Pequenas Realidades

Pequenas Realidades Tabitha King




Resenhas - Pequenas Realidades


60 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Ileana Dafne 16/01/2021

Chato e decepcionante.
Essa não foi a primeira vez que li esse livro, há vários anos já o tinha lido com o nome de Miniaturas do Terror, mas não recordava praticamente nada da trama, então quando a Darkside Books lançou esse livro, decidi reler. E durante a leitura percebi porque fiz questão de esquecê-la.
A edição é caprichada como sempre, se tratando dos livros dessa editora, mas no que a edição é digna de nota, o mesmo não se pode dizer da história.
Nesse livro acompanhamos a obsessão da filha mimada e egocêntrica de um ex-presidente dos EUA, uma socialite que ultrapassa todos os limites para ter suas amadas miniaturas.
Infelizmente nesse livro não há aquela sensação de que poderia ser real, não há lógica alguma ou coerência nos acontecimentos, os personagens não são bem desenvolvidos, então não entendemos bem o que ou por que as coisas vão acontecendo.
Os acontecimentos vão se sucedendo e as coisas parecem não irem se encaixando. E no fim tudo acontece tão rápido e de forma tão inesperada que acabei de ler e fiquei atônita sem entender como cheguei até ali. Li o mais rápido que consegui para terminar logo, pois sabia que ou terminava rápido ou nunca iria terminar.
Não conheço outros livros da Tabitha King, mas não sei se me aventuraria em outro.
comentários(0)comente



Camila.Suares 16/01/2021

Família King?
Provavelmente não é um livro pra todos, uns amam, outros odeiam. E eu estou no meio.
Livro de difícil leitura, arrastado, com detalhes excessivos e repetitivos.
Algumas informações foram jogadas no início, e esquecida logo em seguida.
Não gostei de nenhum personagem, mas acho que a intenção é essa mesmo. Me forcei a terminar, pois queria saber a resolução, e quando chegou, pra mim, foi uma decepção.
Final corrido, sem explicações, sem porquês, sem atitude.
Comparam a escrita dela ao do já famoso esposo, Stephen King, confesso que nunca li nenhuma obra dele e se realmente a escrita for assim, nunca lerei.
Nick 16/01/2021minha estante
Eu gostei menos que você ainda hahaha.. me esforcei muito pra conseguir terminar de ler.




Débora 15/01/2021

O miniaturizador
Um livro interessante, aterrorizante no contexto da história e ainda assim instigante.

Um elemento inimaginável, torna tudo ao mesmo tempo intrigante e curioso, ameaçador e assustador.
comentários(0)comente



Nat 12/01/2021

Colecionar, confeccionar, criar, ganhar e vender miniaturas pode parecer um hobby qualquer (talvez um pouco caro) e não muito longe da realidade de muitas pessoas.
Dorothy Hardesty Douglas é uma dessas pessoas. Filha de um ex presidente, Dolly coleciona miniaturas, e uma delas é uma réplica quase perfeita da Casa Branca.
Dorothy é uma pessoa conhecida, tanto por ser filha de um ex presidente, que com carinho a chamava de Dolly, e ter sido conhecida desde a infância por causa de seu pai (e passar a odiar ser conhecida por Dolly), quanto por ter sido retratada em uma pintura por um pintor famoso.
Roger Tinker, um anônimo que já trabalhou em projetos para o governo, desenvolve algo inimaginável. E acredita que Dolly (que ele conhece das notícias) é a pessoa ideal para ter essa sua invenção.
No entanto, quando os laços são estreitados entre ele e ela, Roger começa a perceber quem é Dorothy e o que ela é capaz de fazer para ter aquilo que quer.
E o que ela quer? Alguém para habitar a sua Casa Branca de Bonecas.
comentários(0)comente



Luiza 11/01/2021

"Pequenas Realidades" conta a história de Dolly Hardesty, uma socialite nova-iorquina que coleciona miniaturas e casas de boneca. A vida de Dolly dá uma reviravolta quando conhece Roger Tinker, um cientista que trabalhou no governo norte-americano em um projeto super secreto para construir um aparelho miniaturizador. Dolly e Roger vivem um romance e exploram com crueldade os limites do dispositivo.

Fui ler esperando que fosse uma história de terror ou suspense, mas achei que o livro se assemelha mais à ficção científica. A edição da DarkSide é muito linda, mas a história em si e os personagens não me cativaram tanto... Achei o ritmo arrastado e não achei o final nada demais. É um livro interessante, mas realmente deixou a desejar. Um detalhe que eu adorei foi o livro ter sido dedicado ao bicho papão.
comentários(0)comente



MelQuezado 11/12/2020

Achei que a história passou muito lenta e o final foi fraquíssimo. Fui morrendo de sede ao pote.
comentários(0)comente



Cah 08/12/2020

Não eh Stephen
Eu não esperava realmente me deparar com uma versão feminina do Stephen king.. mas também não contava com uma narrativa tão ruim, falta contexto em algumas partes enquanto outras são excessivamente explicadas, os protagonistas não cativam e os antagonistas menos ainda ... Enfim, péssimo
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Gisele.Rodrigues 24/11/2020

“Diante da vida, tudo parece pequeno.”

Pequenas Realidades é o primeiro livro publicado pela autora Tabitha King. Ela é nada mais nada menos do que a esposa do autor Stephen King.
A filha de um ex presidente, Dorothy Hardest Douglas, coleciona miniaturas e casas de bonecas. É fascinada e vive pedindo para que sua ex nora, que decore sua casinha e que restaure com as miniaturas, onde Dolly, sempre leva a exposições para exibir a todos suas peças. Mas Dolly conhece Roger Tinker, um vigarista que mora ainda as custas de sua mãe, e começa a trabalhar para ela, quando Dolly descobre que ele possui um miniaturizador, uma máquina com a aparência de uma câmera fotográfica, e como o nome sugere, consegue diminuir objetos e seres vivos. Agora o que uma mulher malévola como Dolly e um inventor de um aparelho do qual ela fica fascinada, poderia fazer? É o que você vai descobrir! O livro no inicio é um pouco arrastado, mas fundamental para a compreensão dos acontecimentos posteriores.
Isa 05/12/2020minha estante
Deveria avisar que tem spoiler ?


Gisele.Rodrigues 06/12/2020minha estante
Desculpe?




Vê Tezoni 23/11/2020

Fui com muita expectativa por ser a esposa de meu autor favorito e por eu admirar a família King. Sempre achei estranho ter pouca obra dela publicada aqui. Quando vi o livro me animei. O livro em si é lindo (padrão Darkside) e está bem traduzido e revisado. Mas assumo que a história me decepcionou um pouco. Não é ruim. É muito bem escrito e original, mas é meio parado e cansativo, e não chega perto do terror. A leitura foi meio arrastada, mas valeu a pena pela experiência.
comentários(0)comente



Mylena 15/11/2020

A memória que tinha desse livro -- de quando ainda era "As Miniaturas do Terror" -- é melhor que o livro em si. Acho até que teria gostado menos da leitura que fiz agora se fosse meu primeiro contato com a obra.
comentários(0)comente



heloisa.nasct 04/11/2020

Interessante
O livro é interessante mas não me prendeu muito. Pra falar a verdade foi um sufoco terminar de ler porque era bem cansativo. Mas valeu a pena de certa forma.
comentários(0)comente



Mayara.Pereira 28/10/2020

Esperava mais
Comecei o livro achando que seria de terror, o que para mim não foi.
A história e os personagens são muito bem construídos, mas alguns momentos são tão descritivos que deixam a deixam um pouco arrastada.
A premissa em si é muito boa, talvez meu excesso de espectativa tenha dado uma muchada no livro pra mim.
O fim é inesperado, o que deu um bom fechamento pra história.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Elaine Pierre 18/10/2020

Tabitha King é maravilhosamente surpreendente. Impressionante como uma história publicada em 1980 não envelheceu e nos brinda com um "monstro" digno de estar nos pesadelos (e realidade) de qualquer pessoa.
comentários(0)comente



60 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4