta no processo, a reaproximação do pai de Christina – outro que tem tantas boas intenções quanto a própria tia, roubos de pessoas da alta sociedade por um grupo de ladrões já conhecidos. E, no meio disso tudo, temos a própria Chritina desabrochando e procurando um meio de descobrir a verdade sobre a história de sua mãe biológica e um meio seguro de pegar sua herança e voltar para a sua família indígena na América.

Só posso dizer que amei o livro. Fiquei com vontade de ler mais obras de Julie Garwood, pois acredito que não será mais um romance simples com os quais estou acostumada (mas não deixo de ler, rs).

site: https://mundohype.com.br/review-a-lady-de-lyon-de-julie-garwood/
comentários(0)comente



Anna.Marcella 13/11/2019

Um conto bem escrito e detalhado sobre o passado de Chistina inicia a história. O prólogo já me pegou de cara, pois adoro uma história com a cultura e costumes indígenas. O decorrer do livro não deixa a desejar. A mocinha se mostra muito confusa com os costumes e palavras inglesas e muitas vezes deixa escapar seu passado, fato que eu pensei que não aconteceria já que ela foi muito bem treinada, até mesmo para se mostrar tão inocente às vezes. Ela não abaixa a cabeça e não se envergonha do seu passado.
Lyon, por sua vez, se mostra bastante o típico aristrocata. Adorei sua obstinação e paciência com o jeito totalmente inusitado de Christina. Infelizmente, achei que a história dele deixa um gancho na parte do que realmente houve com seu irmão James. A explicação dada, ao menos para mim, foi muito corrida. Mas a história se passa entre vários altos e baixos, sempre tendo uma tensão e um nó para ser desfeito, então deixei passar. Outro ponto que também não me agradou muito foi o total esquecimento da família indígena, gostaria muito de saber o que se passava e como ficou o final deles. Se Christina voltou para as Américas e apresentou Lyon a sua família de criação. Seria bastante interessante, até mesmo o breve epílogo séria suficiente para complementar a história.
Tirando esses aspectos, a história é cativante, tensa e engraçada em vários momentos.
A escrita de Julie Garwood sempre me agradou e se mostra bem fluída e de fácil entendimento.
comentários(0)comente



Ninha 30/10/2019

Decepção
Embora seja engraçadinho, esse livro tbm é cansativo. Infelizmente julie garwood nao é pra mim.
comentários(0)comente



Babi @enredoliterario_ 11/10/2019

Resenha " A lady de Lyon"
Título: A Lady de Lyon || Autor: Julie Garwood || Editora: @universodoslivros || N: 5
.
.
Eu achei muito legal a autora ter colocado personagens indígenas na história, não deixa de ser uma baita de um romance de época, a Cristina é uma personagem doce e meiga mas que não deixa de ser forte e corajosa, a história é divertida, e cativante, a vontade de ler vai aumentando a cada capítulo.
.
.
🦁A história começa relatando o momento em que Cristina ainda bebê e levada para uma aldeia de índios, por inúmeros motivos que a fizeram perder a mãe e ser salva por uma Índia, essa Índia fez uma promessa a mãe de Cristina, educar a criança e quando ela estivesse na idade adequada, devolver-la para sua família em Londres.
🦁 Cristina teve que aprender tudo que podia para seu retorno à Londres, e inclusive esconder seu passado da sociedade. Ela tem um diário que sua mãe deixou para ela no qual sua mãe lhe conta histórias da sua vida.
🦁O conde de Lyonwood, no passado passou por um desgosto em seu casamento, após sua esposa ter falecido ele se tornou um homem regido, que gosta de ser temido, mas que por dentro tem um belo coração.
🦁Quando Lyon conhece Cristina em um festa da sociedade, ele se ver extremamente atraído e intrigado, ninguém conhecia Cristina até ela aparecer em Londres 2 meses antes.
🦁 Cristina e Lyon se veem atraídos um pelo outro logo na primeira vez que se conhecem. Há uma forte atração entre ambos, mas Cristina está determinada a evitar-la, enquanto Lyon decide que fará o que puder para desvendar os seus mistérios.

site: https://www.instagram.com/p/B2cFzJ6j4zD/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Letícia 02/11/2019minha estante
Spoiler
.
.
.
.
.
.
.
A família dela morreu mesmo?


Karolspi 05/11/2019minha estante
Os dakotas? Não, foi invenção da bruxa da tia dela.


Letícia 12/11/2019minha estante
Obrigada, não ficou muito claro isso no livro.




Paula 22/09/2019

Divertido
Christina é uma moça de bom coração e muito divertida, mesmo em sua inocência consegue ser muito esperta.
Lyon é um homem durão que não resiste as esquisitices da esposa.
Leitura fácil e rápida. A história não tem nada de mais e ao mesmo tempo é cheia de coisinhas que vão entretendo e divertindo o leitor. A cena do "divórcio" foi muito engraçada. Queria mais do Rhone e da Diana.
Eu tbm senti falta de saber o que aconteceu com a família Dakota da Christina.

Recomendadíssimo!!!
comentários(0)comente



Anabel 21/09/2019

Muito bom
A história é diferente,apesar de ser romance de época,tem coisas novas q nos prendem do início ao fim. Não é uma protagonista parada e chorona...
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Vanessinha 08/09/2019

Interessante
Eu comecei a ler e pensei que algo estava errado. A história começa com índios americanos e não entendi de imediato a relação com a Inglaterra. Depois seremos apresentados a Christina filha de mãe inglesa que foi parar na América. A Christina é uma personagem incrível que mistura a cultura ancestral indígena com o que está aprendendo com a cultura britânica. As coisas que a incomodam são as mesma que deixam o duque de Lyonwood cansado da sociedade. Os primeiros diálogos do casal são muito bons e até mais da metade do livro será divertido. Depois a narrativa fica mais densa para solucionar os problemas do passado dos dois. É um romance de época diferente, criativo e interessante.
comentários(0)comente



Mayah 04/09/2019

MELHOR MOCINHA DO ANO!
O que dizer dessa história?? O tanto que ela é inusitada por se tratar de um romance de época e a mocinha não ser uma flor indefesa e toda hora precisar de um príncipe encantado para protegê-la/salva-la....
Resumindo a lindeza dessa história: Christina é uma moça que foi criada em uma aldeia dakota, que eram um povo indígena da America do Norte. Ela foi parar nessa aldeia depois de sua mãe, Jessica, ter salvo a vida do filho e da esposa do chefe da aldeia. Crescendo com eles, a Christina aprendeu a ser uma guerreira para, quando chegasse a hora, enfrentar seu tenebroso pai que é um barão ganancioso e assassino. Mas ao iniciar essa jornada ela esbarra em Lyon, o marquês de Lyonwood e então perde seu coração para ele. Mesmo não querendo. Mas o amor é exatamente assim, neh? Rs.
Lyon é um marquês, mas tem um passado obscuro já que, por muitos anos, trabalho como uma especie de mercenário para a coroa, ficando muito tempo afastado de casa até um belo dia voltar e descobrir que sua esposa o traia com seu irmão. É, uma sacanagem mesmo. Dessa forma, quando ela conhece a Christina, fica com o pé atrás e reluta muito antes de desistir e se entregar ao amor e as inusitadas maneiras da moça do cabelo loiro quase branco.
Eu poderia ficar um bom tempo falando do quanto eu amei essa história mas... Nem precisa, já deu pra perceber!. A escrita dessa autora é muito irreverente, tanto que em alguns momentos achei que ela própria contava a história pra mim. O ritmo é muito fluido, comecei a ler e quando dei por mim, poucas horas depois, tinhas lido quase o livro todo. Isso que me faz achar um livro bom , a forma como ele me tira a noção de tempo. Por isso, eu recomendo muito mesmo esse livro aos fãs de romance de época como eu. Esse é maravilhoso.
comentários(0)comente



Thais (@sonhadora_lit) 02/09/2019

Uma leitura deleitável
A jovem Princesa Christina se apresenta para sociedade londrina. Esbelta e misteriosa, ela arranca olhares e burburinhos por onde passa. Ao conhecê-la, Lyon, o Marquês de Lyonwood, não resisti aos seus encantos e deseja tê-la para si loucamente. Contudo, Christina leva consigo segredos do seu passado que pode interceder nas suas escolhas futuras.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Aos poucos, Lyon tenta conquistá-la. Se aproveitando de oportunidades para estar em sua presença sempre quando der. Christina por mais complicada que seja também se rende ao charme do marquês e uma paixão mútua e ardente nasce entre ambos.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Iniciando com um prólogo revelador, a origem da mocinha e suas motivações me deixaram com altas expectativas e ansiosa para o que viria pela frente. Ressaltando, o prólogo é imprescindível no contexto da trama.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Me deparei com uma mocinha corajosa e autossuficiente. Seus diálogos sem sentido e, de certa forma, seu atrevimento, me fizeram simpatizar com ela já de imediato. Até ela se envolver romanticamente com Lyon. Sua personalidade teve uma mudança um tanto inesperada, me causando alguns questionamentos.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
No caso de Lyon, a coisa foi ao contrário, me deixou um sentimento incompreendido e divergente. Ao mesmo tempo, que o achei arrogante e pretensioso, teve momentos que o modo que ele luta para estar ao lado de Christina me fizeram cativar por sua audácia.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A leitura foi fluída e a premissa interessante. O desenrolar do livro foi condizente com os fatos explorados. Entretanto, estava esperando por algo mais que não aconteceu, sinto que ficou faltando alguma coisa. Por fim, não deixo de afirmar que foi uma leitura deleitável

site: https://www.instagram.com/sonhadora_lit/
comentários(0)comente



Maria Carolina 28/08/2019

Essa autora com certeza se tornou uma das minhas favoritas!
O jeito que ela escreve e flui que você não percebe que que terminou.
Ela construiu um enredo e os personagens na medida certa.
Misturar Dakotas e Ingleses foi uma sacada de gênio, duas culturas diferente e maneiras diferente de se portar de falar.
E com o passar da história você vai torcendo por Lyon e a Cristina , ele e a tampa e ela o caldeirão são perfeitos juntos.
Amei o Rhode o amigo do Lyon..... e gostaria de saber mais dele..
Só ficou faltando realmente o encontro da Cristina com a Familia Dakota (por isso as 4 estrelas) porque de resto o livro foi perfeito.
comentários(0)comente



Dayane A. 26/08/2019

Divertido
Cativa o leitor pelo enredo diferente das histórias de épocas, engraçado e uma protagonista nada comum.
comentários(0)comente



87 encontrados | exibindo 46 a 61
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6