Ninguém escreve ao Coronel

Ninguém escreve ao Coronel Gabriel García Márquez


Compartilhe


Ninguém escreve ao Coronel





Enquanto espera o pagamento de sua aposentadoria pelo correio, um coronel reformado luta para sobreviver em uma cidadezinha hostil. Ao seu lado, apenas a mulher asmática e um galo de briga que pertencia a seu falecido filho. A correspondência sempre chega uma vez por semana, às sextas-feiras, mas a aposentadoria não, perdida nos trâmites burocráticos. “Ninguém escreve ao coronel”, diz com desdém o carteiro. Uma trama simples, mas repleta de ironia e comentários sutis sobre a história e a política de seu país.

Contos / Romance / Ficção

Edições (7)

ver mais
Ninguém escreve ao Coronel
El coronel no tiene quien le escriba
Ninguém Escreve ao Coronel
Ninguém Escreve ao Coronel

Similares

(14) ver mais
O General em seu Labirinto
Relato de um Náufrago
O Veneno da Madrugada
Os Funerais da Mamãe Grande

Resenhas para Ninguém escreve ao Coronel (64)

ver mais
Coronéis
on 20/3/09


Somos todos este coronel de Marquez, esperando as cartas que nunca nos escreveram, as respostas para perguntas que ninguém escutou, o olhar de quem nos pensa invisível, o abraço de quem nos vê como estranhos, o grito de quem não tem tempo de odiar-nos, o passe de quem não nos queria no time, o retrato de quem apenas espera que saiamos do foco, o comentário de quem lê esta resenha com indiferença.... leia mais

Vídeos Ninguém escreve ao Coronel (1)

ver mais
NINGUÉM ESCREVE AO CORONEL, DE GARCÍA MÁRQUEZ (#180)

NINGUÉM ESCREVE AO CORONEL, DE GARCÍA MÁRQUEZ


Estatísticas

Desejam352
Trocam5
Avaliações 3.9 / 1.633
5
ranking 29
29%
4
ranking 41
41%
3
ranking 26
26%
2
ranking 3
3%
1
ranking 1
1%

37%

63%

Marcos
cadastrou em:
27/02/2014 15:39:46