Ninguém Escreve ao Coronel

Ninguém Escreve ao Coronel Gabriel García Márquez


Compartilhe


Ninguém Escreve ao Coronel





Este livro conta a história simples, porém emocionante, de um coronel reformado que aguarda o pagamento de sua aposentadoria, atrasado pelos "canais burocráticos", enquanto tenta sobreviver, com a mulher asmática e um galo de briga que pertencera ao filho morto, numa cidadezinha mortalmente hostil, onde uma vez por semana chega a lancha do correio. É uma novela curta em que a densidade e o humanismo transbordam a cada página - uma poderosa sátira, para alguns a mais demolidora crítica à burocracia feita desde as obras do russo Gogol - já aí se encontrando vários personagens que apareceriam mais tarde no seu consagrador "Cem Anos de Solidão".


García Márquez escreveu este livro numa época particularmente difícil de sua vida, em 1957, quando, então jornalista, vivia em Paris e enfrentava uma situação financeira crítica, sem poder afastar da lembrança que o seu mundo estava longe dali, na sua distante Colômbia.

Nessa edição, ilustrações de Carybé.

Contos / Romance / Ficção

Edições (8)

ver mais
Ninguém escreve ao Coronel
Ninguém Escreve ao Coronel
El coronel no tiene quien le escriba
Ninguém Escreve ao Coronel

Similares

(16) ver mais
O General em seu Labirinto
Relato de um Náufrago
O Veneno da Madrugada
Os Funerais da Mamãe Grande

Resenhas para Ninguém Escreve ao Coronel (116)

ver mais
Literatura para curar as dores da vida
on 10/3/20


Este livro é um luminoso testemunho do poder da Literatura. Segunda (ou terceira, segundo a Wikipédia) obra de García Márquez, foi escrita em 1957, quando o autor, aos 29 anos, trabalhava como jornalista em Paris. Gabo enfrentava nessa época uma depressão causada pela nostalgia de sua Colômbia natal, agravada por sérias dificuldades financeiras. Não é preciso saber desses detalhes biográficos do autor para considerar “Ninguém Escreve ao Coronel” uma pequena e concisa joia da literat... leia mais

Estatísticas

Desejam408
Trocam4
Avaliações 3.9 / 2.012
5
ranking 30
30%
4
ranking 42
42%
3
ranking 24
24%
2
ranking 3
3%
1
ranking 1
1%

33%

67%

Tito
cadastrou em:
07/05/2009 12:35:01
Reinaldo Valdez
editou em:
01/03/2017 16:34:20