O direito à preguiça

O direito à preguiça Paul Lafargue


Compartilhe


O direito à preguiça





No irreverente manifesto “O direito à preguiça” Paul Lafargue faz a defesa do direito ao ócio, em oposição ao tão proclamado “direito ao trabalho”. A luta pelo “direito à preguiça” é, segundo ele, a luta verdadeiramente libertária, por meio da qual se construiria uma sociedade mais justa, regida pelo aproveitamento do tempo livre e não pela lógica de um esforço irracional e desumano. Filho de pai mulato e de mãe caribenha, Lafargue. Genro de Karl Marx, tornou-se um marxista singular no movimento socialista internacional e foi um dos fundadores do Partido Socialista francês.

Sociologia

Edições (7)

ver mais
O Direito à Preguiça
O Direito à Preguiça
O Direito à Preguiça
O direito à preguiça

Similares

(1) ver mais
Marx pelos marxistas

Resenhas para O direito à preguiça (9)

ver mais
essa busca desenfreada pelo progresso e por “ser útil” a todo tempo é o que deixa a s
on 31/1/21


que a gente aprenda a defender o nosso direito à preguiça. se refletrirmos bem todas as grandes descobertas matemáticas, físicas, artísticas etc... foram feitas por pessoas que tinham a oportunidade de ter tempo para dedicar voluntariamente a isso, ócio. VIVA A PREGUIÇA!!!... leia mais

Estatísticas

Desejam87
Trocam1
Avaliações 3.8 / 188
5
ranking 32
32%
4
ranking 37
37%
3
ranking 22
22%
2
ranking 6
6%
1
ranking 3
3%

38%

62%

RoKombatente
cadastrou em:
23/09/2009 15:38:39
Carlos Eduardo Perola
editou em:
22/11/2019 17:24:51

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR