O direito à preguiça

O direito à preguiça Paul Lafargue


Compartilhe


O direito à preguiça





No irreverente manifesto “O direito à preguiça” Paul Lafargue faz a defesa do direito ao ócio, em oposição ao tão proclamado “direito ao trabalho”. A luta pelo “direito à preguiça” é, segundo ele, a luta verdadeiramente libertária, por meio da qual se construiria uma sociedade mais justa, regida pelo aproveitamento do tempo livre e não pela lógica de um esforço irracional e desumano. Filho de pai mulato e de mãe caribenha, Lafargue. Genro de Karl Marx, tornou-se um marxista singular no movimento socialista internacional e foi um dos fundadores do Partido Socialista francês.

Sociologia

Edições (6)

ver mais
O Direito à Preguiça
O Direito à Preguiça
O direito à preguiça
Direito à Preguiça

Similares

(1) ver mais
Marx pelos marxistas

Resenhas para O direito à preguiça (7)

ver mais
on 13/5/11


"O Direito à Preguiça" conta, ou denuncia, que, no início da Revolução Industrial, disseminou-se a opressão e a crueldade imposta aos operários de fábricas, que trabalhavam sob péssimas condições durante mais de doze horas por dia. Além das mortes prematuras e da superprodução de bens, esse modo de produção desenfreada gerou poluição, desgastes econômicos e políticos e o caos da época que a História nos conta. O "Direito à Preguiça" é uma proposta que ajudaria a economia a se desenvol... leia mais

Estatísticas

Desejam77
Trocam2
Avaliações 3.8 / 162
5
ranking 31
31%
4
ranking 36
36%
3
ranking 23
23%
2
ranking 7
7%
1
ranking 3
3%

37%

63%

RoKombatente
cadastrou em:
23/09/2009 15:38:39
Carlos Eduardo Perola
editou em:
22/11/2019 17:24:51